sexta-feira, junho 03, 2011

Livro "A Saga dos Portugueses na Rússia"

Caros amigos, hoje, 03 de Junho, às 18 horas, estarei no Auditório da Feira do Livro do porto para participar num colóquio sobre a iniciativa pública na edição de livros. Além disso, esta será a primeira ocasião onde poderão adquirir o meu novo livro "A Saga dos Portugueses na Rússia".
Esta é, talvez, a maior publicação sobre relações russo-portuguesas em línguas portuguesa e lusa. O livro contém muitas páginas desconhecidas das relações entre os dois extremos da Europa ao longo de séculos. Por exemplo, que sabia Camões da longínqua Rússia? Como se cruzaram as vidas da grande poetisa portuguesa Marquesa da Alorna e do maior dos poetas russos Alexandre Pushkin? Que almirante russo se recusou a ajudar Napoleão a conquistar Portugal? De que nacionalidade eram os oficiais da marinha que trouxeram a notícia às Cortes de Lisboa sobre o regresso de D. João VI a Portugal? O que escreveu Almeida Garret sobre a Rússia? O que os viajantes russos destacavam nas suas viagens a Porttugal Continental, Açores, Madeira, Brasil, Cabo Verde e Macau? Porque é que nos primeiros romances e novelas escritos em russo estão presentes Portugal e os portugueses?
No meu livro tentei dar resposta a essas e a muitas outras perguntas. Além disso, lanço pistas para que investigadores mais novos continuem este trabalho interessantíssimo.  
A obra baseia-se na consulta de numerosos documentos de arquivos russos e em obras desconhecidas em Portugal. Sendo uma obra de História, esforcei-me para que fosse de fácil leitura.  

10 comentários:

Jorge Almeida disse...

Em que lojas é que se encontra à venda?

Gilberto Mucio disse...

Com certeza, o livro será dos mais interessantes.

Anónimo disse...

Esse livro deve ser legal!

Cristina disse...

Parabéns, JM
És para nós um exemplo....

Anónimo disse...

A Rússia acaba de embargar a carne brasileira. Por isso que considero esse projeto dos Brircs um frcasso. Esses países não tem democracia, tecnologia, educação de qualidade, igualdade econômica e etc... Não tem condições de liderarem o mundo. Agora, pra mim, é uma alegria ver a cara dos esquerdistas brasileiros tendo que ver a "amiguinha" Rússia fechando as portas pros produtos brasileiros. Tudo isso por conta das condições em que a Rússia está negociando sua entrada no OMC, favorecendo os produtos americanos e europeus e prejudicando os brasileiros. O Brasil deveria ser duro com a Rússia até que ela respeite o comércio com nosso país. Acredito que Rússia usa o comércio exterior como arma política, por isso não pode fazer parte da OMC. A Rússia não é amiga de ninguém nem dos países que compunham a antiga URSS.

Alberto Colima disse...

Parece muito interessante, Sr. Milhazes!
Visitei a Rússia em 2008 e falei com russos que sabiam mais de Portugal do que muitos nacionais do nosso país vizinho.
Desejo-lhe os maiores sucessos!

Jose Milhazes disse...

Caro Jorge, por enquanto, está à venda na Feira do Livro do Porto, a preço de feira: 16 euros. Para a semana, já vai aparecer nas grandes livrarias e nas lojas on-line. O P.V.P será de 20 euros.

Jose Milhazes disse...

Caros leitores brasileiros, há muita informação sobre o Brasil no séc. XIX.

Anónimo disse...

Dr Milhazes

Parabéns pelo óptimo trabalho.

Cpmts

Nuno

Anónimo disse...

Esse livro vai ser vendido no Brasil também? Tem que ser...