quarta-feira, janeiro 21, 2009

Música clássica portuguesa em São Petersburgo


A Capela Académica de Estado Glinka, de São Petersburgo, irá intrepretar obras de compositores portugueses no próximo 14 de Fevereiro, sob a direcção do maestro luso João Tiago Santos(na foto).
O programa do concerto, que terá lugar na sala da Capela Académica Glinka, uma bela sala de concertos da cidade russa de São Petersburgo, inclui as obras “Modos de Expressão Ilimitada”, de Eurico Carrapatoso, Abertura “Dona Inês de Castro”, de Vianna da Mota, e “Sinfonia Nº1, Op. 8 “Aos heróis-mártires da Segunda Guerra Mundial”, de Joly Braga Santos.
A Capela Académica Glinka foi criada em 1479 para preparar cantores e músicos para a corte russa, tendo passado por essa escola mestres russos tão conhecidos como Bortnianski, Glinka, Rimski-Korsakov e Arenski.
Destruída depois da revolução comunista de 1917, renasceu em 1991 com a criação de uma orquestra sinfónica, continuando o processo de reconstituição do ensino musical.
João Tiago Santos nasceu em 1977. Depois de cantar durante oito anos no Coro da Gulbenkian e de ocupar o cargo de maestro-assistente da Orquestra do Algarve, decidiu, em 2004, ingressar na Faculdade de Direcção de Orquestra do Conservatório de São Petersburgo, uma das mais prestigiadas escolas de música da Rússia.
O jovem maestro português dirigiu a Orquestra do Teatro de Ópera do Conservatório de São Petersburgo na execução de A Gata Borralheira.
A música desta versão da Gata Borralheira, conto do escritor francês CharlesPerrault, foi composta por António Spadaveccia para a banda sonora do filme homónimo e teve um êxito extraordinário que foi depois adaptada a uma ópera com dois actos para crianças.
No ano passado, João Tiago Santos dirigiu o Coro Vozes de São Petersburgo, que interpretou obras de compositores da Escola da Sé de Évora, dos séculos XVI-XVII, a «época de ouro» da polifonia, e de autores contemporâneos como Fernando Lopes-Graça, Eurico Carrapatoso e Cláudio Carneiro.

5 comentários:

Anónimo disse...

Sabe se esta prevista alguma actuacao em Moscovo?
Nuno Pinto.

Jose Milhazes disse...

Caro Nuno Pinto, em Fevereiro, não. Iremos ter em Moscovo o concerto do pianista português Filipe Pinto-Rubeiro com a Orquestra do Kremlin. Darei mais perto da data informação precisa. Se estiver em Moscovo, será bemvindo

Anónimo disse...

Com quase toda a certeza que sim. Pode ir reservando duas entradas! :)
Abraco.
Nuno Pinto.

Jose Milhazes disse...

Caro Nuno, é só lembrar! Se não me engano, será no dia 14 de Maio

Mendonca Joao disse...

Caro José,

É de saudar o seu empemho em noticiar a iniciativa e o talento deste nosso jovem e promissor maestro João Tiago. Se não fosse a sua miltância e a de outros nossos amigos correspondentes, este e muitos outros eventos como este passariam despercebidos em Portugal. Obrigado,grande Lusitanista!