segunda-feira, outubro 17, 2011

Lançamento do meu livro A Saga dos Portugueses na Rússia

Quero deixar aqui um agradecimento a Macedo Vieira, presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, e o vereador da Cultura, Luís Diamantino, pelo apoio dado ao lançamento do meu livro na minha terra natal.
Não posso também deixar de agradecer e enviar um abraço a todos os familiares, amigos do Liceu da Póvoa e leitores do meu blog presentes no Diana-Bar.
Um forte abraço para todos.

19 comentários:

Miguel Loureiro disse...

Um abraço e amanhã publico no "contra-facção" um resumo, por interposta pessoa.

Nazaré Oliveira disse...

Olá, Zé Milhazes!
Deves estar muito feliz!
Foi um dos livros q li nas férias. Parabéns pelo excelente trabalho de investigação histórica e análise social que apresentas!

Bj e boa semana

Nazaré Oliveira disse...

Olá, Zé Milhazes!
Deves estar muito feliz!
Foi um dos livros q li nas férias. Parabéns pelo excelente trabalho de investigação histórica e análise social que apresentas!

Bj e boa semana

Jest nas Wielu disse...

Off top
Antes de ontem tivemos em Maputo um colóquio sobre a morte do Samora, pena que Sr. José não estava, veio cá cada cromo, um “investigador” português insiste que culpado é o regime sul-africano para depois dizer que se o radar (e tudo o resto relacionado com avião) foi sabotado/desligado pelos soviéticos. Pergunta o jornalista moçambicano, “e os sul-africanos entram onde”? O “investigador” se engasga...

Jose Milhazes disse...

Caro Jest, como se costuma dizer, pagaria para ver. Eles já não sabem o que dizer para encobrir a verdade.

Jest nas Wielu disse...

off top

O Livro Negro do Comunismo (em russo):
http://blackrotbook.narod.ru/index.htm
http://tapirr.narod.ru/polit/black_book.htm
http://www.alleng.ru/d/hist/hist047.htm

anónimo_russo disse...

Off topic:

A descarada hipocrisia ocidental:

http://users.livejournal.com/_kutuzov/2892665.html#comments

PortugueseMan disse...

Está para breve o lançamento dos satélites GPS galileo a bordo de um foguetão Soyuz

Poderão assistir ao vivo a partir daqui:

http://www.videocorner.tv

PortugueseMan disse...

Hoje tivemos um lançamento histórico para a Europa. O lançamento dos primeiros satélites GPS europeu (GALILEO).

A responsabilidade de colocar os satélites no espaço, esteve a cargo da Rússia. Como este ano a Rússia tem atravessado uma fase atribulada com os seus lançamentos, esta é uma boa notícia, o lanaçamento foi um sucesso, cimentando a cooperação UE - Rússia num sector tão importante.

Coloco aqui partes de um artigo sobre o assunto:

One Soyuz launcher, two Galileo satellites, three successes for Europe

The first pair of satellites for Europe's Galileo global navigation satellite system has been lofted into orbit by the first Russian Soyuz vehicle ever launched from Europe's Spaceport in French Guiana in a milestone mission...

...All of the Soyuz stages performed perfectly and the Fregat-MT upper stage released the Galileo satellites into their target orbit...

..."This launch represents a lot for Europe: we have placed in orbit the first two satellites of Galileo, a system that will position our continent as a world-class player in the strategic domain of satellite navigation, a domain with huge economic perspectives," said Jean-Jacques Dordain, Director General of ESA.

"Moreover, this historic first launch of a genuine European system like Galileo was performed by the legendary Russian launcher that was used for Sputnik and Yuri Gagarin, a launcher that will, from now on, lift off from Europe's Spaceport.

"These two historical events are also symbols of cooperation: cooperation between ESA and Russia...


http://www.esa.int/esaCP/SEM167GURTG_index_0.html

anónimo_russo disse...

P.S. do off topic.

Esses grandes democratas líbios, amigos da NATO, não se contentaram em apenas ter matado Khaddafi, não, agora expuseram o seu corpo num frigorifico de uma loja. Muito bem. Deve ser que é por essa "vitória da democracia" a NATO tanto se esforçou.

anónimo_russo disse...

PortugueseMan disse...


"... o lanaçamento foi um sucesso, cimentando a cooperação UE - Rússia num sector tão importante..."


Pelos vistos, nem todos estão interessados em cimentar qualquer cooperação entre a Rússia e a UE. Inclusive alguns jornalistas, alguns "grandes especialistas" etc. etc. etc. Mas, enfim, não é um problema meu. È problema deles.

Jest nas Wielu disse...

Morte do Gaddafi:

Como qualquer ditador que se preze, coronel Gaddafi vivia no mundo da profunda ilusão, acreditando ser amado pelo seu povo. Os exemplos do Ceauşescu ou Saddam Hussein não o ensinaram absolutamente nada. Tal como Hussein, Gaddafi, que prometeu lutar até o fim, foi achado escondido num tubo de esgoto, mais próprio para um rato ou uma barata, tal como ele chegou a chamar os moradores da Bengazi, antes de prometer os exterminar e punir “sem nenhuma piedade”.

Jest nas Wielu disse...

Alemanha prendeu dois espiões russos que pretendiam ser naturais da Argentina e do Peru (para disfarçar o seu mal elemão):
http://www.spiegel.de/politik/deutschland/
0,1518,793325,00.html (em alemão)
http://www.utro.ru/articles/2011
/10/22/1006299.shtml (em russo)
Será que Gazprom irá cortar o fornecimento do gás a Alemanha?

anónimo_russo disse...

Jest nas Wielu disse...
Morte do Gaddafi:

Como qualquer ditador que se preze, coronel Gaddafi vivia no mundo da profunda ilusão, acreditando ser amado pelo seu povo. Os exemplos do Ceauşescu ou Saddam Hussein não o ensinaram absolutamente nada. Tal como Hussein, Gaddafi, que prometeu lutar até o fim, foi achado escondido num tubo de esgoto, mais próprio para um rato ou uma barata, tal como ele chegou a chamar os moradores da Bengazi, antes de prometer os exterminar e punir “sem nenhuma piedade”.


Khadafi foi muito mais digno do que os lideres ocidentais. E ele não fugiu do país, embora pudesse, ao meu ver. Se aqueles que estavam com Khadafi decidiram esconde-lo, ferido, num cano de drenagem, não vejo nenhuma vergonha nisso. Eu olharia algum Jestinho nas circunstáncias semelhantes.

anónimo_russo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jest nas Wielu disse...

2 anónimo_russo 08:31
Para podermos dizer que fulano foi mais digno do que cicrano, temos que estabelecer a unidade de medição; pessoalmente não vejo como Gaddafi pode ombrear com os líderes ocidentais, estes, quando perdem as eleições voltam para as universidades, para as empresas, escrevem as biografias, não têm a necessidade de se esconder nos tubos de esgoto.

Eu, que nunca desempenhei as tarefas do ditador, nem as desempenho e a idade não me permita sonhar de um dia as desempenhar, como tal, não posso ser comparado à um ditador.

anónimo_russo disse...

st nas Wielu disse...
2 anónimo_russo 08:31


1.

"Para podermos dizer que fulano foi mais digno do que cicrano, temos que estabelecer a unidade de medição; pessoalmente não vejo como Gaddafi pode ombrear com os líderes ocidentais, estes, quando perdem as eleições voltam para as universidades, para as empresas, escrevem as biografias, não têm a necessidade de se esconder nos tubos de esgoto."


E nas terras onde viveu Khaddafi "estes, quando perdem as eleições", são mortos pelos seus adversários políticos, o seu corpo é arrastado pelas ruas da cidade que perdeu a batalha, e até (por causa do medo dos "vencedores") não são sepultados de acordo com as leis da terra.


2.

"Eu, que nunca desempenhei as tarefas do ditador, nem as desempenho e a idade não me permita sonhar de um dia as desempenhar, como tal, não posso ser comparado à um ditador."


Não se enerve. Khaddafi foi um lider carismatico (basta tentar entender o porque conseguiu liderar a revolução e ficar ao poder durante tantos anos). O nome de Khaddafi está inscrito para sempre na história da humanidade. Claro que ninguem compara você com ele.

anónimo_russo disse...

P.S.
Se alguem me disser que foi devido a uma ordem de khaddafi que morreram mais de 200 pessoas nos aviões explodidos, então eu pergunto: então, quem foi culpado pelos bombardeamentos da Líbia, quer há uns 30 anos atras, quer hoje, onde morreram não se sabe quantas pessõas. E quem foi o primeiro a começar?

Jest nas Wielu disse...

2 anónimo_russo 20:14
1. Gaddafi não perdeu as eleições, foi escorraçado do poder em resultado de uma revolução armada, compara as perdas gadaffianas com o terror vermelho na URSS e verás que novas autoridades são até bem pacíficas.
2. Estou calmo como sempre, leia a sua frase anterior: “Eu olharia algum Jestinho nas circunstáncias semelhantes” e diga se isso não significa que alguém “compara você com ele”.
3. Creio que anónimo russo não esta advogar a ideia, do que em retaliação aos bombardeamentos americanos Gaddafi tinha o “direito” de explodir um avião na Escócia?
4.Vejam o filme documental “Ucrânia e ucranianos na II G.M.” http://www.ukrainians-world.org.ua
/ukr/1000021/1000024/1000022