segunda-feira, agosto 31, 2009

Tragédia na Escola de Beslan foi há cinco anos


A Ossétia do Norte vai assinalar, no 01 de Setembro, o quinto aniversário da “Tragédia de Beslan” sob fortes medidas de segurança, medidas essas que se alargam a todas as escolas da Rússia.
A 01 de Setembro de 2004, um grupo de guerrilheiros separatistas tchetchenos tomou de assalto a Escola Nº1 de Beslan, cidade da Ossétia do Norte, fazendo mais de mil reféns entre professores e alunos.
Segundo as autoridades da Ossétia do Norte, república do Cáucaso russo, as cerimónias começarão com o toque da campaínha da escola às 09.15 horas locais (06.15 em Lisboa), quando os guerrilheiros atacaram a escola.
“Este ano, as cerimónias fúnebres não irão ser muito diferentes das realizadas em anos anteriores, são possíveis apenas pequenas alterações”, declarou um porta-voz dessa república russa à Ria-Novosti.
Durante três dias irá soar música fúnebre nas ruínas da escola e, ao fim do dia, no local onde se encontrava o ginásio, lugar onde foram mantidos os reféns, serão acesas velas. Representantes das autoridades locais, bem como todos os que desejarem irão depositar flores no local da tragédia.
No dia 01 de Setembro, serão também declamados poemas dedicados às memórias das vítimas.
Às 11 horas (08 horas em Portugal) do dia 03 de Setembro, no momento em que começou o tiroteio entre forças de segurança e terroristas, começará uma cerimónia religiosa, realizada por um sacerdote cristão ortodoxo, pelo «descanso das almas». Depois, os alunos de Beslan lançarão para o céu 350 balões, o número de pessoas que morreram durante a operação de resgaste.
As cerimónias fúnebres continuarão no cemitério onde foram sepultadas as vítimas do ataque terrorista, sendo lido o nome de todas elas.
No dia 01 de Setembro de 2004, o grupo terrorista fez mais de mil reféns, a maioria dos quais eram crianças. Os guerrilheiros exigiam a retirada das tropas russas da Tchetchénia.
A operação de resgaste, realizada no dia 03 de Setembro, continua até hoje rodeada de mistérios. As autoridades afirmam que a operação de resgaste começou depois de duas ou três explosões dentro do edifício e, durante ela, não utilizaram armas pesadas.
A organização “Mães de Beslan” põe em dúvida essa versão, exigindo, sem êxito, a realização de investigações independentes.
Apenas um terrorista foi detido com vida: Nurpachi Kulaev, que foi julgado e, em 2006, condenado a prisão perpétua.

35 comentários:

Anónimo disse...

A propos:
www.foreverputin.blogspot.com

Italo disse...

Pra os Russos isso apurar a verdade e punir os culpados dessa desgraça n interessa muito.

Quem perdeu a vida, em sua maioria, foram "Chiorny", e ainda por cima, muçulmanos...


Só lamento pelos pais das criancinhas.

Anónimo disse...

leiam na Wikiepedia (isso e o assalto ao teatro de Moscovo).
Em ambos casos, morreram incomensuravelmente mais refens do que terroristas, por causa das desastrosas e inacreditáveis actuações das "forças de segurança".
Coisa de ignorantes, mandar gás para dentro do teatro de moscovo, e dispararr vários mísseis com explosivos de carga termobárica para cima do telhado da escola de Beslan onde se encontravam os reféns (ainda por cima, existindo lá dentro bombas suspensas do tecto por fios).
Terroristas mandaram cassete demonstrando o que aconteceria em caso de ataque (seja, os explosivos estavm pendurados em fios) "autoridades" apagagaram a cassete e inventaram isto: "cassete estava em branco".
Lamentável!
Isso é algum país decente, Sr. Milhazes?

Roman disse...

Que treta é que vocês estão a escrever aqui! Vão lá, obter mais informações da Wikiepedia.

Nuno disse...

Não falem do que não sabem..

Mendonca Joao disse...

Uma das coisas que a mim me choca é a falta de segurança que se verifica nas escolas, mesmo depois de uma tal catástrofe. Qualquer pessoa pode entrar no pátio de qualquer escola pública em toda a impunidade. Contrasta com os aparatosos sistemas de cancelas, câmaras de vigilância e outros exageros que protegem a vida dos meninos ricos das universidades prestigiadas da Rússia. A segurança existe, mas não é para todos.

Cristina disse...

João Mendonça

Desafio-o a postar mais comentários no blog.
Afinal, também é uma testemunha privilegiada do dia-a-dia na Rússia. Os estudantes russos do MGU continuam a gostar de aprender português?

PortugueseMan disse...

...A segurança existe, mas não é para todos...

E onde é que não é assim meu caro?

Anónimo disse...

Na América nem precisam de terroristas islâmicos. Os próprios alunos cometem grandes massacres graças à boa e velha cultura do faroeste.

Italo disse...

"Os próprios alunos cometem grandes massacres graças à boa e velha cultura do faroeste."


Pelo menos lá, se eles são pegos vivos, vão a julgamento e são condenados.


Na Rússia? São amiguinhos do governo mafioso, que tb assassina seus próprios cidadãos...


Ou vc acha que o ocidente é burro e n sabe que a FSB massacrou centenas de pessoas em atentados pra culpar os chechenos?

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Paulo Silva disse...

Cristina, este blog não e apropriado para os alunos da Faculdade das Letras da MGU. Este blog não tem nem qualidade, nem minima cultura. Só fala da politica num estilo péssimo e tem só provacodores e algums rusofobos apanhados. Vida na Rússia tem nada a ver com este blog e com qualidade journalistica do seu dono que aceita prostituição politica como "role model". Quem paga ao JM para este lixo verbal?

PortugueseMan disse...

..Só fala da politica num estilo péssimo e tem só provacodores e algums rusofobos apanhados...

E você enquadra-se em qual dos grupos?

Apok@lypsus disse...

Não sou pró-russo, nem contra-russo, nem tão pouco advogado de defesa do Prof. José Milhazes (ele até nem precisa) contudo, o Blogue do Prof. Milhazes é um Blogue que, penso eu, expressa opinião própria, como milhares e milhares de Blogues espalhados pelo Mundo fora expressam as suas opiniões pessoais. Cada um é livre de opinar e expressar-se sobre aquilo que entende ser o mais correcto e até mesmo se for opinião de "encomenda". Quem gostar come, quem não gostar, deixa de lado e sai fora. O que não é correcto é chegar aqui e ofender verbalmente o autor ou os comentaristas pelas opiniões expressas sejam elas intrinsecamente pessoais, sejam elas compradas, alugadas ou vendidas, sejam elas de que estirpe forem. Pelo meu conhecimento recente - e pensava eu que era o único, mania das grandezas -, existem já dois cidadãos dessincronizados com o Mundo: eu e o John Malkovich. Também como isto anda...

Jest nas Wielu disse...

2 Ítalo

Como sempre, muito bem dito, os “chorny” só são interessantes, quando podem servir de escudo para uma invasão, de resto, o massacre, propriamente dito foi cometido pelas forças especiais russas. Sem desculpar os terroristas da Ossétia do Sul, digo Norte.

Anónimo disse...

Italo

Você só aparece neste Blogue para falar mal da Rússia

Se preocupe mais com o vosso Brasil

Lhe garanto que na Rússia há mais segurança nas escolas do que no Brasil, onde até professor vende drogas livremente para os alunos!

Jest nas Wielu disse...

off top

Já que aqui anda um (uns) anónimo(s) a fazer RP do seu blogue: forever.lili-putin (já visitei o blogue, o nível é de chorar, nem o contador de visitas possui), mas enfim, aqui tenho algumas fotos para o vosso blogue:

Putin & Medved
http://kotyhoroshko.livejournal.com/352883.html

Anónimo disse...

Leiam o artigo da Wikipedia (estão lá versões de todos os lados), fundamentalmente, dados os factos provados, conclui-se por:

Criticism of the Russian government and Allegations of incompetence and rights violations.

LINK: http://en.wikipedia.org/wiki/Beslan_massacre

Anónimo disse...

Italo

1."Você só aparece neste Blogue para falar mal da Rússia"

R. Errado. Nunca falei mal da Rússia. Falo mal do seu governo e de sua política. Adoro a música, a comida, a literatura e as mulheres russas... por sinal, quando estive no RJ ano passado, vi dezenas delas por lá.. o que fazem pela cidade? hehehehe .. serão turistas?

2."Se preocupe mais com o vosso Brasil"

R. Me preocupo muito. Esse ano vamos crescer 2%, e a Rússia vai cair -8%; Parabéns.

3."Lhe garanto que na Rússia há mais segurança nas escolas do que no Brasil, onde até professor vende drogas livremente para os alunos!"

R. Isso pode até acontecer, nunca ouvi falar de tal coisa, mas o presidente do meu país PELO MENOS NÃO SE UNE A TERRORISTAS PRA MASSACRAR CRIANÇAS DE 5 ANOS dentro de uma sala de aula. Isso mesmo: SE UNE!!!!

Eu que n acredito que esse Putin e esses neonazis no poder estejam livres de qualquer participação nesse episódio.

ÍTALO ALMEIDA

Diogo disse...

Sou leitor assíduo deste blog e esta é a primeira vez que aqui deixo um post, mas desta vez senti essa necessidade e passo a explicar porquê.
Antes de mais devo dizer que aprecio o trabalho do José Milhazes e aprecio-o porque o autor assume sempre uma posição clara em relação aos eventos que vão marcando a vida política do país. Evidentemente que nem sempre concordo com o que aqui se escreve mas agrada-me o facto de poder ler a opinião de um jornalista que vive por dentro a realidade Russa e que, sendo uma testemunha privilegiada, a descreve nunca perdendo o sentido crítico.
No fundo, o José Milhazes não faz mais do que aquilo que se espera de um blogger: que escreva de forma independente e que pense pela sua cabeça e, nesse sentido, creio que o seu trabalho é muito meritório, independentemente do estilo ou posições assumidas. Se quero o“outro lado da notícia”, pois então terei de procurar num outro blog ou site noticioso, mas é precisamente esta diversidade que torna os blogs tão interessantes e radicalmente diferentes dos jornais.
Bom, isto tudo para dizer que, muito sinceramente, fico sempre desiludido quando abro a caixa de comentários. Este site tem tudo para ser um bom fórum de discussão sobre a Rússia, para aqueles que gostam e para os que não gostam, para os russófilos e para os que não nutrem especial simpatia pelo país (e não para os russófobos), para os pró-Putin e para os anti-Putin, para comunistas e liberais, etc. Pena é que 80% dos comentários não passem do insulto e da provocação não construtiva aos demais comentadores e ao autor em si. Sei que esta discussão já passou várias vezes pelo blog e que o autor não quer (e bem) privar ninguém da sua opinião mas, pessoalmente, penso que os insultos deviam ser banidos sob pena de este blog se transformar num campo de batalha de uns poucos que aqui escrevem com o único propósito de desestabilizar o diálogo e a saudável troca de ideias..

Tecidas algumas considerações sobre o blog queria também escrever um pouco sobre o post em questão.
Estive há pouco mais de 2 semanas na Ossétia do Norte e tive a oportunidade de visitar Beslan. Evidentemente que para mim também me interessa ver discutidas as circunstâncias e os moldes em que o exército russo interveio e de que forma parte da catástrofe poderia ter sido evitada ou não, mas a minha visita à região deu-me uma outra perspectiva sobre os acontecimentos e sobre a forma como os Ossetianos olham, vivem e convivem com eles.

Diogo disse...

Visitar a escola de Beslan (que importa referir, está hoje em dia tal e qual ficou após o atentado terrorista) é uma experiência tocante especialmente quando se tem locais como companhia. O cenário é exactamente aquele que vimos na televisão, mas dificilmente alguém consegue antever ou evitar o poder que a realidade do local transmite a quem o visita. Ali se percebe e se resume com especial crueza aquilo que se tem passado na região do Cáucaso na última década e meia (para não recuar mais): as divisões étnicas, as jogadas políticas, a actuação das autoridades russas e a sua habitual falta de tacto, os banhos de sangue.. .
Mas não é isso que agora me interessa, interessa-me perceber o que é Beslan para um Ossetiano. Pois bem, para este Beslan é tudo tragédia e absurdo.
Falam-me da estupidez do acto, da tentativa de desestabilização de mais uma região do Cáucaso, que embora orgulhosa do seu passado , da sua terra e da sua diferença em relação aos Russos e à Rússia, não quer a separação desta (ao contrário do que alguém escreveu a Ossétia do Norte é maioritariamente Cristã Ortodoxa). Falam-me do sangue derramado, do temperamento caucasiano e da lei de Talião e de como, mesmo assim, não houve retaliação. Eu pergunto pelo comportamento das autoridades russas aquando da tentativa de resgate dos reféns: Ninguém as questiona as suas acções embora se perceba por todas as respostas que existe a consciência de que a operação não foi conduzida da melhor forma. Os militares estão também eles enterrados no mesmo cemitério construído para albergar os corpos das crianças e familiares mortos naquele dia. Vitimas portanto.
De volta a Vladikavkaz somo a isto as considerações feitas sobre a guerra com a Geórgia, sobre famílias separadas e dos dois lados da fronteira e percebo finalmente que, às vezes o absurdo é tanto que a política se esvazia; pelo menos dentro das paredes daquela escola.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
MSantos disse...

Caro Diogo

Os meus parabéns por ter demonstrado claramente as posições incorrectas que muitas vezes prevalecem neste blog sem quaisquer juízos de valor nem falsos moralismos.

Eu pessoalmente não me qualificando pró-russo, não concordo com a maioria das posições do José Milhazes no entanto tenho todo o prazer de confrontar pontos de vista porque mais importante que fazermos valer as nossas ideias é convivermos bem com quem pensa de outra maneira que não a nossa e saibamos ouvir, respeitar e aceitar essas pessoas, inclusivé termos a superioridade de aprender e reconhecer quando estamos errados.

Subscrevo a 100% o seu comentário.

Cumpts
Manuel Santos

Jest nas Wielu disse...

2 Anónimo 23:42

Não é precisa ficar nervoso lol, o blogue mantido por uns lusos em inglês, com a informação do tipo copypast (sem citar as fontes), fotos gamados às agências noticiosas (sem copyright), etc.

Se vens para a casa alheia fazer o seu PR, prepara-se para ser avaliado. Nota 7 (de 0 à 20). Chumbou lol

Anónimo disse...

Ítalo de Almeida acabou de cometer um crime grave de difamação ao escrever que Putin tinha feito Beslan. Não me interessa onde esteja esta personagem, mas fica desde já a saber que não vale tudo e um processo pode cair-lhe em cima. Para evitar problemas, aconselho o autor do blog a apagar comentários criminosos. Liberdade tem limite: o da lei.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Mendonca Joao disse...

Não consegui ler todos os comentários, Cristina. Agradeço o desafio. Os estudantes sim manifestam interesse em aprender português, por uma série de razões,razões económicas t, dada a forte cooperação com a África lusófona, o crescente volume de investimento dos países de expressão portuguesa, e o povo russo é um povo culto e que se interessa pela cultura lusófona de um modo geral, e com olhos limpos de preconceitos, contrariamente aos povos europeus que nos vêem como um povo de pedreiros e de empregadas de limpeza.

Jose Milhazes disse...

Leitor Paulo Silva, não visite o lixo verbal e crie o seu espaço próprio. A julgar pelo que escreve, deve ser um grande conhecedor da Rússia e poderia dar um contributo maior do que os insultos que aqui deixou.

Anónimo disse...

a lógica de corte deste blog é muito interessante. a ver vamos até onde irá a conspiração. quem viver, contará a história.

Singing your praises disse...

Concerning the pro Putin blog I would like to remind all readers that there are many English native speakers living in Portugal.
Kind regards:
PVL

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Sé Jose Milhazes já permite fazer "postings" em Inglês, porque não permite em Russo? Será que prefira noticias mal traduzidas?

Jose Milhazes disse...

Leitor anónimo, se há más traduções, traduza você bem para que as pessoas entenda,. Permito o inglês, porque é uma língua muito mais conhecida que o russo no mundo lusósofono. Não tenho nada contra a língua russa, bem pelo contrário.

Anónimo disse...

LOL um maluco lá em cima a ameaçar com processos na Internet (devem ser processos virtuais).
Deve ser o alienado que posta sob pseudónimo Francisco, desta palpita-me que veio incógnito.
Por falar na NET, aderi ao banco Virtual americano fundado na NET que aceita depósitos e concede empréstimos em dinheiro com juros suaves a cobrar em suaves prestações no, ... Além. LOL

O Banco acredita na reincarnação e dá a possibilidade de os juros serem pagos na próxima existência. Vou já pedir um empréstimo, que tenciono, claro, pagar depois de morrer, claro (os juros) pago lá no Além (LOL)

Roman disse...

PARA TODA A GENTE QUE PRETENDE SABER A VERDADE SOBRE TRAGÉDIA DE BESLAN TEM AQUI LINK http://www.reyndar.org/beslan/forum/index.php e aqui tem fotos http://mg42.info/september-3/ Os links infelizmente são em russo, mas podem utilizar o tradutor GOOGLE. NÃO É WIKI!
Quem procura - encontra...