quarta-feira, novembro 19, 2008

Será que finalmente poderemos voar TAP para e de Moscovo?


Texto escrito para a Agência Lusa


A TAP deverá lançar "quatro a cinco" voos semanais entre Lisboa e Moscovo em Junho de 2009, disse hoje à agência Lusa o director da representação da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) na Rússia.
"A TAP planeia avançar com quatro a cinco voos semanais a partir do mês de Junho", referiu à Lusa Pedro Patrício, salientando que esta ligação "contribuirá para o incentivo não só do turismo, mas também do comércio e cultura".

Contactada pela Lusa, fonte oficial da TAP disse que "não foi ainda tomada nenhuma decisão", que as negociações "continuam em curso" e que a companhia "está a avaliar novas rotas", não estando "iminente" um anúncio.

O director-geral do Turismo de Lisboa, Vítor Costa, disse à Lusa que "estão em curso conversações com a TAP para abrir uma rota de Moscovo para Lisboa", avançando que "as negociações estão bem encaminhadas".

Desde Outubro que Lisboa não tem uma ligação aérea directa para Moscovo, devido ao encerramento da rota operada pela companhia aérea russa Krasair, que está em processo de falência.

Em 2007, Portugal foi visitado por 18.700 turistas russos, um número que este ano já ultrapassou os 21.000.

"A aposta do Turismo de Portugal é de 50 mil turistas russos por ano e penso que isso é perfeitamente atingível a curto prazo", concluiu o director da representação da AICEP na Rússia.

As ligações aéreas entre Lisboa e Moscovo poderão ser um dos temas abordados na sexta-feira, dia em que o Presidente da Federação Russa, Dmitri Medvedev, é recebido pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.

8 comentários:

JTS disse...

Caro Jose Milhazes,
"puxando a brasa a minha sardinha", e porque nao uma ligacao a St.Petersburgo?
Muitos dos turistas russos que vao a Lx sao da "capital do norte". E na altura das noites brancas tambem sao muitos os turistas portugueses que aqui se deslocam. Mesmo que a ligacao directa Lx-Led nao se justifique so por si, penso que se justificava um esquema como existe por exemplo para o Brasil, em que voos da Tap numa ligacao cobrem 2cidades (Lx-Recife-Salvador). Assim, porque nao, pelo menos num desses voos semanais fazer Lx-Moscovo-St.Petersburgo?
Um abraco.

JTS disse...

E se soubessem que hoje e' o primeiro dia com neve aqui em S.Petersburgo, e que esta cidade toda branca e' ainda mais bonita, vinham muito mais turistas e vinham ja hoje! :)

Jose Milhazes disse...

Caro JTS, eu apoio a tua proposta, mas vamos com calma. Já seria bom se existisse uma ligaçao directa entre Moscovo e Lisboa. Em tempo de crise, devemos ser realistas. Um abraço

Andre' Serranho disse...

JTS, sabe quem ganha com isso?
A Finnair, e passo a explicar: desde 2007 (se näo antes) häo 4 vöos semanais directos Helsínquia-Lisboa.
Muita gente de Petrogrado :D vai até Helsínquia, se calhar dá uma volta pela cidade, e apanha o aviäo--ou entäo ficam logo no aeroporto.

Ou acha que é por causa dos turistas finlandeses que väo a Lisboa (ou vice-versa)... ou pela enorme comunidade lusa na Finländia que eles fazem esta "benesse"?

E veja-se outra coisa: Portugal cabe à vontade entre Moscovo e Petrogrado (para quem näo sabe, os locais chamam-lhe "Piter")!!!

Ricardo Costa disse...

Isso de mudar as designações das cidades para tempos anteriores parece-me no mínimo estranho e uma subversão à memória. Durante décadas St. Petersburgo denominava-se Leningrado (até 1991) e essa cidade era um lugar de enorme inspiração e palco de um dos momentos mais importantes da história do início do séc. XX. A justificação de destruir a designação Leningrado era com o objectivo de matar por completo a URSS, mas reaviva uma Rússia imperial muito mais injusta e cruel do que a URSS. A memória histórica é curta, é por isso que a actual Rússia é mais desigual do que nunca, onde a riqueza esta concentrada nem oligarquias altamente corruptas e excêntricas, e a pobreza e a exclusão social é colossal. Está mais do que provado que Ieltsin foi um oportunista e que a Perestroika de Gorbachev era de facto a melhor solução para a URSS... e para o mundo. O capitalismo colapsou no Ocidente, mas na Rússia os efeitos serão devastadores. Pode ser agora que o povo "ex-soviético" novamente tome uma decisão tão revolucionária como há 81 anos ou que seja tão ousado como foi o povo norte americano nas últimas eleições.

Anónimo disse...

E uma excelente noticia. Esperoque se concretize. E um desperdicio de recursos fazer campanha sobre o turismo em Portugal, como a que foi feita por aqui este ano e depois nao haver ligacao directa a Portugal.

JTS, por aqui tambem ja nevou, e hoje entao... De qualquer forma, na semana que vem, por motivos profissionais, tambem terei oportunidade de ver a bela St. Petersburgo coberta de neve.

Anónimo disse...

O anonimo anterior sou eu. esqueci-me de assinar.
Nuno Pinto, Moscovo.

Nuno Bento disse...

Nos negócios, o mais difícil de fazer é começar do zero quando não existe nenhuma procura. A decisão da TAP de abrir uma rota para a Rússia peca apenas por tardia.