quinta-feira, julho 31, 2014

Líder de separatistas pró-russos descobre causa das derrotas


Igor Strelkov (Guirkin), comandante das forças armadas da auto-proclamada República Popular de Donetsk, assinou um decreto em que proíbe os seus combatentes de utilizarem calão, prometendo equiparar o emprego de palavrões “a uma violação disciplinar séria que será castigada da forma correspondente”.
Chamamo-nos exército ortodoxo e orgulhamo-nos de não servir o bezerro de ouro, mas a Deus Nosso Jesus Cristo e ao nosso povo. Nos nossos estandartes está pintado o rosto do Salvador. O emprego pelos combatentes de palavrões é um insulto a Deus e à Mãe de Deus, aos quais servimos e que nos protegem no combate”, lê-se na página dos separatistas Notícias da República de Donetsk.
O calão humilha-nos e conduz- as tropas à derrota”, frisa Strelkov, antigo agente do Serviço Federal da Rússia e combatente nos conflitos na Transdnístria, Bósnia e Chechénia.
E, como não podia deixar de ser, aquele que, poucos minutos antes do Boeing malaio cair no leste da Ucrânia, anunciou o derrube pelos seus homens de um avião de transporte militar An-76 que voava na mesma zona, explica que “os palavrões não têm origem russa e são empregues pelos inimigos da Rússia para profanar os nossos santos, para influir nos guerreiros russos através do espírito, derrotá-lo no combate e pôr o povo de joelhos”.
Segundo os filólogos, a língua russa cerca de 5 mil palavrões.
Nos últimos dias, os separatistas pró-russos têm sofrido fortes revezes no leste da Ucrânia, onde as forças armadas ucranianas vão avançando.
O conflito armado entre separatistas pró-russos já provocou mais de mil mortos, centenas de feridos e dezenas de milhares de desalojados.








9 comentários:

PortugueseMan disse...

Agosto começa com mais taxas para os ucranianos.

Faced with war, parliament approves emergency laws to raise $1 billion

Parliament on July 31 passed emergency measures to allocate nearly an additional $1 billion for the war effort in eastern Ukraine and to repair damaged infrastructure. Two bills passed behind closed doors that amended the budget law and tax code to enable the fiscal outlays...


http://www.kyivpost.com/content/business/faced-with-war-parliament-approves-emergency-laws-to-raise-1-billion-358880.html

Alberto disse...

Igor Strelkov (Guirkin)sepatista pró-russo?
Demos os nome certo: mercenário russo. Ponto.

Anónimo disse...

Algures na Ucrânia Igor Girkin e os seus comparsas correm na direcção da fronteira russa gritando: "Ao Kiev, ao Lvov!!!"
- De repente, um dos comparsas pergunta, esperem-ai, corremos ao leste e Lvov fica ao oeste, como é?
Girkin responde zangado: "é, pá, meu, corre lá, a terra é redonda!!!"

e já agora:
http://br.rbth.com/sociedade/2014/08/01/dois_tercos_dos_russos_sao_contra_o_envio_de_tropas_a_ucrania_26747.html

Anónimo disse...

E se o gajo se fosse Cozer (com F) ?...

Anónimo disse...

O terrorista Igor Bezler diz ao Girkin:
- Chefe, temos que bazar do Donbass, enquanto estamos vivos.
- Tens razão. Agora o mais importante, é que Interpol tem que nos achar antes do que Putine...

Bruno Esteves disse...

Sérios revezes?

Deve ser uma piada, não Dr. Milhazes?

Quem serve?

Quem quer enganar?

Poder-lhe-ia chamar uma retirada táctita de Sloviansk para ganhar tempo e reforçar a defesa de Donetsk e Luhansk, agora sérios revezes?

Sérios reveses tem sofrido os nazis Kievitas que você apoia, só no corredor sul junto à fronteira russa entre Saur-Mohila e Izvarino estão cercadas 3 brigadas, a 72 e 79 brigada paraquedista e a 24 brigada mecanizada, brigadas que foram literalmente incineradas pelas milícias, com centenas de mortos das forças de Kiev.

https://www.youtube.com/watch?v=9CSaxDZpjDY

https://www.youtube.com/watch?v=Ux29sJ6sNMk

http://www.liveleak.com/view?i=b41_1406196249

Deixo-lhe mais um artigo com as vitórias do nazi Porkochenco que tomou o poder em Kiev, desta vez as vitórias são em Shaktarsk.

http://rusvesna.su/news/1406888498

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=2d4EUVEr-yQ

Pobres rapazes ucranianos levados á força para esta guerra.

Em relação ao Strelkov e ao bate do avião, não debite contra-informação porque o senhor é conhecedor bastante dos assuntos.

Ioda a gente bem informada, e o senhor incluído, sabe bem que o Srelkov nem twitter têm, essa conta é fictícia e foi criada pelos propagandistas de Kiev.

Eu gostava era de o ver puxar aqui no blog verdadeiras questões sobre o acidente com o MH17, como por exemplo, porque carga de água um avião é desviado mais de 200 Km para nordeste para o centro de uma zona de guerra, quando os restantes e os seguintes passaram todos muito logo do Donbass.

A quem deu jeito a queda?

Como é que ao avião é abatido precisamente na zona onde estão cercados 3 brigadas do exército ucraniano?

O que é que um caça SU-25 Ucraniano andava a fazer na cauda do avião?

E por ai fora.

O strelkov é certo e sabido que é um agente russo, mas se os EUA podem ter agentes secretos na Ucrânia que fica a 7000 Km de Washington, nomeadamente o Porkoshenko, bem como conselheiros militares porque é que a Rússia não os pode ter quando a Ucrânia não passa de um país artificial, criado pelos próprios russos que conquistaram o seu território aos Otomanos no sec XVII.

O sr Milhazes já que é tão afoito a vir falar dos palavrões dos separatistas, talvez deve-se fazer perguntas porque é que eles os dizem?

Talvez seja pelo facto dos nazis de Kiev financiados pelos EUA/UE bombardearam indiscriminadamente alvos civis com foguetes GRAD e pior, com 4 misseis balísticos Tochka dirigidos a zonas residências que foram abatidos antes de atingir os alvos.

http://www.economicpolicyjournal.com/2014/07/breaking-ukraine-firing-ballistic.html

Mas disto o Sr. José Milhazes nem uma palavra.

Só há uma solução para a Ucrania, a divisão do pais, o leste para a esfera de influencia Russa, o Oeste para a esfera de influencia dos americanos, não digo da EU porque isso não existe, a EU não passa de uma fraude politica, um fantoche a cumprir ordens e aos serviço dos interesses americanos.

Se a UE tivesse poder nunca permitiria tamanha ingerência dos EUA na europa, porque é bem não nos esquecermos que foram os EUA nos criaram uma guerra na europa com as ONG’s, a Sra. Nuland e os 5000 milhões de dólares enterrados na praça Maidan.

Por sim, deixo-lhe mais "um revez" dos Novorussos.

400 militares Ucranianos da 72 Brigada mecanizada desertaram e passaram a fronteira para a Rússia.

http://rt.com/news/177740-ukrainian-military-russia-refuge/

http://www.themoscowtimes.com/news/article/ukraine-soldiers-defect-to-russia-fsb-official-says/504529.html

Muitos deles estão a aderir ás fileiras dos federalistas.

Sobre esta noticia nem uma palavra nos media mainstream, é um autêntico buraco negro!

Viva a Censura.

Pippo disse...

Olha, parece que o Dmytro Yats(eny)uk, antigamente conhecido por Jest Nas Wielu, agora dá pelo nome de Anónimo.

Pelo menos as piadinhas secas são iguais.

Por falar em derrotas, uns 400 homens do vitorioso e conquistador exército ucraniano acabaram de FUGIR para a Rússia. Parece que os milicianos do Strelkov lhes deram uma ripada de todo o tamanho.
E consta que esta é "apenas" a metade da unidade, pois a outra metade, cheia de "Guardas" e com mercenários polacos incluídos, está cercada e em vias, ou de se render, ou de ser dizimada.

Unknown disse...

Os terroristas pró-russos não perderam só Sloviansk. Perderam Mariupol, que fica lá no sul, junto ao mar de Azov. E perderam Kramatorsk, Artemivsk, Lysychansk, Severodonetsk. O desastre do caldeirão sul não pode ser maximado a ponto de ser considerado uma derrota do exército ucraniano. Os terroristas controlam uma pequena parte dos oblasti (províncias) de Donets'k e Luhans'k

Unknown disse...

Os terroristas pró-russos não perderam só Sloviansk. Perderam Mariupol, que fica lá no sul, junto ao mar de Azov. E perderam Kramatorsk, Artemivsk, Lysychansk, Severodonetsk. O desastre do caldeirão sul não pode ser maximado a ponto de ser considerado uma derrota do exército ucraniano. Os terroristas controlam uma pequena parte dos oblasti (províncias) de Donets'k e Luhans'k