domingo, setembro 13, 2009

Rússia combate em todas as frentes dos fornecimentos de gás à Europa


Não obstante a crise económica, a Rússia continua a combater em todas as frentes dos fornecimentos de gás à Europa.
Na frente leste, Moscovo tenta fazer avançar os projectos de construção de dois gigantescos gasodutos: “Corrente do Norte” e “Corrente do Sul”, a fim de fornecer gás natural da Ásia Central à Europa, ladeando os territórios da Ucrânia, Bielorrússia e da Polónia.
Além disso, principalmente a construção do “Corrente Sul”, pretende dificultar ou mesmo impedir a edificação do gasoduto “Nabbuco”, obra financiada pela União Europeia e que visa reduzir a dependência da Europa em relação à Rússia no campo dos fornecimentos de “combustível azul”.
A frente ocidental tem como plataforma o Norte e o Ocidente de África, onde as empresas russas estão a realizar sérios investimentos no campo da prospecção e exploração de gás e petróleo.
Na Argélia, a Gazprom, o maior produtor e exportador de gás russo, tenciona explorar até 30 milhões de toneladas de petróleo e cerca de 100 mil milhões de metros cúbicos de gás no jazigo de El Assel.
A Rosneft, a maior petrolífera russa, criou uma empresa conjunta com a gasífera argelina Sonatrach para explorar jazigos de gás em Tasselit do Norte.
Na Líbia, a Gazprom explora duas regiões gasíferas na plataforma continental do Mar Mediterrâneo e a sul da capital líbia, Tripoli.
No Egipto, a empresa Novatek, o segundo maior produtor de gás da Rússia, vai começar a explorar gás em El-Arish.
Na Nigéria, a Gazprom assinou com a empresa nigeriana NNPC um acordo que prevê investimentos de mais de dois mil milhões de euros na prospecção e desenvolvimento do sector energético nesse país.
Este é um dos primeiros passados da gasífera russa com vista a participar na construção do gasoduto que irá ligar a Nigéria à Europa através do Deserto do Sara.
Nos últimos tempos, a Rússia tem planos de desenvolvimento do ramo do gás condensado, tendo em conta os seus investimentos na Venezuela e noutros países da América Latina.

98 comentários:

António Campos disse...

Um pouco off topic (mas se calhar nem tanto):

A agência Bloomberg reporta:

(http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601116&sid=aq7nwB0NUQK8)

Guiné expropria fábrica da Rusal; Russia adverte para “consequências”

“As autoridades da Guiné tentaram expropriar bens propriedade da Rusal”, afirma o ministério dos negócios estrangeiros da Rússia numa declaração na sua página web publicada hoje, acrescentando que espera que a Guiné “entenda as possíveis consequências de tais acções, tanto para o clima geral das relações russo-guineenses, tradicionalmente construtivas, como para a situação socioeconómica do seu país.”

O governo guineense enviou à Rusal uma carta solicitando o retorno do projecto Friquia, afirmou o ministro das minas Mahmoud Thiam numa entrevista ontem. O presidente Moussa Camara disse em Abril que tinha solicitado ao ministro da justiça que considerasse o recurso a uma acção judicial contra o negócio com a Rusal.”

“A Guiné recebeu 19 milhões de dólares da Rusal pelos activos transaccionados, activos esses que consultores avaliaram em 257 milhões de dólares, disse.”

A Rusal afirma, numa declaração enviada por email, que “comprou a Friguia em total conformidade com a legislação guineense”, considerando que a fábrica “é sua legítima propriedade”. A empresa declarou ainda que “decidirá sobre as acções subsequentes logo que receba uma cópia da sentença do tribunal.”

Estranhamente, o governo russo, conhecido pelas suas expropriações de activos adquiridos por empresas estrangeiras, na tentativa de inverter acordos “vergonhosos” firmados pela administração Yeltsin (como alguns leitores aqui gostam de afirmar), parece não gostar de receber na mesma moeda quando a empresa expropriada é russa e pertence a um empresário amigo do Kremlin.

António Campos

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
LOU disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

O que o russos querem é uma UE escrava

A UE já é escrava, mas dos EUA

PortugueseMan disse...

Caro JM,

Você ainda mantém a sua ideia que tinha há uns meses atrás, que a Gazprom luta com dificuldades? ou este seu artigo é uma reavaliação de que a Gazprom está bem melhor do que pensava inicialmente?

E já que falou em fornecimentos de gás na Europa com bastante detalhe, deveria ter aqui uma achega sobre o que o efeito Gazprom está a fazer na Ucrânia. O país está a ser cilindrado e vai ser sempre a piorar até às eleições.

Anónimo disse...

Isso é complexo imperialista de um país podre e decadente como a Rússia.

A Europa está a perder muito ao não diversificar suas fontes. Dividida em prós e contras o gás russo, graças a chanceller mal amada da Alemanha e o primeiro ministro mafioso da Italia, vamos todos a serem refens de um país de oligarcas e mafiosos.

Vemos claramente que a Rússia quer uma Europa refem para cumprir seus objectivos imperialistas.

A Russia nunca aceitou ser menos importante que a França e Alemanha na geopolítica mundial.

O facto é que precisamos urgentemente de buscar energias alternativas e depender menos do Urso bebado, que na verdade, quer controlo de toda Europa com o objectivo de humilhá-la, como sempre quis a revanchista podre e decadente Rússia

Mas duvido que os russos tenham a coragem de fazer algo parecido com os chineses. Lá o Urso apanharia de golpes de Kung Fu.

PortugueseMan disse...

E já que se fala no gasoduto "Corrente do Norte", a luta continua entre os que querem o gasoduto e os que não querem.

Poland blocks Finnish politician from EU top job

Poland has refused to support former Finish Prime Minister Paavo Lipponen's candidacy as EU foreign policy chief, on the grounds that he works for Gazprom on the Nord Stream pipeline project. EurActiv Poland reports...

...According to the Polish government, the investment threatens state security, because it affects negatively the transit and supply of raw natural gas pipeline 'Yamal' and 'Brotherhood' and presents an ecological threat...

http://www.euractiv.com/en/future-eu/poland-blocks-finnish-politician-eu-top-job/article-185251#

Lithuania sidesteps Nord Stream

The Nord Stream natural gas pipeline planned for the Baltic Sea is not a priority for the members of the European Union, the Lithuanian president said.

The European Parliament in 2006 described the Nord Stream pipeline to Germany as an interest to its member states, with Energy Commissioner Andris Piebalgs describing the network as a "priority."...

...Lithuanian President Dalia Grybauskaite, who assumed office in July, told reporters that it was not possible for Nord Stream to move forward, noting there was "no way" it would receive European funding...

...Grybauskaite, a former European finance minister, said Baltic states still need to move to connect their energy systems to the rest of Europe but denied Nord Stream was a main concern.

"I'm hearing for the first time that this is a priority project for the EU," she said.


http://www.upi.com/Energy_Resources/2009/08/28/Lithuania-sidesteps-Nord-Stream/UPI-92161251469650/

Estes países sabem bem o que significa para eles a abertura do gasoduto e vão tentar por todos os meios atrasar o projecto.

Infelizmente para eles o principal beneficiário deste gasoduto é a Alemanha o motor da Europa e como tal a Alemanha irá empurrar o projecto para a frente.

Quanto este projecto estiver completo, estes países já têm que ter as suas opções bem definidas. segurança militar ou segurança energética. Não vão conseguir ter o melhor dos dois mundos.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Yan disse...

em menos de 50 anos os portugueses (de modo geral, toda a europa) estará falando russo e bebendo vodka.

Isso não tem graça nenhuma

Yan disse...

portuguese man

Não faça esse drama todo, a Polónia tem uma das maiores reservas de carvão mineral do planeta na região da Silésia. Que segundo algumas estimativas, sustentariam energeticamente a sua população de 38 milhões para os próximos 100-150 anos. O problema é a poluição dessa fonte de energia, mas não existindo outra opção, vai o carvão mesmo...até pelo menos as suas futuras usinas nucleares estiverem funcionando.
O que, ao menos, traria uma certa liberdade que uma Alemanha cada vez mais dependente da Rússia não terá...

Sérgio disse...

é Yan

Na crise do gás, a Eslováquia reativou a sua usina nuclear mesmo a UE sendo extremamente contra. Mas o país nem se importou com o alarido de Bruxelas...

lauro.ps disse...

Talvez porque a Alemanha não tenha outra alternativa energética. Pois a Polônia tem mais carvão mineral que o Brasil, por exemplo, e mais que 3 vezes o da Alemanha.
E numa eventual crise energética, acho mais coerente você usar a sua fonte energética de casa, embora poluidora, a vender a sua independência e liberdade.

Anónimo disse...

"While Poland currently relies on its domestic coal reserves to meet 90 per cent of its energy needs, other countries in the block fear they will be trapped in permanent dependence on the Kremlin."

http://www.telegraph.co.uk/earth/earthnews/3352775/EU-climate-change-cuts-Poland-leads-revolt-over-Russia-fears.html

Anónimo disse...

ESSE GASODUTO NORTE SERÁ TÃO PREJUDICIAL AO MEIO AMBIENTE QUANTO REATIVAR AS USINAS DE CARVÃO MINERAL

Eugénio disse...

As únicas riquezas da Rússia são seus vastos recursos naturais. Para que ela cresça e garanta seu futuro é necessário projectar seu poder sobre a Europa... Além da preservação do actual poder geopolítico russo.

Outros países continuarão a ganhar poder a nível mundial, diminuindo a importancia russa, caso os planos energéticos russos sobre a Europa não se concretize.

A China também é uma prioridade russa mas a lá ela não poderá fazer o que faz com a Europa.

A "guerra" é contra a Europa, a Rússia já está a cercar-la projectando todo o controlo de fornecimento de energias visando exactamente a garantia de crescimento económico e domínio geopolítico pleno, ou seja, continuaremos reféns da energia russa!

Márcia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
PortugueseMan disse...

Yan,

Não sou eu que faço o drama, não sou eu que atraso o projecto. Se a Polónia não tem problemas com este pipeline, não vejo a razão de tanto alarido.

A Alemanha pelos vistos prefere estar menos dependente da Polónia para receber energia russa. A Alemanha já está dependente da energia russa há muitos anos, mas com este novo pipeline retira o factor trânsito (Polónia) pelo o meio.

A Alemanha nunca teve problemas com o fornecimento russo e as relações entre eles até melhoram a olhos vistos. Eles preferem estar dependentes de energia russa a um pais africano ou do médio oriente.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
PortugueseMan disse...

Bom Márcia,

Pelo menos não tenho sentimentos de frustração...

E se na sua opinião a Europa se está a curvar perante a Rússia, nesse caso quem merece condenação é a Europa, por permitir tal.

Mas este tipo de pensamentos parecem mais difíceis de digerir, bom mesmo é bater onde já é habitual. É uma opção de cada um.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

"""Márcia disse...
é impressão minha ou portugueseman parece que vai ter um "orgasmo" quando lê alguma notícia sobre a Europa se curvando perante os russos?
Masoquismo, comlexo de inferioridade, síndrome de estocolmo ou o quê?"""

ACHO QUE SERIA MAIS COMPLEXO DE INFERIORIDADE. MAS A EUROPA (PRINCIPALMENTE PORTUGAL) ESTÁ CHEIO DESSAS PESSOAS...ODEIAM PORTUGAL, A UNIÃO EUROPÉIA, OS EUA, A CULTURA OCIDENTAL...E IDOLATRAM PAÍSES COMO RÚSSIA E CHINA.

Anónimo disse...

O QUE EU MAIS QUERIA FAZER É DAR UMA PASSAGEM PRA VLADIVOSTOK (SÓ DE IDA) PRA ESSA GENTE.

lokito disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Yan disse...

Temo pelo futuro de países que não estão na NATO nem na UE, como a Ucrânia. Porque o poder americano caiu em muito, não só devido à crise mas também pelo aparente governo fraco do Obama.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

"pois é, por isso que praticamente nenhum brasileiro tem orgulho de ter Portugal como pátria-mãe, a maioria tem vergonha mesmo"

Epa, depois de sabermos isto, os portugueses vão ficar muito tristes (lol)

Olha, eu acho que já não vou dormir esta noite a pensar nisso.

Italian_br disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Italian_br disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

"Rússia pode fazer acordo energético com Portugal"
http://www.orapois.com.br/

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Deplorável espetáculo práqui vai!

Sérgio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Italian_br disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Braga disse...

A europa não tem alternativas ao gás russo, a Rússia sabe muito bem disto mas ela quer explorar toda a fragilidade energética da europa

Cabe a europa se unir cada vez mais e impedir divisões geopoliticas, pois sabemos bem o que os russos podem nos fazer refens como tanto sonham!

Anónimo disse...

"A europa não tem alternativas ao gás russo, a Rússia sabe muito bem disto mas ela quer explorar toda a fragilidade energética da europa"

Para a Europa o melhor investimento será energia nuclear, eólica e solar. O futuro será o fim do gás-petróleo como energia.



Eugénio

Nuno disse...

Gas Condensado?
Não quererá dizer GNL (Gas Natural Liquefeito) ?

SLAVA ROSSI disse...

**********************


http://www.youtube.com/watch?v=UmReZGhb-kQ&feature=channel_page

FG disse...

Prof. José Milhazes, penso que deveria ser activada a opção de CENSURA PRÉVIA aos comentários RACISTAS e XENÓFOBOS que por aqui proliferam em ordem aos brasileiros e portugueses. Como português, sinto-me ofendido por ser tratado desta forma por gente que nem sequer conheço mas que respeito como seres humanos e não por serem amarelos, brancos, pretos, vermelhos ou às pintinhas. Quem quiser destilar ódio, seja por que motivo for, abra um blogue e vomite o que lhe der na real gana. E aí, podem então juntar-se todos aqueles que não gostam de Portugal mas vêm para cá tentar arranjar uma vida melhor, como tantos milhares de Portugueses andam pelo Mundo fora tentando aquilo que o seu País não lhes dá... Haja decoro e respeito por quem acolhe estrangeiros no seu seio!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

FG, não se irrite nem se ofenda assim.


Sou brasileiro, tenho sangue português (entre outros), e essa história de vergonha é bobagem.


Ítalo

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
JMAST disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Anónimo 17:06

Eu sou português e você está a me envergonhar muito com os vossos comentários preconceituosos.



Sr Milhazes

Exclua os comentários de todos os preconceituosos para que mantenhamos o bom nível do Blogue.

Anónimo disse...

sou português e tenho vergonha disto

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Mãe Diná disse...

Em 2030, Portugal será o país mais pobre da UE.
Tenho pena da sua gente, mas sejam inteligentes e vendam a sua soberania para um povo mais brilhante que vocês, como os espanhóis. O portuga que não aceitar será deportado pra Rússia, lá serão muito mais felizes que nessa terra infeliz chamada Portugal.

VIVA A GRANDE ESPANHA!!!!

Eugénio disse...

Anónino

Portugal sem dúvida é um país socialmente desenvolvido, pois tinha a obrigação de o ser. A UE deu fartas ajudas à Portugal para poder se integrar e acompanhar o desenvolvimento dos restantes países da UE. Eu não o entenddo o porque de tantas comparações com o Brasil e brasileiros? Que tal comparar com a Espanha e Grécia?
E o que dizer sobre as ex-colónias? A situação delas não melhorou muito...

O Brasil deixa a desejar sobre o seu aspecto de desenvolvimento social se comparado à Europa, mas é uma poténcia económica com muitas empresas de ponta a se desenvolver, está entre as 10 economias do mundo, faz parte do BRIC, países que futuramente serão potencias desenvolvidas e é um dos países que menos estão a sofrer com a crise.

Por onde estive a andar em Africa e A.L vi empresas brasileiras.
Eles têm empresas nacionais de aviões, autocarros, maquinário agricola, eletro-electrónicos, alimentos (a Inbev dona da Budweiser é parte brasileira), softwares e tantas outras. Veja a Embraer em Évora... Um país completamente subdesenvolvido jamais teria uma empresa nacional de aviões à jato. Portugal e outros lusófonos têm muito a ganhar com os avanços do Brasil, pois naturalmente as empresas brasileiras investirão em Portugal como ponto estratégico para se entrar na Europa.
Actualmente Paulo Coelho é um dos escritores mais lidos no mundo.
Há muitos brasileiros em Portugal assim como há muito portugueses natos no Brasil. Há 'muitos bandidos' brasileiros em Portugal, sim, é verdade, mas não se esqueça que até 1850, foram ao Brasil e outras colónias muitos portugueses que exterminaram índios, destruiram florestas e escravizaram negros da pior forma possível que se tem conhecimento.

Eu sou Angolano, tenho bons amigos portugueses e brasileiros. Minha experiência em Portugal e Brasil foram boas, já na Russia não pósso dizer o mesmo por motivos que vocês podem imginar...

Cumpimentos

Pippo disse...

Sim senhor, isto por aqui anda bem...

Anónimo disse...

Italo pare de tumulturar o blogue, já sabemos o que fazes por aqui como anónimo e diferentes nicks

Conhecemos vossos modos de escrever

Anónimo disse...

errata

*tumultuar

Anónimo disse...

Pois sr.Angolano os Russos (ainda)não são escravos do políticamente correto!!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

O problema dos Portugueses Racistas (para diferenciar dos portugueses de bem) é que eles não a aceitam o sangue judeu e árabe que lhes corre pelas veias.


Acham que são suecos!


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Italo disse...

Eugênio, vc sempre será bem vindo ao nosso país (BRASIL).

O Brasil é um país de todos: alemães, italianos, árabes, espanhóis, negros, índios, malteses, portugueses, franceses, ucranianos, misturados,verdes, o que seja.



Até porque Angola é e sempre será parte de nós, de nossa história e serão sempre tratados como irmãos.


Seja sempre bem vindo meu IRMÃO.


Um grande abraço e cumprimentos do país irmão Brasil!

Anónimo disse...

"Eu sou Angolano, tenho bons amigos portugueses e brasileiros. Minha experiência em Portugal e Brasil foram boas, já na Russia não pósso dizer o mesmo por motivos que vocês podem imginar..."


Peço encarecidamente que vcs angolanos, cabo-verdianos, moçambicanos, que venham ao Brasil sempre que puderem! Venham estudar nas nossas universidades, venham conhecer o que é o respeito e a educação que o povo do Brasil (mesmo com muitos defeitos) têm para com os estrangeiros.


Serão sempre bem vindos. Esqueçam a Rússia. Gente racista merece apenas desprezo.

Um abraço do Brasil a todos os africanos! Viva a democracia, a liberdade e abaixo o racismo.

Italo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Goebbels disse...

Quando jovens informados, com bons conhecimentos das novas tecnologias mostram tão grande lastro de primarismo e xenofobia, mais próprio de mentes nazi-fascistas....meus caros, o futuro poderá não ser tão risonho, como do tempo dos vossos...pais!
Uma grande parte de vocês seguem um caminho oposto ao Humanismo Social Democrata, ou seja à Vanguarda da Civilização do Homo Sapiens!

Anónimo disse...

O Brasil está a tentar ocupar o lugar que era de Portugal no antigo mundo colonial lusófono.

Anónimo disse...

Para isso tem que atacar Portugal e a russia para os afastar de africa.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
PAULAO disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

CORRIGINDO: Impusemos

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Glória disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

"A culpa desta crise é de gente loura de olhos azuis".

Lula da Silva, Presidente do Brasil

Num país que se reclama anti-racista, palavras destas dariam cadeia directa.

HIPÓCRITAS!

anonimo russo disse...

O sr. Milhazes no seu melhor. Cria odio ``a Russia. No entanto:
1. A Russia so faz o negocio, business, a vender o gas e a ganhar os mercados.
2. Se a Europa (a sua burocracia) nao fosse tao hipocrita com a Russia, satisfazendo as elites norte-americanas, se nao tivesse rejeitado tanto a Russia, os poderes e, ultimamente, o povo russo tambem, nao consideravam as instituiçoes europeias como rivais ou inimigas. (no fundo acho, que ainda ninguem as considera de inimigas (omitindo algumas Inglaterras ou estados radicais anti-russos ainda com complexo de inferioridade e desejo de se vingar).

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Os primeros gasodutos que Rusia implanto para Europa; os Estados Unidos;foi contra, proivindo cualquer empresa Americana, ajuda para este projeto,servindo gas Ruso
para Europa,gana uma guerra sem disparar um proyetil,industrias de USA, sao as mais poderosas, precisando de guerras, sem guerras
estan na falencia