sexta-feira, janeiro 02, 2015

ESTE BLOGUE NÃO MORREU

Caros leitores e amigos! Este blogue esteve parado quase dois meses, mas isso não significa que morreu. Foi preciso parar e avaliar o que foi feito, para planear o futuro. 
Para desencanto de muitos leitores que não esconderam a sua alegria quando deixei de actualizar o blogue, ele não deixou de existir e vai continuar, renovado e aberto a todos os leitores que aqui queiram publicar os seus textos.
Esta casa está aberta para todos, menos para extremistas e intolerantes. Todos os outros podem exprimir a sua opinião aqui sobre temas ligados à Rússia e arredores. Espero pelas vossas discussões, críticas e contributos, de todas as partes do mundo. Um abraço.

9 comentários:

Manuel Goncalves disse...

Fico contente com isso, gosto do blog e embora nao comente muito sou seguidor do mesmo e julgo que continuarei a se-lo.

Pi-Erre disse...

Definição:
Extremistas e intolerantes são todos aqueles que não pensam como José Milhazes.

ANTI-COWBOY disse...

Caro José Milhazes

Espero de facto que o blog não acabe,mas tenho que dizer-lhe muito frontalmente que uma das razões,segundo penso,do desinteresse de muitos participantes,está no facto de alguns,não todos,os artigos que o JM aqui publicou não brilhavam nem pela objectividade nem pela densidade do conteúdo. Não está em causa a ideologia de cada um mas sim a independência que se pede a um qualquer jornalista. Devo dizer-lhe que li aqui intervenções de portugueses muito válidas com visões muito interessantes especialmente da realidade geopolítica.Gostaria de continuar,pelo menos de vez em quando,a participar construtivamente com os demais neste diálogo que poderá ser proveitoso se tivermos uma visão de poder contribuir um pouquinho para a construção de um mundo melhor em que as nações estejam interessadas em construir relações profundas de cooperação efectiva.Para isso é fundamental que o JM participe de forma construtiva e com grandeza intelectual.É só isso que lhe peço.
As maiores felicidades para si e para todos com o desejo de um Bom Ano para nós e para o Mundo.

N. Amorim disse...

de facto parece ter falecido, o Srº Milhazes já parece ter-se dado conta que os carneiros/ovelhas existem cada vez em menos número.

João Lopes disse...

Gostava de saber mais sobre o Eurasianismo.

Carlos Carapeto disse...

José Milhazes.

Esclareça-me; qual o padrão que usa para classificar um extremista?

Será quem não está de acordo com a sua forma unilateral de prestar informação?

Estou por exemplo a lembrar-me do modo tendencioso (e pouco honesto)como tem reportado o conflito na Ucrânia em beneficio flagrante de uma das partes.

Será que já se esqueceu daquilo que disse acerca da queda do avião da Malásia?

Foi o J M que disse publicamente que a população de Donetsk andava a saquear os pertences das vitimas.

JM as vitimas, todas as vitimas sem exceção vivas ou mortas merecem respeito, tanto as que viajavam no avião abatido, como aquelas que diariamente morrem inocentemente na zona do conflito. Assim como os que sofrem as agruras de uma guerra alimentada por interesses externos.

BrunoIZ disse...

Excelente Milhazes!
Os leitores brasileiros agradecem!

Alana Morgana disse...

Gostei muitíssimo de seu blog! Vou passar a acompanhar!

Alana Morgana disse...

Gostei muitíssimo de seu blog! Vou passar a acompanhar!