domingo, outubro 16, 2011

Blog do leitor (O azar ministerial ucraniano)

Texto enviado pelo leitor Jest:
"A segurança do primeiro – ministro ucraniano, Mykola Azarov, parte os espelhos dos carros e insulta em baixo calão russo os automobilistas que demoram ceder prioridade à comitiva ministerial.
Os jornalistas ucranianos do programa “Znak Oklyku” (Sinal de Exclamação) do canal televisivo TVi conseguiram filmar os momentos em que seguranças gritam ao megafone: “Passa para a direita, seu deformado! Para direita! Rápido!”.
“Se o automobilista não for rápido, ele é bloqueado pelos carros da comitiva, as pessoas fardadas saem da janela e batem com o bastão da polícia de trânsito no vidro gritando: “Para direita, put@, eu disse!” Quando o automobilista é alcançado pelo mini – bus com a cirene, um polícia abre a porta corrediça e com toda a força bate no espelho do carro, o virando para o lado oposto”, — descreve a situação o jornalista do programa, Kostyantyn Usov.
Ver o vídeo chocante:

Blogueiro

Me lembro quando em 2009 o ministro português Manuel Pinho se exaltou no plenário do parlamento e mostrou os aos seus oponentes. Foi demitido do executivo quase em directo pelo primeiro – ministro de então, José Sócrates. É claro que não estou a espera que o presidente que cumpriu duas vezes a pena prisional por crimes do delito comum se irá preocupar com as acções tão “mesquinhas” dos seguranças do seu subordinado, isso que faltava!"

11 comentários:

Jest nas Wielu disse...

faltou (mea culpa):

mostrou os "corninhos"...

Jorge Almeida disse...

Fora de tópico:

Não sei se sabem, mas o Presidente do Azerbeijão deu, recentemente, uma entrevista a Sir David Frost, que foi para o ar a 16-10-2011 no canal de TV Al Jazeera English.

Ainda não vi a entrevista, que é de 24 minutos em Inglês, pelo que não sei se disse algo de interessante, mas como se trata dum país da antiga URSS, aqui vai o link:

http://english.aljazeera.net/programmes/frostovertheworld/2011/10/20111015143746924445.html

Zhirinovsky Flanker disse...

A Ucrânia não é Portugal...

Anónimo disse...

sirene e não "cirene"

VVSC disse...

Alguma referência a casos semelhantes antes do Yanukovich ser eleito? Nääääääääääääääääääo!
Nessa altura a Ucrânia era um paraíso!

Haja pachorra! A quererem fazer crer que isto näo é o prato do dia, independentemente dos actores no poleiro...

VVSC

Jest nas Wielu disse...

2 Jorge Almeida 12:39
Vi a entrevista e é bastante interessante, Aliev com bastante mestria (domina inglês na perfeição) mostra que há na UE “dois pesos, duas medidas” para com Arménia e com Azerbaijão, por exemplo Europa se calou quase em absoluto sobre este “caso”:
http://www.unhcr.org/refworld/
country,,EURASIANET,,ARM,,4988579c1a,0.html

Mas qualquer caso menor no Azerbaijão é logo noticiado como todo o alarido possível...

2 VVSC 17:57
Creio que os seguranças do Azarov procederam mal e denuncio o caso. Estou fazer algo de errado?

Francisco Lucrécio. disse...

Depois de cerca de dois meses afastado deste espaço (e de Portugal também) cá estou de novo.

Considerei conveniente começar por saldar uma divida que tinha para com o Doutor Mihazes.
Na ultima participação perguntei-lhe se lhe enviasse algum texto para publicar no seu blogue o ia fazer? A resposta foi a que está a seguir.


«««««Jose Milhazes disse...

Este blog tem regras bem definidas, publica textos que não contenham insultos pessoais e não defendam ideias extremistas»»»»»»».


Garanto-lhe Doutor Milhazes que em circunstância alguma irei fazer uso neste blogue, do mesmo tipo de insultos e provocações que o Senhor em tempos dirigiu à Doutora Ana Catarina de Almeida. Isto porque a educação que recebi dos meus pais não foi nesse sentido, nem tão pouco a minha conduta moral me permite que falte ao respeito a alguém, ainda menos a uma Senhora
casada, mãe, com familia constituida ( uma Senhora com um curso superior identico ao seu).

Quanto a extremismos descanse igualmente que se lhe enviar algum texto para publicar será sempre com sentido bem definido, baseado no rigor informativo e histórico.

Não vai ter de certeza o odor pestilento a aterro sanitário, de propaganda obscena e desinformação mesquinha, como este aqui publicado, dirigido aos membros de um governo legitimamente escrutinado por a maioria dos Ucranianos.

Este tipo de retórica sebosa apenas revela o carater ideologico de quem a escreveu. E não contém nada que o Senhor se possa orgulhar.

A não ser que já tivesse abandonado a noção de democrata que tanto se enobrecia?

Anónimo disse...

Isso é uso da máquina pública para finalidade privada!

Quanto ao Afeganistão, este país pertence a esfera de influência da Turquia e assim é mais justo. Os dois países tem muito em comum.

Jest nas Wielu disse...

off top (mas mto interessante)

Morreu mais um piloto russo que bombardeou Geórgia em 2008:
http://www.apsny.ge/2011/pol/
1319153981.php

Geórgia esta no 1º lugar no mundo na questão do registo dos imóveis pela Doing Business 2012:
http://www.apsny.ge/2011/pol/
1319142282.php

Anónimo disse...

Muito me espanta ver o Sr. Jest nas Wielu defendo o déspota do presidente do Arzebaijão. Este Sr. é um ditador, no Azerbaijão há uma ditadura dinástica, este Sr. sucedeu o pai dele, outro ditador. É algo parecido com o que ocorreu com a Síria, Coréia do Norte...

Jest nas Wielu disse...

2 Anónimo 19:43
Entender não significa defender, além disso, eu tenho a consciência do que Azerbaijão é um país islâmico localizado na fronteira entre a Europa e a Ásia, como tal não podemos exigir que a sua democracia seja igual à da Suíça/Suécia. Azerbaijão segue o caminho da Turquia e um dia será uma democracia islâmica.

Além disso, Aliev é um despota esclarecido e em consciência não posso chamar o seu regime de ditadura, mas claro, tem uns tiques do autoritarismo, isso sim...