sábado, novembro 15, 2008

Números que fazem pensar


Na Rússia existem cerca de cinco milhões de menores que vivem nas ruas, sendo que a maioria comete regularmente crimes, declarou Alexandre Povalko, vice-chefe da Agência Federal para a Juventude da Rússia.
Numa conferência dedicada ao problema das crianças abandonadas, Povalko, citado pela agência Interfax, revelou que “a maior parte dos crimes entre os menores são cometidos por crianças sem casa, abandonadas ou órfãs”.
Segundo estatísticas do Ministério do Interior da Rússia, os menores cometem mais de um terço dos crimes sob a direcção de adultos e 70 pc dos crimes em grupo são cometidos com a participação de jovens.
Nas ruas de Moscovo vivem, segundo estatísticas da polícia, cerca de 10 mil menores, que tentam procurar abrigo nas estações ferroviárias e rodoviárias, subterrâneos. No ano passado, a polícia lançou uma operação para desalojar os jovens das estações ferroviárias de Leningradski e Iaroslavski, mas eles passaram-se para outras duas estações da capital russa: Kurski e Kazanski.
A Procuradoria-Geral da Rússia revela que a maioria das crianças sem abrigo são provenientes de famílias pobres, mas os orfanatos contribuem também seriamente para essa situação.
Após a realização de inspecções em orfanatos e escolas internatos de várias regiões da Rússia, a Procuradoria-Geral concluiu que 40 pc das crianças que passam por essas instituições tornam-se alcoólicos e toxicodependentes, 40 pc entram no mundo do crime, 10 pc suicidam-se e apenas 10 pc se adaptam à vida fora dos internatos.
A população actual da Rússia ronda, actualmente, os 140 milhões de habitantes.

40 comentários:

Gilberto Mucio disse...

Assustadores esses números.

Com menos de 1/6 do que foi gasto para salvar bancos da bancarrota, seria possível um programa habitacional para acabar com o déficit no setor, que na Rússia, é o mais selvagemente especulativo e sem regulamentação do mundo e que é um oligopólio.

Sei que não está, diretamente, com a questao das crianças abandonadas mas dá pra se ter uma noção de quanto as autoridades se importam com o seu povo.

Pode parecer demagógico, mas é verdade.

Anónimo disse...

Sabem o que é mais cômico/trágico: os EUA provocam a Rússia, como por exemplo o escudo, ela apavorada (e burramente) tira do leite da crianças para botar em armamentos. Se sente protegida por um período, daí os EUA provoca de novo, eles gastam mais em armamento (e menos leite pras crianças e isso se vai até esgotar o sistema todo. É a mesma estratégia que os EUA usou contra a URSS que está se repetindo agora novamente. Sendo que a Rússia não tem bala na agulha pra uma corrida armamentista com os EUA (como tinha até certo ponto a URSS)

Será que o povo russo não vê isso?

augusto

Anónimo disse...

Esses são os verdadeiros problemas da Rússia que Putin & Cia tenta esconder de seu povo, através da ilsuão do renascimento da "Grande Rússia"

pra contribuir com mais um problema gravíssimo:

Russian Population
- 2008 estimate 142,008,838
- 2002 census 145,166,731

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/7a/Population_of_Russia_from_1992_to_January_2008.PNG

interessante que desde a chegada do Putin ao poder, a queda foi muito mais acentuada!

Como um país que pretende ser uma potência mundial perde quase 1 milhão de pessoas ao ano?



sandra

MSantos disse...

Caro Augusto

Apesar das manobras dos EUA se terem tornado bastante maquiavélicas nos últimos anos, não posso deixar de concordar consigo.

Chama-se a isso trocar a manteiga pelos canhões.

Como já referi num post anterior, bastaria á Rússia um investimento comedido em electrónica e treino, e teriam umas FAs capazes de dissuadir todas estas ameaças.

Poderiam até dar-se ao luxo de desmobilizar muita gente e criar um exército puramente profissional.

Mas infelizmente a tradicional mentalidade russa ainda subsiste.

Cumpts
Manuel Santos

Anónimo disse...

e pra acresentar, msantos

A Rússia tem 16.800 ogivas nucleares contra 9.200 dos EUA e 400 da China. Só esse fato, seria um motivo muito forte pra não tirar tanto leite das crianças.

augusto

Anónimo disse...

corrigindo: acrescentar

Anónimo disse...

A população russa começou a diminuir em 1990/1991 e não em 2000/2001 que foi quando putin chegou ao poder.
A origem da quebra demografica foi o resultado da governação desastrosa dos governos de yelsin, com uma recessão de quase 50% do PIB, aumento de crime, aumento do alcolismo, stress e
desmantelamento do estado social estavam a espera que a população aumentasse??
culpar putin pela crise demografica releva não só ignorancia mas tambem alguma estupidez..
As reformas de putin para combater a crise demografica já estão a ter resultados positivos, em 1999 a taxa de natalidade era 8.27 nascimentos por 1000 e em 2007 11,3 por 1000.
a taxa de mortalidade e de sucicidio tem vindo a descer progressivamente.
O governo russo estima que em 2011 a população russa tenha um crescimento natural positivo.
(nessa altura na europa ocidental o crescimento vai ser em quase todos os países negativo)

Na europa ocidental fomentar o crescimento da população europeia e considerado um tabu e a esquerda fica logo escandalizada.
A europa morre lentamente e algumas pessoas aqui criticam o unico país europeu que está a criar politicas para impedir que esse destino trágico.

Quando ao dado do José Milhazes sobre 5 milhões de crianças na rua, 1 resposta;
Não acredito, esses numeros são falsos.
Nem no brasil no final dos anos 80' existia esse numero de crianças de rua.
podem-me explicar como é possivel uma crinaças sobreviver ao inverno russo nas ruas?????
5 milhões de crianças na russia corresponde a 1/4 do total de crianças, o josé milhazes ao colocar esta noticia analisou os factos?


Vicent........

Anónimo disse...

"Como um país que pretende ser uma potência mundial perde quase 1 milhão de pessoas ao ano?",sandra

so 3 pontos;

1.actualize as estatisticas
2.Não use as estatisticas com base em premissas falsas
3.indique o contexto

fontes do governo russo;

o crescimento da população russa foi -0,17 em 2007( cerca de menos 240,000).
Para 2008 tenho a firme convicção que a população russa poderá ter 1 crescimento nulo(mas isto é o que eu penso, não me vou por aqui a dizer que a população russa vai crescer 1 milhão por ano!).

Sabe que o progresso feito é o resultado da reforma de putin em 2006 e a melhoria geral do sistema economico.
Mas eu compreendo que certas pessoas que pretendem ver a europa se tranbsformar numa america latina detestem putin.
para os europeus nacionalistas como eu ele é um grande homem.

vicent........

Anónimo disse...

vicent, como sempre vc age de maneira precipitada.

eu falei "a queda foi muito mais acentuada" ela vinha caindo desde a queda da URSS mas se ascentuou durante a "Era Putin"

confira vc mesmo:
http://en.wikipedia.org/wiki/
Image:Population_of_Russia_1950.png

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/7a/
Population_of_Russia_from_1992_to_January_2008.PNG

sandra

Anónimo disse...

o "amante do Putin" voltou

fábio

Anónimo disse...

acentuou

sandra

Anónimo disse...

vicent, 90% dos teus dados são falsos...eu me baseio nas informações recebidas pela ONU e outros órgãos importantíssimos e não pelas do Putin populista.

sandra

Anónimo disse...

sandra a queda demografica que aconteceu e que está a acontecer neste século na russia não tem NADA a ver com o governo de putin, esta quebra é o resultado de uma crise demografica que teve inicio em 1990/1991.
So se tornou mais visivel em 2000/2001 porque nessa altura a população já estava muito evelhecida e os fluxos migratorios entre a russia e as ex-republicas soviéticas tinham diminuido.
Eu sei do que estou a falar, acompanho com muita preocupação a crise demografica europeia.
Por exemplo, a população portuguesa vai começar a diminuir em 2010, mas a culpa não vai ser dos governos dessa altura, será sim dos responsaveis que governaram o país nos ultimos 10-20 anos.

Vicent......

Anónimo disse...

sandra

consultar a wikipedia até pode esclarecer,

http://en.wikipedia.org/wiki/Demographics_of_Russia

Acha que um governo manipula dados sobre a população? claro que não,exceptuando os censos doa anos 30' de estaline isso nunca aconteceu nenhum país civilizado

Vicent....

Anónimo disse...

acho rídiculo esse vicent, colocar a Rússia como último Éden caucasiano sendo que mais de 16% da sua população não é branca. Sendo que os paises mais "brancos" da Europa seriam a Grécia, a Noruega e a Polônia.

fábio

Anónimo disse...

Desde quando a Rússia é uma país civilizado?


sandra

Anónimo disse...

só um dado pra ti vicent:

Russia

1985 - life expectancy for males was 62.7 years

22 anos depois...

2007 - life expectancy is 61.5 years for males

não preciso dizer mais nada...futura potência é? a força de um país está no seu povo e não no petróleo e armamentos...apesar do Putin (e alguns iludidos desse blog) acharem o contrário

fábio

Anónimo disse...

tudo isso não me surpreende que o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) russo seja mais baixo até que do Brasil

64 ▲ (1) Brazil 0.807
65 ▲ (3) Belarus 0.804
66 ▼ (2) Mauritius 0.804
67 ▼ (4) Bosnia 0.803
68 ▼ (2) Russia 0.802

fábio

Diogo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

"tira do leite da crianças para botar em armamentos."

wow, mas que imaginação tão fertil(e doentia..)

a Russia está a gastar mais ou menos 2,6% do PIB nas forças armadas, o que é um nivel comparavel ao dos países ocidentais.

os EUA estão a gastar 4,1% do PIB.

orçamento da f.russa para 2009

http://en.rian.ru/img/118163080_free.html

A russia terá um orçamento militar para 2009 de:
-1277 biliões de rublos(2.9% do PIB)

de 52 a 64 biliões de dolares(flutuações da moeda)

A economia russa em 2009 é a 6ª maior do mundo, por isso, mesmo gastando pouca percentagem do PIB a russia terá novamente o 2ºmaior orçamento miiltar do mundo.

vicent

Anónimo disse...

http://i35.tinypic.com/fvclz6.jpg

russian way

Anónimo disse...

a coisa tá tão feia na Rússia que o povo tá roubando até tijolo pra sobreviver

http://noticias.terra.com.br/
popular/interna/0,,OI3324025-EI1141,00-Russia+igreja+de+anos+e+roubada+tijolo+por+tijolo.html

http://noticias.terra.com.br/
popular/interna/0,,OI2772998-EI1141,00.html

Anónimo disse...

doente é você, seu racista

continua colocando dados manipulados pelo Putin e sua trupe



augusto

Jose Milhazes disse...

Caros leitores, apelo à calma nos comentários. Não me obriguem a cortar alguns comentários.

Francisco disse...

Caros participantes deste forúm.
Foi com grande satisfação que tropecei neste espaço de debates, por vários motivos interesso-me imenso por a Rússia e por o que lá se passa, quando o José Milhazes faz os seus comentários estou sempre atento, não posso concordar na totalidade com os seus pontos de vista . Mas eu compreendo-o bem. Tenho é algumas dúvidas se nos chamados países democráticos lhe tolerariam alguns dos seus excessos de opinião. Enfim ; são critérios e eu como já disse compreendo-o . Mas o José Milhazes sabe perfeitamente a realidade daquele país no antes e no depois. Melhor ; conhece os problemas e as suas causas.
Eu também conheci um pouco da URRS já naquele período conturbado. Fui trabalhar numa firma Italiana em 1988 para uma refinaria em Kstovo próximo de Gorki ( Nijni Nonogorod actual ). Portanto foi no inicio do saque e da libertinagem . Volto lá regularmente na medida em que tenho família em Vorsma ( 70km ao sul de Gorki ) . Isto foi uma pequena introdução para que compreendam que eu sei um pouco daquilo que lá se passa.
Quanto ao comentário do José Milhazes que é o que se está a discutir. Este é um daqueles casos que não posso estar minimamente de acordo com o meu amigo, porque quando cita essa tal Agencia para a Juventude eu deixo-lhe aqui a questão. Qual é o Instituto ou Agencia Estatal desse país que merece credibilidade? Os dados sobre a vida na Rússia são manipulados aos interesses de cada um. Que o problema é gravíssimo não tenhamos dúvidas nenhumas que é. Mas cinco milhões de crianças abandonadas é exagerado . Segundo a opinião de algumas ONGs os números situam-se entre um milhão e milhão e meio, que é verdade também que o analfabetismo é outro problema grave é, que os apoios à juventude são praticamente inexistentes é factual. Que a esperança média de vida baixou de mais de 75 anos para pouco mais de 50 é outra triste realidade, a assistência na saúde das populações é nula ou quase, também é verdade e a que existe é péssima. Mas caro amigo José Milhazes não basta nós aponta-mos os factos temos é ter coragem de denunciar as suas causas. A Rússia tem aproximadamente as mesmas dimensões da América Latina. É riquíssima em recursos naturais, o petróleo (brota) da terra na bacia do Kama e do Obi o gás então existe por todo o lado . A Sibéria tem uma das maiores florestas do mundo, além de ouro, diamantes , carvão e outros minerais em abundância . Portanto quando aqui um dos intervenientes disse que o ( senhor) Putin ajudou a estabilizar a economia da Rússia não concordo ,ele aumentou foi o saque das suas riquezas em proveito de poucos e o prejuízo de milhões . Existe um corredor de luxo e ostentação que vai de S. Petersburgo , Moscovo a Nijni Novogorod e mais uns pequenos núcleos aqui e acolá , o resto é miséria .
Quando aqui alguém referiu que a Rússia tem no seu arsenal mais de 16000ogivas nucleares e que os EUA têm cerca de 9000, aconselho-o a informar-se melhor porque os acordos existentes estipulam uma paridade que ronda as cinco mil ogivas. Quanto às despesas militares da Rússia, quem não sabe fica informado que são inferiores às da China, Inglaterra e França, portanto o orçamento militar Russo situa-se em 5ºlugar a contar com os EUA este sim é que deveria preocupa-lo imenso porque gastam mais que todos os outros países do mundo.
Quanto às ameaças que a Rússia representa actualmente são nulas, eles procuram é defender-se do cerco que a NATO lhe está a montar. Ou não sabem que aquela treta das Torres Gémeas e das armas de destruição massiva do Saddam foi para que foi? ( Instalarem-se no Afeganistão e Iraque ) Ensanduichar o Irão e apoderarem-se das reservas de energia da Ásia Central para depois cortarem a Rússia pelos Urais ( Estratégia de Brzezinski) . Quando aqui alguém falou sobre o armamento Russo. Não assusta ninguém! São armas ultrapassadas com projecto superior a 30 anos. Andam a brandir os mísseis Topol (Choupo), Bulavá (Clava ou maça) e o Sinevá ( Azulado ) este fizeram um teste recente , são tudo armas dos anos setenta . É como os bombardeiros estratégicos são latas repintadas o que têm de digital deve ser apenas os dedos da tripulação.
Cin.Naroda

Francisco disse...

Peço desculpa, mas quando eu me referia aos comentários do José Milhazes , são aqueles da Rádio e TV Portugueses .
Obrigado
Cin.naroda

Anónimo disse...

pouca gente se lembra mas a Rússia só está no G8 porque foi acordado que aceitaria a primeira incorporação de ex-membros do pacto de varsóvia (Polônia, Rep.Tcheca e Hungria) na NATO

fábio

Anónimo disse...

Isso só revela a boa fé Russa.

Jest nas Wielu disse...

Meu deus, tanta ingenuidade, após todos os livros, após todos os filmes, testemunhos, etc., os cidadãos ainda perguntam:

“Acha que um governo manipula dados sobre a população? claro que não, exceptuando os censos doa anos 30' de estaline isso nunca aconteceu”.

Seria uma boa anedota na própria Rússia, que geralmente dizem que: “existem as mentiras, existem grandes mentiras e também existe a estatística”.

Já agora, o Vicent pergunta onde que os putos russos vivem no inverno? Com muito gosto esclareço:

1. Tentam mudar-se o mais possível para o sul: Sochi, a Crimeia ucraniana, etc.
2. Vivem nas caves dos prédios, onde passam os tubos de aquecimento central.
3. Entregam-se para as autoridades e fogem logo na Primavera.
4. Prostituem-se e se dedicam aos crimes, juntando-se em pequenas comunas.
5. Morrem.

Falando sobre a diminuição populacional na Rússia, até agora ninguém falou da emigração razoavelmente grande dos países da Ásia Central, dos Bálticos, do Cáucaso, da Ucrânia, etc., de cidadãos da origem russa e não só (hoje em dia para a Rússia migram muita gente que nem é russa, tipo ossetos, kazaques, uzbeques, etc). Estes fluxos compensam a morte da população russa “eslava” por causa da vodka, estresse causado por vodka, má nutrição causada por falta do dinheiro gasto em vodka, etc.

Anónimo disse...

Jest, na verdade reconheço que não estou a par da realidade dessa tragédia em que existem crianças abandonadas na russia, estou supreendido.
Agora 5 milhões parece-me muito exagerado, corresponde a 25% da população juvenil daa russia.
De qualquer forma o jest tocou num ponto fundamental, a russia esta a perder população e o mais grave é que os russos estão a perder peso na população total.
Nos censos de 2002 os russos já nem atingem 80% da população, o mais provavel é que os russos se tornem uma minoria no próprio país nas proximas decadas. Os russos estãoa diminuir e os povos turcos e do caucaso a aumentar.

é a morte da mãe russia.


Vicent.......

Jest nas Wielu disse...

2 Vicent

Olha, gostei a sua sinceridade. Eu também não sei se 5 milhões é muito ou pouco, mas terá que ter em conta que nem todos os meninos que vivem nas ruas podem ser cidadãos russos (podem ser refugiados ossetas, ciganos, órfãos da Ásia central, etc.).

Além disso, na Rússia não é possível confiar nas estatísticas, há muita gente que por causa da bebida deixa os filhos ao abandono, muitas crianças, que tal e qual no 3º mundo nem a cédula de nascimento têm, etc.

Mas isso não incomoda o poder, pois como dizem os generais russos: “as gajas vão parir mais”. Estes jovens é uma fácil carne de canhão em várias guerras, eles não tem meios para “fugir” da tropa (pagando aos médicos os atestados falsos), quando um menino assim é morto na Chechénia – Geórgia ninguém o chora, etc.

p.s.

Para os adoradores da Rússia que lamentam o fim da URSS, os nacionalistas – capitalistas da Lituânia fizeram uma rica prenda à vocês, apenas por 44 USD pode-se viver 2,5 meio na URSS de 1984. Acredito que muito de vocês sairão abalados das vossas convicções pró – URSS/Rússia e outros nem tanto:
http://www.sovietbunker.com/en
info arroba sovietbunker dot com
Telemóvel.: + 370 698 44220

Anónimo disse...

jest hitler aparentemente tinha rasão em dizer que os russos são sub-humanos e deviam ser exterminados. Os russos são tão ruins que até os proprios lideres massacravam o povo, em nenhum outro país um povo sofreu tanto as maõs dos dirigentes como na russia.

Francisco disse...

Tanta ingenuidade lamento eu! Fico perplexo que 17 anos depois do fim da URRS, num país onde os comunistas e outras forças de esquerda têm pouca ou nenhuma influencia, onde predomina um sistema capitalista selvagem sem regras. Haja no mundo de hoje pessoas “não sei com que interesses” continuarem a fustigar a Rússia e o seu belo e acolhedor povo.
Convém esclarecer em primeiro lugar; fala-se muito do Brasil e dos seus graves problemas sociais, apesar disso é bom lembrar que o Brasil não é África. Assim como a Rússia actual com todos os seus problemas e vicissitudes, não é o Brasil nem a América Latina, muito menos África.
Só quem não conhece a Rússia a sua cultura e a sua vasta multiplicidade étnica é que pode fazer comentários desta natureza. A Rússia é um país desenvolvida, ainda dispõe de meios e tecnologia avançada. Os problemas económicos e sociais agravaram-se profundamente desde o fim da U. Soviética. Portanto eis a razão principal do declínio da sua população, principalmente a eslava. A degradação económica com inicio nos anos 90, empurrou o país para uma crise social sem precedentes (ainda se mantém) o que levou a todo aquele rol de desgraças que por lá proliferam entre as camadas mais pobres e frágeis da população. Porque nem depois da revolução de 1917 (guerra civil) ou da 2ª Grande Guerra se verificou um período tão longo na queda de população como o actual (embora as perdas fossem superiores).Se as pessoas não têm futuro porque razão hão-de ter filhos?
Agora quem não conhece patavina daquele país, é que pode largar atoardas sem nexo nem fundamento. Talvez pensem que os Russos dormem com uma garrafa de vodka debaixo do travesseiro! Os Russos por enquanto ainda são na sua maioria um povo culto!
Agradeço ao Senhor Jest que me informe de que modo é que se deslocam tantas crianças para Sotchi e para a Crimeia no inverno? Isso são crianças a mais ! E Sotchi ou a Crimeia é muito longe . Quanto não resto não deve confiar nas suas fontes de informação porque, lhe estão a mentir descaradamente. Que o problema é preocupante , é . Que isso resulta em muita insegurança também é certo. Mas por favor não empolguem os problemas dos outros para esquecer e esconder os vossos.
Alguém também se referiu à Lituânia. Este país ou qualquer outro da Pré-Baltica não podem ser dados como exemplo para nada. Porque mantêm uma parte da população sequestrada sem documentos, com o estatuto de não cidadãos. É uma vergonha a EU permitir este estado de coisas. Onde os governantes fazem a apologia do nazismo.
Cin.Naroda

Wandard disse...

Francisco boa noite,

Fez boas observações sobre a Rússia, o que é difícil com algumas raras exceções, aqui mesmo neste blog de ver em ocidentais. Se me permite uma pequena correção em relação a um comentário anterior quanto ao armamento Russo, mais especificamente aos mísseis Bulava e Topol M, pois como militar gostaria de esclarecer que não são da década de 70. A base de desenvolvimento é dos anos 1980, porém os modelos atuais do topol entraram em serviço em 1997 (modelos baseados em silos), e os sistemas móveis em 2007. O Bulava realizou o último teste este ano. Os Bombardeiros Tu22M e Tu95 são antigos e possuem avíônicas realmente antigas, mas sua capacidade de ataque continuam representando elevada ameaça, além das quantidades que são superiores ao número de bombardeiros que os americanos possuem. O Tu-160 possuem unidades em modernização e novas unidades já com aviônica atualizada em produção. Não vou me estender em informações de dados militares, pois este espaço seria insuficiente. Assim como existe uma interpretação errada, falta de conhecimento, ou certa antipatia pela Rússia, por parte da maioria das pessoas, existe também a constante retórica em depreciar a capacidade ou a eficiência militar da Rússia, fora o volume de dados fora da realidade que circula na internet, totalmente aquém da realidade. O que é um erro, ou será para quem resolver enfrentá-la.

Cordiais abraços

Anónimo disse...

Por mais que gente culta aqui fale e demonstre factos para convencer algumas pessoas como o jest não vale a pena porque quando alguem tem uma atitude de má fé tem o espirito fechado e não ouve nada.

porfavor não falem das caracteristicas das forças armadas russas porque isso é irrelevante.
Os EUA e Russia controlam >95% dos arsenais nucleares do mundo.
A russia tem o maior arsenal de armas de destruição massiva e tem o poder de destruir o planeta. isto é um facto.
A nivel pessoal penso que nenhum país deveria ter essa capacidade, mas isso já sou eu que penso...

jeste só para si e tome atenção!

A ucrania podia ter os melhores aviões do mundo, os melhores blindados do mundo, o melhor sistema de comunicação e treino militar enquanto que a russia poderia ter tanques e aviões primitivos, e os soldados andarem todos bebados e ocupados a roubar os pobrezinhos dos georgianos, mesmo assim, em 5 minutos a russia pode arrasar totalmente a ucrania sem perder 1 unico homem.
Sabe como?
Através de um ataque nuclear massivo.
Não seja ridiculo, as intervenções militares que por exemplo os EUA fazem são contra países(pobres e minusculos) sem capacidade nuclear, os EUA por exemplo nunca se atreveriam a atacar um país com capacidade nuclear,acha que são loucos?
A Coreia do norte detonou um engenho nuclear primitivo, o mais certo é nem terem a minima capacidade nuclear e acha que os americanos vão intervir ali, tá quieto! claro que não.. só de saberem que existe o risco de sofrerem um ataque nuclear, mesmo que esse risco seja quase nulo é suficiente para esqueçerem a ideia...


Luis..
Coimbra

Jest nas Wielu disse...

2 francisco / Cin. Naroda (só não diz qual é o seu povo, mas tb)
1. As crianças usam os interurbanos e não se deslocam no Inverno, começam bem no Outono, Setembro – Outubro, logo que começa esfriar.
2. Se quer saber a verdade, visita a página da “Cruz vermelha” russa e faça um donativo, gostaria de ver quantos cêntimos do real o filho do povo oferecerá ao povo russo.
3. Lituânia: os russos na Lituânia nunca viviam sem passaportes (está confundir com situação na Letónia e Estónia), além disso, mesmo naqueles países, TODA a gente que quis já recebeu a nacionalidade, etc. Pois as leis mudaram, os russos mais agressivos já emigraram para a Rússia, etc.

2 Luis / Coimbra
A Rússia não pode fazer um ataque nuclear em massa contra a Ucrânia, pois somos vizinhos e se seremos atingidos pelo “inverno nuclear”, os russos também sentirão as consequências. Além disso, eles querem a nossa população e o nosso território, uma vez atingido pala radiação elevada, não valerão nada. Por isso na possível guerra ru – Ucrânia, não haverá uso das armas atómicas, fiquem descansados (se já Chornobyl poluiu metade da Europa, imagina um ataque descrito por si. A quem os russos vão vender o seu gás?)

Anónimo disse...

jest, agora já compreendi o seu receio, se bem entendo o jest tem medo que a russia pretenda recuperar a ucrania.
Pela recente evolução da russia isso é impossivel, a russia escolheu defenir-se como estado-nação e o conceito de criar um novo estado ao estilo da URSS já não é viavel.
Jest se a russia não se desfragmentar já é muito bom.
A russia pela primeira vez na história admite que poderá usar armas nucleares como acção preemptiva, os russos sabem perfeitamente que não têm capacidade militar para enfrentar uma guerra convencional contra a NATO.
Durante a guerra fria a doutrina militar da URSS era a de usar armas nucleares na europa só em ultimo recurso, só usaria armas nucleares se o inimigo as usa-se em primeiro lugar, agora a russia mudou a doutrina militar porque perdeu a supremacias das forças convencionais.
Por isso, se a russia for atacada militarmente, e a segurança do país for colocada em causa eles usarão armas nucleares, disso o jest poderá estar certo.
Quanto aos efeitos do invero nuclear já foram feitos milhares de estudos e ainda não se compreende muito bem os efeitos, mesmo com a utilização de super-computadores mais recentes é dificil concluir os efeitos na atmosfera.
Concordo que se a russia atacasse a ucrania dessa forma sofreria com isso tambem, os estudos apontam que um ataque desse genero teria um efeito muito maior na europa ocidental.

Luis
Coimb.

Jest nas Wielu disse...

2 Luis / Coimbra

Como vê, se discutir as coisas com calma, podemos estar de acordo em muitos pontos.
Não acredito que a Rússia seja atacada militarmente, não é a táctica mais eficaz e inteligente. Além disso, o primeiro inimigo será a China, pois esta cobiça abertamente em devolver a Sibéria.

Europa: como já disse, claro que a Rússia não pode atacar a Europa, pois esta consome o seu gás, etc.

Veja no meu blog um desenho animado letão sobre a Europa Central, é mto esclarecedor.

Wandard disse...

Luis,

A Rússia tem condições de enfrentar uma guerra convencional contra a Nato ou contra os Estados Unidos, só que para qualquer que seja o país ou neste caso as potências envolvidas. Em toda a História das Guerras já ficou claro que um país sozinho, por mais poderoso que seja não tem condições de enfrentar o conjunto de várias nações aliadas em diversos flancos, é suícidio (a Alemanha é um bom exemplo). O que ela deixou claro é que jamais ocorrerá de novo o que aconteceu na Segunda Guerra.

Jest

A Sibéria não é um alvo prioritário para a China, primeiro porque a China não tem condições de enfrentar a Rússia, segundo que Taiwan é o interesse maior, e neste caso não é com os Russos e sim com os Americanos que ocorrerá oposição.

Gibroh disse...

E como estavam as crianças na epoca da União Sovietica?