terça-feira, abril 15, 2014

Rússia tem cada vez mais dificuldade em esconder ingerência na Ucrânia

     
"Homenzinhos de verde"  

Nelia Chtepa, Presidente da Câmara da cidade de Slaviansk, epicentro da crise no Leste e Sul da Ucrânia, afirmou hoje que os homens que ocuparam edifícios administrativos e fizeram reféns vieram da Crimeia e da Rússia.
Eles foram agressivos para com os reféns que fizeram entre os habitantes da cidade”, declarou ela, citada pela agência ucraniana de informação UNIAN.
Ontem, esta mesma dirigente local afirmava que não havia pessoas armadas entre os habitantes de Slaviansk que ocuparam a câmara municipal e as esquadra da polícia.
Nelia Chtepa reconhece agora que mentiu, mas fez isso para libertar os reféns.
Para mim é indiferente de que me possam acusar. Não tenho vergonha do que fiz. Nessas condições, fiz tudo para libertar os reféns”
Se antes, em Slaviansk, mais de 20% da população local era pela federalização, hoje são apenas 0,5%”, frisou.
Ela acusou os homens armados e assaltarem e roubarem lojas.
Os serviços de segurança da Ucrânia confirmam que o comandante desses destacamentos é um oficial da espionagem militar (GRU) da Rússia, Igor Strelkov.
Entretanto, a Rússia continua a afirmar que nada tem a ver com o assunto.
Serguei Lavrov, ministro russo dos Negócios Estrangeiros, declarou hoje que são falsas as acusações de que o seu país está por detrás dos separatistas e que a ideia de enviar capacetes azuis da ONU para a região, proposta pelo governo de Kiev, “vão além do imaginável”.
Lavrov revelou a ordem de trabalhos da reunião do quarteto para a normalização na Ucrânia: “desagravamento da situação, desarmamento dos destacamentos ilegais, reforma constitucional e realização de eleições”. Além de representantes do governo de Kiev, na reunião de 17 de abril estarão representantes da Rússia, UE, EUA.
Entretanto, a Rússia vê-se cada vez mais isolada. O Alto Comissário da ONU para os Direitos Humanos publicou um relatório onde se desmente a perseguição de russos e russófonos na Crimeia, o principal pretexto de Moscovo para invadir essa península e denuncia falcatruas na realização do referendo.

Até a China começa a demarcar-se cada vez mais das posições de Moscovo, apelando ao Kremlin que apoie o diálogo com os dirigentes ucranianos com vista à normalização da situação.

56 comentários:

PortugueseMan disse...

Nelia Chtepa, Presidente da Câmara da cidade de Slaviansk, epicentro da crise no Leste e Sul da Ucrânia, afirmou hoje que os homens que ocuparam edifícios administrativos e fizeram reféns vieram da Crimeia e da Rússia.

Caro JM,

Esta notícia tem apenas como base a agencia ucraniana, ou mais alguma agência também fala disto? (sem se basear na agência ucraniana).

Estamos numa guerra de informação, não gosto de me basear muito em agências ucranianos ou russas.

Gosto de ver alguém mais a falar do assunto.

Anónimo disse...

Justino disse :

Claro que a Rússia apoia os movimentos separatistas dos russófonos, nem seria de esperar outra coisa como reacção ao apoio do Ocidente aos revoltosos da Praça Maidan que acabariam por derrubar um governo legítimo que tinha negado a pretendida associação à UE.

O conflito está lançado.

Quem despoletou este conflito não podia deixar de contar com esta reacção, nem que fosse a título de uma mera probabilidade.

Se as conversações agendadas resultarem num impasse é quase certo que o ilegítimo governo ucraniano vai tentar o uso da força para demover os russófonos dos edifícios e zonas onde estão barricados, tarefa esta que não vejo como possa ser efectuada sem grandes baixas de ambos os lados, revoltosos vs revoltosos. Até já se fala que estão a ser colocadas minas.

Se o impasse nas negociações for acompanhado por um impasse dos confrontos no terreno, teremos então toda uma zona leste de importantes recursos mineiros fora da órbita de Kiev, geografica e intimamente ligada aos russos da Crimeia agora integrados na Federação da Rússia, fronteiras estas por onde receberão todo o apoio que carecerem.

A partir daqui poderemos ter uma Síria no leste europeu de consequências imprevisíveis, já que se trataria da primeira guerra civil com várias centrais nucleares no teatro das operações, além de que teria o mesmo resultado que a guerra da Síria, uma guerra sem desfecho favorável para qualquer uma das partes.
Na verdade, a haver algo ou alguém beneficiado com guerras deste tipo só podem ser complexos militares industriais, empresas de mercenários e de reconstrução.
“Les jeux sont fait, rien ne vas plus “

PAREM COM ISTO, JÁ !

José Corvo disse...

ao menos os russos mandam homenzinhos fardados de verde enquanto os americanos mandam bombas o que é muito mais perigoso.

Guidinha

PortugueseMan disse...

Para reforçar a minha ideia sobre notícias:

Ukraine: Misinformation, propaganda and incitement to hatred need to be urgently countered – UN human rights report

Misinformation, propaganda and incitement to hatred need to be urgently countered in Ukraine to avoid the further escalation of tension in the country, according to a UN human rights report* issued on Tuesday...


http://www.un.org.ua/en/information-centre/news/1822

José Milhazes disse...

Caro PM, se fosse a RT já valia.

PortugueseMan disse...

Caro PM, se fosse a RT já valia.

Desconfiei que fosse dizer algo, mesmo TENDO DITO, que dada a situação é complicado basearmos só nas agências ucranianas ou RUSSAS.

E por causa disso tive o cuidado de colocar um relatório das Nações Unidas que ajuda a justificar a minha posição sobre o assunto.

Mas para si só vale aquilo que quer ler ou ouvir.

Relatórios das Nações Unidas? valem tanto como relatórios da UE.

Afinal, você também não quis saber do relatório da UE, acerca da Geórgia.

Estes só são bons, quando se encaixam na nossa maneira de ver a coisa.

Astromac disse...

Caro PortugueseMan, o seu comentário é deveras atípico, dado que tem andado a beber da propaganda russa há semanas.

Parece já mais que óbvio que são soldados russos que estão a invadir a Ucrânia. Vale bem a pena ver estes vídeos e reportagem:

http://thelede.blogs.nytimes.com/2014/04/14/internet-evidence-contradicts-russian-claims-on-ukraine-western-diplomats-say/

http://www.nytimes.com/2014/04/15/world/europe/russians-blending-in-among-ukraine-separatists.html

Mas nítido que na Ucrânia, a maioria da população local não apoia os invasores e pouco pode fazer. Esperemos que a UE acorde finalmente e que a resposta seja de mão pesada. Que se lixe o efeito de sanções na economia Alemã, esta invasão de um país soberano é um precedente perigosíssimo e a Europa não pode tolerar a Rússia voltar ao expansionismo da era dos czares.

Anónimo disse...





Será que o J M também passou o fim de semana em Kiev ?


Hó JM palpita-lhe o que este "senhor" John Brennan foi fazer à Ucrânia?

Não vou perder tempo em along fazer considerações acerca da situação critica que se vive na Ucrânia, na medida em que é visivel o caracter tendensioso e desonesto do José Milhazes.


Acrescento apenas que quem meteu as castanhas no lume que as tire.


C Carapeto


Pippo disse...

Curioso.

As forças de operações especiais no Ocidente fazem sempre questão de manter secreta a identidade dos seus operadores.
O JM sabe quem são e como se chamam os elementos da SAS, SBS, do Team Six, Deltas, DAE, etc? Não. nem o JM nem o SBU pois a identidade desses indivíduos não é divulgada.

Mas misteriosamente, o SBU parece sempre "saber" quem são os tipos nas fotos ou a identidade dos supostos "agentes russos" que eles capturam.
Será o SBU assim tããão bom?
Será que o SBU tem uma colecção de fotos sobre todos os membros do GRU?
Ou será que a Rússia abre os seus arquivos para que todos saibam quem são os membros das suas forças de operações especiais?

JM, como está aí e parece ser uma pessoa informada, poderia ilustrar-nos sobre este assunto.


Outra questão, que não sei porquê não foi aqui relatada (e muito menos foi alvo de qualquer suspeita da sua parte): o director da CIA - da CIA! - foi a Kiev. O que é que o director de uma agência de espionagem norte-americana está a fazer na capital de um país em convulsão, convulsão essa que os EUA ajudaram a criar?

Mais uma coisinha com que o JM poderá obsequiar-nos.

José Milhazes disse...

Caro Pippo, não escrevi sobre o chefe da CIA porque acho que os meus leitores são muito inteligentes.

Noé Rocha disse...

paletes de terroristas e homens verdes..

https://www.youtube.com/watch?v=C-GgL3QquiQ

chukcha disse...

"Nelia Chtepa, Presidente da Câmara da cidade de Slaviansk, epicentro da crise no Leste e Sul da Ucrânia, afirmou hoje que os homens que ocuparam edifícios administrativos e fizeram reféns vieram da Crimeia e da Rússia."

Pelo que sei foi por telefone ao canal 112 ucrâniano, mas tendo em conta que a Sra. tem um processo em aberto por traição, porque ESTEVE NA 1ª LINHA DA OCUPAÇÃO CHAMANDO OS MANIFESTANTES DE "NOSSOS RAPAZES" e podendo agora apanhar 7 anos, deve dizer qualquer coisa. A vida está arriscada para os oportunistas: a aposta no cavalo errado trás consequencias :)

"Parece já mais que óbvio que são soldados russos que estão a invadir a Ucrânia."

Parece? Só se fôr a quem come propagada ocidental. O novo herói da Ucrânia, Krutov ainda há umas horas ia sendo comido vivo, em frente a dezenas de jornalistas estrangeiros, em Kramatorsk, e não era por homens verdes, mas por velhinhas ucrânianas!

Já agora, alguém me esclarece se meia dúzia de habitantes da crimeia se forem manifestar ao Donbass conta como invasão estrangeira? É que se contar têm que reconhecer que a Crimeia não é Ucrânia!!!

O problema é este:
Os meninos quiseram brincar às mudanças de regime, mas queimaram-se, e agora querem que lhes resolvam o problema. Só que o Putin e o Lavrov sabem mais disto a dormir que o Obomba o Burroso e restante pandilha acordados!

E o Yats, coitado... o Yats já deve ter sido internado com uma depressão...

Anónimo disse...

Astromac,

Precedente russo!? Então as invasões, estilo Iraque, seriam procedentes, ulteriores!? É realmente, deve ser, apenas os russos representam perigo.

Creio que deveríamos andar em busca da verdade e nunca abrir mão da honestidade. Esta do perigo que os russos representam depois de tudo que os EUA fizeram de nocivo em política externa, principalmente nas últimas décadas, passa muito, mas muito longe mesmo da verdade.

Pippo disse...

Presumo que o sejam, mas se assim é, porque é que divulga alegações de Kiev mas não publica factos confirmados pela própria agência e tira as suas ilações? Ou acha que foi apenas uma visita de cortesia?

chukcha disse...

8:30 (Lisboa) Em Kramatorsk populares travam 6 blindados e convencem/tomam /http://www.kp.ru/online/news/1712380/(info contraditória) pelo menos 1 a mudar de lado.

"Mas nítido que na Ucrânia, a maioria da população local não apoia os invasores e pouco pode fazer."

Já parar blindados... pode... pois...

http://www.kp.ru/online/news/1712380/

Lá se vai a tese que "È tudo obra dos Russos e apenas 0,5% da população apoia a federalização!

São 400 km de Kramatorsk a Kiev. Qual a velocidade média de um blindado recém tomado pela República Popular do Donbass?

chukcha disse...

8:50(Lisboa) - Imprensa Ocidental (SkyNews p.ex.) afirma que 6 tanques russos entraram na Ucrânia, apesar de dezenas de jornalistas Ocidentais a documentar em Krematorsk. Desinformação no seu melhor...,

, E a Sra. Nelia Chtepa, amiga do peito de Ianukovitch, que mora num palácio (segundo os media Ucrânianos
quando a chmavam de traidora) apostou no cavalo errado! Acontece aos melhores... oportunistas...

A única quetão por agora é: Kiev? Lvov? Berlim? :)

chukcha disse...

9:30 E o Spin continua. Passado 1 hora Maidaneiros e CS ocidental organizam-se e agora o tópico é "Invasão de Blindados Russos, conduzidos por veteranos do Afganistão/Forças especiais Russas conduzem tanques tomados em Kramatorsk"...

O Insuspeito Raniah Salloum do der spiegel relatou no twitter:
https://twitter.com/Ranyah

O video dos malvados do KGB a tomar os blindados e a fuzilar os soldados ucrânianos aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=pGW_wXRdDMY

(isto só para evitar os comentários do costume, aqueles que acham que

"Mas nítido que na Ucrânia, a maioria da população local não apoia os invasores e pouco pode fazer. Esperemos que a UE acorde finalmente e que a resposta seja de mão pesada")

PortugueseMan disse...

Astromac,

Não se precipite nas suas conclusões, vá observando.

A Rússia é peça chave para a resolução da situação ucraniana. Não existe necessidade de enviar soldados russos para estas zonas.

O maior problema ucraniano neste momento, não são as de parte da população que se rebela contra a junta em Kiev.

O maior problema é a falta de dinheiro. Neste momento a Ucrânia está falida, não têm dinheiro para nada.

A Rússia não precisa de entrar, excepto se a junta conseguir arranjar alguém que ataque os próprios ucranianos, algo que tenho sérias dúvidas que consigam.

A Rússia só precisa de aguardar que alguém diga que para se salvar a Ucrânia é necessário negociações e elas terão que incluir a Rússia.

A Crimeia já não tem volta.

O resto do país, continuo a dizer que o melhor é partir em dois. E ninguém ficará mal por isso, ambas as partes poderão ser ajudadas mais facilmente.

Leopoldino Anastácio disse...


AH AH AH AH AHHHHH !!!!!

Que barrigada de riso!!

"Os soldados do exército ucraniano, que entraram na cidade de Slavyansk, ergueram a bandeira tricolor russa"


http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_04_16/slavyansk-militares-ucranianos-icam-bandeira-russa-3880/

chukcha disse...

Entretanto na Ucrânia:

Primeiros 6 APC revoltosos entreteem a população de sloviansk
http://youtu.be/6bpabV3S4uA

Mais 3 APCs desarmados (se bem que aparentemente ainda não desertaram) junto à linha de CF de Krematorsk
https://twitter.com/stopnarcotics

Agentes do KGB trocam subornam e desarmam soldados ucranianos

https://twitter.com/lindseyhilsum/status/456367147212488704/photo/1

Turchinov despede responsável ministerio interior resp. operação e MD vai ver o que se passa...

Yats, com aquela ar esbugalhado, é internado num manicómio (carece de confirmção :))

Anónimo disse...

é triste quando só vemos as coisas por um prisma.é importante cruzar informação,sob o risco de mostrarmos as nossas inclinações mesmo com coisas infundadas

chukcha disse...

"é importante cruzar informação"

mais informação: 2a ou 3a coluna de blindados tomados por agentes do KGB e homenzinhos verdes:

https://www.youtube.com/watch?v=fF5INBiylgs#t=30

P.S. Todas as informações sindicadas hoje, ou são da CS Ocidental ou de Russos independentes, ou de videos nao editados, como é o caso...

Leopoldino Anastácio disse...


A tal "Operação Anti-Terrorista" lançada pelo governo Terrorista de Kiev está a ser um falhanço colossal.

Centenas de soldados Ucranianos já se passaram para o lado dos "Terroristas" bem como os veículos blindados.

Ainda bem que assim foi e que assim continue, senão seria um banho de sangue completamente desnecessário.

O Exercito Ucraniano deviam emitir um comunicado a dizer que não obedece a ordens do Governo Fantoche enquanto não se realizarem eleições.
Assim é que devia ser feito.
E do lado os revoltosos de leste deviam também parar de ocupar edifícios até essas mesmas eleições.

Chega de guerras estúpidas na Europa em nome da cabala financeira internacional(O verdadeiro Terrorismo Internacional).

Noé Rocha disse...

Srº Leopoldino, devia ter visto a SIC ao almoço, contradisse tudo o que voce disse. Até os tanques que a população convenceu a calarem-se passaram a ser russos. Temos informação de 1ª qualidade ....

Anónimo disse...

--Muito boa tarde a todos.
- Em Tempo de Cerejas
-Sem perceber uma palavra de russo ou ucraniano - Observando os vídeos as reacções do povo que cerca os carros de combate a atitude dos militares que os acompanham - Isto faz-me lembrar a coluna de tanques que em 25 de Abril, saiu do Regimento de Cavalaria 7 com a missão de prender e liquidar a coluna de militares revoltosos comandada pelo saudoso Capitão Salgueiro Maia e depois se passou para o lado do MFA .../...
-Na minha opinião: Os militares ucranianos estão a um passo de liquidar o governo de fantoches no poder em Kiev, é só uma questão de horas ou dias...
.......///.....

É por este motivo que o Os USA enviaram o agente da CIA a Kiev .../...
aferreira

Nuno Rolo disse...

Boa tarde,
Hoje o Secretario-Geral da Nato anunciou que a NATO, irá de "imediato" reforçar por mar, ar e terra o seu despositivo militar no Leste da Europa e na Polonia, a partir de hoje as peças deste xadrez altamente perigoso começam a estar todos em cima do tabuleiro, amanhã vai haver uma reunião em Genebra por causa da crise da Ucrânia, se os politicos não resolverem esta crise nessa reunião, e o conflito aumentar na Ucrânia nos proximos dias e a Russia entrar na Ucrânia com os militares que estão estacionados na fronteira, poderemos estar a beira de um conflito mais graves na Europa desde a II Guerra Mundial.

Nuno Rolo disse...

Uma pergunta para todos aqueles que estão a tentar justificar o papel da Russia nesta crise, vamos agora justificar a intrevenção da Russia na Ucrânia com o papel que EUA firema no Iraque, se este fizeram mal nessa intrevenção e justificativo o que a Russia esta a fazer a Ucrânia, ou seja, se o EUA fizeram mal a Russia também pode fazer?
Nesta linha de pensamento é igual eu pensar se o meu vizinho rouba eu também posso roubar.

chukcha disse...

"Hoje o Secretario-Geral da Nato(...)"
O SG da Nato devia era ficar calado... já é hora de atirarem a toalha ao chão e admitirem que fizeram asneira das grossa...

"amos agora justificar a intrevenção da Russia na Ucrânia com o papel que EUA firema no Iraque,"

Não. Você devia lêr os comentários cá da tasca com mais atenção.

Assim:
1. Intervenção? Qual intervenção?

2. O apoio russo aos manifestantes anti-maidan JUSTIFICA-SE com o apoio Ocidental a um maidan (e antes disso às revoluções coloridas) centradas no ódio e discrimainação étnicas.

3. Intervenção? Não viu os videos? É o povo que não quer a guerra e os soldados que perferem render-se a lutar.

4. Intervenção? A única intervenção que eu ví foi a "anti-terrorista" em que um idiota (o Krutov? o Yats? o Turchinov?) mandou blindados cheios de soldados com fome contra uma população armada com baguetes de pão. Estava-se mesmo a vêr que era uma missão suicida :)

Paulo disse...

É incrivel, a qualidade do trabalho da imprensa controlada pela Máfia russa.

Há que reconhecer, pelo menos isso, que eles estão a ser extremamente eficientes ao conseguirem transformar água em vinho.

Os senhores equipados com armas que só o exército russo possui, com equipamento do exército russo, que falam russo, que mostram comportamento de militares treinados, continuam, depois de tudo o que se passou na Crimeia, a ser vistos como um glorioso grupo de cidadãos desinteressados que vieram para as ruas defender as famílias.

E a Máfia russa, conta com muitos aliados, mesmo nos países democráticos, que parece que não têm mais nada que fazer que não seja divulgar o chorrilho de nojentas e absolutamente claras mentiras que a propaganda da Máfia russa coloca a circular.

Goebels, não teria feito melhor.

É preciso parabenizar a Máfia de Putin, pela eficiencia com que conseguiram criar um estado nazi à imagem da Alemanha.

Ao mesmo tempo nos países democráticos ninguém se pode queixar.
Todos sabiam que Putin eram um criminoso, que encheu os bolsos quando em Leninegrado/S Petersburgo colaborava com o capital alemão, que o enriqueceu.

Os alemães foram recompensados, ainda hoje Gerard Schroeder recebe salário de Marajá.

A Máfia recompensa quem lhe beija a mão.

Os ucrânianos, esses que se lixem: Afinal um genocidio a mais ou a menos o que é isso...
Putin já mostrou como as coisas funcionam na Chechénia...

Paulo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nuno Rolo disse...

A pessoas que querem uma guerra a grande escala, porque pensam que isso ia mudar alguma coisa.

chukcha disse...

Paulo, tenha calma, você anda muito nervoso, está-me a fazer lembrar o irado Yats. Vá aos spa, faça ioga :)

Propaganda? Viu os noticiários da RTP e SIC? Isso é propaganda, isto são factos(ver fotos):

https://twitter.com/A3AP (jornalista russo não alinhado)

https://twitter.com/belangerjf (jornalista canadiano)

https://twitter.com/simonostrovsky (jornalista independente americano que tem a melhor série de documentários sobre os últimos meses ao serviço da Vice news)

Quais soldados, nas fotografias vejo é o povo, não é moscovo, pá!

chukcha disse...

Isto melhora a cada hora:

O profissionalismo e respeito dos soldados ucrânianos a ameaçar a população com uma granada.

https://www.youtube.com/watch?v=UP2NsCGyp-M#t=51

via Hramadskoe TV, a televisão do regime Maidan (que deve ter orgulho nisto)!

Propaganda? Quem precisa disso? Maidan faz tudo sozinho!

Agora resta apenas esperar pela instauração das repúblicas populares de Kiev e Lvov!

Leopoldino Anastácio disse...

Ó Paulo,

A Azia é tanta não é?

Que derrota estrondosa para a politica do cartel globalista.

E a malvada Rússia continua sem dar um tirinho!!!

As elites Anti-Ocidentais que governam o ocidente estão á beira da derrota total.
Os Povos do ocidente estão cada vez mais fartos deles e das suas permanentes mentiras, da austeridade e golpadas financeiras. Do apoio a grupos terroristas, da diplomacia de canhão, da propaganda gay, da estupidificação em massa por meios audiovisuais etc etc.

PortugueseMan disse...

"Secretario-Geral da Nato anunciou que a NATO, irá de "imediato" reforçar por mar, ar e terra o seu despositivo militar no Leste da Europa e na Polonia, a partir de hoje as peças deste xadrez altamente perigoso começam a estar todos em cima do tabuleiro"

Nuno Rolo,

A NATO pode dizer que reforça o quer que seja no mar, ar e terra, mas pouco mais fará do que isso, ou seja isto é apenas para dizer que estão a fazer algo.

Militarmente não se pode fazer muita coisa. A coisa terá que ser resolvida pelas negociações.

A Ucrânia não precisa de assistência militar. Precisa de assistência financeira.

E antes de se pensar quem vai passar a assinar cheques, tem que se resolver a situação política do país.

E não pode demorar muito, porque quase de certeza que muito em breve, não haverá dinheiro para o governo funcionar, ou seja pagamentos aos funcionários públicos, reformas, etc.

A Rússia apenas precisa de aguardar. Um dos principais objectivos foi atingido, a Ucrânia não irá entrar na NATO.

PortugueseMan disse...

Bem...

Eu não me tinha apercebido que Saakashvili era um conselheiro da junta!!

Bom, isto realmente explica muitas das asneiras que se andam a fazer por lá.

Como é possível este homem dar conselhos a alguém???

Georgian PM's 'Friendly Advice' to Kiev: 'Don't Take Heed of Saakashvili'

Georgia’s PM Irakli Garibashvili said it’s a “huge mistake” of Ukraine’s interim authorities to have such an “advisor” like Georgia’s former president Mikheil Saakashvili.

Saakashvili has been in Kiev for past several days to, as he himself said, help the Ukrainian authorities with advice.

“I am surprised; how the current authorities in Ukraine can even speak with Mikheil Saakashvili. I was told that he’s invited as an advisor and I’ve watched a video… of head of the [Ukrainian SBU] security service [Valentyn Nalyvaichenko] speaking with Saakashvili and asking him for advices – I think it is a mistake, a sever mistake, because Saakashvili is the man who failed to prevent the 2008 war and yielded to provocations,” ...


http://www.civil.ge/eng/article.php?id=27017

Seguir conselhos de um lunático, um tipo que fez o que fez na Geórgia.

Não admira que as coisas estejam como estão.

chukcha disse...

Cansada de esperar por uma invasão Russa, hoje a Ucrânia invadiu-se a si mesma.

Depois de a América ter gasto 5bi USD para que a Rússia fica-se com a Crimeia, agora enviou o chefe da CIA para entregar o Donbass a Moscovo.

A operação "anti-terrorista" foi um sucesso: Agora os terroristas e Kiev perderam a legitimidade e estão em debandada.

Putin ordena: Distribuir medalhas a Yats e Turchinov por valorsos serviços à Nação Russa

...

MSantos disse...

PM

Para sua informação, o Schakashvilli apareceu na CNN (sim, também eu vejo propaganda) a dar um directo de Kiev e a instar a NATO a admitir instantâneamente a Georgia e esta "democrática" Ucrânia na aliança.

Cumpts
Manuel Santos

Pippo disse...

"Os senhores equipados com armas que só o exército russo possui, com equipamento do exército russo, que falam russo, que mostram comportamento de militares treinados"

Paulo...

Você, de exércitos e de armas, deve perceber imenso.
Pelos vistos, só a Rússia é que tem BMD-2, como os usados pelos paraquedistas ucranianos, e AK-74; só os russos é que falam russo (os ucranianos, nem pensar!); e só os militares russos é que se comportan como militares treinados (neste aspecto até terá razão, os ucranianos ameaçam civis desarmados com granadas de mão...)

Olhe, respire fundo e mentalize-se: "A Crimeia já voltou a ser russa, e o Leste da Ucrânia voltará a ser a Ucrânia da Rússia."

É assim a vida.

PortugueseMan disse...

As voltas que o mundo dá...

Ankara says Russia's South Stream pipeline could run to Turkey

Line would have capacity to meet over 10 pct of European gas demand

Original route planned to lead to Italy

Turkey may become Russia's second-biggest gas market in Europe

Turkey, Moscow to discuss gas, nuclear power projects next week

...The EU delay could offer an opportunity to Turkey, where gas demand is rising fast...

...Officials said Russia's annexation of Crimea created a risk for Turkey, noting 12.5 percent of its gas supplies passed through Ukraine...

...to eliminate such transit risk for Turkey, Ankara proposes to have South Stream enter land in the Thrace region of northwest Turkey rather than Bulgaria, to avoid routing it directly from Russia into an EU country...

...Ankara also wants an increase in the capacity of the Blue Stream pipeline by around 3.5 billion cubic metres annually from 16 bcm currently...


http://www.reuters.com/article/2014/04/16/turkey-southstream-idUSL6N0N81LY20140416

Não deixa de ser engraçado, ver a insistência de passar às pessoas como a Rússia é um fornecedor energético não fiável e depois vemos literalmente toda a gente a tentar ser cliente deles.

Mas porque todos insistem em ser clientes dos russos? não sabem que eles são perigosos? que cortam o abastecimento a quem não paga? onde já se viu isto?

Portanto neste caso a Turquia está preocupada. E está preocupada pela alteração que a Crimeia introduz no South Stream. Quem estiver interessado que consulte: http://portugueseman.blogspot.pt/2014/04/crimeia-e-o-south-stream.html

Como o Nabucco está morto, a Turquia apostou no cavalo errado. Os anos passam e a Turquia não resolveu as suas necessidades energéticas crescentes.

Ou seja a Rússia tem cada vez maior poder negocial.

A conduta da UE sobre a Ucrânia, PODERÁ ditar uma alteração no percurso do South Stream, lixando todos os países europeus que estão a contar com o South Stream (ver http://portugueseman.blogspot.pt/2014/04/europa-e-russia-juntas-na-energia.html, parte do South Stream).

E ainda nem se falou da China...

Portanto volto a questionar, qual a necessidade que a Rússia tem de entrar militarmente na Ucrãnia, quando a bola está do lado da Europa.

A Rússia pode mudar de política e considerar o mercado asiático como prioritário e isso é a pior coisa que pode acontecer à UE.

PortugueseMan disse...

Caro MSantos,

Tinha-me passado ao lado. É incrível. Esse lunático deveria estar preso, mas não, aparece na CNN e dá conselhos...

Pobres ucranianos.

MSantos disse...

Definitivamente os directores da CIA já não são o que eram...

"David Stern
BBC News, Donetsk


Ukraine's "anti-terrorist" operation is looking more and more a non-event - or worse, an outright fiasco.

Kiev officials have admitted they have no time to lose to extinguish the growing insurrection in the country's east.

But the decision to send the army in has so far backfired terribly.

The soldiers have been helpless and obviously unhappy with being deployed against crowds of civilians.

Ukraine's new leaders are under a great amount of pressure - not just from the Kremlin and the pro-Russian activists, but from their own supporters, outraged at their government's inability to stem the separatist tide.

Right now, everything has been thrown into doubt - even the future of this government and of Ukraine itself.

The biggest question is what will follow."

Com os melhores cumprimentos
Manuel Santos

Astromac disse...

Caro Pippo,

Já que percebe tanto de armas e exércitos, por favor explique-nos onde é que as "milícias ucranianas" arranjaram as AK-100.

Ou talvez nos possa dar exemplos de outro conflito (à excepção da Crimeia) onde tropas de autodefesa se tenham organizado tão rapidamente e sejam tão bem equipadas com uniformes iguais, armas militares, caras tapadas.

Ou talvez nos possa também dizer que tipo de manifestantes começam por invadir (e manter) pontos estratégicos como aeroportos.

Não vejo problema em que manifeste o seu apoio às acções russas. Há demasiada contra-informação neste conflito e é difícil entender qual a solução que os ucranianos preferem. Mas agora dizer que os homenzinhos verdes não são soldados russos é chamar os outros de parvos. Este artigo (em ucraniano) realça como o russo dos soldados é diferente do dialecto local de Donbass:

http://www.pravda.com.ua/news/2014/04/13/7022247/

PortugueseMan disse...

Caro MSantos,

Com Schakashvilli como conselheiro, como é que o quer que seja pode correr bem?

Mas não há problemas de maior.

A junta tem o apoio da UE e da NATO na luta contra os terroristas, separatistas, russos, espiões, agentes, homens de verde, mulheres de vestido, velhos de bengala...

E que os verdadeiros ucranianos que não se preocupem, que nós os Europeus, portugueses incluidos, vamos aumentar os nossos impostos, só para que não tenham que pagar gás a preços de mercado.

como nós o pagamos.

chukcha disse...

Da série "com democratas destes para que é que a Rússia precisa de propaganda" - eles fazem tudo sozinhos:

"Mariupol FUCK YAH
Informo: Os nossos chegaram de helicópetro quando estes "cães" rebentaram com as portas. Os reforços chegaram a tempo. 4 separatistas mortos e 12 feridos. Os restantes estão com o deitados com o nariz no chão!"

https://twitter.com/euromaidan/status/456537822527115264/photo/1

E quem lêr os comentários dos apoiantes desta gente...

chukcha disse...

Da série:

Maidan foi para combater os oligarcas, e para desenvolver a democracia na Ucrânia (ou tb aquela coisa do quem precisa de propaganda com estes idiotas):

Euromaidan PR ‏@EuromaidanPR 3 min

$10K for every captured invader. An offer from #Dnipropetrovsk Lt. Gov. Filatov.

https://twitter.com/EuromaidanPR/status/456549794131886080

E jornalistas para uma peça sobre isto, não há? Estão todos ocupados a mentir?
Pois...

inzagi disse...

bem essa do saakashvili ser conselheiro de kiev deixou-me preocupado! o homem e um lunatico foi ele que forcou a guerra na georgia contra a russia sera que vai tentar fazer o mesmo na ucrania??

Nuno Rolo disse...

Uma pergunta a Ucrânia não é um pais livre, não podem escolher se querem entrar ou não na NATO ou UE, sem pedir autorização a Russia, era como Portugal se quisesse entrar para alguma organização internacional tínhamos que pedir autorização a Espanha para o fazer, se a Russia não quer problema dela.

Pippo disse...

Astromac:

"Já que percebe tanto de armas e exércitos, por favor explique-nos onde é que as "milícias ucranianas" arranjaram as AK-100."

- Não são AK-"100", são AK-74M. Ou nem isso, como pode ver aqui:
http://static.guim.co.uk/sys-images/Guardian/Pix/pictures/2014/4/16/1397660703751/94b926a6-f67d-4ea2-91b7-16a37b0c897e-620x372.jpeg


"Ou talvez nos possa dar exemplos de outro conflito (à excepção da Crimeia) onde tropas de autodefesa se tenham organizado tão rapidamente e sejam tão bem equipadas com uniformes iguais, armas militares, caras tapadas."

- Não conheço muitos... a não ser os do Kosovo, Croácia, Bósnia, ... quer que continue?
Em todo o caso, se quer uniformes militares novinhos em folha, é só visitar as lojas apropriadas. Em Izmailovsky Park, Moscovo, também encontra disso, mas é mais para turistas.

"Ou talvez nos possa também dizer que tipo de manifestantes começam por invadir (e manter) pontos estratégicos como aeroportos."

- Os manifestantes inteligentes que sabem que têm de fazer, e rapidamente, o mesmo que os da Maidan fizeram: controlar edifícios-chave do Estado. E quanto a aeroportos etc., se eu estiver numa milícia e souber que poderão vir aí tropas inimigas, o que eu tenho a fazer é tomar pontos de acesso tais como pontes, cruzamentos, estações ferroviárias, aeroportos... Não sei se sabe mas não é preciso ser-se russo para se ser inteligente...


Pippo disse...

Astromac, se quiser comprar um uniforme igualzinho ao dos seus Spetnaz, pode ir aqui. 93 USD, não é caro. E aceitam PayPal.

http://camocity.com/en/gorka-mountain-suits/17-russian-army-special-forces-new-uniform-summer-suit-gorka.html

Se se vendem online, imagine como será in loco. É como ir a Badajoz comprar caramellos e melocotones :)

Anónimo disse...

REVISTA DE BLOGS:

Diz "O Jumento"

Ucrânia

Ao que parece, na Ucrânia ser cidadão ucraniano de origem russa e discordar do poder de Kiev equivale a ser terrorista. Isto está a ficar bonito.

Diz o 365 Forte:

Interregno Ucraniano

É muito duvidoso que, quem defendeu a auto-determinação do povo timorense, possa defender a integridade, e soberania, de qualquer estado como algo de absoluto, ou um valor em si mesmo.

Abraço
José Corvo

PortugueseMan disse...

...Uma pergunta a Ucrânia não é um pais livre, não podem escolher se querem entrar ou não na NATO ou UE, sem pedir autorização a Russia...

Enquanto depender financeiramente da Rússia, não.

MSantos disse...

"...Uma pergunta a Ucrânia não é um pais livre, não podem escolher se querem entrar ou não na NATO ou UE, sem pedir autorização a Russia..."

Outra pergunta: imaginemos o México a tomar posições anti-americanas, de ódio expresso e a convidar a Rússia para establecer bases no seu território junto às fronteiras com os EUA. Qual seria a reacção americana?

Cumpts
Manuel Santos

Pippo disse...

"imaginemos o México "

Ou Portugal, nos gloriosos anos 70, a tornar-se uma "Cuba Ibérica" e a abandonar a NATO... e ser exigida a desocupação das Lajes... e o Almirante Sergey Gorshkov, com o beneplácito do PCP, enviar uma esquadra soviética para ocupar os Açores.

Perante este cenário, e caso os americanos soubessem de antemão os planos soviéticos, o que é que acham que aconteceria?

Haveria alguma ponte aérea para as Lajes?

Será que, "misteriosamente", grupos de "patriotas" açoriados (FLA), apoiados (como o eram!) pela CIA, tomariam o poder nos Açores, decretando a independência do território?

Seria para lá destacada uma formação norte-americana, para "proteger a liberdade e independência dos Açores"?

É só reflectir um pouco.
E no que em relação à Rússia diz respeito, a mentalidade dos países do Ocidente não se afastou muito da da Guerra Fria. Como se constata.

Zuruspa disse...

Caro Rolo, uma das condiçöes para desfazer o Pacto de Varsóvia e da retirada das tropas soviéticas do Leste da Europa era de que a OTAN näo se extenderia um milímetro para Leste. Viu-se.
Para desfazer a URSS e fazer a CIS até o bêbado-mor Yeltsin exigiu que os novos países NUNCA fizessem parte da OTAN, nunca fiando.
Para mais, a Ucrânia deve uns largos milhares de milhöes à Rússia só em gás, näo paga um rublo desde há 3 meses, e recusa-se a pagar o preço de mercado.

Assim sendo, têm de pedir à Rússia autorizaçäo para aventuras, TÊM. Muito menos deve Portugal à UE e anda a amochar muito mais!

Caro PortugueseMan, a Rússia nunca passará o Fluxo Sul por mais um país da OTAN, já basta a Bulgária o ser, mas pelo menos é parte do consumidor final(UE)... é óbvio!