segunda-feira, agosto 10, 2009

Foi Dmitri Medvedev que disse

Caros leitores, para não dizerem que sou eu que passo a vida a denegrir a Rússia e os seus dirigentes, deixo aqui um artigo difundido pela AFP com importantes declarações do Presidente Medvedev. Afinal, é urgente modernizar e diversificar a economia russa.
"O Presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, considerou hoje que o seu país deve reformar a sua economia, que actualmente depende fortemente da venda de hidrocarbonatos (petróleo e gás natural) para sair do actual “impasse”.
“No futuro não podemos continuar a desenvolvermo-nos desta maneira. É um impasse”, disse Medvedev em Sotchi (estância balnear do Sul da Rússia), em declarações emitidas pela cadeira de televisão NTV.
“De outro modo a nossa economia não tem futuro”, sublinhou.
“A Rússia precisa de andar para a frente, mas de momento não há passos em frente. Andamos às voltas, e a crise mostrou-o bem”, disse ainda Medvedev.
Muito estimulada pelos petrodólares, nos últimos anos a economia da Rússia teve taxas de crescimento espectaculares: 5,6 por cento no ano passado, 8,1 por cento em 2007 e 7,7 por cento em 2006.
“Mas desde que a crise começou afundámo-nos. E afundámo-nos de maneira mais intensa que muitos outros países”, reconheceu o Presidente da Rússia.“Porquê? Porque não mudámos a estrutura da nossa economia. A nossa economia assenta nos hidrocarbonetos, os recursos naturais e a sua exportação”, explicou.
As autoridades russas estimam para este ano uma queda de 8,5 por cento do PIB do país."

38 comentários:

Anónimo disse...

O rapaz está a começar a mostrar a sua raça: isto é um ataque fortissimo a Putin, obviamente. Mas isso também já foi escrito aqui antes: só ficará um galo no poleiro.
Quanto à substância do que foi dito, é pura demagogia. Não foi Medvedev chefe da Gazprom? Não foi com gás e petróleo que foi subindo até chegar onde chegou? E agora é mau ter? Então é melhor não ter? Baixa política, JM.

Jest nas Wielu disse...

Não é possível, os inimigos envenenaram o Medved, a “economia russa afunda-se”? Ups, os adoradores dizem que “se levanta do chão maningue rápido mesmo”, alguma coisa não bate certo.

Só para recordar, Sochi historicamente pertencia à Geórgia, dai o seu nome, que em georgiano significa Pinho, Pinheiro.

Anónimo disse...

JM:
já que aplaude esta demagogia transvertida de modernidade, diga lá o que pensa da nova lei de defesa no respeitante à movimentação de tropas russas no estrangeiro? Imperial, não é' Então aí já não há modernidade?
Fiem-se neste "mad vedev" que acabam, como diz o Jest, envenenados...É bicho perigoso, viu?

Anónimo disse...

Na Rússia quem manda é o Presidente, não é? Então porque critica em vez de mandar?Diga o que quer que se faça. Não sabe, não é? Pois, já cá se sabia. Então, cale-se.
(Note-se que Putin tudo tem feito patra apoiar projectos que diversifiquem a economia. )

anónimo russo disse...

Nada de especial, Medvedev costuma a falar dos defeitos da Rússia, aqui não é nenhuma surpresa para ninguem. E para quem aqui vive e entende a situação, as suas declarações soam de uma maneira, porque nós tambem vemos as mudanças positivas. Mas se, como se faz muitas vezes neste blog:),tais declarações são levadas a um estrangeiro que não entende o contexto, já soam de uma maneira completamente diferente. Quem pelo menos vê a nossa televisão, sabe perfeitamente que se fala constantemente desta meneira aqui, e isso não é mau. Mas isso não significa que a nossa econovia de repente ruiu num dia, e foi hoje.

anónimo russo disse...

economia

anónimo russo disse...

P.S. Isto é, a maneira como o Medvedev disse isso, bem como a essencia do problema, não é nenhuma novidade para quem aqui vive.

anónimo russo disse...

Jest nas Wielu disse...
Não é possível, os inimigos envenenaram o Medved, a “economia russa afunda-se”? Ups, os adoradores dizem que “se levanta do chão maningue rápido mesmo”, alguma coisa não bate certo."

Cuida do teu país coitado que atualmente vive muito mais mal que a Rússia, em vez de escrever bobagens aqui.

MSantos disse...

"Caros leitores, para não dizerem que sou eu que passo a vida a denegrir a Rússia e os seus dirigentes"

Então José Milhazes, que complexo de perseguição é esse? ;)

Se o seu objectivo era esse (denegrir), falhou pois o primeiro passo que podemos dar para resolver um problema é reconhecê-lo que o temos.

Já não é de agora que os líderes russos estão conscientes da extrema necessidade da diversificação da economia.

Numa conferência de imprensa patrocionada pela RIA NOVOSTI em 2004 em Sochiy, Vladimir Putin já tinha admitido esta necessidade e tinha referido estar consciente da "maldição do petrólio" que é quando a economia de um país vive à custa da venda dos hidrocarbonetos tornando-se preguiçosa e inexistente nos outros sectores.

Obviamente passar o plano operacional dessa consciência à prática é o mais difícil e como já referi, a economia russa poderá estar numa espécie de beco sem saída: por um lado tem um povo sem nenhuma cultura empreendedora nem de criação de empresas ou negócios fruto de 70 anos de economia centralizada e dirigida, por outro tem um governo que quer manter a total independência da Rússia em particular nos sectores chave da economia estancando a entrada de empreendedores de fora.

O maior desafio que se poderá colocar á liderança russa será descobrir os mecanismos e procedimentos que permitam ou o governo ou a sociedade civil dar o pontapé de saída para o início dessa deversificação entre as duas limitações referidas.

O povo russo já deu provas de grande criatividade e capacidade de contornar grandes problemas, pelo que se o realmente quiserem, podem.

Cumpts
Manuel Santos

Bulba disse...

Ukrania de hoje esta como Mozambique se não e pior. Por isso nacionalista Jest la esta para ganhar o seu "salo".

Anónimo disse...

A Rússia perdeu o bonde infelizmente!

Vai ser difícil modernizar a economia do país. O governo é muito centralizador, há falta de empreendedorismo entre o povo russo, as elites são as mafias corruptas, há separatismo, há excesso de dependencia de commodities, há a crise demografica, tudo isto forma-se um cenário de possível estagnação ou baixo crescimento económico, a não ser que haja novamente uma super valorização do petróleo e gáz para turbinar a economia como antes.

Anónimo disse...

JM: como aprecia tanto Medvedev aqui lhe deixo algo de presente. Mas atenção, que há santos de pau carunchoso ( risos):
http://www.interfax-religion.com/?act=news&div=5158
A sério. quanto mais conheço este santinho, mais gosto do outro, o São Vladimiro, claro.

Yuri disse...

"Ukrania de hoje esta como Mozambique se não e pior. Por isso nacionalista Jest la esta para ganhar o seu "salo". Bulba"

Pois é
Li que em Ucrânia pelo menos 40% da população vive em estado de pobreza e que neste ano o PIB cairá 15%

Estão muito pior que a Rússia, aliás por toda Rússia é possível ver imigrantes ucranianos.

anónimo russo disse...

MSantos...

Obviamente passar o plano operacional dessa consciência à prática é o mais difícil e como já referi, a economia russa poderá estar numa espécie de beco sem saída: por um lado tem um povo sem nenhuma cultura empreendedora nem de criação de empresas ou negócios fruto de 70 anos de economia centralizada e dirigida, por outro tem um governo que quer manter a total independência da Rússia em particular nos sectores chave da economia estancando a entrada de empreendedores de fora.

Nem tudo está tão mau. O epmreendedorismo se desenvolve aos poucos, eu sei do que falo. È a questão do tempo. Vejam, ainda há uns 7 anos o sistema bancário estava tão mal desenvolvido que quase ninguem aqui das pessoas comuns utilizava os emprestimos bancários ou como lá que isso se chama. E hoje (pelo menos antes da crise, porque com a crise as taxas de juro subiram e a atividade dos bancos nessa área caiu) já cerca de 40 % dos carros comprados no país são comprados pelo crédito.

Tambem, se alguem neste blog quisesse realmente fazer uma analise profunda:), nunca diria que os podres da Rússia deixaram escapar a oportunidade de modernizar a economia quando o petróleo custava muito e preferiu devolver as dívidas etc. È que não é nada facil modernizar alguma coisa na Rússia em um curto periodo de tempo, só gastando dinheiro que o país recebia à farta. E o sr. Milhazes sabe muito bem porque:) Porque há um risco grande que o dinheiro que o governo tem hoje à sua disposição seria simlesmente roubado com a corrupção que temos, e nada teria sido moderñizado e ao mesmo tempo, ficavamos sem dinheiro. Por isso, falar é facil e fazer é que é dificil.

MSantos disse...

Anónimo Russo:

Evito ser indelicado e vai-me perdoar mas como já houve alguém que disse e muito bem, o seu propagandismo já aborrece.

Cumpts
Manuel santos

anónimo russo disse...

Anónimo disse...
A Rússia perdeu o bonde infelizmente!

Vai ser difícil modernizar a economia do país. O governo é muito centralizador, há falta de empreendedorismo entre o povo russo, as elites são as mafias corruptas, há separatismo, há excesso de dependencia de commodities, há a crise demografica, tudo isto forma-se um cenário de possível estagnação ou baixo crescimento económico, a não ser que haja novamente uma super valorização do petróleo e gáz para turbinar a economia como antes."

Uma visão típica dum "internet-perito", não se ofende. Frases gerais sem o conhecimento dos processos que estáo a acontecer no país, na vida real. Quanto ao futuro crescimento economico, os especialistas sérios prevêem-no por volta dos 3.5% nos proximos anos, claro que por enquanto ninguem espera 8% como foi há pouco.

anónimo russo disse...

MSantos disse...
Anónimo Russo:

Evito ser indelicado e vai-me perdoar mas como já houve alguém que disse e muito bem, o seu propagandismo já aborrece.


Então, seja tão delicado e me explique a diferença entre aquilo o que eu escrevo aqui e o que escreve você? Eu pelo menos vivo neste país e tenho todo o direito de expor a minha opinião. Aborrecem as bobagens da gente que, pouco entendendo do assunto, escreve constantemente neste blog.

Cumpts.

Oh Well, Okay. disse...

MSantos:

Deixe lá, anda cá gente bem pior.
Ao menos o Anónimo Russo é bem educado e diz umas coisas interessantes. :)

Oh Well, Okay. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Oh Well, Okay. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
anónimo russo disse...

Por sinal, eu até não queria desmentir o que esse MSantos disse, só queria dar a minha opinião, baseada naquilo que vejo e do que sei. È interessante: porque a minha opinião é uma "propaganda" e a de alguns daqui - só uma opinião? È, por sinal, um dos piores costumes sovieticos: quando alguem não agradava, era anunciado algum "espião estrangerio", "inimigo do povo" (no tempo de Stalin) ou "louco" nos tempos mais recentes.

Anónimo disse...

A Rússia vai continuar a crescer, diversificar a economia é um plano de longo prazo que a Rússia certamente o conseguirá. Antes disso o país precisa formular novas reformas estratégicas e descentralizar-se mais.



Jorge

Sérgio disse...

A Well faz-me lembrar aquelas comunistas da resistencia francesa da serie "Allo Allo", porque será? O anonimo russo mostra bem a sua natureza quando dá "graxa" e não é correspondido.
A proposito Well acho um exagero elogiar a "educação" do anonimo russo e pelo facto de dizer coisas interessantes. Só falta dizer que é razoavel, inteligente e com bom senso,:).

PortugueseMan disse...

Caros leitores, para não dizerem que sou eu que passo a vida a denegrir a Rússia e os seus dirigentes, deixo aqui um artigo difundido pela AFP com importantes declarações do Presidente Medvedev. Afinal, é urgente modernizar e diversificar a economia russa...

Meu caro,

Está a apetecer-me ser um bocado duro, mas é para você ver a minha opinião, o meu ponto de vista e que seja motivo de reflexão para si.

Não se esconda por detrás de declarações de Presidentes e dirigentes russos. Você coloca arigos que mostram os problemas da Rússia, mas não mostra o que de positivo está a ser feito. Na minha opinião você tem uma perspectiva muito negativa sobre o rumo da Rússia e é isso que é reflectido no seu blogue.

O Bulava falhou? falhou, mas é um míssil novo, e quem são os que os estão a construir não são os russos?

O submarino para o qual o Bulava está a ser construido, não é um modelo novo? é novo, quem os está a construir, não são os russos?

O Sukhoi-super jet não é um avião novo? é e construido pelos os russos, apesar de você insistir que tal só é possível com ajuda Ocidental, mas isso não é verdade.

O Glonass, que você diz que é um projecto falhado, mas como é possível dizer tal coisa de um projecto na sua fase final e que vai estar completo antes do projecto europeu? e quem o está a construir? os russos.

Se a tecnologia russa está tão mal, como é que continuam a chegar encomendas para a construção de centrais nucleares russas por outros países?

Porque é que Airbus abriu um centro de engenharia na Rússia? olhe que não foi para meter uns parafusos numas asas!

Porque é que a Boeing também lá tem um centro? olhe que também não é pelos parafusos!

A Gazprom, já foi á falência? está com problemas financeiros? você referiu várias vezes os problemas da Gazprom, principalmente devido à situação da Ucrânia e até disse que o acordo que a Ucrânia fez com a Rússia, de pagar preços de mercado com desconto de 20% era bom para a Ucrãnia, você por acaso, já reparou que a Europa já está a financiar a Ucrânia, pelas as asneiras feitas? NÓS,já estamos a pagar o gás ucraniano neste momento!

Reservas financeiras da Rússia, quem disse aqui que a coisa estava crítica? estamos em Agosto, como estão as reservas?

Construção de foguetões e satélites, penso que desde que a Rússia existe, nunca se construiu tanto como agora, não têm mãos a medir, quem são os que os estão a construir?

Há poucos países no mundo, que consigam fazer o mesmo em tantas àreas. Têm problemas? Claro que os têm, estão a fazer algo por isso? a mim parece-me evidente!

Criação de postos de trabalho, diga-me quantos fabricantes de automóveis é que abriram fábricas na Rússia e quantos postos de trabalho isso gerou? Qual a razão de tantos fabricantes estarem a abrir fábricas na Rússia?

Meu caro, você é rápido a apontar os defeitos, mas é lento ou recusa-se a ver que existe algo de positivo, você não acredita nesta Rússia e só tem olhos para as notícias negativas.

A curva é ascendente a meu ver. Até neste periodo económico grave, a Rússia está a aguentar-se muito bem, se eles conseguirem passar esta tormenta, estão bem preparados para seguir em frente e melhor posicionado que muitos.

A Rússia precisa de diversificar mais a sua economia? concerteza que sim, mas é nessa direcção que vai. e a Rússia, ao contrário da maioria dos produtores de energia, não depende só desta, para viver.

PortugueseMan disse...

Sérgio,

Quem me dera que todos os anónimos que andam para aqui a encher de lixo este blogue, tivessem o comportamento do anónimo russo.

Pelo o que tenho visto, ele fala, não o vi com más educações, penso que o JM alguma vez tenha tido necessidade de remover um post dele.

Se ele realmente é russo, não acha que tem o todo o direito, de colocar aqui a opinião dele? ele e qualquer pessoa, que saiba se comportar num espaço como este, tem o direito de se expressar. Ou acha que isto é só para alguns, ou é só para ler coisas que nos agradam a nós?

MSantos disse...

José Milhazes

Aproveitando a deixa do PM (não, não vou censurá-lo) sei que houvem uma linha de TGV inaugurada recentemente entre Moscovo e Peter.
Estão previstas outras linhas?

E no rigor do inverno será possível o comboio atingir a velocidade máxima?

Cumpts
Manuel Santos

Sérgio disse...

PM o seu raciocinio está toldado pelos elogios que o anonimo russo lhe faz. Agora por favor não queira deturpar o que aqui se passa.

PortugueseMan disse...

O anónimo russo faz-me elogios? nunca vi tal coisa, aponte-me onde.

E explique-me lá para eu perceber o que aqui se passa. tim tim por tim tim para não haver mal entendidos.

MSantos disse...

Sérgio

O PM tem razão. Independentemente do que achemos e sobre as nossas opiniões sobre o que o Anónimo Russo tem postado, ele tem todo o direito de as fazer e tem-no feito com a máxima correcção que infelizmente é inexistente em outros participantes que todos sabemos quais.

Mesmo, e em especial até em relação ao meu brusco desabafo.

Cumpts
Manuel Santos

Sérgio disse...

PM nem todos têm a energia e a paciencia do sr. Milhazes para o esclarecer. Passe bem.

Sérgio disse...

Caro Msantos, o caro amigo está errado e não quer ver a realidade. Basta percorrer os comentários ao longo deste blog que seguramente encontrará as atitude menos próprias e dignas do nosso ilustre visitante. Anonimo Russo só um ultimo aviso já que não pretendo mais me dirigir a si, não consegue enganar todos do lado de cá com o seu discurso, e se existem muitos muitos mais na Russia como o senhor, seguramente que terão deste lado um opositor a qualquer tipo de aliança entre os nossos países. Guardem para vocês a arrogancia e a prepotencia que eu já desconfiava pelos comportamentos dos vossos lideres e confirmada pelo senhor. Que vos faça bom proveito.

Wandard disse...

Caros amigos,

Sinceramente depois de um dia inteiro de trabalho, hoje estou sem disposição para repetir tópicos de comentários anteriores, por isso vou utilizar o comentário do PM, pois ele resumiu muito bem. Infelizmente o Sr. Milhazes só divulga os pontos negativos, mas apenas para refletir quanto ao Bulava ou as declarações de Comandante da Marinha, reflitam que estas declarações foram feitas em um dia comemorativo, de forma aberta, expondo fragilidade e não houve nenhuma repercussão no governo russo, portanto atentem-se para a guerra de informações e perguntem-se para quê depois de gastarem bilhões em Bombardeiros Stealths os americanos gastarão 700 milhões US para recuperar B-52. O anônimo russo está certo quando fala que já existe um certo empreendedorismo na Rússia, porém também concordo com o Manuel que é uma mudança cultural profunda para um povo que viveu 70 anos sob o regime comunista. O anonimo russo tem o direito de defender seu país, afinal o que se vê aqui é um constante ataque e um tapar o sol com a peneira a tudo o que os americanos e aliados perpetram, a Rússia é sempre a vilã enquanto os americanos nunca pararam de promover guerras, atacar e invadir nações soberanas nos últimos sessenta anos, e continuam fazendo no Iraque e Afeganistão, já citei muitos exemplos mas quem foi mesmo que criou a Libéria, apoiou Charles Taylor.....

Sérgio meu amigo,

Espero que consiga enxergar a realidade em relação aos Yankees antes que o Portugal de meus avós não se torne cada vez mais consumido pelos negócios obscuros dos países europeus mais ricos, muito me preoucupa o destino de Portugal se a constituição da UE que tanto a França quanto a Alemanha estão investindo seja aprovada, pois os países menores e mais pobres da Europa serão prejudicados.

A Europa para os Estados Unidos é apenas uma barreira para afastar seus inimigos de sua preciosa nação. Se for deflagrado algum conflito os americanos vão querer que ocorra bem longe do território deles e de preferência no fiel cliente da qual ganhou muito dinheiro nas duas grandes guerras.

Anónimo disse...

Que grande noticia! Pode publicar o PIB português com mesmo sucesso e apanha os leitores com grande surpresa!

Ricardo disse...

Que tem de diversifica, isso todos sabem, porém não se faz isso da noite para o dia, com um toque de mágica. Por outro lado a medida que os recursos naturais se tornam escassos, eles se tornam mais valiosos e quem os detiver com certeza terá muito lucro no futuro próximo.

Gilberto Mucio disse...

Medvedev esta correto, afinal nao precisa ser genio para saber que a economia russa eh arcaina e rudimentar. So quero saber o que ele vai fazer: se ele tera forca e peito para tentar mudar algo.


Pois tudo isso eh consequencia de uma estrutura empodrecida, e da qual ele faz parte.

Cláudia Fernandes disse...

Sérgio:

Apenas disse que há gente a comentar aqui bem pior. Isto porque independentemente de concordar ou não com aquilo que o Anónimo Russo diz, ao menos não é mal educado e sabe discutir. Pelo menos nunca o vi ser de forma contraria.
Tal como o Sérgio, o MSantos ou o Jest. São bons comentadores, mesmo não concordando com algumas coisas que dizem.

Exagero é a "perseguição" que fazem ao anónimo em causa, que em comparação com outros, não fez nada de mal. :)

"A Well faz-me lembrar aquelas comunistas da resistencia francesa da serie "Allo Allo"..."

Não sou da geração dessa serie, mas calculo que seja um bom elogio. (risos)

Sérgio disse...

Claudia, talvez...até porque tratava-se de mulheres muito bonitas, mas que levavam a defesa dos seus ideiais ao extremismo. Acabavam desta forma por ser temidas não só pelos alemães invasores mas também pelos franceses ocupados,:).

Oh Well, Okay. disse...

Penso que seja normal uma pessoa que está ligada a um ideal de extrema levar esse ideal ao extremo. :)