sexta-feira, abril 02, 2010

Quo Vadis, Izmailov? A propósito de boas e más traduções

"Nunca tentei apurar se os russos gostam mais ou menos de futebol do que os portugueses, mas não tenho dúvidas de que estamos muito, mas mesmo muito à frente na importância que se dá a esse desporto na imprensa.
Isto vem a propósito do "filme policial": "Afinal, onde esteve Izmailov?" e da "telenovela": "Izmailov, vai ou fica, e se vai, para onde?", ambas produzidas em Alvalade e que têm como acores principais o próprio médio russo Marat Izmailov, o diretor desportivo Costinha e o empresário do jogador Paulo Barbosa.
Na passada terça-feira, eram já 23 horas e 30 minutos em Moscovo, recebi um telefonema de Lisboa a pedir para eu conseguir saber o que Izmailov teria dito numa entrevista ao diário desportivo Sport-Ekspress sobre a sua situação no Sporting.
Não obstante na Rússia - e penso que em Portugal também é assim -, só se telefonar para alguém depois das 23 horas em casos de força maior, tive mesmo que violar essa norma pois trabalho é trabalho. Liguei para alguns jornalistas russos para me ajudarem a apurar o que tinha dito o jogador e a primeira reacção foi: "Mas como é que já sabes que ele deu uma entrevista?". Respondi que Portugal é um país pequeno e que tudo se sabe rapidamente.
Os meus colegas, sempre prontos a ajudar, revelaram-me as ideias principais da entrevista e fiquei à espera de quinta-feira para a ler na íntegra, mas o curioso é que o conteúdo da entrevista chegou às mãos da imprensa portuguesa de madrugada, antes da sua publicação no jornal russo.
Devo sublinhar que foi traduzida por uma pessoa que sabia bem português e russo.
A entrevista provocou reacções e novos mistérios, por exemplo, o que significa a expressão "ir ao consulado russo".
O jornal electrónico russo life.ru já antes (19 de Março) tinha dado uma resposta: "Na sexta-feira ele (Izmailov) deve chegar a Moscovo para assinar o contrato com o Lokomotiv". Os diários Record e Jogo noticiavam sexta-feira que Izmailov partiu de Lisboa na quinta-feira, num voo da TAP que sai de Lisboa à noite e chega na madrugada do dia seguinte a Moscovo.
Quanto ao contrato, o life.ru informou também, a 23 de Março, que Izmailov assinou um "contrato prévio" com o Lokomotiv de Moscovo e que o clube russo tencionava apresentá-lo na sexta-feira, mas que "no último momento, o Sporting decidiu não confirmar a transferência".
Izmailov veio a Moscovo para ser apresentado como jogador do Lokomotiv sem autorização do Sporting? Como será isso possível se a transferência não pode ser consumida sem a assinatura da direção do clube de Alvalade? Será que o médio russo foi mal aconselhado? Será que a alteração da posição do Sporting se deve a uma melhor oferta do Spartak de Moscovo?
Se os jogos de futebol do campeonato português fossem tão interessantes como o enredo do "policial" e da "novela" acima citadas..."
Depois de escrever o artigo de opinião acima citado, que foi publicado no sítio da SIC, e de ler na imprensa portuguesa que Marat Izmailov tinha "pedido desculpas" ao Sporting, pensei que a telenovela tinha chegado ao fim, mas as telenovelas, como é sabido, tem um grande número de episódios e o agente do jogador, Paulo Barbosa, decidiu dar-lhe continuação.
O empresário português garantiu à imprensa russa que o médio russo não pediu desculpas ao Sporting, atribuindo as afirmações publicadas do futebolista a um erro de tradução.
“Izmailov não pediu desculpas ao Sporting, ele foi incorretamente traduzido. Na realidade, reconheceu que não teve razão por não ter prevenido ninguém, mas não pediu desculpas”, declarou o agente do jogador, citado pelo diário Sovietski Sport.
Segundo Paulo Barbosa, “inicialmente, a direção do Sporting queria propôr a Marat um contrato, mas depois reconsiderou".
"Parece-me que todo o conflito é empolado e tem por objetivo mostrar aos adeptos que Izmailov não é profissional. A direção (do Sporting) passou a ter uma posição estranha, pois ela também não quer vender o jogador”, disse Paulo Barbosa. 
Afinal o que aconteceu: má tradução ou empolação? Ou tiveram lugar as duas coisas? Se o empresário Paulo Barbosa sabe russo e diz que as palavras de Izmailov foram mal traduzidas, significa que o tradutor do Sporting falhou?
Kariaka, outro jogador russo que passou por Portugal, mas pelo Benfica, também foi vítima de má tradução de uma entrevista. Com tanto dinheiro no futebol, não há uns tostões para se pagar aos tradutores?
Reafirmo: se o campeonato português de futebol fosse tão interessante como novelas do género...

11 comentários:

ALONE HUNTER disse...

Tambores da Guerra...

Transdnestr está preocupada sobre o fortalecimento da cooperação militar entre o membro da NATO Romenia e a neutra Moldávia. Moldava e Romenia assinaram no dia 29 de março um acorde de cooperação entre suas respectivas forças aéreas e discutem o futuro desenvolvimento dos contatos militares bilaterais.

A Moldavia é mais uma ferramenta dos USA e da NATO para cutucar a Rússia. Esses cretinos atiram para todo o lado, no sentido de desestabilizar a Rússia. Os planos agora é para desestabilizar a Transnistria, e gostaria de relembra-los que 30.4% da população é de etnia russa.

A Moldávia não existe mais como país. Agora é território romeno, e consequentemente, da NATO. Mais uma vez a NATO, com sua política agressiva e expansionista, apenas servindo á América, está em franca atituide de agressão contra os interesses russos na região.

Não é muita coincidencia citar que a Romenia aprovou um acordo de 2 anos para comprar 48 caças F-16 por US$ 4,5 bilhões.

A Rùssia não pode voltar 1 centímetro sobre os seus interesses nessa região!!!

E eu ouço os mesmos tambores da guerra de agosto de 2008!!!

Anónimo disse...

Será melhor procurar um médico dos ouvidos.
Se estiver tudo bem, procure um psiquiatra.

Jorge Almeida disse...

Doutor Milhazes, Paulo Barbosa sabe russo. Estudou-o na Rússia, para onde foi numa deslocação sob a capa do PCP.

Alone, caso não saiba, quem invadiu quem foi a Rússia, que, na 2ª guerra mundial, ficou com a região romena da Bessarábia, e que a transformou na República Socialista Soviética da Moldávia.

Na altura, essa região era inteiramente ocupada por romenos, tão romenos como Vlad Draculya (caso não saiba, era assim que se chamava o principe romeno que inspirou o irlandês Bram Stoker para compor a personagem Drácula).

Quem a encheu de "colonos" russos foi Estaline.

Ou seja, quem está lá a mais são os russos, que, actualmente, estão numa região da Moldova (novo nome da Moldávia) chamada Transnistria, um sítio que, pelo que li nalgum lado, se você lá fosse, não iria querer sair de lá nunca mais (ou, então, toda a sua escrita será mera conversa).

Para além disso, pois parece que não sabe, o governo regional da Transnistria declarou, em 1991, a independência da Moldávia, declaração essa não aceite pelas autoridades moldavas, ao que seguiu uma curta guerra, que, com o acordo de cessar fogo de 1992, ficou "congelada" (tal e qual Nagorno-Karabakh, Abkhásia, Ossétia do Sul, a situação Coreia do Norte / Coreia do Sul, e a situação Portugal / Espanha - por causa de Olivença, caso não saiba).

Ora, imagine que, no Brasil, a Revolução Constitucionalista de 1932 tinha vingado, e que o Estado de São Paulo tornava-se independente, de facto, do resto do Brasil, mas que não era reconhecido por ninguém para além do Uruguai e da Argentina (para criar um ambiente de suporte a esta revolta, o que os Russos fizeram neste caso da Transnistria).
O que é que acha que o governo federal brasileiro iria fazer? Iria ficar de braços cruzados? Tanto ficou que acabou com a revolta!
Nunca o vi a escrever nada contra a actuação do governo federal brasileiro nesta situação.
No entanto, e perante atitude similar tomada pelo governo da Geórgia face à situação na Abkházia, na Ossétia do Sul, você veio para aqui gritar contra os georgianos ...

Quanto a dizer que a Moldova não existe como país, que é território romeno ... Está-se mesmo a ver que não conhece nenhum cidadão moldavo (e olhe que, em Lisboa, há muitos). Isso é tão verdade como se disser que o Kosovo é território albanês, quando, como deve saber, os kosovares chamam aos albaneses "campónios" e "bárbaros".

ALONE HUNTER disse...

Sr. Jorge Almeida

Primeiro, este BLOG aqui se chama "Da Russia" e não "Do Brasil"!!!

Segundo, a Transnistria é habitada por população de etnia russa, 33%...
Faça um referendo lá e chegará a conclusão de que a maioria de seus habitantes são pró-Rússia.

Este território é totalmente autonomo e recebe total apoio da Rússia. E assim vai ser.

Com relação á Moldávia, este país, se pode ser chamado de país, recentemente apoiou a anexação de seu território pela Romenia, o que perde totalmente a sua credibilidade como nação soberana.

E a política agressiva romena para com a Moldávia e Transnistria é totalmente financiada pela CIA e NSA, que querem usar estas questões para desestabilizar a Rússia, no cenário geoestratégico.

A Rússia não pode recuar 1 centímetro sobre as suas pretenções relaciodado á este território. E recentemente o seu líder, Igor Smirnov, ofereceu o território de seu país para que a Rùssia instala-se sistemas anti-mísseis...

A Rússia tem que armar a Transnistria, com peças de artilharia, tanques e treinamento de suas tropas, para assegurar a soberania deste importante território que tem total direito de reinvidicar a sua autonomia!

Anónimo disse...

"Ora, imagine que, no Brasil, a Revolução Constitucionalista de 1932 tinha vingado, e que o Estado de São Paulo tornava-se independente, de facto, do resto do Brasil"


A Revolução de 32 não visava a independência de estado algum.

Foi uma revolta contra a ditadura Vargas e pela defesa de uma Constituição. Daí o seu nome.

Anónimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk!


Esse Alone Hunter é um piadista nato.

Jest nas Wielu disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Jest nas Wielu disse...

No seu apartamento moscovita morreu Lioudmila Chichvarkina, a mãe do Evgeni Chichvarkin, o ex-proprietário da empresa “Evroset” (venda de telemóveis), a jornalista russa Yulia Latynina afirma, que, eventualmente, estamos perante de um assassinato: http://www.ej.ru/?a=note&id=9993

ALONE HUNTER disse...

Eu não sou um piadista... Eu sou um analista! As pessoas costumam se chocar com o meu ponto de vista, porque eu expresso somente a realidade.

As pessoas que vivem na Europa Ocidental foram manipuladas por anos e anos de propaganda enganosa, onde foram obrigadas á crer que existe um mocinho e vilão.Isto está em seus filmes, em suas músicas, em suas histórias, em sua economia,na água, na comida, em tudo!! Voces são um rebanho, uma manada!!!!!

O mocinho são os USA e seus bonecos fantoches da NATO...O que não vier disso, deste círculo vicioso é vilão!!!

Vocês acabaram com a Iuguslávia, acabaram com o Iraque, acabaram com o Afeganistão... Tudo em troca de interesses energéticos!!

Seus soldados morreram em vão, sem defender uma causa... Eles entregaram as suas vidas para a ganância de alguns líderes, que não se importaram com as consequencias, mas sim com os lucros!!!

Vocês nunca aceitarão uma Rússia, China ou um Brasil dominando o cenário geoestratégico mundial. E é por isso que eu defendo, veemente uma nova ordem mundial, baseada em uma aliança estratégica entre países-chaves, e fora das influencias da Europa Ocidental e América, para mudar as páginas da história da humanidade.

É isso que eu defendo! Eu sempre vou ser A OPOSIÇÃO de tudo que vier da Europa Ocidental e América!

VocÊs são a minoria!!!! Nós somos a maioria!!!!

E é por isso que vocês todos aqui nesse blog demonizam a Rùssia. É porque a Rùssia não está do lado de vocÊs!!! Voces querem a desintegração da Rússia. Vocês detestam a soberania russa, a capacitação e tecnologia, seja militar ou espacial!Na realidade, voces todos invejam ( INVEJAM ) a Rússia!!!

E é por isso que eu escrevo nesse blog. Para ser a OPOSIÇÃO!! Eu sou a OPOSIÇÃO!!!!

Abraços á todos, meus amigos portugueses, da Europa Ocidental!!!

Jest nas Wielu disse...

Entrevista com filho do Nikita Khrushev (descarregar – 9,9 MB; ouvir – 43’25’’):
http://echo.msk.ru/programs/hrushev

Entrevista com Mikhail Gorbachev: “Já é tarde fechar a boca com a fita – cola”:
http://www.novayagazeta.ru/
data/2010/035/09.html

Jest nas Wielu disse...

2 Alone Hunter

Mas que triste a oposição sua, que nao distinge uma pulga de uma purga, mas teima em opinar sobre as questões um pouco mais complexos do que a picanha com todos.