sexta-feira, março 15, 2013

Putin justifica invasão soviética da Finlândia em 1939




O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, justificou a invasão da Finlândia por parte da União Soviética em 1939, dando assim um forte argumento aos finlandeses que defendem a adesão do seu país à NATO.
Na véspera, o dirigente russo, num encontro com membros da Sociedade de História Militar da Rússia considerou que a URSS, ao invadir a Finlândia, tentou emendar os erros cometidos durante a revolução comunista de 1917.
Depois de afirmar que não tencionava fazer uma avaliação da guerra soviético-finlandesa, em que a Finlândia perdeu 10% do seu território e 20% da sua capacidade industrial, Putin declarou: “Depois de uma análise muito breve, pode-se concluir que a fronteira estatal (com a Finlândia) ficava a 17-20 quilómetros de Petersburgo, o constituía uma grande ameaça para uma cidade de cinco milhões. Penso que os bolcheviques tentaram emendar os erros históricos que cometeram em 1917”.
“Depois de terem recebido o apoio armado da parte de destacamentos armados finlandeses, que então fazia parte do Exército Russo e que, como é sabido, apoiaram significativamente e exerceram influência no resultado do golpe de Estado de Outubro. Depois, constaram que a fronteira estava perto. Não conseguiram chegar a acordo e apostaram nessa guerra”.
Segundo ele, os primeiros meses dessa guerra foram “sangrentos e pouco eficazes da nossa parte”.
“Mas, depois, as coisas voltaram ao seu lugar… Concentraram forças e meios significativos. Tornou-se claro que não era possível vencer a guerra apenas com as forças da Região Militar de Leninegrado e começaram a agir de outra forma. E a parte contrária sentiu em si a força do Estado Russo, Soviético então”, frisou Putin.
Arrisco-me a sofrer uma chuva de críticas, mas não posso deixar de chamar a atenção para o facto de Putin justificar, não condenar uma operação militar realizada por Estaline, muito semelhante às que Hitler fez a relação a outros países europeus.
Imaginem que barulho provocaria na Europa uma declaração da chanceler alemã Ângela Merkel se viesse justificar as ações de Hitler com argumentos da propaganda nazi, por exemplo, que os “alemães precisavam de espaço vital”.
Num momento em que os finlandeses decidem se o seu país vai ou não aderir à NATO, Putin deu uma excelente prenda, um argumento irrefutável, aos que apoiam a adesão. Amanhã, algum dirigente russo pode considerar que a fronteira da Finlândia está perto da cidade de Vyborg ou até mesmo de São Petersburgo.
A União Europeia, mesmo estando mergulhada numa crise, deve estar atenta a este tipo de declarações.

19 comentários:

PEDRO LOPES disse...

O Putin neste caso devia estar calado.

A História da Rússia só foi manchada pelo comunismo. Só nesse período é que cometeu actos criminosos.
De resto sempre foi uma nação forte, honrada e pacifica.

"A União Europeia, mesmo estando mergulhada numa crise, deve estar atenta a este tipo de declarações"

Esta é que era escusada. Agora estes criminosos económicos e criminosos de guerra é que são o farol dos direitos humanos?
A EUSSR é tão rasca com a USSR. Estão a empobrecer a classe média de propósito para mais facilmente nos dominar e obrigar a trabalhar quase de borla para estes macabros seres parasitários.

A Finlândia demonstra falta de lucidez se aderir ao ninho de cobras que é a NATO. A Rússia não gosta e tem razão para tal.
É mais misseis á porta, quem gosta disso?

Anónimo disse...

A Finlândia deve aderir a NATO para se proteger da russia, asscim como. A Ucrânia, a Moldávia e a Geórgia.

Anónimo disse...

"1939-1945 Uma Guerra Desconhecida
de Paul-Marie Gorce."

- Quem quiser saber algo sobre a tal " guerra Soviética-Finlandesa" e não só - leia o que Paul.Marie Groce, escreveu no seu livro - 1939-1945 Uma Guerra Desconhecida-
-Aí encontrará as razão do Estrado Soviético e os esforços deste para evitar o confronto.

aferreira

Anónimo disse...

"A História da Rússia só foi manchada pelo comunismo. Só nesse período é que cometeu actos criminosos.
De resto sempre foi uma nação forte, honrada e pacifica."

E os progroms? E a perseguição dos Czars? E Ivan o Terrível? Vc deveria ler um pouco mais sobre a historia da russia.

Anónimo disse...

"O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, justificou a invasão da Finlândia por parte da União Soviética em 1939, dando assim um forte argumento aos finlandeses que defendem a adesão do seu país à NATO."

-Cuidado como argumentos falaciosos e perigosos - A Rússia hoje não sendo a URSS, é ainda hoje um colosso e ainda por cima NUCLEAR, muito cuidado Sr. Milhazes, com as suas tretas e petas.

-O cerco À Rússia já é hoje um facto, o nó vai-se fechado -Não porque represente o perigo do papão do comunismo mas porque nos seus territórios se encontram gigantescas reservas tanto de biodiversidade como de outros recursos variadíssimos muitíssimo cobiçados. -quanto mais mais perto as forças da OTAN se aproximarem de território russo mais perto vamos estando da catástrofe Nuclear.

Muito cuidado com as tretas sr. Milhazes

NB:
-Vou continuar mais tarde descascando esta cebola.
aferreira

José Milhazes disse...

AFerreira, a ignorância pode ter justificação, mas a má educação não. Não estou com muita paciência para lhe responder ou aturar.

Anónimo disse...

-Tretas & petas não são insultos, sr. milhazes- São uma forma de caracterizar ditos ou escritos de pessoas que através de meia verdades tentam passar grande mentiras.
Como diz o poeta António Aleixo:
"P'ra mentira ser segura
e atingir profundidade
tem de trazer à mistura
qualquer coisa de verdade."

Eu compreendo a sua irritação, o sr. gosta de comentadores que lhe prestem vassalagem e se possível que mostrem também desconhecimentos sobre estas matérias etc,etc .
Quanto a minha ignorância sobre estas questões estamos falados.
- Eu, dou referencias de pessoas & factos- Claro que o sr. não gosta! Mostra desagrado irrita-.../...problema seu.
É muito simples feche a caixa de comentários ou não poste o que escrevo. Qual é o problema já lhe disse que o mais importante é a coisa chegar ao destinatário o resto é acessório.
NB:
Vou continuar .independentemente do sr. gostar ou não é me indiferente. Passe bem sr. Milhazes
aferrera

Anónimo disse...

Ora vamos lá ver se este passa na censura.


A verdade sobre o conflito Sovietico-Finlandês.

Em Setembro de 1938, É Assinado o Tratado de Munique , que viria a ser conhecido como - O PACTO da TRAIÇÃO- onde as democracias burguesas entregam à Alemanha Nazi as Repúblicas soberanas da Austria e Checoslovaquia . –“ É necessário dizer que da rapina dos territórios da Checoslováquia se serviram também a Polónia e a Hungria “ Para que não fique a ideia que a Polónia, foi a virgem ofendida, coitada! no que se lhe seguiu depois deste
acontecimento.../...”
Ficou claro aos dirigentes sovieticos o que lhes reservava o futuro.../...
- Moscovo, viu-se obrigado a modar toda a sua estratégia de alianças que até aí vinha desenvolvendo e apoiando... Nove meses mais tarde e por iniciativa Alemã é assinado em Moscovo o tão Famoso -Pacto Germano-Soviético.
"" ""
A defesa de Leninegrado, E o conflito - Sovietico-Finlandês –

(a)” “Foram preocupações de ordem estrategica que levaram o Estado Sovietico a propor à Finlandia por trinta anos do porto de Hanko, que controlava a entrada do Golfo da Finlandia , bem como cinco ilhas, Hogland,Seiskari,Lavanskai,Tytarskari e Loivisto, como também o recou da fronteira no istmo da Carélia para colocar Leninegrado fora do alcance de artilharia pesada inimiga, deixando ainda assim intacto o essencial da «Linha Mannerheim» o despositivo defensivo Finlandês. Enfim reclamavam uma retificação da fronteira no extremo norte -,no oceano Ártico , que lhes deixaria a pequena Ilha de Rybachi que controla as imediações de Murmansk “ “ Em troca a URSS cederia à Finlândia os sectores de Repola e de Porajorpi , ou seja , 5527 Km2 contra 2760 km2 reclamados por Moscovo””
Que nos diz um especialista destas coisa.
Um célebre , conhecido e estudioso destas questões o critico militar Inglês, Lidder Hart :« Se examinarmos objectivamente essas propostas » escreve ele « apercebam-nos de que elas estavam redigidas sobre uma base racional que tinha como objectivo proporcionar uma maior segurança ao território sovietico ,sem inconveniente sério para a segurança da Finlândia. Plo contrário, os territorios que a Rússia propunha ceder à Finlandia teriam permitido a esta Alargar Uma Dimensão média Inconfortavelmente estreita»
(a) Muito do que atrás se disse foi retirado do Livro - 1939-1945 Uma guerra desconhecida da autoria de Paul-Marie de La Gorce.


aferreira

José Milhazes disse...

AFerreira, continue. Por esse andar, encontra justificações para tudo. Hitler também precisava de espaço vital.

Anónimo disse...

-Bom dia sr. Milhzes.
-Caro senhor, por favor não confunda as coisa, não sou eu que arranjo justificação para tudo. -Eu apenas procuro informação sobre estes e outros assuntos.

PS:
-Não está na moda reconheço, mas que quer que lhe faça esta-me no sangue.



aferreira

Lura do Grilo disse...

O carácter agressivo da União soviética não se esvaiu desde o golpe de Outubro: qualquer pretexto servia para invadir: Finlândia, Países Bálticos, Hungria, Checoslováquia, Polónia, etc.

A linguagem comunista é ela própria bélica: derrotar, vencer, lutar, combater. Vivem sempre desconfiados. É uma doença psiquiátrica o comunismo.

Anónimo disse...

A URSS roubou territórios da Finlandia, da Polonia e da Alemanha!

PEDRO LOPES disse...


A democrática EUSSR é que é boa!!!

Agora até vão roubar as contas bancárias do cipriotas.
E qualquer dia vão roubar ás nossas contas.

Esta gente tem e facto uma moral tremenda para dar lições de direitos humanos aos outros.

Então agora são uns gatunos que querem ser o farol da democracia?

A marxista EUSSR é a escória completa.
O Sistema ter de ruir custe o que custar.

Temos de voltar urgentemente á Europa das Nações soberanas. Seja a bem ou a mal.




Anónimo disse...

Acho que Putin tem toda a razão e os Finlandeses comportam-se como adolescentes irresponsáveis ou será que querem vir a desaparecer do mapa?
JM

Andrei Jvirblis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andrei Jvirblis disse...

Putin foi pago por finlindais? Timchenko tem um finlindaise nacionalidade ...

Anónimo disse...

Como Adolf Hitler salvou a Finlândia da destruição total
http://prokarelia.net/en/?x=artikkeli&article_id=667&author=10

Hitler, O Herói do povo finlandês e que quase salvou a Humanidade do flagelo siono-maçônico-comunista. Stalin, Lênin, Marx eram todos maçons.

Anónimo disse...

Como Adolf Hitler salvou a Finlândia da destruição total
http://prokarelia.net/en/?x=artikkeli&article_id=667&author=10

Hitler, O Herói do povo finlandês e que quase salvou a Humanidade do flagelo siono-maçônico-comunista. Stalin, Lênin, Marx eram todos maçons.

Anónimo disse...

Como Adolf Hitler salvou a Finlândia da destruição total
http://prokarelia.net/en/?x=artikkeli&article_id=667&author=10

Hitler, O Herói do povo finlandês e que quase salvou a Humanidade do flagelo siono-maçônico-comunista. Stalin, Lênin, Marx eram todos maçons.