sexta-feira, abril 23, 2010

Números para reflexão


Elena Mizulina, presidente do Comité da Duma Estatal para Assuntos da Família, Mulheres e Crianças revelou que a Rússia, actualmente, tem mais crianças órfãs do que durante a Segunda Guerra Mundial. Se, nos anos 40 do século XX, esse número era de 678 mil, hoje atinge os 697 mil.
Segundo ela, dois terços dessas crianças abandonadas são “órfãos sociais”, ou sejam, órfãos com  pais vivos.
Nos últimos dois anos, 30 mil crianças foram devolvidas a orfanatos.

17 comentários:

Pippo disse...

E a coisa não está em pé de se resolver.
Ainda há uns dias uma destas crianças foi "devolvida" à Rússia por uma norte-americana, a qual acusava o miúdo de ter tendências psicóticas e homicidas.
Já o rapaz, de 7 anos, acusou a mão de lhe puxar os cabelos...

Enfim, foi uma confusão da qual certamente o JM deve ter tido notícias.

O resultado foi que a Rússia proibiu futuras adopções por parte de norte-americanos até que os EUA assinem um acordo para regular estes assuntos.

Não tenho dúvidas que a culpa desta situação, mais do que a falta de condições, se deve ao desregramento nas vidas de muitos russos, com o excesso do consumo de álcool à cabeça.

aferreira disse...

-Nada de anormal.
-Já que...
Part 1 (of 6) Death of a Nation - Russia

Anónimo disse...

Interessante coincidência: 30 mil crianças devolvidas e 30 mil emigrantes que deixaram o país. Uns compensam os outros. Parece que 30 mil é um número bem representativo da Rússia. So be it!

Gilberto Mucio disse...

Triste demais.

Anónimo disse...

Uma coisa horrível.
Pavel de Moscovo.

juvelina disse...

Qual a explicação para esta situação gravíssima?
Alcoolismo?
Dessemprego?
Gravidezes indesejadas?
Gravidezes na adolescência?

Francisco Lucrecio disse...

Eu há algum tempo já aqui tinha denunciado esta situação. Dos orfãos com país. Mas houve um "senhor" que teve a ousadia de me desmentir.
O problema é unicamente social deixemo-nos de mistificações.
Há responsáveis por isso. Foi quem destruiu todo o tecido social Russo.
Há poucos dias li um discurso que Ziuganov(é mentiroso já sei) fez na Duma onde denunciava essa e outras situações ainda mais graves existentes na sociedade Russa.

Quer queiram quer não os apoiantes e idolatradores do Deus mercado têm que alancar com essas responsabilidades e reconhecer os danos que provocaram.

Jose Milhazes disse...

Leitor Francisco Lucrécio, sejamos precisos e reconheçámos que o problema das crianças abandonadas existiu na URSS até ao seu fim, pois, por exemplo, o alcoolismo sempre foi um grave problema.

Pippo disse...

JM, ainda no outro dia vi um documentário no Canal de História sobre a vodka na Rússia e como o Estado Soviético, depois de uma campanha para a redução do seu consumo, a seguir o incentivou, inclusive propagandeando a bebida como se esta fosse parte da "alma" e do "carácter" do homem soviético. Um dos exemplos apresentados era um filme de guerra onde o soldado soviético, prisioneiro, bebia uma série de copos de vodka para mostrar aos seus captores alemães de que cepa ele provinha...

Francisco Lucrecio disse...

Compreendo e aceito. Só que o problema está aumentar de forma dramática, e temos que não esquecer o perigo que este drama vai representar no futuro.

a.tavares.almeida disse...

Deus mercado na Rússia?


ONDE?


Deus mercado existe em Cingapura, Austrália, EUA, Hong Kong.

A Rússia é uma economia fechada, dominada por máfias e por um estado pesado, criminoso e incompetente.


E com o comunismo, seria ainda pior.

Anónimo disse...

"Quer queiram quer não os apoiantes e idolatradores do Deus mercado têm que alancar com essas responsabilidades e reconhecer os danos que provocaram."




R. E quando vcs comunistas pedirão perdão de JOELHOS pelos 110 milhôes de cadáveres que vcs criaram?

Anónimo disse...

R. E quando vcs comunistas pedirão perdão de JOELHOS pelos 110 milhôes de cadáveres que vcs criaram?

É capaz de justificar estes números? Não diz 300 milhões porque acordou bem disposto de certeza.

Anónimo disse...

Que coisa horrorosa e triste!

Anónimo disse...

"É capaz de justificar estes números? Não diz 300 milhões porque acordou bem disposto de certeza."



LEIA O LIVRO NEGRO DO COMUNISMO.


OU AGORA TB VAI NEGAR OS 6 MILHÔES DE JUDEUS QUE VCS COMUNISTAS AJUDARAM A TB EXTERMINAR?


E mesmo que fosse pouco menos ou bastante menor o número, isso n eximiria o comunismo de ser uma ideologia genocida.


Jamais deixaremos o mundo esquecer o que vcs fizeram. Pessoalmente ou moralmente.

Anónimo disse...

Significa que no mundo já não morre mais ninguem de fome, miséria, doença,guerra, uma vez que já não existe praticamente países comunistas no mundo. Fico aqui pensando na conta de quem debitar...

Anónimo disse...

Não sei como conseguem abandonar uma criança, que ainda está começando a ver o mundo, ou melhor que não sabe como ele é de verdade.