quarta-feira, dezembro 01, 2010

Putin queima "últimos cartuchos" para conquistar Campeonato do Mundo de Futebol em 2018

Vladimir Putin, primeiro-ministro da Rússia, declarou hoje que o seu país tem vontade e possibilidades para organizar o Mundial 2018.
“A Rússia tem vontade e possibilidades, nomeadamente financeiras, para organizar essa grande competição. Faremos tudo de forma digna se nos for dada essa honra”, declarou ele numa reunião do Governo russo.
Estas palavras estão a ser interpretadas como um sinal à FIFA de que entre os candidatos há países que atravessam sérias dificuldades financeiras, como é o caso de Portugal e Espanha.
Além disso, Putin chama a atenção para o fato de uma final do Campeonato do Mundo de Futebol “nunca ter sido realizada na Europa Oriental”.
Vladimir Putin, anunciou que estará ausente de Zurique, quinta feira, “para evitar pressões sobre a Federação Internacional de Futebol” (FIFA), no dia em que serão conhecidos os organizadores dos mundiais de futebol de 2018 e 2022.
Ao Mundial de 2018 concorrem as candidaturas conjuntas de Espanha e Portugal e da Bélgica e da Holanda, além da Inglaterra e da Rússia. À edição de 2022 apresentam-se Austrália, Coreia do Sul, Estados Unidos, Japão e Qatar.
“Gostaria de apresentar pessoalmente a candidatura da Rússia, mas nas condições atuais penso que é melhor abster-me, para dar assim a possibilidade de os membros da FIFA tomarem a decisão tranquilamente, sem pressões exteriores”, afirmou Putin, numa reunião do Governo russo.
O antigo presidente russo e atual primeiro-ministro apelou “aos colegas estrangeiros” para seguirem o seu exemplo.
Os primeiros-ministros de Portugal, Espanha e Inglaterra confirmaram já a presença em Zurique.
Porém, Putin acrescentou que se irá encontrar imediatamente com o presidente da FIFa e os membros da Comissão Executiva para analisar os planos de organização do evento caso o seu país seja o escolhido.
O dirigente russo condenou a campanha realizada contra a Comissão Executiva da FIFA, considerando-a “concorrência desleal”.
“Seguimos com tristeza a campanha contra os membros da Comissão Executivo da FIFA. São cobertos de sujidade, comprometidos. Considero isso concorrência desleal na véspera da escolha do país organizador do Campeonato do Mundo”, frisou.
“A FIFA é uma grande estrutura internacional que desempenha um papel social muito importante: não só organiza competições desportivas, mas faz um importante trabalho social. Não é segredo para ninguém que o futebol é um dos mais populares desportos, que desvia a juventude da rua, das drogas e do álcool”, concluiu.
A Comissão Executiva da FIFA anuncia quinta-feira às 15:00 de Lisboa, em Zurique, a atribuição da organização dos Mundiais de 2018 e de 2022, depois de as várias candidaturas fazerem a última apresentação na véspera e na manhã do dia decisivo. A candidatura Ibérica faz a sua apresentação às 09:00.

10 comentários:

Jorge Almeida disse...

Se a Rússia for a escolhida, a que horas vão se disputar os jogos?

Como é que isso pode ser gerido num país que tem, salvo erro, 11 fusos horários?

Quanto a dificuldades financeiras, quer os portugueses, quer os espanhóis, têm um muito melhor nível médio de vida que os russos ... Se ele acha que tem dinheiro, porque não dá-lo aos russos pobres, em vez de construir estádios que tendem a ficar vazios fora dos jogos de futebol?

Anónimo disse...

A Rússia não tem condições de sediar uma competição de tamanha magnitude.


Centenas de turistas seriam esfaqueados por gangues de neo-nazistas, além de maltratados pela Militsiya.

Sem chance. O país não é uma democracia. E não é civilizado, tampouco.

Anónimo disse...

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,russia-e-estado-mafioso--dizem-documentos-do-wikileaks,648169,0.htm


Rússia é Estado mafioso, dizem documentos do WikiLeaks


De acordo com os telegramas, a agência de inteligência do governo russo, a FSB, usava mafiosos para traficar armas para o exterior. As mensagens mostram também que a polícia e a promotoria pública protegem criminosos e que o suborno nas instituições russas é corriqueiro.

Os documentos indicam ainda que o primeiro-ministro e ex-presidente Vladimir Putin sabia da operação para matar o ex-espião Alexander Litvinenko, envenenado com Polonio em 2006. O ex-agente acusou Putin de tramar sua morte, mas o Kremlin sempre negou as acusações.

Os telegramas vem a público na véspera da eleição dos países-sede das Copas de 2018 e 2022. A Rússia disputa o direito de sediar o torneio de 2018 com a Inglaterra. Putin deve fazer um pronunciamento amanhã na Suíça, na sede da Fifa, em defesa da candidatura.

Gilberto Mucio disse...

UM evento desse porte seria bom para "civilizar" os russos.

A questão é que o país não tem infraestrutura para comportar esse tipo de evento.

Um evento como esse demanda pelo menos umas 6-7 cidades-sedes.

E a Rússia praticamente não tem rede hoteleira, tirando Moscou e Peter -- que já são péssimas nesse sentido -- não há praticamente hotéis.

Numa cidade como Moscou, qualquer evento um pouco maior como feitas e exposições já hiperinflaciona de maneira absurda o preço das hospedagens -- que já são as mais caras(e analogamente piores) do mundo.

Uma Copa na Rússia seria a Copa mais cara da história para o turista estrangeiro.

Anónimo disse...

Chorem russófobos!

A Grande rússia ganhou e vai voltar.

Anónimo disse...

e perigosa!


Ou alguém acha que os malucos do cáucaso não vão proveitar a oportunidade pra dar um "presentinho" aos turistas?

Ricardo disse...

Putin wins!

Anónimo disse...

Candidatura iniciada em meados de Outubro de 2009, quando as restantes já estavam entregues. Só foi entregue muito depois. Até se disse que foi a prenda que Putin deu a si próprio no aniversário,a 7 de Outubro, do estilo "vou fazer isto, lembrei-me agora".E ganhou. Com o Qatar ainda foi mais tarde e mais surpreendente. E ganhou também. Vivam os petro-gas-dólares. Quem pode, pode.Independentemente disto, não concordava com a candidatura ibérica.

Anónimo disse...

Ouvi dizer que ambos vencedores foram amanhados pelo mesmo tipo. Realmente, quem pode, pode.

Anónimo disse...

http://english.ruvr.ru/2010/12/04/36211506.html
hahahahaha
Bem que avisei que era tudo uma virtual mafia.