sábado, maio 21, 2011

Candidato da CEI ao cargo de diretor-geral do FMI promete não se meter com empregadas de hotel




Grigori Matchenko, candidato da Comunidade de Estados Independentes ao cargo de diretor-geral do Fundo Monetário Internacional, prometeu hoje que não se irá meter com empregadas de hotel.
“Não irei meter-me com empregadas de hotel, disso pode ter a certeza”, declarou Martchenko aos jornalistas quando lhe perguntaram qual a sua posição face ao “sexo fraco” e se jurava não se meter com empregadas de hotel se for eleito para o cargo.
Grigori Martchenko é, atualmente, presidente do Banco Central do Cazaquistão e tem o apoio da Arménia, Azerbaijão, Bielorrússia, Cazaquistão, Moldávia, Rússia, Tadjiquistão, Tirquemenistão, Uzbequistão na luta pelo cargo de diretor-geral do FMI.

2 comentários:

Anónimo disse...

Olá, Zé. Aqui no Delito de Opinião elegemos o Da Rússia como o Blogue da Semana - http://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/3031194.html
É merecido.

Jose Milhazes disse...

Caro, obrigado, é mais um estímulo para continuar.