domingo, abril 19, 2009

ХРИСТОС ВОСКРЕС!!


Desejo uma Páscoa Feliz a todos os meus leitores cristãos ortodoxos!

19 comentários:

Anónimo disse...

A entrevista de ontem do Presidente ao canal de TV está no site do Kremlin Foi brilhante, como sempre. Tenho pena de não ter esse canal, mas também é russo, como o Vesti. Não percebo nada. Tenho pena de não ter a Russia Today, que é em inglês. Enfim, definitivamente é compliocado ter ligações à Rússia, mesmo as televisivas.
Boa Páscoa para si, já que está num país ortodoxo.

Afonso Henriques disse...

Boa Páscoa?

Não me diga que agora um ex comunista, não apenas um otário qualquer comunista, mas um verdadeiro militante comunista, agora é religioso. Ou tem cultura... Comunistas com cultura...

Enfim, isto por vontade dos Comunas seria tudo abolido até porque o Comuna de tão materialista e animalístico que é não tem qualquer noção de espíritualidade nem compreende o que é a cultura, especialmente a cultura de nível Espiritual que é o que distingue primeiro os Homens dos animais, e, num nível superior, a Europa do resto do Mundo: Toda a cultura Europeia, mesmo a não religiosa, deriva de uma base Espiritual. Ou derivava... depende do que se considere agora "cultura".

Interessante este seu post...

Jest nas Wielu disse...

Воїстину Восхрес!
Дякую.

Jose Milhazes disse...

Ressuscitou o Afonso Henriques! Oiça lá, o facto de eu acreditar ou não em Deus não limita a minha boa educação de felicitar os leitores ortodoxos do meu blog. É apenas respeito!

L.S disse...

O Sr. D. Afonso Henriques parece sofrer daquele atavismo pavloviano anticomunista. Sempre que vê caracteres russos advém-lhe à memória a ameaça comunista. Se a sua limitada percepção lhe permitir, reflicta se a própria experiência comunista não substitui nas mentes russas a religiosidade encrostada na sua cultura. Já agora, se ainda não leu, aconselho-lhe a obra de F. Dostoyevski: “Demónios”, de 1872.

Gilberto Mucio disse...

Dom Afonso voltou! E mais afetado que nunca. (hehehe)

Jest nas Wielu disse...

off top

Presidente da Ucrânia, Viktor Yushchenko, concedeu a entrevista ao jornal russo «Kommersant – Ucrânia» (bureão de Kyiv), onde fala sobre a sua concordância em diminuir o prazo do seu mandato, o seu apoio a ideia das eleições presidenciais e parlamentares simultâneas e antecipadas. A netrevista é conduzida pelos jornalistas do “Kommersant”, Sergey Sidorenko e Vladimir Solovióv.

Tradução integral da Embaixada da Ucrânia no Brasil:
http://www.ucrania.org.br/asp10/artigos/artigos_view2.asp?cod=192

Jest nas Wielu disse...

http://www.ucrania.org.br/asp10

/artigos/artigos_view2.asp?cod=192

Jacob disse...

Desejo notar que existem também os ateus; recentemente um onibus em Londres circulou com uma faixa: "Provavelmente deus não existe. Agora, pare de se preocupar e curta a vida". Era uma campanha destinada a fazer os ateus se exporem.
*
http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/10/081022_onibusnogod_mp.shtml
*
Em Barcelona, Espanha, proibiram que um onibus circulasse com uma frase semelhante.
*
A religião católica nas Américas patrocinou a Inquisição, justificou a escravidão negra, auxiliou no genocídio indígena, não passa semana sem que saibamos de algum caso de pedofilia dentro da Igreja.
Existem bons livros de história das pesquisadoras Anita Novinsky e Maria Luiza Tucci Carneiro (Google) que atribuem o atraso dos países Ibéricos (Portugal e Espanha), em relação aos demais países europeus, a Inquisição católica. No Brasil, a Inquisição além de perseguir, proibiu a abertura de escolas e a publicação de livros.
*
As igrejas de culto evangélico no Brasil vendem a religião da prosperidade como forma de aumentar o dízimo recebido, enganando as pessoas pobres e desinformadas. Os bispos dessas igrejas vivem na maior suntuosidade com o dinheiro arrecadado das pessoas pobres. Agora mesmo, cinco minutos antes de escrever estas linhas, me telefonaram pedindo doação para a LBV.
*
Convidos todos a refletirem sobre esses fatos e a buscarmos criar uma sociedade mais saudável. Um bom início seria visitarmos os sítios abaixo e prestigiarmos essas pessoas e associações que buscam criar uma sociedade livre de superstições:
.
http://richarddawkins.net/
.
http://www.atea.org.br/
.
http://www.portalateu.com/
.

Anónimo disse...

Ao senhor Jacob, defensor do ateismo:

Para além de enumerar lugares comuns anticlericais, nota-se como é parca a sua cultura. Pelo menos deveria tentar conhecer o que critica: duvido que algum dia tenha lido um livro sobre Teologia ou que conheça algum outro país para além daquele onde nasceu. Nem sabe distinguir catolicismo da ortodoxia ou de seitas.
Os ateus também professam uma religião, ainda que de sinal contrário.
Não reduza os vinte séculos de Cristianismo a "clichés" de jornal!

Anónimo disse...

E já agora, como é do Brasil, alguma vez tentou conhecer a obra do Padre António Vieira? Ou de Serafim de Sarov? Um bocadinho mais de erudição não lhe ficava mal...

Cristina disse...

Voistiny Voskres!

JM, desejo-te Boas Festas e os maiores sucessos profissionais. Continuo diariamente a ler os teus posts com enorme satisfação.
Um abraço cá de Portugal!

Jose Milhazes disse...

Cara Cristina, um abraço para ti e a família.

Jest nas Wielu disse...

Lindo trecho do filme “Andrei Rublev”, monólogo sobre o amor:
http://www.youtube.com/watch?v=
3olB1FfieSc

Francisco disse...

Senhor Anónimo disse:
E já agora, como é do Brasil, alguma vez tentou conhecer a obra do Padre António Vieira? Ou de Serafim de Sarov? Um bocadinho mais de erudição não lhe ficava mal...
Ó Senhor Anónimo eu da minha parte aconselho-o a ir um pouco mais para além das suas sugestões. Talvez o Senhor é que terá falta de não digo erudição, mas sim de começar a libertar-se dessas amarras com que o limitaram na infância e deixar de ter medo de ler outra literatura sem ser a bíblia e suas envolventes. Alguém pode não crer num qualquer criador supremo e no entanto não ser ateu.
Eu sou de opinião que se devia aplicar também às crianças, o principio de não ser permitido frequentar os lugares de culto como se procede noutros casos (exem: tabaco, filmes, álcool etc.) na medida em que não existem crianças cristãs, muçulmanas ou de outra qualquer religião, existem sim são pais e educadores com essas crenças religiosas.
Deixe-me ser um pouco provocador; tenho as minhas duvidas se muitos daqueles que vivem presos ao dogmatismo de qualquer fé, não praticam mais o mal se é porque a sua consciência não lhes permite ou se é por terem receio do castigo desse deus que adoram?
Eu não consigo compreender qual será o deus que possa ser feliz sabendo que se cometem crimes e atrocidades em seu nome.
Se é omnipresente, omnisciente e omnipotente. Além de ter criado o homem à sua imagem, colocando-o no topo da perfeição, como foi possível a sua obra suprema ser a mais nefasta, pondo em risco todo o seu trabalho.
No entanto persiste um enigma que os Criacionistas não conseguem desvendar. Porque motivo ainda não foram encontrados fosseis humanos sequer do tempo dos dinossauros?

Anónimo disse...

Caro Francisco
Só agora tive tempo de escrever algumas linhas.
Lamento que pense que estou amarrado desde a infância, porque não é verdade. Quando era pequeno nunca me ensinaram nada relativo à Igreja (os meus pais nunca chegaram a entrar num templo, a não ser em funerais). Na juventude pertenci ao Partido Comunista e tornei-me cristão depois de passar algum tempo na Rússia.Leio muita coisa para além da Bíblia e já trabalhei num jornal.
De facto, acredito em Deus, porque tive experiências pessoais da sua existência, experiências que não consigo explicar racionalmente. Sei também que numa conversa verbal (racional) não se pode explicar, nem demonstrar os fenómenos espirituais. É um conhecimento ao qual eu durante muitos anos não tive acesso mas do qual agora, humildemente, conheço uma pequena parte.
Sobre as crianças, os pais cristãos ensinam aos seus filhos as bases da sua fé, (tal como os pais que não acreditam também o fazem em relação aos seus). Todas as outras áreas do conhecimento elas podem obter na escola.
Não pode igualar a ida à igreja com o consumo de tabaco ou álcool. Os jovens cristãos são precisamente aqueles que têm mais imunidade às drogas, alcoolismo, delinquência, etc, pois os princípios que lhes são incutidos (os 10 mandamentos- não roubarás, não matarás, respeitarás pai e mãe) impede-os de seguir esses caminhos. Eles sabem que essas opções de vida são condenáveis e evitam-nas. Por isso, o cristianismo é a primeira forma de prevenção da delinquência, da toxicodependência, da violência juvenil, do alcoolismo. Você tem razão, os cristãos (não falo dos muçulmanos e não se podem misturar os dois)não praticam o mal porque a sua consciência não lhes permite e porque também têm receio do castigo de Deus. De facto, esse medo é um importante "factor dissuasor".
Há muito mal no mundo mas os cristãos sabem que não é Deus a origem desse mal, mas sim o homem que, após o pecado original, se revoltou contra Deus.
Peço desculpas aos leitores pelo tom menos respeitador do meu primeiro post. Francisco, Deus queira que algum dia possa conhecer este mundo, às vezes isso acontece-nos só na velhice. Mas nunca é tarde para o Amor.

Anónimo disse...

"Você tem razão, os cristãos (não falo dos muçulmanos e não se podem misturar os dois)não praticam o mal porque a sua consciência não lhes permite e porque também têm receio do castigo de Deus"

Não posso crer q você acredite nisso. Só pode estar a brincar

Anónimo disse...

Acredito, claro.
Sim, nós os cristãos evitamos praticar o mal porque sabemos que algum dia Deus nos castigará por isso, se não for na vida terrena será na vida depois da morte. Talvez seja melhor alguns exemplos: eu, por exemplo, evito invejar os bens ou as mulheres dos amigos, porque sei que isso é condenável segundo as leis da minha fé. Há muitos outros casos na vida em que evitamos ter determinados comportamentos que sabemos ser maus(agressividade, promiscuidade, violência, vícios, excessos diversos). Por isso, uma sociedade cristã (não só de nome, mas praticante) está, com a ajuda de Deus, imune a muitas coisas negativas e isso seria (é) também positivo para as outras pessoas, porque gera menos problemas sociais.

Anónimo disse...

Parabens! José Milhazes.

Fico feliz por começar a encontrar velhos companheiros e amigos. Já passaram quase 25 anos estamos todos mais velhos, mas... certamente mais maduros.Ja te adicionei aos meus favoritos da Net.
Vamos lutando e vivendo esta dura caminhada, a de ser Português.

Quem sou? Sou um dos de Krasnodar da Agronomia.

Do vctrecho!

humbertoe.lopes@gmail.com