domingo, março 15, 2009

Milhares de manifestantes exigem demissão de Presidente Saakachvili


Cerca de cinco mil pessoas manifestaram-se no centro da capital georgiana para exigir a demissão de Mikhail saakachvili do cargo de Presidente da Geórgia.

“Micha (diminuitivo de Mikhail), vai-te embora!” - gritaram os manifestantes junto do edifício do Parlamento, respondendo a um apelo de várias organizações não governamentais georgianas bque contestam a política do actual dirigente do país.

Num apelo aprovado durante o comício, os manifestantes exigiram também das autoridades e de todas as forças políticas, incluindo a oposição, para que na Geórgia “seja estabelecida a justiça, não seja permitida a violência e o confronto armado entre várias forças políticas e sociais, para que todos os probvlemas sejam resolvidos por via pacífica”.

Saakachvili, no entanto, continua a declarar que não tenciona demitir-se antecipadamente e tenciona continuar no cargo de Presidente até ao fim do mandato, que expira em 2013.

Os principais partidos da oposição exigem a demissão de Saakachvili até 09 de Abril e, se ele não o fizer, promete trazer para a rua de 100 a 150 mil manifestantes.

A Geórgia atravessa uma profunda crise política, grande parte em consequência da pesada derrota militar frente à Rússia, em Agosto do ano passado, quando perdeu dois territórios. Abkházia e Ossétia do Sul.

1 comentário:

ABC/KREMLINO disse...

Este Mischa é um triste de um lunático que está a destruir o seu país. Aguarda-se a escolha de Obama para o substituir.Ao menos que seja alguém que não morda as gravatas.