segunda-feira, novembro 17, 2008

Veterano soviético que abateu avião de MacCain continua a odiar o candidato a presidente norte-americano derrotado



Iúri Truchetchkin, tenente-coronel soviético na reserva, reconheceu que foi ele que, em 1967, abateu o avião tripulado por John MacCain durante a guerra no Vietname e não esconde que continua a odiar o candidato derrotado ao cargo de presidente norte-americano.
“Felizmente, ele não se tornou presidente. Ele odiava os russos. Ele sabia que o seu avião foi abatido por um míssil russo”, declarou o veterano ao diário russo Moskovskii Komsomolets, que o encontrou internado num hospital militar de São Petersburgo.
Não obstante a União Soviética ter sempre negado a presença de militares no Vietname, Truchetchkin, agora com 70 anos, está convencido de que não só não deve esconder nada, mas também não deve ter vergonha de ter participado na guerra contra os Estados Unidos.
O veterano recorda bem o dia em que abateu o avião de MacCain. Com outros militares soviéticos, ele devia defender a ponte estratégica Ham Jong do ataque de dois aviões americanos Phantom F-4.
“Um avião deu a volta a uma colina e outro voou por cima da ponte. Nós dispáramos contra o segundo”, declarou Truchetchkin.
Segundo o veterano soviético, MacCain teve sorte, porque, normalmente, “os aviadores americanos eram mortos com enxadas.. mas John MacCain foi enviado para uma prisão terrível que se chamava ironicamente Hanoi Hilton ”.
Truchetchkin trouxe para a URSS, como troféu, os documentos do piloto e fotografias que conseguiu fazer ilegalmente, pois os oficiais soviéticos estavam proibidos de fotografar no Vietname. Os documentos perdeu-os, mas conserva fotografias de MacCain, que o Moskovskii Komsomolets publica.
O veterano reconheceu-o quando viu uma reportagem televisiva sobre as eleições presidenciais norte-americanas.
“Os carcereiros diziam que ele odiava os russos. Se ele se tornasse Presidente dos Estados Unidos, não duvido que as relações entre a Rússia e a América se iriam deterioar mais ainda”, sublinhou.
Segundo a biografia oficial de MacCain, o seu avião foi abatido a 06 de Outubro de 1967. Passou na prisão cinco anos e meio, tendo sido libertado após a assinatura do acordo de paz entre os Estados Unidos e o Vietname, em 1973.

47 comentários:

Jest nas Wielu disse...

/Truchetchkin trouxe para a URSS, como trofeu, os documentos do piloto/

O que dizer, não tenho as palavras, russo – soviético Chukrin (um verdadeiro churka, quem entende), ROUBOU os documentos pessoais do McCain (acto proibido pela Convenção de Genebra).

Agora é possível entender os soldados russos que pilharam os bens georgianos na recente guerra contra a Geórgia: garfos, sanitas usadas, fardamento do exército, botas, etc.

Os soldados de 2008 tiveram com quem aprender, com os seus pais (Vietname & Afeganistão) e estes com os seus avos de 1945.

Bárbaros, não tenho outras palavras.

Soldado russo roubou o garfo de ouro, outro veste o fardamento georgiano roubado:
http://www.youtube.com/watch?v=kM50u6xdJas

Soldado russo arranca a câmara fotográfica de um jornalista estrangeiro:
http://www.youtube.com/watch?v=NyYfSTbThbE

Jest nas Wielu disse...

p.s.

Ouve um erro com apelido (não foi Churkin, mas Truchtchkin, quer dizer um trouxa), foi alguma distracção, o resto mantenho na mesma.

MSantos disse...

John MacCain revelou-se uma pessoa digna e séria, que acredita honestamente que os seus ideais serão o melhor para o desenvolvimento do seu país.

Fossem todos os políticos assim e não haveria nenhum problema com as ideologias (á excepção da Nazi, por razões que já referi anteriormente).

Lamentavelmente quanto ao seu partido, apoiantes e obscuros interesses que se movem nos bastidores...bom, será melhor nem falar disso.

Cumpts
Manuel Santos

Jest nas Wielu disse...

p.p.s.

parece que na realidade McCain pilotava no Vietname não um Fhantom, mas um A-4 Skyhawk...

Será que o veterano russo mente?

Anónimo disse...

jest se voçe é ucraniano e já está perto dos 40 anos significa que já foi soviético, por isso, aproveito as suas palavras para dizer que o senhor é um barbaro tal como a sua familia que tambem é ou foi soviética.
Voçe tem uma capacidade unica de se auto-destruir como eu nunca vi..

luis m.
coimbra

Pippo disse...

Jest, em primeiro lugar pare de ser russófobo, essa xenofobia fica-lhe mal.
Pelo que diz, somos todos levados a supôr que também você é um ladrão, pilhador e violador, até mesmo da Convenção de Genebra, uma vez que os seus pais, da mesma prole deste veterano, também combateram em 1945, e os seus avós em guerras passadas... Se calhar o Jest até é parente de um qualquer alemão cuja mãe foi violada por um seu antepassado, quem sabe? A dizer as atoardas de diz, arrisca-se a que lhe digam isto. Acha piada? SE calhar acha...

Em segundo lugar, se não sabe deveria saber que em todas as guerras os soldados guardam pertences dos seus inimigos, quer sejam documentos pessoais quer sejam troféus de guerra.

Portanto, pare de ser um trepach e passe mas é a tecer comentários inteligentes. A gerência agradece.

Quanto à questão de se saber se era o F-4 ou o A-4, é interessante, pois o primeiro era um avião de caça com capacidade de ataque ao solo, enquanto que o segundo em excelente avião de ataque ao solo. Não me espantaria que auela fosse uma missão Ironhand, na qual o primeiro avião, equipado com ECM, seria captado pelos radares dos SA-2 e SA-3, e o segundo avião, armado com mísseis SHRIKE, atacava os ditos radares, os Fan Song, tornando o sistema inop.

Seria intressante ler mais sobre a experiência desses veteranos em guerras "encobertas", aliás, estes e outros de outras nações, por exemplo portugueses, cubanos, etc..

Francisco disse...

Senhor Jest desculpe mas julguei-o Brasileiro .Já agora satisfaça a minha curiosidade se não se importa. O Senhor é de Zapate ou Vostoke da Ucrania ?Não é por nada mas gostava que tivesse essa amabilidade .
Cin.naroda

Wandard disse...

Pippo,

O avião de MacCain era um A4 Skyhawke, a missão era o ataque a uma ponte mesmo, conforme o relato. Quanto a levar pertences e realizar saques, isto é comum nas guerras e não existe nenhuma nação que possa atirar a primeira pedra. Tenho amigos americanos que os avós combateram na 2ª Guerra e foi através deles que pude ver uniformes, equipamentos e até condecorações(Cruz de Ferro) alemãs e muitos outros objetos que eram retirados dos corpos de soldados e oficiais. Dos japoneses pude ver belíssimas Katanás japonesas e outros objetos obtidos em Guadalcanal. É pena que as "barbaridades" que ocorrem no Iraque não são devidamente divulgadas ou melhor nunca são divulgadas. Abu Graib não foi nada.

Francisco disse...

Senhor Jest é muito feio faltar à verdade e o Senhor quando diz que os soldados Russos pilharam tudo quando entraram na Gruzia (Georgia). É falso se não sabe informo-o que foram dois batalhões de Tchetchenos que entraram na Gruzia, quer que lhe dê o nome desses batalhóes?
Cin.naroda

Anónimo disse...

Jest a ucrania só tem a ganhar com uma russia forte a todos os niveis.

Sou português, só se estiver louco é que vou desejar que a espanha seja destruida, empobreça ou se torne num país fraco, por um motivo muito simples, é que portugal sofre as tambem as consequências e de uma forma mais dura porque é um mercado menor e mais vulneravel.
Se a russia colpsar a ucrania não vai sobreviver, pode ter a certeza disso.
A ucrania hoje está a progredir tambem porque a economia russa está melhor.
Se acompanhar a economia da ucrania entre 1991-2008 irá contatar que existe um corelação forte entre as duas economias.

Vicent..

osátiro disse...

E depois andam a impingir que foi "a luta heróica" do povo Vietnamita- sem menos prezar um povo que só tem conhecido atrocidades.

osátiro disse...

Jest, uma palavra de solidariedade pelos factos que tb aqui escreve e que nos ajudam a perceber ainda melhor(se é que havia dúvidas) o carácter sanguinário do regime soviético!
Parabéns (tal como ao JM) e peço-lhe que continue.

Qto á crítica de ter sido soviético, só de q.i. abaixo de zero: então todos os portugueses k viveram no tempo de Salazar tb são salazaristas (ou fásschiiistasss?).

Anónimo disse...

a URSS foi um páis muito a frente no seu tempo e sem duvida a maior e mais brilhante criação que a civilização conheceu, pena que os humanos tenham o cerebro demasiado primitivo para compreender isso.

esta sociedade é podre e hipocrita, muitos que passam fome e nada tiveram não se importavam de viver na URSS, so gente vazia e que nunca passou dificuldades e que tudo lhes foi dado de mão beijada pode dizer que a URSS foi um erro.

carlos

Anónimo disse...

osátiro(homem/mulher/outro?)

soviéticos foram todos os cidadãos da URSS que habitavam a URSS entre 1923-1991.

Salazaristas(existencia discutivel) foram um sector da sociedade portuguesa durante o periodo do estado novo.
voçe conheçe alguem que tenha no BI, nacionalidade:Salazarista?

até lhe digo que muitas vezes os colaboradores de um regime são aqueles que depois vêm falar mal desse mesmo regime no qual colaboraram.
O sr. fala de QI, é curioso..
ja li alguns textos seus em que fala que não acredita em diferenças biologicas na inteligência entre seres humanos, agora vem falar de QI.
pelo menos o seu já sei qual é...

luism
Coimb.

bruno

Anónimo disse...

bruno

em relação ao comentario sobre a sociedade iraniana num post, não é bem assim porque eu conheço alguns iranianos e não os considero muito "europeus"

luisM
Coimbra

rouxinol de Bernardim disse...

O que mais repugna é o vangloriar de uma pilhagem de documentos como se estivesse a usar isso como troféu de caça. Tenho dúvidas que isto seja verdade. Há quem se aproveite de tudo para ser notícia...para ter notoriedade.

Jose Milhazes disse...

Caro Rouxinol, o facto de o veterano de guerra possuir fotografias de MacCain no Vietname são uma prova de que não está a mentir.

Jest nas Wielu disse...

Fotos do McCain

Mas caro José Milhazes, a foto que aparece no jornal "MK" é uma foto que já vi várias veses na Net. Será que eles publicaram alguma foto exclusiva?

Jest nas Wielu disse...

2 luis m. / coimbra
Não fico perto de 40 anos e nunca disse que alguém é bárbaro por simples facto de ser soviético. Chamei o homem bárbaro por ser ladrão: já imaginou, McCain no chão, com pernas e mãos partidos e o oficial soviético vai aos seus bolsos para ir aos dólares / documentos. Para mi é repugnante.

Na URSS também no BI (passaporte interno) nunca havia nacionalidade “soviética”, mas sim: ucraniana, georgiana, lituana, etc.

2 Pippo
Nenhum dos meus avos passou pela Alemanha, além disso já lhe disse que enquanto os meus avos combatiam os nazis, os seus negociavam com eles o ouro roubado aos judeus. Por isso não tem moral de falar sobre o assunto. Em segundo lugar, de facto, há pilhadores em todas as guerras, e todos os pilhadores me repugnam, não os distinjo por “meus” ou “alheios”. Em terceiro lugar, obrigado pela sugestão de eu não falar muito, meu caro Peace Duke (Duque da Paz).

2 Francisco
Não sou nem do Leste, nem do Oeste, sou cidadão do mundo.
Pilhagens: feio é opinar sobre as coisas em quais percebe pouco. Eu dei 2 links com o vídeo. No vídeo de garfo de ouro, vê-se claramente, que os soldados não são chechenos, mas do exército regular russo.

2 Wandard
Acho que levar uma catana (é uma arma, como tal o prisioneiro não pode ter as armas) ou outra coisa qualquer de um inimigo MORTO é algo aceitável, agora, vasculhar os bolsos de um oficial ferido é algo repugnante. Mas se calhar estou enganado.

2 Vicent
Sim, correlação existe, sim, dependemos da economia deles, mas se ler o meu blog com atenção, poderá encontrar o artigo do ex – Primeiro – Ministro da Estónia que explica como o seu país saiu da dependência do seu vizinho agressivo.

2 osátiro
Obrigado, é claro que fico, “adoradores da Rússia” não são donos desta página, nem da verdade...

2 Carlos
Carlos com certeza já viveu na URSS? Sem receber nada “de mão beijada” do regime?

Jose Milhazes disse...

Caro jest, foram publicadas na imprensa russa outras fotos. N\ao tenho em vista as que publiquei no blog.

Jest nas Wielu disse...

Fotos do McCain:

Talvez formulei mal a minha pergunta: a foto do McCain, publicada no artigo é uma foto bem conhecida, vi a na CNN, etc. Alias, é uma colagem, duas fotos juntas. Mas será que existe alguma foto que pertence ao veterano em causa, o tal Yuri, será que ele mostrou alguma foto do McCain exclusiva, quer dizer que ninguém mais tem?

Porque a minha lógica é essa: se oficial soviético roubou, “levou”, “libertou” alguma foto do McCain ou até tirou (fotografou) McCain na cadeia (após o abate do avião), de maneira clandestina (que os seus superiores não sabiam), só ele é que iria possuir a tal foto, nem McCain, nem outros, nem a imprensa podia tê-la. Correcto? Se existem essas fotos, única e exclusivamente na posse do Yuri, então gostaria de vê-las, poderá, por gentileza, dar o link das tais fotografias exclusivas?

Pois caso contrário, temos um veterano que faz PR usando o nome do McCain, ele até erra no nome do alegado avião do McCain, de certeza que Sr. José leu essa parte da discussão dos bloggers russos junto ao artigo em causa.

Jose Milhazes disse...

Caro jest, foram publicadas fotos no sítio www.newsru.com.

Anónimo disse...

esse jest nas wielu deve ser mal informado ou uma pessioa muito tendenciosa para apenas atacar os russos como um bando de selvagens e pilhadores. Se ele pudesse analisar melhor, em nenhuma guerra há santos em tempo integral. Guerra é guerra e se você tivesse lá agiria no coletivo e faria coisas que jamais teria pensado em fazer.
Se você for europeu, faz séculos que sua terra vive de pilhagem em outros continentes, e se os russos são bárbaros o resto da Europa também é. Basta lembrar que houve participação de franceses no genocídio de Ruanda, em 1994. Que coisa feia heim? lobo em pele de cordeiro !

Adriano

Anónimo disse...

jest a russia em 2007 teve o maior crescimento economico na europa com a excepção da eslováquia, em 2008 terá o maior crescimento da europa e em 2009(estimativas fmi) será a unica grande economia desenvolvida a crescer significativamente.
Enquanto isso a ucrania desde 2005 está a divergir em relação a russia e o crescimento segundo as estimativas recentes do fmi para 2009 aproxima-se de uma estagnação.

PIB per capita(2007),FMI

russia :9,100$
ucrania:3,100

a ucrania esta a 33% do desenvolvimento per capita da russia, encontra-se a divergir da russia já a alguns anos e ainda vai piorar muito mais nos proximos anos.
Avalie os politicos com base nos resultados.
Se perceber alguma coisa de econima facilmente irá compreender que a economia da ucrania perdeu dinamisco devido as politicas desastrosas e anti-russas devido a imcompetencia dos politicos ucranianos.
Mesmo assim pode agradecer aos russos a ucrania estar a comprar energia a russia a um custo inferior ao de mercado.

bruno

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Queria dizer a Ucrânia corre o risco de perder nos proximos anos 50% da sua população

Jest nas Wielu disse...

2 Adriano

Leu mal a minha escrita, ataco os pilhadores sem distinção das nacionalidades.

2 Bruno
/ a russia em 2007 teve o maior crescimento economico na europa com a excepção da eslováquia/
Não sei se o próprio bruno entendeu a sua piada, Rússia cresceu menos do que a Eslováquia!!! Sem gás, sem o petróleo, sem diamantes e ouro a pequena Eslováquia cresceu mais que a “poderosa” Rússia...
/economia da ucrania perdeu dinamisco devido as politicas desastrosas e anti-russas/
Explica então, de ponto de vista económico, como a economia consegue perder o seu dinamismo devido as “politicas desastrosas e anti-russas”? Por exemplo, a bancarrota da Islândia também é originada pelas políticas anti – russas? E o que significa ter as “políticas anti – russas”? Se eu ver o cinema em ucraniano será um acto anti – russo ou não?
2 Anónimo
Portugal e as suas ex – colónias: as relações são mais ou menos, pois Portugal dá o dinheiro e NUNCA tem o direito de dar a voz sobre NADA na política dos PALOP´s. Quando confisca a carta de condução de Mantorras, os portugueses também ficam sem as cartas.
Acho que falaremos sobre a situação de 2015 só em 2015. Pois não vejo a alternativa aos portos bálticos para as exportações russas.
Maior mercado de exportação da Estónia é a UE: os seus produtos são demasiadamente caros para os consumidores russos, além disso quando a Rússia optou por embargo económico, isso obrigou os estónio procurar as alternativas.
Aço & população: a) aço tem cada vez mais compradores, pois os preços de todas as matérias – primas sobem e não baixam. b) o que interessa para a Ucrânia não é a quantidade, mas a qualidade, não vejo aqui nenhuma tragédia.
Aprende assinar aquilo que escreve meu caro Peace Duke (Duque da Paz).

Jest nas Wielu disse...

Uma pergunta aos adoradores da Rússia:

Vários usuários, tipo Pippo, advogam a ideia que o soviético não é sinónimo do russo, etc.
E aqui temos o veterano soviético russo que diz o seguinte:

“Ele odiava os russos. Ele sabia que o seu avião foi abatido por um míssil russo”.

Então como é, será que os adoradores da Rússia são desautorizados pelos próprios russos?

Anónimo disse...

Logo vi que o jest era um cidadao do mundo.

Anónimo disse...

Passados 60 anos o ouro continua a ser roubado e não é aos judeus.

Anónimo disse...

jest o crescimento da eslovénia de 10% em 2007 acrescentou ao produto desse país 6-7 biliões de dolares, o crescimento na russia de 8,1% acrescentou ao produto da russia +- 100 biliões, não compare o incomparavel. O peso das riquezas naturais no crescimento da economia russa explica 2-3 pontos percentuais, o resto tem a ver com o mercado de consumo russo e o crescimento exponencial do sector industrial/tecnologico.o senhor fala de economia sem dominar minimamente o tema.
como se encontra em africa, deveria ser o primeiro a afirmar que de nada serve a riqueza de um país se o povo não sabe ou se não tem capacidade para a usar.
A grandeza da russia é o seu povo culto com uma mão de obra altamente expecializada e evoluida.
Eu não tenho a menor duvida que se a sociedade americana passasse pelo que passou a sociedade russa nos anos 90' os EUA já nem existiam, os russos aguentaram o que muitos nem de longe conseguiam aguentar, acho admiravel a capacidade de sacrificio e resistência dos russos, só o sr. é que não entende isso, va-se la saber porquê..
Tenha em mente o perigo que representa a sociedade americana para o mundo se a economia americana enfraquecer. ao contrario dos russos que tiveram de começar do zero e suportar tudo sozinhos, quando os americanos estão mal, o resto do mundo fica pior.A economia americana não é auto-suficiente só funciona com base no aparelho produtivo dos outros países.
A russia domina nos principais sectores que farão a diferença no futuro proximo, falo da industria espacial, aerospacial, tecnologias da informação e comunicação, energias, militar etc etc não me obrigue a ser maçador.
Uma economia tem futuro se tem viabilidade, a russia é um país com uma economia autosuficiênte com um superavite comercial, a divida externa da russia é insignificante.

faço-lhe 2 perguntas para saber a sua opinião,
Por exemplo acha que o reino unido com uma divida de 10 triliões de dolares e com um produto anual de 2.3 triliões é uma economia viavel?
2-Qual é o plano de futuro para a ucrania? vai apostar no que? convença 1 empresário ocidental a investir na ucrania, porque é dificil na actualidade alguem investir num país sem estabilidade interna.

A russia nos proximos anos será a maior economia da europa e a ucrania vai continuar a ser um país de sub-desenvolvido, o que é pena, porque a ucrania esta a perder uma oportunidade unica.

Quando a ucrania consecutivamente critica as posições da politica externa russa é uma atitude pro-russa?
A ucrania ao pretender entrar na união europeia em deterimento da CEI é uma politica pro-russa? Ao pretender integrar a NATO isso é o que? atender aos receios de moscovo ser cercada por uma organização militar a qual não pertence? e assim a russia por exemplo já não poderá exportar equipamento belico para a ucrania, nunca se apercebeu que a nato é um mercado comum de armas?

A ucrania não tem que ser pró-russa nem pró-ocidental, a ucrania deve ter a posição que favoreça os seus interesses.

ps:em relação ao factos dos soviéticos=russos, eu já acho que isso é conversa de ignorantes.
para um americano comum a russia continua a ser a URSS não comprendem que era uma federação multinacional, compreenda que a russia era 1 das republicas da URSS e os russos eram o povo mais populoso, por isso, é normal que muita gente(ignorantes sobretudo) pensem que 1 soviético é sinonimo de russo.

bruno.

Pippo disse...

Jest, para os americanos, nos tempos da URSS, "russos" eram todos os cidadãos soviéticos. Acha que eles faziam distinção entre estónios, ucranianos, russos, cazaques, etc.?. O filme do Bond "From Russia with Love", será que se referia à Rússia ou à URSS? quando o Sting escreve a música "Russians", será que se refere aos russos ou aos soviéticos?
Se o vererano diz que o míssil era russo, então terá de lhe perguntar a ele o porquê da nacionalização do míssil. Talvez ele, enquanto russo, sentisse que o míssil também o era...
De resto, os seus comentários são por norma, ou fracos, ou pior ainda, mal intencionados. Eu sou levado a crer que é mais o segundo.

Quantos às proezas dos seus antepassados, como sabe que eles não lhe mentiram, tal como diz que este veterano o fez? Se calhar os seus antepassados andaram mesmo pela Alemanha a pilhar e violar e depois tiveram vergonha; ou se calhar colaboraram com os alemães
e andaram mas a roubar os judeus e a vender-nos o ouro.
Com comentários desses não se safa e só leva é este tipo de respostas.
É pena, aliás, que tenha de perder tempo consigo para lhe dar troco, pois preferia conversas com pessoas que discutissem com pertinência e nível. Infelizmente o Jest calhou-nos na rifa...

Pippo disse...

E já agora não se faça de inocente a dizer que condena todas as pilhagens, pois se o fizesse não teria dado unicamente ênfase à pilhagem feita por russos, como aliás já o fez em mensagens anteriores.

Os xenófobos anti-Rússia terão de se esforçar melhor. Treine mais.

Jest nas Wielu disse...

2 Bruno

Basta ver como hoje se comporta a economia russa com a queda do petróleo para saber que a ideia dos “2-3 pontos percentuais” não é correcta. Alias, os próprios russos reclamam que o país não criou as riquezas, os seus biliões investiu em obrigações de tesouro americanos, etc.

Capacidade de sacrifício e resistência dos russos: é verdade, o seu próprio Governo é bastante severo para com os russos e estes aguentam, coitados e ainda brincam com as suas desgraças, dizem: “mas nos EUA lincham os negros”...

/A russia domina nos principais sectores que farão a diferença no futuro proximo/

Pois, país não produz a carne (compra na Holanda, Polónia, Ucrânia), não produz açúcar (compra na Ucrânia), não produz carros que não sejam avariados na saída da fábrica (compra os carros de segunda mão no Japão / Alemanha), não produz mil e uma coisas...

/Por exemplo acha que o reino unido com uma divida de 10 triliões de dolares e com um produto anual de 2.3 triliões é uma economia viavel?/
Acho que é viável, pois se o GB sobreviveu até 2008, achara a maneira de sair da crise.

2-Qual é o plano de futuro para a ucrania? vai apostar no que? convença 1 empresário ocidental a investir na ucrania, porque é dificil na actualidade alguem investir num país sem estabilidade interna.
A vida política ucraniana neste momento é parecida com a da Itália após 2ª G.M.: certa instabilidade política, eleições constantes, etc. Mas se comparar o nível da vida dos italianos e dos portugueses, essa comparação não favorece o seu país. Mesma coisa se passa na Ucrânia, veja na revista Forbes a fortuna pessoal do Rinat Ahmetov, ela esta crescendo, assim como cresce o bem – estar na Ucrânia.

/Quando a ucrania consecutivamente critica as posições da politica externa russa é uma atitude pro-russa?/

Então agora criticar alguém significa ser anti – alguém? Nunca fostes criticado pelos teus amigos, pais, professores?

/A ucrania ao pretender entrar na união europeia em deterimento da CEI é uma politica pro-russa?/
Um país soberano (Ucrânia) escolher o seu próprio destino é uma política anti – russa? Exemplo: Moçambique & Angola entrarem na SADC é uma política anti – portuguesa?

/Ao pretender integrar a NATO isso é o que?/
Um país soberano não pode escolher as suas próprias alianças militares?

/assim a russia por exemplo já não poderá exportar equipamento belico para a ucrania, nunca se apercebeu que a nato é um mercado comum de armas?/
Isso já é uma piada, então a Ucrânia “um país sub – desenvolvido” que “perdeu a oportunidade única” tem alguma OBRIGAÇÃO a financiar o complexo militar russo? Em vez de levar os nossos dólares / euros para um fabricante europeu / americano, temos alguma OBRIGAÇÃO moral (?) de entregar o nosso dinheiro aos russos? Achas isso minimamente razoável?

A ucrania não tem que ser pró-russa nem pró-ocidental, a ucrania deve ter a posição que favoreça os seus interesses.
A Ucrânia têm a sua política independente que favorece os nossos interesses, que neste preciso momento significa a urgência de se filiar na NATO. Assim fez o Portugal, após 2ª G.M. entrou na NATO para garantir a sua segurança. Bruno advoga PUBLICAMENTE (não ao abrigo do anonimato nestas páginas, mas dando a cara, assinando as petições neste sentido), a saída do seu país da NATO?

Bruno diz que a comparação “soviéticos = russos” é uma “conversa de ignorantes”, mas não respondeu a minha pergunta: acha que o veterano soviético que alegadamente abateu o avião do McCain e que diz que este avião foi abatido pelo “míssil russo” é ignorante?

p.s.
/russia era 1 das republicas da URSS/

Outra vez errado, a RSFSR / Rússia Soviética não era uma república, era uma federação das repúblicas (pelo menos no papel).

Gilberto Mucio disse...

Bruno,

Me perdoe a sinceridade, mas sua ignorancia a respeito da Rússia é incomensurável.

""A grandeza da russia é o seu povo culto com uma mão de obra altamente expecializada e evoluida.""

Baseado em que voce afirma isso? Voce já precisou contratar um funcionário Russo, pra qualquer ramo de atividades, para afirmar isso?

Pois eu já. E afirmo: Um dos maiores problemas da Rússia é a falta de mao de obra especializada para o mundo moderno.

Em outro tópico eu escrevi sobre os delírios de gente como o Bruno.


""A russia nos proximos anos será a maior economia da europa e a ucrania vai continuar a ser um país de sub-desenvolvido, o que é pena, porque a ucrania esta a perder uma oportunidade unica.""

Outro delírio estupendo!

Pra entender a economia russa nao precisa ser nenhum expert em nada. Basta se informar e nao ser idiota. Mas mesmo assim tem gente que nao entende.

A Rússia é um "mero" exportador de hidrocarbonetos. Ok... é o maior exportador, e para o ercado europeu, o mais rico mercado e maior consumidor do mundo.

Acontece que além do país sofrer de síndrome holandesa -- se atrasar, por nao desenvolver outros setores da economia e ficar na dapendencia de petróleo/gás -- essa "boquinha" tende a acabar....

Primeiro, com a crise que está por vir e será duradoura o consumo e a produçao européia vai diminuir(já está) assim diminuindo, a demanda por energia diminui, vao comprar menos da Rússia;

segundo, o preço do petróleo no mercado já caiu por mais da metade. Afetará diretaemente a rudimentar economia russa. Nesse ano o pais ainda crescera a uma faixa de 6%/ano, pela inécia economica e por causa de contratos antigos;

terceiro, e mais importante -- Na Uniao Européia está em andamento um plano - encabeçado pela França- de mudança da matriz energética. Estima-se que em cerca de 12 anos vao-se reduzir em até 80% a demanda do petróleo/gás russo.

E a Rússia perdendo esse mercado, "já era". Vai ter que se reinventar. Mudar o modo de como se comporta em política interna, externa e procurar de modernizar.

É simples de entender, como 2 + 2 = 4.


Crescer em termos absolutos vendendo petróleo/gás é muito fácil. Faz-se um furo no chao e jorra dinheiro.

Porém, pesar desse crescimento, os beneficios do petróleo só chegam a uma mínima camada da polulaçao. TODOS os dados sociais da Rússia pioraram nos últimos anos, eu disse TODOS. A úninca coisa que cresce positivamente no país e o número de bilionários(mafiosos-oligarcas) na lista da Forbes, que por sinal sao aliados de Putin e dao sustentaçao a seu governo.

Jest nas Wielu disse...

2 Pippo

1. Nunca disse que o veterano mentiu. Sugeri que podia não dizer a verdade. Há diferenças semânticas.
2. Tenho as cadernetas militares dos meus avos. Os meus lutavam contra o nazismo alemão, os seus faziam negociatas com o Hitler. Quem compra o produto roubado é igualmente culpado.
3. Os meus comentários sobre o ouro roubado não tem nada de malicioso ou desrespeitante, é do domínio público que Portugal trocava ouro nazi pelo volfrâmio que este por sua vez era usado na indústria aerospacial do 3º Reich. Acredito que a história pode não ficar por aqui...
4. Pois, como diziam os nacionalistas moçambicanos: “daqui não saio, daqui ninguém me tira”.
5. Pilhagens: logo que souber de algumas pilhagens feitas não pelo exército russo, mas por algum outro exército, prometo avisar. E já agora, poderá definir a minha “xenofobia” na afirmação que os soldados russos pilhavam os bens georgianos nos territórios ocupados da Geórgia? Não sabe que o exército russo chegou fazer uma exposição dos “trofeus” em Moscovo? Não estavam lá as sanitas e os garfos, mas havia produtos georgianos. Isso até originou a criação da famosa Loja virtual dos produtos “libertados”:
http://community.livejournal.com/ru_vilochka

Anónimo disse...

xiii jest, voçe é africano por isso não compreende a gravidade de certas coisas que diz.
Qual ucraniano qual que, voçe é realmente um cidadão do mundo porque ninguem o quer....
faça 1 favor a europa continue por moçambique e tente chegar a deputado, talvez consiga desenvolver o país com as suas ideias fantasticas e inovadoras.

só mais uma coisa

Portugal não deve nada aos nazis, judeus e aos seus avozinhos.
Se pretende receber o rendimento garantido não preenche os requisitos necessários.

Vicent...

Anónimo disse...

um dia o Jest. vai compreender que todos erram, não existem pessoas perfeitas, muito menos países perfeitos, pela sua logica estavamos aqui todos a atacarmo-nos uns aos outros por causa dos erros históricos de cada país e nunca mais saiamos daqui.

Quanto a tua perspectiva sobre as relações ucrania-russia só tenhoa dizer que essa visão é negativa para ambos os países, masrespeito a sua opinião.

Quanto ao comentario do Mucio olhe eu confesso que tenho alguma dificuldade em compreender certas posições de pessoas que cospem no prato aonde comem. Se o sr. vive na russia então é porque ganha dinheiro na industria do petroleo já que segundo as suas palavras é tudo o que a russia tem para dar.Que falta de caracter!

bruno.

Gilberto Mucio disse...

Ao Bruno

O fato de morar na Rússia me obriga a fechar os olhos para a realidade deste país e concordar com os rumos que seus dirigentes estao dando para o mesmo?

Se é isso, entao eu "cuspo no prato que como" e continuarei cuspindo.

Muito extranha essa sua visao.

Eu falo mal mesmo, nao do coitado povo, mas de seus dirigentes.

E nao é por mim, que passo muito bem aqui e dentro de dois aos irei embora deixando muitos amigos, que serao amigos para sempre. Mas pela angustia que me dá ver que um país que tinha um potencial(porém que precisaria ser reciclado) tao grande, tomou um rumo tao equivocado. E perdeu uma chance de ouro de se modernizar como deveria.

Agora, pelo menos a curto e médio prazo, já era mesmo. Os russos terao de se reinventar.

Jose Milhazes disse...

Caros leitores, volto a apelar a que sejam correctos nos comentarios e não insultem povos ou pessoas. A luta deve ser feita no campo das ideias.

Anónimo disse...

Mucio Putin/medvedev estão no poder a 8 anos, queria que a russia da noite para o dia se transformasse no país das maravilhas?
O sr. sabe em que estado se encontrava a russia em 1998/1999? em 8/9 anos não é possivel corrigir erros de decadas de governação, 8/9 anos é um espaço de tempo muito curto.
O sr. não criticou, teceu 1 comentário destrutivo sobre a estrutura economica da rússia.

Qual é a critica aqui??
"A Rússia é um "mero" exportador de hidrocarbonetos. Ok...
"
mais;
"Afetará diretaemente a rudimentar economia russa"

O que estes comentários têm de criticas?simplesmente o sr. coloca a russia ao nivel de um país do 3ºmundo e tal afirmação só pode ser feita por quem não tem o minimo de conhecimento sobre economia.

A curto prazo os governos NADA podem fazer para mudar uma conjuntura economica e muito menos transformar o aparelho produtivo, Medevedev afirmou que 2010 vai ser o ano da educação e o governo russo vai tornar este sector uma prioridade nacional.

Se quer saber o problema da economia russa eu digo-lhe e não tem nada a ver com o que o sr disse, mas mesmo nada!

Os russos viveram durante decadas num sistema comunista em que a livre iniciativa não existia, com o fim desse sistema os russos não estavam preparados para aeconomia de mercado(viu-se o resultado deprimente).Os russos têm de criar empresas e ser empreeededores e isso é muito dificil numa sociedade em que o estado sempre foi a força motriz da economia.
O que o estado russo tem de fazer é proteger os russos e tratar da sua segurança, desenvolver um sistema de educação e de saude moderno e promover politicas de aumento da população. É o que está a ser feito, mas não podem exigir resultados em tão pouco tempo.
Depois de reunidas as condições criar empresas, criar negócios serão os russos individualmente que terão de o fazer.
A mentalidade comunista e socialista ainda está muito presente na alma do povo russo, as novas gerações já estarão em condições de construir uma nova sociedade mais moderna e espero que mais europeia.

bruno.

Pippo disse...

Jest, de facto ocê nunca disse que o veterano mentiu, apenas sugeriu. Em compensação, afirmou (não formulou a mera hipótese) que os meus antepassados negociaram com os nazis: pois bem, então eu afirmo que se os seus não colaboraram com os alemães (pois até tem documentos que o comprovam), então afirmo que os seusantepassados mataram uns quantos prisioneiros germânicos, que era prática corrente no exército soviético. Os meus eram receptadores de ouro roubado, os seus eram assassinos.
E ficamos assim satisfeitos quanto às diferenças semânticas ;o)

Quanto a colaboracionismos, é um facto que Portugal recebeu ouro roubado pelos nazis, o que não é tão claro é que soubesse a sua proveniência.
Em compensação, é um facto que nacionalistas ucranianos colaboraram com os nazis contra os soviéticos, ou melhor, contra os russos, pois era esse o seu objectivo, libertar a Ucrânia de polacos e russos, e se possível de judeus (se bem que estes não fossem os principais visados).
A OUN foi uma dessas organizações.

Quanto à sua xenofobia, é evidente pelo tipo de comentários onde constantemente ataca a Rússia e os russos, sobretudo os russos. É que atacar a política de um país e os seus dirigentes é uma coisa, mas quando se ataca constantemente o seu povo, isso já é xenofobia. Dou-lhe um exemplo: enquanto o Gilberto Mucio ataca frequentemente a liderança russa, ele não ataca o povo russo. Consigo é quase o contrário, e até se dá ao luxo de chamar de trouxa a um veterano de guerra o qual, que eu saiba, não fez nada contra si (a não ser que tenha atacado alguém de quem goste especialmente, sei lá, o McCain).

Quanto ao link dos produtos roubados... fez-me perder tempo para quê?

E já agora, já ques estamos com a mão na massa, há uns dias enviou-nos um link de uma fotografia de neonazis russos através da qual procurava ligar os russos aos skinheads.
Pois bem, agora obsequio-o
com um link para uma foto de neonazis ucranianos, não russos mas ucranianos, da UNA-UNSO, e uns links interessantes (e norte-americanos, para que não me acuse de ser um "adorador da Rússia" que faz a propaganda de Moscovo) sobre as interacções entre nacionalistas ucranianos, a invenção da História e a participação dos nacionalistas ucranianos nas guerras recentes contra a Rússia.

http://en.wikipedia.org/wiki/Ukrainian_National_Assembly_%E2%80%93_Ukrainian_National_Self_Defence

http://globalresearch.ca/index.php?context=va&aid=318

http://www.jamestown.org/print_friendly.php?volume_id=416&issue_id=3672&article_id=2370937

Afonso Henriques disse...

"so gente vazia e que nunca passou dificuldades e que tudo lhes foi dado de mão beijada pode dizer que a URSS foi um erro."

Quer dizer, só escumalha, gente vazia e sub humana que, como os cães só pensa em materialismo, pode defender um regime Comunista.

Nem os cães desceriam tão baixo, pões desenvolvem uma relação de lealdade para com o seu dono que trascendo o meramente materialista.

Gente como você só deveria ter o que merece: rastejar eternamente por um pedaço de pão; não vale mais um centímetro que isso.

Francisco disse...

Senhor Jest ; cidadãos do mundo somos todos nós, incluindo os outros seres que tiveram a fatalidade de partilhar este planeta connosco. É de lamentar que nós os seres humanos, nos arrogamos de pertencer a todo o mundo, mas nem os da nossa espécie tenhamos a dignidade de saber respeitar. Julgava eu que isso era uma prática de grupos extremistas com pouca formação ou que se movessem por interesses obscuros. Imaginava também que eram coisas do passado aqui nesta Europa dita civilizada e mais estranho ainda que acontece-se entre pessoas do mesmo grupo étnico segundo me estou a aperceber. Foi por existirem mentalidades desta natureza que houve esclavagismo, apartheid, segregação racial, nazismo e ainda hoje se permite a exploração, exclusão e miséria. Afinal de contas o mundo não se encontra assim tão evoluído como se tenta fazer crer.
Saiba ainda que quando lhe perguntei de que região era da Ucrânia não era para me intrometer na sua vida. Foi simplesmente para questioná-lo da razão porque motivo a larga maioria senão a quase totalidade dos Ucranianos imigrantes em Portugal (e não só) são da região dos Cárpatos parte ocidental “que fique bem claro têm o mesmo direito que eu tive de imigrar”. Mas como não quis ter a amabilidade de satisfazer a minha curiosidade. Deixo-lhe o repto na mesma. Porque motivo os Ucranianos do centro e leste , não têm necessidade de fugir do seu país, assim como os Bielorrussos ? Sabe isso tem as suas razões e esses tais do Oeste,Ucranianos envergonhados, foram os anti Russos mais retrógrados que encontrei. Quanto a defender o povo Russo faço-o do mesmo modo como defendo os Ciganos os Negros os Índios os Bascos etc. etc. Se os defendo é porque são atacados por alguém que talvez se julgue só ele é cidadão do mundo e que os outros não têm quaisquer direitos.
O povo Russo não tem culpa das carências que lhe estão a ser impostas, é uma elite oportunista e déspota que o está a subjugar, porque a Rússia tem tudo o que é necessário para retirar o povo da miséria a que foi lançado.
Quanto à origem das tropas que participaram na expulsão dos invasores Georgianos da Ossétia , tem toda a razão que oficialmente eram Russos mas de origem Tchetchena ( Dois batalhões blindados) .O senhor pode argumentar tudo aquilo que desejar.
Sobre o caso Mcain ; Eu desejo por aqui a questão. O que é que esse senhor fazia a pilotar um avião de guerra sobre os céus de Hanói? Alguém considerou imoral e escandaloso existirem técnicos Soviéticos a darem assistência no Vietname! Então os Americanos, Franceses, Ingleses, idem…..Nunca enviaram os seus assessores para parte alguma ? Não treinaram grupos tenebrosos para espalhar a morte e o terror noutras partes do mundo ? Do que constou a Operação Condor ? Quem foi o tristemente celebre general Gustavo Alvarez Martinez e o seu batalhão 316 , treinado e financiado pela CIA ,fazendo uso do manual KUBARK procediam às torturas mais cruéis que se possam imaginar. Portanto para que fique bem claro nestas coisas ninguém está inocente. Só que há sempre uns menos inocentes que outros!
Também houve aqui alguém que evocou o desrespeito aos acordos de Genebra por um militar Soviético ter-se apoderado dos bens pessoais desse (senhor ) . E o uso indiscriminado de Napalm não desrespeita os ditos acordos? Usar o agente laranja também não. Envenenar rios, fazer experiências com produtos químicos em que as fêmeas abortavam todas?O massacre da povoação de My Lay ? Não esqueçamos que os Americanos largaram no Vietname um poder explosivo superior ao usado na 2ª Grande Guerra e na Coreia.Vinte anos depois de terminada a guerra o ( senhor) Macnamara veio reconhecer que o incidente do Golfo de Tonquin nunca existiu . Isto não foi desrespeito, foi ultrapassar todos os limites do inimaginável! Já agora também quero salientar que durante o conflito nas Colónias Portuguesas, houve soldados que trouxeram orelhas e outros troféus macabros, foram casos pontuais, por isso não confundamos o todo com as partes .
Sabe senhor Jest interesso-me por este tipo de debates não como um passatempo ou outra razão qualquer. Encontro aqui um espaço para apresentar os meus pontos de vista e discutir aquilo que mais prezo e gosto na vida. Que é a defesa e a dignidade da vida do meu semelhante e todos os seres que comigo partilham este planeta. Defendo que todos deveriam merecer o mesmo respeito e ter aqui o seu lugar , mas não é isso que está a acontecer com a depredação acelerada dos recursos as desigualdades cada vez maiores e a destruição da natureza, se não houver uma inversão neste estado de coisas dentro de em (breve) não há lugar para ninguém . Não vivo preso a mitos dogmas, vícios ou qualquer religião, muito menos a partidos políticos, defendo com consciência e convicção os princípios que me propus.
Como ser humano com capacidade de raciocinar sei que os direitos que hoje por enquanto ainda me deixam usufruir foram conquistados com grande sacrifício por alguém que por vezes alienou tudo, a própria família e até a vida. Esses garanto-lhe, cabe-me a mim e àqueles com consciência e por gratidão, não deixar-mos que a sua memória seja apagada, por estes mandões usurpadores e oportunistas que nos têm dirigido nos últimos anos.
Com tudo isto quero apenas e só dizer-lhe que compreendo muito bem que os ataques xenófobos e escabrosos que aqui tenho assistido contra o povo Russo, pretendem apenas atingir a sua memória o seu passado e a sua dignidade. Porque o povo Russo merece o mesmo respeito que tem o povo Americano o Inglês ou qualquer outro, não podemos nem temos o direito de por os dirigentes de qualquer país terem um comportamente indigno , tentarmos denegrir tudo e todos. A humanidade deve muito ao povo Russo pelo preço que pagou por tudo aquilo que fez por ela.
Quanto ao crescimento anual do PIB Russo isso é tudo secundário e sem valor porque se baseia simplesmente na exportação de matéria prima. Sim seria muito bom se esses ingressos fossem aplicados em benefício do povo e do desenvolvimento do país , mas se a maior fatia vai parar às mãos dos Deripaskas e dos Abramovitchs que por lá pululam. As redes ferroviárias estão no caos, ( estão a negociar um acordo com os Espanhóis para remodelação) as frotas aéreas estão na sua quase totalidade a ser equipadas com aviões adquiridos no estrangeiro. Os volumosos montantes de capital que a Rússia realiza com a venda das matérias primas (Não é só petróleo ou gás) uma parte substancial nem lá entra. Há uma realidade que não pode ser descurada o parque industrial Russo está velho e decadente , isso diz tudo.
Quanto à Eslovénia por favor não sejamos ingénuos. Então estiveram a aliciar aqueles países do leste para a NATO e para a UE e agora abandonavam-nos? Ainda estão a chupar o rebuçado, mas para alguns já se acabou! Cin. Naroda.

Wandard disse...

Francisco,

Suas palavras foram bem objetivas e localizadas dentro do contexto. Não sei o que ocorre, mas parece que as pessoas nunca querem enxergar o que aconteceu com a Rússia, durante o desmantelamento da União Soviética, a forma absurda como foi tratada pelas potências ocidentais, e perdão aos Russos que por ora são leitores deste blog, a desastrosa e alcóolica administração de Bóris Ieltsin, que praticamente vendeu o país, com a concordância absurda da destruição da estrutura militar, a privatização mafiosa das empresas estatais e do controle de recursos naturais e energéticos para pessoas que eram funcionários públicos e se tornaram empresários da noite para o dia. Uma população que tinha toda uma estrutura baseada na administração do estado viu-se jogada da noite para o dia em uma economia de mercado, a que não estava preparada, a maioria dos empregos que eram estatais passaram a ser privados, as pessoas passaram a conviver com o fantasma das demissões e a falta generalizada de ítens básicos de consumo, com a cobrança de ágio, com o crime organizado, sem falar no orgulho nacional ferido, vendo o país ser humilhado e destratado pelos Estados Unidos, Inglaterrra..... De superpotência a Rússia virou chacota, com técnicos e militares estrangeiros frequentando suas bases e coordenando a desmontagem de seus equipamentos. Não seria difícil todo este conjunto de problemas gerar consequências sérias para um país principalmente quando o mesmo começa a sofrer cerco constante como tem ocorrido nos últimos dezoito anos. A Russofobia gratuita e o comportamento dos Estados Unidos e seus aliados, com certeza terminou por produzir a xenofobia que hoje brota na Rússia.

MSantos disse...

Wandard, concordo consigo, e embora não subscreva a orientação ideológica de um comentador de um anterior post, está na altura da História dar o devido mérito a esse grande homem que foi o único responsável pela queda da ditadura comunista e da então libertação do Leste europeu. Não, não estou a falar de Reagan, Tatcher ou João Paulo II como os revisionistas actuais nos querem impôr, fazendo de conta que não vivemos há 17/20 anos atrás.

Tivesse havido mais bom senso e mais um bocadinho de paciência (para quem esperou 70 anos, que diabo) talvez a evolução das reformas de Mikail S. Gorbachov tivesse dado outra Rússia aos nossos dias.

Mas assim que uma revolução entra em curso, para ser razoável ou saber esperar.... bem, será mais fácil parar o vento.

Cumpts
Manuel Santos