domingo, dezembro 29, 2013

Kremlin não consegue travar nova onda terrorista



Uma suicida fez-se explodir com uma bomba à entrada da estação ferroviária de Volgogrado, cidade situada no sul da Rússia, tendo a explosão provocado 18 mortos e mais de uma dezena de feridos. As autoridades já consideraram isso um atentado terrorista.
Na mesma cidade, em Outubro deste ano, uma mulher suicida fez-se explodir num autocarro, matando 7 pessoas. A autora deste acto terrorista foi Naída Assialova, ligada à guerrilha separatista islâmica que atua no Cáucaso do Norte russo.
O último atentado em Volgogrado, antiga Estalinegrado, é o segundo a ocorrer nesta semana. Tendo em conta que há muito que a Rússia não via uma onda de atentados assim e que, normalmente, no inverno, a guerrilha separatista não saía das montanhas devido ao frio, estas ações parecem visar a dificultação da realização dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, cidade do Mar Negro russo, muito próxima das ações da guerrilha islâmica.

Estes atentados vêm desmentir um vez mais a opinião oficial de que a situação na Rússia está controlada e que a segurança dos cidadãos está garantida.

13 comentários:

Pippo disse...

Basta haver uma pessoa com meios e vontade.

Noutros tempos, se calhar os chechenos já teriam sido colectivamente "responsabilizados" por estes actos, mas agora a malta tem de ser mais mole...

E escusam de vir com a conversa do desemprego e da pobreza. Se assim fosse, África, a América do Sul e a Índia teriam milhões de terroristas suicidas.

Anónimo disse...

Segurança está garantida em Sochi, mas não no resto do país. Esses atentados só servem pra aumentar a irá e a xenofobia dos russos da Rússia ocidental.

Fernando Negro disse...

Desde a Invasão Soviética do Afeganistão (e da altura que a precedeu) que os EUA têm usado guerrilheiros islâmicos, na sua luta pela desestabilização, desmembramento e destruição da Rússia.

Os guerrilheiros chechenos eram treinados em campos da al-Qaeda, no Afeganistão - a qual, não só foi criada pela CIA, como também (sabem as pessoas melhor informadas) é ainda hoje (e ainda era, na altura da Guerra da Chechénia) um braço armado desta última organização secreta norte-americana.

http://www.globalresearch.ca/boston-bombers-role-of-cia-in-chechen-terror/5332386
http://blackfernando.blogspot.pt/2011/05/quem-era-osama-bin-laden.html

Sendo estes atentados terroristas uma repetição do mesmo tipo de guerrilha islâmica que visa, claramente, desestabilizar a Rússia... Que cada um tire as suas próprias conclusões...

Anónimo disse...

Então os EUA estão a financiar os maiores inimigos deles próprios e do seu aliado Israel, engraçado, pensei que um americano não fosse anti-americano.

Fernando Negro disse...

E, reparem na altura em que isto volta a surgir, com mais frequência...

(Tal como, na altura em surgem os protestos no Brasil...)

Não acabam por constituir, estes acontecimentos, claros actos de sabotagem da imagem exterior destes países, não alinhados com o Ocidente, que acolhem estes eventos desportivos internacionais na esperança de desenvolver a sua Economia local e de promover uma boa imagem exterior, que atraia investidores para as suas economias?

(Tal como os actos de sabotagem que ocorreram aquando dos Jogos Olímpicos realizados na China?)

Cui bono?

Anónimo disse...

"Anónimo das 01:42 disse...

Então os EUA estão a financiar os maiores inimigos deles próprios e do seu aliado Israel, engraçado, pensei que um americano não fosse anti-americano."

Em que lugar está para não saber disso?
Se for um sitio que tenha gente mais séria a governar que na Europa estou interessado em ir para aí.


Então não sabe quem criou a Al-Qaeda?

Também ignora que há extremismo Islâmico bom e mau?

Nuns lados faz-se uso de todos os meios para combatê-lo.
Noutros dão-se todos os apoios necessários para cometerem os crimes mais hediondos contra infraestruturas sociais e civis indefesos.

Mais grave ainda; prendem-se nuns locais, depois soltam-nos e financiam-nos para ir fazer a guerra noutros sitios.

Que é o caso da da Líbia e da Síria.

Bom ano para todos.

Miguel Pinheiro disse...

Desculpem pelo fora de tópico, mas como previsto pelo Jornalista José Milhazes na postagem de 02 de outubro de 2013 veio a anistia, e a brasileira Ana Paula Maciel concede entrevista no Parque da Redenção em Porto Alegre, a +40ºC
http://m.zerohora.com.br/noticias/mundo/a4377616

Miguel Pinheiro disse...

Desculpem pelo fora de tópico, mas como previsto pelo Jornalista José Milhazes em 02 de outubro de 2013 veio a anistia e a brasileira Ana Paula Maciel concede entrevista no Parque da Redenção em Porto Alegre, a +40ºC.
http://m.zerohora.com.br/noticias/mundo/a4377616

Anónimo disse...

"E escusam de vir com a conversa do desemprego e da pobreza. Se assim fosse, África, a América do Sul e a Índia teriam milhões de terroristas suicidas."

Três regiões do globo onde há problemas graves de terrorismo :)

Anónimo disse...

"E escusam de vir com a conversa do desemprego e da pobreza. Se assim fosse, África, a América do Sul e a Índia teriam milhões de terroristas suicidas."

Três zonas do globo com problemas graves de terrorismo :)

Anónimo disse...

Sim, até porque o Islão é uma religião muito boa, que não prega jihad, são todos da paz. Ao pé dos de hoje em dia que pensam que Israel manda nos EUA e que precisam de o destruir até Saddam Hussein é um santo. Tenha juízo Anónimo 23:16. O mais bonito é que eles nos países ocidentais conseguem ter mais direitos que os próprios cristãos e judeus. Ainda não há muito tempo que na Noruega uma senhora foi despedida de um empresa de muçulmanos por usar um crucifixo.

pvnam disse...

Direito à Monoparentalidade em vez de naturalização...

O caminho a seguir para resolver o problema demográfico é... uma boa gestão dos recursos humanos... e não... a nacionalização da 'boa produção' demográfica daqueles (ex: islâmicos) que tratam as mulheres como uns 'úteros ambulantes'!!!
.
Existem muitos homens sem filhos ['por isto ou por aquilo' não agradam ás mulheres] que devidamente motivados/acompanhados... poderiam ser óptimos pais solteiros!!!
A ausência de tal motivação/acompanhamento não só é uma MÁ GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS da sociedade... como também, um INJUSTIÇA HISTÓRICA que está grassando nas Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas.
.
É errado estar a dizer «a Europa precisa de crianças, não de homossexuais»... isto é, ou seja... a Europa precisa de pessoas (homossexuais e heterossexuais) com disponibilidade para criar crianças!
É UMA MUDANÇA ESTRUTURAL HISTÓRICA DA SOCIEDADE: os homens poderão vir a ter filhos... sem repressão dos Direitos das mulheres; leia-se: O ACESSO A BARRIGAS DE ALUGUER.
{Não difícil de perceber -> a repressão dos Direitos das mulheres foi/é um truque que permitiu (permite) alcançar uma vantagem competitiva demográfica... e mais: o verdadeiro objectivo do Tabú-Sexo era proceder à integração social dos machos sexualmente mais fracos; ver o blog «http://tabusexo.blogspot.com/»}

Anónimo disse...

O que a Europa precisas de famílias normais e coesas, porque são o bloco monolítico que constrói uma sociedade livre e como diz Aldous Huxley quanto maior a liberdade sexual mais fácil é para o tirano controlar o povo porque, como dizia Napoleão, é muito mais fácil domar uma pessoa de vícios do que uma pessoa de virtudes.