quarta-feira, abril 28, 2010

Russos publicam documentos secretos sobre Katyn


O Presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, ordenou a publicação, hoje, de documentos relativos ao crime de Katyn, em 1941. Segundo estes, não restam dúvidas que os mais de 20.000 soldados e oficiais polacos foram fuzilados pelas tropas do NKVD (Comissariado Popular para Assuntos Internos) da URSS, ilibando assim desse crime as tropas alemãs.
Para quem souber russo e queira ler a cópia digital dos originais, aqui fica o sítio dos arquivos russos: http://www.rusarchives.ru/publication/katyn/spisok.shtml .
Se depois disto ainda aparecer alguém a tentar dizer que o crime não foi cometido por Estaline e seus acólitos...

40 comentários:

aferreira disse...

-Mais um capítulo do terceiro acto da trágico/cómica, “ katyn. Versão 3º”
Depois do traidor e vendido Gorbachov ter mandado elaborar e publicar um "-doc-" atribuído ao NKVD e por seu intermédio a Stáline tal acto.
O que Hitler e seus capangas não conseguiu fê-lo Gorbachov e Iltesin e os medvedevs Sarl.
-O alcoólico do ladrão e vende pátrias do Yeltsin, não lhe querendo ficar a trás logo mandou que se publicasse um outro que não sendo semelhante, fosse no mínimo parecido com carimbos cabeçalho e tudo etc & tal...
-Claro que o Medvedev, talvez a conselho dos outros “medvedevs” conselheiros de Gorbachov traidor de profissão e lambe cus alemães etc & tal
Porque a vida não está nada fácil, e nunca se sabe …! “Noites estão Grávidas”
...decidiu encenar mais um acto da já famosa peça - O Homem do Saco Volta Atacar. -
E vai, dai, dá a ordem ou Ivan de serviço que elaborar uma redacção muito direitinha e jeitosa… mas em papel amarelado pelo tempo. Se possível de mil novecentos e troca o passo., Igualzinho ao que a minha avó deixou, no baú das recordações dos seus tempos de rapariga namoradeira...

-Claro que não podem desmentir que as vítimas de Katyn, foram assassinadas com um tiro na cabeça disparado por pistolas walter P 38.
NB:
O que Hitler e seus capangas não conseguiu fê-lo -Gorbachov , Iltesin & Medvedevs Sarl.

Jest nas Wielu disse...

2 aferreira

Perefraseando a velha máxima soviética: “Dissemos Medvedev, pensamos Putin”! E Putin simplesmente não pode errar por natureza, pergunte ao Caçador Solitário!

Pippo disse...

Mas havia dúvidas quanto à autoria?

Jose Milhazes disse...

Caro pippo, pelos vistos, não, leia o que escreveu o leitor aferreira.
Leitor, quem dá tiros com walter P38 não é obrigatoriamente alemão. Na altura da matança, a URSS não tinha pistolas de fabrico próprio para executá-la.

Pippo disse...

A Walter P38... Ora, se eu cheguei a dar uns tiros com uma... e com a G3 também...será que isso me qualifica para ser alemão?!?

É pá, vou requerer a nacionalidade alemã JÁ!

Auf Wiedersehen!

:O)

Jest nas Wielu disse...

O link não abre, já esperei uns 20 minutos e nada. Será que alguém conseguiu abrir?

Seria óptimo publicar os documentos em "espelhos", antes que a "casa - mãe" se arrepende...

Anónimo disse...

Numa linda escola em plena União Soviética, a camarada professora perguntava:

- Qual é o melhor país para viver?

os petizes respondiam em coro:

- Na União Soviética!

- Onde é que as crianças são mais felizes:

- Na União Soviética!

- Onde as crianças são melhor tratadas com muitos brinquedos e goluseimas?

- Na União Soviética!

Até que uma pequenita desata num grande choro e a professora pergunta:

- Mas o que foi, Natasha?

- Quero ir prá União Soviética!

aferreira disse...

Sr. Drº José Milhazes olhe sim olhe que sim.
-Tinha de ser mesmo Alemão.
-Quer que lhe explique o porquê de ter de ser mesmo alemão ou outra nacionalidade qualquer desde que ao serviço das SS.

Marcelo Łukaczewski disse...

Meu caro José Milhazes, seguidor diuturno do teu Blog, muito me chateia que tu assumas uma posição, assim tão acintosamente atistalinista. Já não basta mostrar os fatos que por si só são contundentes, tristes, aterradores. Precisa fustigar com expressões tipo: “Se depois disto ainda aparecer alguém a tentar dizer que o crime não foi cometido por Estaline e seus acólitos...”. Se somos Stalinistas, somos por motivos outros, inclusive muito nobres... e com muito orgulho...

Marcelo Łukaczewski

anónimo russo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jest nas Wielu disse...

2 Marcelo

Mas que triste exemplo de um polaco … estalinista. Não sei se sabe, mas Stalin tinha um certo ódio de estimação contra os polacos (por causa do seu forte chauvinismo russo).

Veja alguma informação sobre as limpezas étnicas de Stalin na Polónia:
http://www.stalinsethniccleansing.
com/nextnn.htm

aferreira disse...

-Bem vou recorre a querida Wikipédia tão do agrado do Sr. Jest nas Wielu e pelos vistos do seu agrado também. Para lhe mostrar que nunca poderiam ser agentes de Stáline os executores de tal massacre.
+++++ Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.++++++++++
"A Walther P38 é uma pistola de 9 mm desenvolvida pela empresa alemã Walther para serviço na Wehrmacht. O objectivo era a substituição da pistola Luger P08, cuja produção estava prevista para terminar em 1942.

"O conceito da P38 foi aceite pelos militares em 1938, mas a sua produção para testes só foi iniciada em 1939. A Walther começou a sua fabricação na fábrica de Zella-Mehlis, produzindo três séries de pistolas de teste. A terceira série foi considerada em condições e produção normal da arma foi iniciada em 1940"

-Se necessitar da mais diga.
Ps: espero que Publique.
aferreira

marceluca2@yahoo.com.br disse...

Caríssimo Jest nas Wielu Existe muito folclore sobre eventual chauvinismo do Camarada Stalin. Por exemplo: sabemos que o Tratado de Yalta seria muito pior para a Polônia derrotada na segunda guerra se não fosse as Mão Providência do Tavarich Stalin. Vide Pomerânia e Silésia. Te recomendo o sitio: http://www.kompol.org/

Marcelo Łukaczewski

Marcelo Łukaczewski

kauskas disse...

Eu pensava que tinha visto muita coisa, mas um Polaco estalinista nunca pensei.

P.S. Como Alguém disse Walter e HK já disparei serei Alemão sem saber, ou Russo tambem ja o fiz na AK 47.

Jest nas Wielu disse...

Link: pessoal da Ucrânia confirma que o link não abre, esperamos que seja uma dificuldade técnica ou se calhar, a quantidade de acessos ao site.

Francisco Castelo Branco disse...

Gostava de saber se o Tribunal Internacional de Haia anda a dormir em relação a isto....

Pena que assim seja

lili disse...

Marcelo Łukaczewski , qual é o nobre desígnio de ser-se estalinista? Em que é que foi nobre o Estaline E o estalinismo, ou será que o V. pertence aos skin reds??

MSantos disse...

Provavelmente terá havido uma espácie de acordo secreto com a nova "détente" entre a Rússia e a Polónia.

Nós revelamos os arquivos secretos assumindo a culpa de Estaline mas não há lugar a compensações ou outra espécie de castigos e a vida continuará.

Mas provavelmente será somente minha especulação.

Cumpts
Manuel Santos

Anónimo disse...

Espiã "Kátia" seduz opositores de Putin na Rússia

"Nova Mata Hari" gravou aventuras amorosas e divulgou imagens na internet

Em uma armadilha digna das melhores épocas da KGB, o serviço secreto da antiga União Soviética: "Kátia", uma jovem bela e misteriosa, seduziu diversos opositores do governo russo, filmando em segredo suas aventuras amorosas; depois, divulgou as imagens na internet, o que provocou polêmica e protestos por parte de suas vítimas.

Os "seduzidos" caíram em uma armadilha que lembra os métodos dos serviços secretos da União Soviética durante a Guerra Fria, quando buscavam chantagear diplomatas ocidentais com o objetivo de obter informação.

A história também remete à história de Mata Hari, a famosa dançarina que dormiu com oficiais da França e da Alemanha durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Ela acabou executada por fuzilamento na França em 1917, acusada de ser uma agente dupla.

Essa técnica foi adotada nos tempos modernos e utilizada contra os opositores ao governo de Vladimir Putin, para envergonhá-los e diminuir sua autoridade moral.

Em um vídeo postado na internet na semana passada, três figuras da oposição russa apareciam separadamente com a jovem "Kátia", em uma série de cenas íntimas filmadas num mesmo apartamento sem que eles se dessem conta.

Dois deles, o sarcástico Viktor Chenderovich e o ex-líder do movimento de ultradireita contra a imigração ilegal, Alexander Belov, confirmaram que aparecem no vídeo.

"Há dez anos comento as ações do senhor Putin e de sua administração de gângsteres", escreveu Belov em seu blog. "Escutaram sem jamais negar nada, para finalmente responder com obscenidades ilegais."

O terceiro opositor, Eduard Limonov, chefe do Partido Nacional Bolchevique, não confirmou sua suposta presença no vídeo. O político e escritor escreveu em seu blog que não via "nada de errado no fato de um opositor não conseguir resistir às mulheres".

Ex-agente da KGB diz que filmagem é profissional

As imagens comprometedoras, acompanhadas de uma trilha sonora e filmadas com a ajuda de várias câmeras, são a obra de profissionais, afirmou Kirill Kabanov, um ex-agente da KGB que agora se dedica à luta contra a corrupção.

Segundo Kabanov, é pouco provável que os serviços especiais russos (FSB, ex-KGB) estejam envolvidos no caso, que seria "mais uma obra de companhias de segurança privadas que contam com equipe técnica apropriada".

O escândalo "Katiagate" começou em março com um vídeo que mostrava um homem parecido com Mijail Fichman, editor-chefe da edição russa da revista Newsweek e bastante crítico do governo, cheirando um pó branco e sentado ao lado de uma mulher bonita.

O jornalista não confirmou se era o homem do vídeo, mas denunciou ser alvo de uma "operação especial" orquestrada pelas autoridades russas.

Outros dois opositores disseram ter saído com “Katia”

Dois outros líderes da oposição russa confirmaram ter sido abordados de forma similar, pela mesma mulher e no mesmo apartamento do vídeo no qual Fichman supostamente aparece.

Ilia Yashin, co-fundador do movimento de oposição Solidaridade, identificou a jovem como Ekaterina Guerassimova, uma modelo com quem teve um breve relacionamento em 2008.

O homem teve suspeitas desde que a mulher o convidou a seu apartamento para lhe dar "uma surpresa" com uma companheira que também era modelo. Quando Yashin perguntou se eles seriam filmados, as mulheres negaram e lhe disseram para se tranquilizar. Depois que elas lhe ofereceram cocaína, ele abandonou o local.

Após esses incidentes, os blogueiros próximos da oposição lançaram um chamado a todas as pessoas para obter informação sobre quem ordenou as operações. Mas não obtiveram resposta, e Kátia desapareceu desde então.

http://noticias.r7.com
/internacional/noticias/espia-
katia-seduz-opositores-de-putin-
na-russia-20100428.html

Jest nas Wielu disse...

2 Anónimo 17:56

Muitíssimo obrigado pela sua anedota, fiz me lembrar os tempos da minha juventude na grande zona, na URSS. A maior piada está no facto, que nem as pequenas Natashas acreditavam nessa “União Soviética”, todos nós sabíamos que vivíamos em uma grande mentira. Adultos e crianças, todos sabíamos que as palavras pronunciadas em público são descartadas em privado e não significam nenhum acto real, etc. É por isso, que a URSS caiu tão facilmente. Não havia ninguém para defender o mundo irreal. Só a esquerda Ocidental poderia imaginar que as pessoas poderiam ter algum interesse em se levantar para defender o castelo de cartas. Mas já agora, gostaria de partilhar uma história.

Um dia, foi com os meus pais visitar a Exposição de Conquistas de Economia Popular (VDNG) de Kyiv (informação para os “adiantados”, a abreviatura é em ucraniano). Entramos no Pavilhão de Produtos de Consumo Popular, que exibia alimentos (maioritariamente enlatados), produtos de lazer, electrodomésticos, máquinas de jardinagem, etc. Sendo a criança (tinha uns 7 – 8 anos) muitíssimo viajada para os padrões soviéticos, nunca vi nenhum destes produtos na vida real. Então perguntei aos pais se os produtos realmente existiam.

Pais: sim, filho, se estão aqui, é por que existem em algum lado.
Eu: mas a onde?
Pais: bem, deve ser em Moscovo ou em Leninegrado, nas casas da gente importante…

Hoje, qualquer um pode comprar em Maputo estes mesmos produtos de qualidade quase idêntica (feitos na África do Sul), ou nas suas versões mais baratas e com menos qualidade fabricados na RP China.

Sinto um enorme alívio por os meus filhos não me perguntarem, perante a visão de uma máquina de cortar a relva, se ela realmente existe. Só este facto vale todos os discursos políticos que tentam defender o comunismo soviético, francamente indefensável. E quem não concorda, sempre pode se mudar para a Coreia do Norte. Boa viajem!

Jest nas Wielu disse...

2 aferreira

Sendo o mais putleriano do que o próprio Putler, V. Excia talvez poderia explicar uma coisa simples. Sendo os polacos forem aprisionados pelos soviéticos (facto histórico), como eles poderiam ser executados por outros (e ainda no território da URSS), se a URSS nunca reportou a “fuga” ou “desaparecimento” destes prisioneiros?

2 Marcelo

Polónia só conservou a Varsóvia porque a URSS precisava de uma RP Polónia (assim como da RP ChS) para servir de zona – tampão entre o Ocidente e a URSS.

Sobre espiãs do FSB Katia Gerasimova (alcunha Mumu) e Nastia Tchukova (alcunha Tchuks):

“Todo o Internet discute os materiais de vídeo que comprometem Shenderovich, Limonov, Fishman, etc., — com a participação de duas meninas novas, chamadas Katia Gerasimova, alcunha Mumu, e Nastia Tchukova, alcunha Tchuks.

E não sei porque, todos dizem que isso é uma operação de desacreditação da oposição. Mas eu quero contrapor: isso é uma operação de desacreditação da Katia Gerasimova e Nastia Tchukova.

Pois foi destruída a carreira de prostitutas de elite destas meninas! Qual papá agora vai as aceitar para a manutenção? Qual empresário rafeiro as levará a Cannes? Vocês podem imaginar que estas meninas agora alguma vez estarão em Courchevel (ou não em Courchevel) na comitiva do (Mikhail) Prokhorov?”

http://ej.ru/?a=note&id=10060

aferreira disse...

"(Stalin tinha um certo ódio de estimação contra os polacos (por causa do seu forte chauvinismo russo)."
-Se me apetece rir, a bom rir!
-Tanto querem denegri a personagem histórica de Stáline .
- Que chegam ao ridículo de se auto desmascararem e desmentirem.
Fazendo a Stáline e aos seus partidários, como à sua obra, um favor enorme.
Pois obrigam as pessoas interessadas na verdade Histórica a investigarem por variadíssimos meios que não só a “querida Wikipédia”
Como toda a gente sabe Stáline, era Georgiano!
O pensamento de Stáline “A questão Nacional”
O que nos diz Andrei Sakarov – Sobre a Tal Questão Nacional “Stalinista”
Por minhas palavras e recorrendo à minha fraquinha memória.
“Considera Sakarov, que todas as republicas saíram prejudicadas…etc & tal … sendo a mais prejudicada delas a Rússia…etc, …tal & coiso
NB:
(nestas coisas, quando se diz que “todos saem prejudicados “ é porque nenhum foi beneficiado e todos foram olhados da mesma forma dentro do possível !… tendo em linha de conta o projecto da União, as condições objectivas e subjectivas, como o momento histórico vivido )
Agora uma pergunta, onde cabe aqui o tal chauvinismo de Stáline?
Quem de facto foi e é chauvinista ou nacionalismo pacóvio?

aferreira disse...

- "fiz me lembrar os tempos da minha juventude na grande zona, na URSS. A maior piada está no facto, que nem as pequenas Natashas acreditavam nessa “União Soviética”, todos nós sabíamos que vivíamos em uma grande mentira. Adultos e crianças"

-Pois, pois!
-Agora vivem uma enorme Verdade.
Aqueles que eram adultos na altura: vêm agora enquanto chupam rebocados a etc & tal …as suas Natachas, a prostituírem-se nos bordeis por esse mundo fora …os seus Olegs , escravizados nas grandes herdades agrárias ou nos estaleiros das grandes obras de construção civil, onde são explorados até à medula deixando muitas das vezes a vida ou parte dela… mas isto nada diz, aquém lucra com a Escravatura Moderna.
– É o Mundo ao revés! -Onde a mentira e a ignomínia reina sobre a Condição Humana.

Os índices da qualidade de vida na Ucrânia soviética ” onde se vivia uma enorme mentira” -Mentira essa considera por relatórios das Nações Unidas como um dos povos com maior índice de desenvolvimento social e cientifico etc,etc…
-Após a restauração do capitalismo.
Caíram a pique para níveis vergonhosos da condição humana, só encontrados em países como o Bangladesh… claro que há sempre a canalha que enriquece a custa da miséria dos seus concidadãos ….

Anónimo disse...

"Gostava de saber se o Tribunal Internacional de Haia anda a dormir em relação a isto....

Pena que assim seja"

Pena também que só o invoquem cinicamente quando se trata de determinado sentido político e esqueçam a criminosa administração Bush.

aferreira disse...

1) Expilicação

www.areamilitar.net


“A 16 de Julho, o avanço alemão atinge Smolensk, que é tomada pelas forças do Gen. Guderian e o cerco das unidades soviéticas fica quase completo.”
++++++++++++++++++++++++++++++/////+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
Os alemães, cercando as forças soviéticas impedindo assim a retirada ordenada.
É certo que alguns meios e homens conseguem furar o cerco.
Todo o resto ficou para trás.

2) Há estudos forenses que põem em causa a possibilidade de os corpos da vítimas do chamado massacre de Katyn , terem permanecido enterrados durante três anos de 1940 à 1943 - dado o estado dos cadáveres, levou a crer que o enterramento era muito mais recente.

Jest nas Wielu disse...

2 aferreira

Dado que os portugueses sempre emigravam e hoje continuam emigrar para o estrangeiro à procura das melhores condições de vida, acho que é legítimo aos ucranianos fazerem o mesmo.

Acho que aferreira se esqueceu de uma outra possibilidade, é de oficiais polacos, movidos pelo sentimento profundamente fascista e russófobo, se suicidaram, apenas para culpar injustamente o Grande Stalin, o Camarada de Todos os Camaradas.

Seja um pouco como os “comunistas de São Petersburgo”, pelo menos são engraçados.

Cristina disse...

A propósito de Katin e da recente polémica sobre os retratos de Estaline nas ruas de Moscovo, aqui vai uma boa notícia publicada hoje nos jornais russos:

"A Câmara Municipal de Moscovo não instalará cartazes com a imagem de Estaline nas ruas da capital russa durante os festejos do 65º aniversário da Vitória, que se comemora no próximo 9 de Maio. Ao que parece, foi o Kremlin que fez as autoridades municipais desistirem da sua intenção, escrevem hoje os diários Vedomosti e Vremia Novostei.
Anteriormente, o município anunciara que seriam instalados retratos do ditador e de outros chefes militares russos dos tempos da Segunda Guerra Mundial nos locais tradicionais de reunião dos antigos combatentes.
Face às críticas dos liberais e de activistas pró-direitos humanos, que qualificaram esta iniciativa como “um insulto aos familiares das vítimas do regime estalinista”, o presidente da Câmara Municipal de Moscovo declarou que tencionava apenas “fazer justiça histórica”, dizendo que a polémica “era uma questão puramente mediática”.
Não obstante, o retrato de Estaline não foi incluído em nenhum dos cartazes que foram instalados nas ruas nem figura nos que ainda deverão ser expostos, assegura uma fonte na comissão organizadora dos festejos, já que tal contradiria as recentes declarações dos dirigentes russos sobre os crimes do regime estalinista e as últimas medidas práticas, como a publicação na Internet de documentos reservados sobre a execução de militares polacos em Katyn.
Por seu lado, fontes no partido governante Rússia Unida afirmam que Lujkov desistiu dos seus planos sob pressão do Kremlin. Segundo diversos politólogos, o autarca de Moscovo tentou recorrer à imagem de Estaline para aumentar a sua própria popularidade entre as pessoas mais velhas e os idosos, que são a parte mais activa do eleitorado.
Mas o Governo de um país que tenta fazer as pazes com o Ocidente e que convida os líderes da NATO a assistir ao desfile da Vitória não quer que nenhum escândalo afecte os festejos, uma vez que cartazes com o retrato do ditador poderiam converter-se num foco de atenção e de troça em muitos meios de comunicação social internacionais."

Julgo que o presidente Medvedev tem feito algumas coisas positivas. Esta foi uma delas.

JTS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JTS disse...

O link na pagina realmente nao abre. Mas abre nesta versao:
http://www.rusarchives.ru/publication/katyn/spisok

Anónimo disse...

-A explicação pedida não lhe agradou muito!
-O que é bom sinal.

Jose Milhazes disse...

Leitor anónimo, qual a explicação. A pedido pelo leitor aferreira? Os documentos falam por si.

Jose Milhazes disse...

leitor anónimo, se tem em vista o Tribunal Internacional, não entendi o seu comentário. Quer que o TI investigue Katyn?

aferreira disse...

Vendo bem as coisas!
-Ainda bem!
- O Estadista, o Grande Estratega e Comandante em Chefe do Glorioso Exercito Vermelho, responsável por toda a estratégia politica, económica e militar que levou Os Povos Soviéticos à Vitória sobre o nazi/fascismo, também não ia gostar nada de ver a sua imagem e o seu prestigio serem usados pelos actuais responsáveis políticos da Rússia.
NB:
Os Povos da ex- URSS, por sua iniciativa virão para a rua e trarão consigo as Fotos de todos os seus heróis incluindo Stáline.
-E isto é que conta o resto é treta.

Pippo disse...

Cristina, ao menos essa boa notícia! Voltarmos a ver grandes cartazes do "Paizinho dos Povos" em Moscovo seria realmente indigesto!

aferreira disse...

-Sr.Doutor Milhazes,
O Tribunal Internacional tem tanta credibilidade como a tinha a Amélia do 36.

-Não sei se me percebeu?
-Como diz ser do Norte/Porto - Talvez tivesse ouvido falar na personagem.

Jest nas Wielu disse...

2 Cristina & Pippo

Não se apressam em festejar, pois em Vladivostok a fuça do ditador hoje já foi colocada nos locais públicos:
http://drugoi.livejournal.com/3238102.html

lili disse...

Nós por cá também temos muitos salazarentos saudosistas, ainda agora tiveram a pouca vergonha de lhe erigirem uma estátua, e por esses mundo fora não faltam nazis cheios de ódios e cruz suásticas em punho e fotografias de Hitler em estandarte em que se aproveitam de comemorações históricas, aliás não é de estranhar porque esta políticas foram sempre levadas a cabo por uma cambada de oportunistas.

Quanto a Estaline e aos seu regime de Terrror e assassinato, em o Massacre de Katyn está incluído, só os fanáticos é que não querem ver por terra as suas convicções e o seu ídolo, por quem sublimaram Deus, e assim praticam um culto da personalidade tenha ele feito o que fez.
No fundo há qualquer coisa nestas pessoas que negam os crimes do estalinismo, daqueloutros mesmos que foram assassinados, presos e deportados pi exilados e confessavam tudo o que o partido lhes exigiam sendo tudo mentira e sentiam que tinham traído o partido, a lavagem ao cérebro era completa, o próprio Bukarine, caiu nessa armadilha ainda bem que sua mulher conseguiu decorar tudo o que ele ditou antes de ser preso.

De resto dou-vos um conselho: Leia o Zero e o Infinito, na altura em que foi editado mudou o mundo, talvez o continue a fazer.

Rui Torres disse...

Este José Milhazes é percursor de Goebbels e Hearst,que lindo de ver tanto revisionismo FASCISTA!!!!!

Rui Torres disse...

Este José Milhazes é percursor de Goebbels e Hearst,é lindo de ver tanto revisionismo fascista.

Rui Torres disse...

Este José Milhazes é percursor de Goebbels e Hearst,que lindo de ver tanto revisionismo FASCISTA!!!!!