domingo, junho 03, 2012

Abolição de vistos de curta duração e conflitos internacionais na ordem do dia, Kremlin

A abolição de vistos entre a Rússia e a União Europeia, bem como a segurança internacional estarão no centro da 29ª Cimeira Rússia/UE que terá lugar nos próximos dias 3 e 4 em São Petersburgo, anunciou hoje o serviço de imprensa do Kremlin.
“As discussões abrangerão sem dúvida a abolição de vistos para viagens de curta duração entre a Rússia e os países membros da UE (…) A abolição de vistos incentivará a aproximação entre a Rússia e a União Europeia e permitirá alargar o nosso diálogo mutuamente vantajoso”, lê-se num comunicado publicado em Moscovo.
A cimeira será também consagrada à elaboração de um acordo russo-europeu de cooperação na gestão de crises.
“Os participantes na cimeira debruçar-se-ão também sobre os dossiers da atualidade internacional e regional: a situação no Norte de África e no Próximo Oriente, incluindo a Síria, o programa nuclear iraniano e a situação na península da Coreia, acrescenta o Kremlin.
A Rússia tenciona reafirmar a sua posição, segundo a qual se deve regularizar conflitos internacionais respeitando as normas do direito internacional e o papel central da ONU e do seu Conselho de Segurança.
A delegação russa será chefiada pelo Presidente Vladimir Putin, enquanto que a da União Europeia será dirigida por Herman van Rompuy, Presidente do Conselho Europeu, e por José Manuel Durão Barroso, Presidente da Comissão Europeia.

2 comentários:

URAGAN disse...

Chega de discutir as questões do sistema anti-mísseis, a situação da Syria e a soberania da Abkhazia e Ossétia do Sul...

Com relação ao Escudo Anti-Mísseis, que estão apontados para a Moscow, deve ser usados mísseis táticos ISKANDER instalados em Kalliningrado,sincronizados com bombardeios com mísseis cruise lançados de bombardeiros TU-160 BLACKJACK, decolando da base-aérea de ENGELS. A superioridade-aérea estaria á cargo dos SU-27 FLANKER e defesa-aérea á cargo dos S-300 e S-400! E para impedir a entrada de destroyers ARLEIGH BURKE no Baltico, seriam lançados mísseis nucleares táticos contra a Dinamarca, aterrando e fechando aquele estreito entre a Dinamarcae a Suécia que separa o Mar do Norte do Mar Báltico.

Com relação á Syria, a Rússia tem que mandar uns 3 submarinos de ataque AKULA, 3 destroyers da classe SOVRENEMNY e o cruzador Peter The Great, pra criar um escudo de proteção em volta do Porto de Tartus...

E a abolição de visto de curta duração poderia facilitar o trabalho da agencia secreta russa, que poderia espionar conspirações ocidentais contra o Kremlim!

Anónimo disse...

a abolicao do visto com o Brasil esta funcionando perfeitamente. Cheguei no aeroporto em Domodedovo. Mostrei passaporte brasileiro (nao lembro se tambem impresso do e-mail da passagem de volta), a oficial de migracao perguntou se era turista e emitiu carta de migracao automatica para 90 dias. Nao perguntou de hotel nem destinos. So nao se pode perder essa carta de migracao.