quarta-feira, julho 27, 2011

Dmitri Medvedev deve tomar iniciativa para arrancar país do pântano – analistas


Dois dirigentes do Instituto de Desenvolvimento Moderno, patrocinado pelo Presidente da Rússia, consideram que o país está mergulhado num pântano e só será daí retirado se Dmitri Medvedev chamar a si a responsabilidade política pelo destino da Rússia e recandidatar-se ao Kremlin em 2012.
Num artigo publicado hoje no diário económico Vedomosti, Igor Iurguens e Evgueni Gontmakher consideram ter chegado a hora de Medvedev revelar se vai recandidatar-se ao cargo de Presidente da Rússia nas eleições de 4 de março de 2012.
Caso contrário, prevêem uma “catástrofe económica, social e política, mascarada de estabilização” e “a degradação em todas as áreas”.
Segundo Iurguens e Gontmakher, empresário e economista respetivamente, se o primeiro-ministro Vladimir Putin ou outro homem da sua equipa substituírem Medvedev no Kremlin, as bolsas de capitais na Rússia ruirão, aumentará bruscamente a fuga de capitais e de cérebros para o estrangeiros, terão lugar manifestações de insatisfeitos que poderão adquirir “caráter extremista”.
Os analistas do Instituto de Desenvolvimento Moderno receiam que a assistência médica e o sistema de educação deixem de ser grátis, as reformas diminuem e o regime político endureça e “se torne completamente marginal como na Bielorrússia”.
O artigo é publicado numa altura em que Vladimir Putin, primeiro-ministro russo, desenvolve uma ativa campanha eleitoral com a criação da Frente Popular Unida, enquanto que Medvedev se transforma cada vez mais numa figura periférica.
“Até as mais elementares ações de Dmitri Medvedev com vista à modernização são não só deturpadas, mas também sabotadas” por parte do primeiro-ministro, frisam eles.
Os analistas acrescentam que a sabotagem tem lugar em campos como combate à corrupção, clima de investimentos e política externa.
“O nosso sistema político está organizado de tal forma que perante nós não se coloca a escolha entre dirigentes com diferentes programas de modernização, mas entre duas políticas fortemente personificadas: ou a “estabilização” como sinónimo de estagnação, de degradação, de catástrofe nacional inevitável, ou a modernização como projeto muito arriscado, mas por enquanto viável”, justiçam eles a necessidade da recandidatura de Medvedev.
Caso avance, Medvedev deve estabelecer com a sociedade um “diálogo de iguais e incómodo”.
“Aqui é necessário a descentralização do Estado e a garantia da liberdade real dos órgãos de informação, liberalização radical do sistema de formação de partidos e organizações não governamentais, etc.”, recomendam.

2 comentários:

Zhirinovsky "The Bear" disse...

Em mais uma campanha psicológica patrocinada pelo Pentágono, o Diário Econômico Vedomosti, que recebe muitas verbas secretas da CIA, tenta causar pânico entre a Opinião Pública demonizando Vladimir Putin!

Mais já está bastante claro e transparente para o povo russo, e ninguem mais, que a Rússia, como uma nação punjante e soberana precisa de, no mínimo, mais 2 mandatos de Putin no Kremlin,

Digo isto com convicção, pois a Rússia era um país antes de Putin, e agora é outro, após a saída de Putin.

É intragável as condições que o povo russo vivia e sofria na era pós União Soviética. Vejam as taxas de natalidade e de mortalidade... Diminuiram consideravelmente, pois Putin abriu oportunidades para os cidadãos russos, lhes recuperando a dignidade de poder ter um trabalho.

As estatísticas são claras. O PIB russo, a renda per-capta melhoraram significamente.Nenhum país no mundo se regenerou tão rápido do que a Rússia, saindo de um sistema planificado para um sistema capitalista.

Vladimir Putin tem compromissos estatais com o seu país, e irá rege-lo com políticas de longo prazo que só irão trazer benefícios para a mão de obra russa.

Dmitry Medvedev é apenas uma continuação, apenas administrou o que Vladimir Putin criou para melhorar as condições do país.

Eu quero que alguem me diga aqui qual foi uma ação de Dmitry Medvedev que mudou radicalmente o modo de vida dos cidadãos russos igual á que fez Vladimir Putin, quando substituiu Boris Ieltsin.

Caros amigos... Não se enganem e não se deixem ser enganados. Quem irá vencer as eleições para presidente da Rússia será Vladimir Putin... Medvedev será apenas um nome á ser lembrado no passado!

PortugueseMan disse...

Dois dirigentes do Instituto de Desenvolvimento Moderno, patrocinado pelo Presidente da Rússia

A falarem desta maneira do primeiro ministro, um instituto patrocinado por Medvedev, parece-me bastante estranho.

Sendo dirigentes desse organismo, deverá haver consequências por atitudes destas.