terça-feira, junho 22, 2010

O que vai acontecer à selecção da Coreia do Norte?







A Selecção portuguesa, ao bater a equipa da República Democrática Popular da Coreia por 7:0, conseguiu a maior vitória na história das suas atuações no campeonato do mundo, escreve o jornal Sovietski Sport.
Esta opinião é partilhada por numerosos órgãos de informação da Rússia.

“Capitão! Sorri!”, escreve o jornal desportivo eletrónico  championat.ru, referindo-se a Cristano Ronaldo, e sublinha que ele “finalmente pôs fim àvoto de silêncio”.

“O que dirá agora Kim Jong-il?”, pergunta o mesmo diário, e responde que “será interessante ver o que irão mostrar nos noticiários da televisão coreana”.
O portal desportivo Goalbox.ru interroga-se se a equipa coreana, depois de tão pesada derrota, não irá parar a um “campo de concentração.
“Lembramos que, em 1966, também no campeonato do mundo, e também depois de uma derrota frente aos portugueses (3:5), toda a equipa foi exilada para um campo de concentração. Tal foi a decisão dura da decisão do regime déspota da Coreia do Norte”, acrescenta.
Evgueni Lovtchev, antigo jogador da seleção soviética de futebol, escreve no Sovietski Sport: “Os portugueses fizeram-nos felizes principalmente pela atitude face às oportunidades de golo. Muitas oportunidades e nem um grama de confusão ao terminarem o ataque. Todos muito concentrados”.
“Pelos vistos, quanto mais avançar o campeonado do mundo, mais iremos assistir a jogos de qualidade, espeteculares, com muitos golos”, frisou.
A imprensa desportiva russa destaca também as declarações de jogadores portugueses no sentido de que a seleção portuguesa não se deixará levar pela euforia e já pensa no jogo com o Brasil. 


21 comentários:

Cristina disse...

Será que os portugueses ainda vão contribuir para a futura revolução democrática norte-coreana?
Tenho é pena de, por nossa causa, os coitados dos jogadores coreanos serem castigados...

Nuno B. disse...

Falando do Mundial, como classifica a seguinte cronica da sua colega do Publico:

http://desporto.publico.pt/noticia.aspx?id=1443077

Anónimo disse...

Aqui seria mais pertinente perguntar: quem disparou o torpedo contra a Coreia do Sul, porque a Coreia do Norte não foi?

Pippo disse...

Por acaso, no meu trabalho toda a gente especulava, jocosamente, que os tipos iriam parar a um campo de concentração (eu até ia mais longe e previa uma ou outra "foto contra a parede", nomeadamente do seleccionador).
Pelos vistos a malta nãao andava muito enganada e já havia precedentes. Espero é eu estar enganado, pois seria absurdo (no mínimo!) fuzilar-se um homem só por causa de um mero jogo de futebol.

Marcelo Łukaczewski disse...

Caro Milhazes, admiro muito o teu "blog". Admiro também o bom trato que tu tens com a nossa língua portuguesa. Mas, às vezes, como qualquer mortal comum, Vossa Excelência escorrega. Neste parágrafo: "A imprensa desportiva russa destaca também as declarações de jogadores portugueses no sentido de que a seleção portuguesa não se deixará levar pela euforia e já pensa no jogo com o Brasil." A expressão "no sentido de" se apresenta desnecessariamente, apenas para justificar um horrendo vício de linguagem. A frase ficaria mais bonita sem a expressão “no sentido de”, veja: "A imprensa desportiva russa destaca também as declarações de jogadores portugueses que a seleção portuguesa não se deixará levar pela euforia e já pensa no jogo com o Brasil."

Marcelo Łukaczewski

Jose Milhazes disse...

Caro Nuno B., trata-se de uma opinião que não coincidirá certamente com outras. Neste caso, trata-se de futebol apenas.

Rui Cartaxo disse...

nem UM grama, a palavra "grama" é masculina. Cumprimentos,

Jorge Almeida disse...

Cristina, se não fosse a selecção nacional, seria outra equipa qualquer presente no Mundial que lhes aparecesse pela frente.

Gostei, essencialmente, da atitude da selecção nacional. Mostrou ter atitude de equipa campeã, ao não ter pena dos adversários que lhe apareceram na frente.
Os coreanos, ao aparecerem na frente dos lusos, sabiam que se sujeitavam a levar um resultado assim. Tinham a hipótese de nem aparecerem no jogo ... Somente eram 3-0, e irradiação das competições internacionais por, pelo menos, 2 anos.

Anónimo disse...

E que venha sexta-feira!

Anónimo disse...

Pobre dos jogadores norte-coreanos. Kim Jong Il é um louco e concerteza fará algum castigo!

Manuel Lopes disse...

Mesmo sem simpatizar com o regime norte-coreano, ao ler artigos tendenciosos como estes, assim a como a escutar os igualmente tendenciosos comentários do aprendiz de comentador de futebol da RTP que acompanhou o jogo, interrogo-me: «de que lado estará a “loucura”»? De Kim Jong Il ou destes pseudo-comentadores?
Emfim… sinal dos tempos: uns por ignorância, outros para ficarem bem junto dos chefes, outros apenas para conseguir mais uns cobres…

Jose Milhazes disse...

Leitor Manuel Lopes, não compreendo o seu comentário. Acha que o regime norte-coreano merece alguma confiança?

Manuel Lopes disse...

Não se trata de simpatizar ou não simpatizar. Trata-se apenas de «medir as distâncias».
Depois disto, do comentador da RTP, ºara ser coerente, espera-se, no mínimo, que quando jogarem os EUA, aproveite (é uma optima altura) para perguntar quando é que libertam os prisioneiros que continuam presos em Guantanamo já há seis anos, sem qualquer julgamento.
De si, o artigo, é mais um igual a outros, especulativos, mas, está bem, é um blog, diz o que lhe apetece.
Depois disto, só pode haver duas hipóteses: ou os jogadores norte-coreanos desertam todos, ou então, irão ser torturados.
Nada disso irá acontecer, e mais uma vez, vocês serão ridículos. Mas ninguém saberá disso.

MSantos disse...

Foi a 1ª pergunta que coloquei:

"o que vai acontecer com a equipa norte-coreana?"

Cumpts
Manuel Santos

Jose Milhazes disse...

Leitor Manuel Lopes, não fui eu que escrevi que os norte-coreanos vão para um campo de concentração, mas citei a imprensa russa. Mas, tendo em conta os antecedentes históricos e o actual regime norte-coreano, não ficaria surpreendido se fossem castigados.

Oblosnky disse...

Pobre dos jogadores norte-coreanos. Kim Jong Il é um louco e concerteza fará algum castigo!



Olha, mas 7 x 0 tem que ,ao menos, tomar uns cascudos... francamente

João Gil disse...

Manuel Lopes,

Não costumo comentar comentários, aliás não tenho por norma fazer muitos comentários mesmo ao que vai sendo postado, mas não posso deixar de salientar o ridículo das suas palavras. Uma pessoa fica realmente boquiaberta com coisas que lê.

Sérgio disse...

Sugiro ver este documentário da BBC http://videos.sapo.pt/phil/playview/9

Naturalmente como completos outsiders eles foram considerados heróis ao passar a fase de grupos. A situação da equipa da Coreia do Norte assemelha-se à nossa participação no mundial de rugby, sabíamos que éramos muito inferiores e o principal era fazer boa figura.

Manuel Lopes disse...

Manuel Santos
Não compreendo porque abriu uma excepção para comentar o meu comentário. Não acrescentou nada.
Talvez tivesse feito melhor se se mantivesse calado.

Rui Viana disse...

E que tal começar a usar o corrector ortográfico? Eu sei que as coisas são escritas em cima da hora e que a sua vida não é só este blog, mas use o FIREFOX, tem dicionários incluídos.
Não é uma critica, nem um reparo, apenas uma constatação. Como sempre, fico a aguardar o próximo "post".
Abraço

João Gil disse...

Manuel Lopes,

Apenas para lhe chamar a atenção que o meu nome é João Gil e não Manuel Santos.

O que disse mantenho. O senhor comparou de forma aberrante um país como os EUA com a...Coreia do Norte. Pronto fico-me por aqui.

Mas numa coisa tem razão: não devia ter comentado o seu comentário.