sábado, setembro 24, 2011

Oposição reage de forma negativa à recandidatura de Putin ao cargo de Presidente

Praticamente todos os partidos da oposição russa reagiram de forma negativa à decisão de Vladimir Putin se recandidatar a Presidente da Rússia e de Dmitri Medvedev passar para o cargo de primeiro-ministro.
“Nada tem de novo para mim. O dueto é obrigado a manobrar, mas, ao mesmo tempo, qualquer tentativa de o destruir significará a falência total da sua política dos últimos anos”, declarou aos jornalistas Guennadi Ziuganov, presidente do Partido Comunista da Rússia.
“A troca de lugares nada mudará no país”, comentou com sarcasmo o dirigente do segundo maior partido russo depois do Rússia Unida.
“É uma triste notícia. Nos próximos anos é bem possível uma explosão social e Medvedev destruiu a possibilidade de ser o único político importante que está acima da contenda”, considerou Guennadi Gudkov, dirigente do Partido Rússia Justa, o terceiro maior partido russo.
O político liberal Boris Nemtsov, que dirige o Partido da Liberdade Popular, proibido de participar nas eleições, considerou Putin um provocador.
“Putin é simplesmente um provocador. Ele provoca uma revolta do povo russo com a sua eternidade, com a fisionomia coberta de botox, provoca o povo russo a sair para a rua e a agir como agem nos países onde o poder deixa de mudar”, explicou.
“Ele não é Sócrates, nem Espinosa. Ele é cobarde, receia perder tudo, ir para a prisão e, por isso, agarra-se ao poder até ao fim. Pobre Rússia”, concluiu ele.
O líder nacionalista Vladimir Jirinovski também não ficou surpreendido com a decisão do dueto.
“Era de esperar. Ainda bem que finalmente se definiram, porque a indefinição já enervava. Mas para nós, o mais importante são as nossas listas eleitorais, o candidato a Presidente”, comentou o dirigente do Partido Liberal-Democrático.

28 comentários:

Zhirinovsky Flanker disse...

Isso já era mais do que esperado... Dmitry Medvedev não chega á ser nem sombra do que foi Vladimir Putin na liderança do Kremlim de 1999 á 2008.

Fazendo uma análise crítica, o governo Medvedev apenas continuou o legado de Putin. E todos já sabiam que quem governava a Rússia, nos bastidores, era Vladimir Putin. O mundo já sabia disso, não era novidade. Dmitry Medvedev é uma figura que provoca anêmia em quem vê suas fotos ou escuta seus discursos, sem o espírito de liderança que compõe a principal personalidade de Putin.

Dmitry Medvedev foi desenvolvido em laboratório para suceder Putin, para deixar Putin nos bastidores políticos, regendo sua política, usando a carcaça de Dmitry Medvedev.

Dimtry Medvedev agora é o passado! E á partir de 2010, "O LIDER" estará de volta ao Kremlim. E todos podem começar á se preparar, porque grandes mudanças no cenário mundial irão ocorrer! Á partir de hoje,toda e qualquer citação por mim referente á Putin será referente ao "LIDER"!!!

Durante sua estadia no Kremlim, o "LIDER" passou para lei uma série de reformas fundamentais ao mesmo tempo em que foi criticado pelo Ocidente por sua forte liderança no cargo de presidente da Rússia.

O "LIDER" comandou a 2ª Guerra da Chechênia que causou mudanças críticas no Cáucaso, trazendo mais estabilidade para aquela região.

Durante seu primeiro mandato, o "LIDER" acabou com as ambições políticas dos oligarcas corruptos patrocinados por Yeltzim, colocando eles atrás das grades!

Foi reeleito com 71% dos votos para um segundo mandato. E será reeleito com mais de 80% dos votos para seu terceiro mandato!!!

E ele irá acabar, de uma vez por todas com estas questões da Geórgia, do sistema anti-mísseis, das ilhas Kuril, das questões do Ártico, do ingresso da Rùssia á OMC, da questão da Criméia e da Transnidria... Os próximos anos, meus amigos, serão IMPERDÍVEIS!!!

Eu vou acompanhar TUDO sobre o mandato do "LIDER" em 2012e durante os seus próximos 10 mandatos consecutivos... EU SOU UM ALIADO ETERNO!!!!

Não há outra alternativa: gostando ou não gostando, o "LIDER" será novamente o presidente da Federação Russa á partir de 2012!!!

NÃO ADIANTA CHORAR!!! ELE ESTÁ DE VOLTA... VIDA LONGA AO "LIDER"!!!!!

PortugueseMan disse...

E pronto já sabemos que Putin vai de novo para presidente.

o que em termos de relações internacionais só pode significar uma coisa: linha dura para qualquer questão.

Falta saber que percentagem de votos que irá obter.

Agora que sabemos quem será o próximo presidente russo, falta saber se Obama consegue obter mais um mandato, ou vai para lá um republicano.

Foram os republicanos que quebraram o tratado ABM, e Obama no seu mandato não conseguiu com Medvdev resolver o problema.

As coisas vão endurecer(ainda mais), os problemas não estão só nas economias do mundo, porque mesmo com problemas económicos, o dinheiro para armamento não pára de crescer.

Soturno disse...

No limiar do retrocesso.

Esse Zhirinovsky quer mesmo resgatar o "culto a personalidade"?. A URSS estará mesmo reaparecendo no cenário mundial?

jokka disse...

não entendo como o povo russo não fica indignado que apesar da economia ter praticamente triplicado no período medputin a qualidade de vida do russo médio ficou igual ou piorou. É normal um país com crescimento anual de 6-7% ter sua expectativa de vida aumentado em apenas 2 anos em uma década??? Vejam só, um homem russo tem a expectativa de viver no máximo 61 anos!!! No Brasil são 68.8 anos!!! Isso é sucesso??? O país pode estar cheio da grana mas o povo é pobre pra car...!!!

boris disse...

casinha feia, hein flanker? tá mal teu capital hehehe

Zhirinovsky Flanker disse...

Dmitry Medvedev como Primeiro-Ministro da Rússia não é uma notícia bem vinda por mim. Digo isto porque há pessoas próximas ao "LIDER" mais importantes e mais enfáticos com a causa.

Nomes como Sergey Ivanov, Igor Ivanov, Sergey Lavrov, Dmitry Rogozin deveriam ser colocados em consideração para ocupar este cargo.São pessoas que demonstraram, ao longo dos anos, seu compromisso com os interesses estadistas da Rússia e que não deveriam desaparecer após o término do mandato de Medvedev.

Eu no lugar do "LIDER" escolheria os seguintes nomes para preencher os mais importantes postos do futuro governo no Kremlim:

a) Sergey Ivanov ( Primeiro-Ministro): Sergey Ivanov é uma das figuras mais estadistas que existem no Kremlim.Eu o considero muito parecido com Vladimir Putin. Um visionário, fez um excelente trabalho como Ministro da Defesa no governo do "LIDER". Uma das grandes decepções minhas, desde que me tornei obcecado por assuntos da Rùssia ( depois de conhecer a familia FLANKER ) é Sergey Ivanov por não ter sido indicado pelo "LIDER" para concorrer a presidencia da Rússia em 2008. Sergey Ivanov era cotado por muitos analistas internacionais e até por mim como sendo o sucessor do "LIDER" após o termino de seu mandato!

b) Sergey Lavrov( Ministro de Relações Exteriores ): já provou aos russos seu compromisso em defender os iteresses de seu país na ONU, é um dos políticos Linha-Dura do Kremlim e merece sem contestação continuar no cargo durante o próximo mandato do “LIDER”.

c) Dmitry Rogozin ( Ministro da Defesa ): É um grande estadista com grandes chances de tornar-se um possível sucessor do “LIDER”, caso a constituição russa não seja modificada para o “LIDER” se perpetuar no cargo. Dmitry Rogozin mostrou aos russos á que veio, e merece o respeito por defender os interesses do Kremlim dentro de uma organização criada para destruir a Rússia.

d) Igor Ivanov ( Vice-Primeiro Ministro): Este é um político que de repente desapareceu de cena, mais que na minha opinião desempenhou um excelente papel durante o seu mandato como Ministro das Relações Exteriores. Ele se opôs fortemente contra a invasão da NATO na Iuguslávia e um forte oponente contra a invasão tirânica da Casa Branca no Iraque.

Estas figuras, acima citadas, são mais importantes para mim do que Dmitry Medvedev, porque não foram produtos fabricados. São legítimos defensores dos interesses russos no cenário internacional, e são da mesma linha do "LIDER", no estilo linha-dura, que também é copiado por mim em meus interesses particulares e na minha vida em geral!

Anónimo disse...

Era de se esperar. A Rússia terá o dueto por muitos anos. Agora resta saber como ficará a economia russa pois os preços do petróleo estão a cair e esta pode ser a década perdida para o Ocidente e reflectirá na economia russa.

Nuno Ferreira

Ricardo disse...

A expectativa de vida de um russo tem a ver com seu modo de vida e não com a economia em si, a renda per capita de um russo é 5000 dólares a mais que de um brasileiro.

Anónimo disse...

Deixem lá, que o botox vai pô-lo como o Kadhafi.
hehehehe

Jest nas Wielu disse...

Putin daqui a 30 anos, segundo o sonho do nosso FOB:
http://cyxymu.livejournal.com/1030564.html

Jest nas Wielu disse...

IOR (Vsevold Chaplin) sobre o passagem do testemunho: “Quando mais na história da Rússia a mais alta autoridade do estado se transferiu tão pacificamente, com tal dignidade, honestidade, tão amigavelmente? É um verdadeiro exemplo de bondade e da moralidade na política"
http://www.gazeta.ru/news/lenta
/2011/09/24/n_2023289.shtml

Wandard disse...

Para os que não gostaram do que todo mundo já sabia, que Putin será o próximo presidente, segue um poema de Gonçalves Dias:

Não chores, meu filho, não chores/ Viver é lutar/ A vida,meu filho, é combate/é luta renhida/ que aos fracos abate e aos bravos só pode exaltar”.

Sim será endurecimento nas relações internacionais, os americanos terão que desistir da sua redução de gastos e aumentarem ainda mais seu déficit para tentar confrontar a Rússia já que para ter o mesmo poder militar a Rússia precisa de apenas 10% do que gastam os Estados Unidos, a queda de braço dos pipelines com alguns países da UE vai piorar e até lá cada nação vai costurando seus contratos independentes e a "União" Européia vai se tornando um sonho distante, como representante de uma "Europa Unida" em todos os sentidos. Conforme comentei desde quando comecei a acompanhar o blog, houve uma grande chance nos anos 1990 mas a ambição americana e européia nos trouxeram à situação atual. Agora é pagar para ver.

Anónimo disse...

Wandard

Não acredito que você seja tão inocente de pensar que a Rússia não será afectada. Uma crise prolongada na UE e nos Eua faz o principal produto de exportação da Rússia ter fortes quebras de preço.

Anónimo disse...

O preço do barril brent (mar do norte) actualmente está em 102 USD, em fim de Julho estava em quase 120 USD. O pretróleo russo é o tipo Ural. É atrelado ao brent.

http://www.forexpros.com.pt
/commodities/brent-oil


Ricardo 23:04

Dados actualizados:

http://en.wikipedia.org
/wiki/List_of_countries_by_GDP_%28n
ominal%29_per_capita

Jose Milhazes disse...

Para a economia russa, as coisas começarão a complicar-se se o barril de petróleo descer abaixo dos 60 dólares.

PortugueseMan disse...

...O preço do barril brent (mar do norte) actualmente está em 102 USD, em fim de Julho estava em quase 120 USD...

Não é relevante se está a subir ou a descer, continua a ser um preço altíssimo, Putin limpou as dívidas que a Rússia tinha a várias organizações, com o barril de petróleo a menos de metade desse valor.

Com receitas destas, a Rússia consegue injectar dinheiro em vários sectores da economia, com capitais PRÓPRIOS.

Wandard disse...

Não adianta começar a especular em relação a queda ou aumento do preço do petróleo. Durante o início da crise em 2009 foi postado aqui neste blog a falência da Rússia, mas o que literalmente vimos foi a falência americana. Os Estados Unidos reptem o erro de Roma. A demasiada ambição romana, resultando em sua constante expansão, gastos exarcebados em campanhas militares e elevado custo de manutenção de territórios ocupados, além claro, do desperdício, corrupção e o constante jogo de intrigas exauriram o estado romano, causando seu enfraquecimento até sua extinção. Os EUA foram pioneiros em um novo modelo de imperialismo diferente do que nasceu nas potências européias, porém o mesmo chega ao seu processo falimentar igualmente como aconteceu não só com Roma, como a todos que se seguiram. A grande diferença é que este comparativamente com a Rússia só realmente confrontou uma potência em toda a sua história que foi na Guerra de 1812 contra a Inglaterra e jamais sofreu tanto destruição como perda de vuidas humanas quanto a Rússia.

A propósito o Sr. Milhazes que é formado em História da Rússia, poderia me informar em que ano exatamente terminou a reconstrução das cidades russas destruídas na Segunda Guerra?

Zhirinovsky Flanker disse...

Tem gente que torce mesmo para a Rùssia se ferrar! Eu não entendo como alguem sai de seu país de origem, vai morar na Rùssia, come,bebe e ganha dinheiro em território russo e ainda joga contra o time...

O que leva pessoas á saírem de seu país de origem e migrar para outro?Eu nunca entendi isso...

Ricardo disse...

PPP que mostra o poder real de compra em cada país!
http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_GDP_%28PPP%29_per_capita

Zhirinovsky Flanker disse...

A Oposição russa trabalha contra a Rússia. Perguntem para um camponês russo qual o governo que melhorou a sua qualidade de vida?

Façam uma enquete lá nos Urais, na Sibéria, e verão o que o "LIDER" fez para a Rússia nenhum dirigente soviético fez após a morte de Stalin.

A Oposição russa não deve ser combatida, muito pelo contrário, deve ser até apoiada, porque isto irá mostrar a Opinião Pública russa o quanto estes servos do Capitólio e da União Européia trabalham contra seu próprio país!!!

As Instituiçoes Democráticas russas estão garantidas se o "LIDER" assumir o cargo como presidente da Rússia, assim como foi durante seu mandato de 2000 á 2008.

As próximas eleições para presidente serão as mais limpas e transparentes, um espelho de exemplo para muitos países da Europa Ocidental!

Gilberto Mucio disse...

A verdade - gostem os "Russófilos" ou não -- é que a Rússia estar a se transformar numa grande Nigéria.

Um mero exportador de "bananas"(petróleo/commodities), importador de produtos industrializados, e cada vez mais dependente do capital estrangeiro.

A dependência russa desse produto chega a ser constrangedora.

Quanto a escolha de Putin em ser presidente mais uma vez, nenhuma novidade nisso.

PortugueseMan disse...

...que a Rússia estar a se transformar numa grande Nigéria...

Comparação infeliz, nem é possível comparar os dois países.

Dependente de capital estrangeiro? e exactamente que projectos na Rússia é que não arrancam por falta de capital estrangeiro?

Gilberto Mucio disse...

Comparação totalmente cabida.

No sentido de dependência de um produto.

Analisar a economia russa, fazer prognóstico, etc, é a coisa mais fácil do mundo.

É só ver o preço do petróleo.

De 2008 para 2009 o petróleo caiu e... pimba! A economia russa encolhe quase 10%! Praticamente uma depressão econômica. O óleo volta a subir e a economia russa ganha um fôlego...

---

Quanto a "projetos"... A Rússia não tem nada de relevante que não seja espólio soviético... e mesmo assim sucateado.

E não se esqueça que a Gazprom é metade estrangeira. Quem manda nela é a Alemanha...

A Rússia é um mero fornecedor de matéria prima. Nada além disso. Rigorosamente nada.

E economia do país é menos soberana, menor, mais rudimentar e atrasada que a do Brasil(que é outra colônia).

Caiam na real.

No Brasil tem um ditado "come mortadela e arrota caviar". Essa é a Rússia.

Tudo que presta nesse país, e o que ainda o sustenta, é espólio soviético.

Pedro disse...

Gilberto,

"E não se esqueça que a Gazprom é metade estrangeira. Quem manda nela é a Alemanha..."

Explique lá melhor esta afirmação.
Na wikipédia simplesmente é dito que a Gazprom é maioritariamente controlada pelo estado Russo.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gazprom

O que é que a Alemanha tem na Gazprom? Não será apenas um cliente como outros?

Gilberto Mucio disse...

Pedro,

O Governo Russo detém 50,01% da Gazprom, tem o controle acionário.

O resto, a outra metade, pertence ao Capital Internacional.

Oficialmente é controlada pelo governo russo. Mas quem controla o governo russo? O capital, as leis de mercados, é quem tem o dinheiro, quem compra, quem indica diretores...

Só para ficar num exemplo...O homem forte da Gazprom, o tal do Alexey Miller, como todo mundo sabe, é homem de Gerard Schoeder, indeicaçaõ desse...

Pedro disse...

Gilberto,

Confesso que não percebo muito destas coisas, e até admito que você tenha razão.

Mas como explicar este mapa do site oficial da Gazprom?

http://www.gazprom.com/investors/stock/structure/

ou estas:

http://www.gazprom.com/investors/stock/

PortugueseMan disse...

...Analisar a economia russa, fazer prognóstico, etc, é a coisa mais fácil do mundo.
É só ver o preço do petróleo...


Ah, portanto é só aplicar a mesma forma a todos os produtores de petróleo.

A Nigéria, Venezuela, Arábia saudita, Irão, Indonésia, Líbia, Angola, etc, estão todos muito bem, afinal é só aplicar a fórmula.

De 2008 a 2009 o petróleo caiu? bom, se sabe disso, também deve saber como é que andou a economia mundial nessa altura. ou vamos só escolher o que nos interessa? como andam as economias do mundo desde 2008? felizes da vida e a única que andou nas ruas da amargura foi a Rússia? só me falta dizer que a Rússia voltou a pedir dinheiro ao FMI, como algumas nações.

...Quanto a "projetos"... A Rússia não tem nada de relevante que não seja espólio soviético... e mesmo assim sucateado...

Portanto que sugere, uma limpeza no país? Que todas as pessoas que viveram no tempo soviético sejam eliminadas? começar de novo apenas com quem nasceu na nova Rússia? Ou quer projectos novos com pessoas de tempos passados? não deve querer porque é o que actualmente está a acontecer.

Mas mesmo assim, não vejo a Boeing a abrir um departamento de desenvolvimento na Nigéria, a Arábia Saudita a desenvolver um sistema GPS, o Irão a construir uma central nuclear, uma Venezuela a fabricar armamento, a Líbia a fabricar automóveis, a Angola a lançar satélites, a Indonésia a desenvolver um avião civil, etc, etc, etc.

O que não deixa de ser estranho, dado que são todos produtores de petróleo.

...E não se esqueça que a Gazprom é metade estrangeira. Quem manda nela é a Alemanha...

Ambas as afirmações são completamente falsas. A Gazprom é maioritariamente russa (devido a Putin) e quem manda nela é a Rússia(Putin). Como é possível alguém pensar que a Alemanha manda na Gazprom...

...E economia do país é menos soberana, menor, mais rudimentar e atrasada que a do Brasil...

Porque? falta explicar o porquê, em que se baseia para tal afirmação?

Anónimo disse...

Para o Zhirinovsky (não sei para que esse nome se ama tanto o Putin), mas não importa se o Demétrio Medevdévio, usando uma adaptação bem portuguesa, vai ser o premier, ele não passará de seis meses, aliás duvido que algum político nesse cargo ficará mais que seis meses, isso é um privilégio exclusivo de Putin, esse Laviróvio vai continuar resolvendo esses assuntos externos que ninguém nunca resolve, os Ivanóvios: O primeiro até tem chance de ficar uns três meses, já que ele fala em democracia e age em ditadura, como o Putin, e o tal do Igor é menos conhecido que os desconhecimentos de Putin e Medvedev juntos, respectivamente em 1999 e 2008. Esse Rogozin, se escolhido, vai ficar tão pouco quanto ficou no ministério. Mesmo assim, todos eles não vão ser suficientes, pois se cada um ficar por seis meses, serão precisos 24 caras para serem premieres, já que Putin ficará por 12 anos.