quinta-feira, junho 04, 2009

Ministério da Defesa acusa Polónia de ser a culpada do início da Segunda Guerra Mundial


O Ministério da Defesa da Rússia considera que foi a Polónia e não a Alemanha que provocou a Segunda Guerra Mundial de 1939-1945, tentando assim rever mais uma página da História Universal do séc. XX.
“Todos os que estudaram não tendenciosamente a história da Segunda Guerra Mundial sabem que ela começou devido à renúncia da Polónia satisfazer as pretensões alemãs, sendo as exigências da Alemanha bastante moderadas: incluir a cidade livre de Danzig no Terceiro Reich, permitir a construção de caminhos de ferro e estradas extra-territoriais, que ligassem a Prússia Oriental à Alemanha”, escreve o coronel Serguei Kovaliov, do Instituto de História Militar do Ministério da Defesa na Rússia.
“É difícil considerar infundadas as duas primeiras exigências”, sublinha o militar no artigo “Especulações e Falsificações na avaliação do papel da URSS na véspera e durante a Segunda Grande Guerra”, publicado na secção “A História contra a mentira e as falsificações” do sítio electrónico do Ministério da Defesa.
O coronel repete, para apoiar a sua tese, as justificações da invasão da Polónia, apresentadas pelos dirigentes da Alemanha nazi em Setembro de 1939.
“A esmagadora maioria dos habitantes de Danzig, separados da Alemanha pelo Tratado de Paz de Versalhes, era constituída por alemães, que desejavam sinceramente a reunificação com a pátria histórica... A propósito, ao contrário das fronteiras ocidentais, a Alemanha nunca reconheceu voluntariamente as mudanças territoriais feitas a Oriente pelo Tratado de Versalhes”, escreve Serguei Kovaliov.
O historiador militar sublinha que Varsóvia respondeu com uma “negativa decidida”, porque “tentava obter o estatuto de grande potência” e as suas “ilusões infundadas” eram apoiadas pelos países vencedores na Primeira Guerra Mundial.
(caros leitores, isto não vos faz lembrar nada na história recente da Rússia?)
(Se esta tese for verdadeira, então a Rússioa deverá devolver Kalinninegrado à Alemanha?)
O coronel defende também a tradicional tese soviética de que Estaline não teve outra alternativa do que assinar o Pacto Molotov-Ribbentrop, pois a URSS precisava de adiar o início da guerra para preparar novas linhas de defesa a ocidente da antiga fronteira soviética.
Esta artigo faz parte da campanha iniciada pelo Presidente russo, Dmitri Medvedev, com a criação de uma comissão especial para “combater as falsificações da História”.

170 comentários:

Yan disse...

daqui a pouco vão dizer que os judeus foram responsáveis pelo Holocausto..hehehehe

cada país tem a sua percetagem de idiotas...mas, sinceramente, a Rússia se supera!!!

andré disse...

hitler queria os sudetos da Tchecoslováquia, argumentando que a populção era alemã. Enfim, foi feita a vontade dele, com a conivência (ou desleixo) do Ocidente. Assim, acreditaram que com isso acalmariam a fome de Hitler. Praticamente no outro dia, os alemães tomam conta de todo o resto do país...

Antônio80 disse...

interessaante e muito perigoso esse argumento russo. Se eu quero algo do meu país vizinho e ele não me dá, eu tenho direito de pegá-la a força. E esse meu vizinho será responsável pelo início do conflito!!! hehehehe

Outra coisa, se fossem respeitadas as vontades de independência dos povos, a Rússia perderia mais da metade do seu território.

"quem tem telhado de vidro que não atirrre pedra no vizinho"

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

cara doido!!!!

Beto disse...

Pra mim, o culpado pela segunda guerra foi a União Soviética, como consequência: os russos. Porque se não fosse o medo do comunismo pelos capitalistas alemães, o nazismo nunca chegaria ao poder.

beto disse...

Pra mim, a culpada pela segunda guerra foi a União Soviética, como consequência: os russos. Porque se não fosse o medo do comunismo pelos capitalistas alemães, o nazismo nunca chegaria ao poder.

Anónimo disse...

http://4.bp.blogspot.com/_1X6yy-
umpyo/SiefP_rPJKI/AAAAAAAAB9Y/5
xqqjParkHY/s400/German_Soviet.jpg

Soviet and German officers meet after the Soviet invasion of Poland (1939). From German propaganda newsreel. The German officer shows a leaflet in Russian, informing on desire of the Wehrmacht «to enter with soldiers of Red Army into good soldier's attitudes» and about deep respect which «at us the Russian soldier always used»



http://3.bp.blogspot.com/_1X6yy-
umpyo/Sief_49e_TI/AAAAAAAAB9g/dFG9
toa6sdU/s400/Rusiia%2520nazi2.jpg

Generals Heinz Guderian (center) and Semyon Krivoshein (right) at the common parade in Brest.

Anónimo disse...

Se ele (e o Governo russo) quiserem falar que Pai Natal existe, que duendes habitam suas casas, etc...podem falar. Essa onda de revisionismos históricos promovidos por esse país não apaga o que realmente aconteceu nessa época.

Hummes disse...

isso é um prato cheio pra neonazistas

Anónimo disse...

José

Chegou a ver isso?

"De acordo com legislação prevista, apoiada pelo Sr. Medvedev, um russo ou qualquer estrangeiro que alegar que a União Soviética ocupou a Polónia ou os Estados Bálticos poderá enfrentar até cinco anos de prisão."

Raffo disse...

A Russia esta num caminho perigoso demais!!!!!!!!

Anónimo disse...

daqui a pouco vão dizer que os judeus foram responsáveis pelo Holocausto..hehehehe

cada país tem a sua percetagem de idiotas...mas, sinceramente, a Rússia se supera!!!(2)

Anónimo disse...

Otra, já me sinto muito mais decansado com um intelectual liberal á frente do Kremlin. imaginem se fosse o KGB matarroano do Putin a fazer coisas destas, o que por aí se diria. Como em tudo o que cheira mal lá dizem os franceses: cherchez l'argent, é a pista da massa que interessa. Quanto terão reecebido dos alemães para proclamarem esta verdade histórica?

Anónimo disse...

Pois eu digo que a União Soviética ocupou e oprimiu e saqueou e matou e sobretudo deixou uma herança de cabeças pôdres para o futuro que é o que temos hoje. Medvedev é um tipo muito perigoso, começamos a ver. Os sonsos são sempre os piores. E agora prendam-me que o novo GULAG deve estar a entrar em funcionamento!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Sérgio disse...

Enfim não me surpreende mesmo nada, vamos ver o que o Pippo e companhia irão arranjar para justificar esta situação, já sei, os culpados somos nós no Ocidente por a Russia agir desta forma, e claro a Russia não faz nada que os EUA não tenha já feito. Cumprimentos.
P.S: Infelizmente para todos a classe politica Russa vai demonstrando como verdadeiramente pensa e age em conformidade, o que aliás vem exactamente ao encontro da forma como pensam muitos Russos como o anónimo que por aqui anda, e não se dê ao trabalho de responder caro anónimo, para intervenções infelizes já bastaram as que aqui teve. Também para vir dizer não não é possivel, que confusão...

Jose Milhazes disse...

Caros leitores, o artigo foi retirado do sítio electrónico do Ministério da Defesa da Rússia. Mais pormenores amanhã!!

MSantos disse...

"caros leitores, isto não vos faz lembrar nada na história recente da Rússia?"

Se os factos forem mesmo estes não há qualquer dúvida que a Rússia está a tentar harmonizar o "passado" com as tendências expansionistas actuais o que é efectivamente um sinal perigoso.

No entanto e respondendo só ao Sérgio, Hitler foi uma consequência do rebaixamento e humilhação que os alemães sofreram após a I Guerra Mundial.

Esta Rússia não está a ser mais do que a Rússia que o Ocidente contribuiu para evidenciar, em particular os EUA e sobre isso nem me vou alongar pois já tudo foi dito.

Infelizmente após a queda e morte do comunismo, o mundo em vez de optar por uma via pacificadora e conciliadora das benesses dos sistemas existentes virou num sentido extremo de paranóia anti-comunista e selvaticamente apologista do ultra-liberalismo. Logo que a Rússia teve os primeiros instantes de independência novamente não lhe perdoaram e recomeçaram o cerco.

Porque para muita gente, a Rússia devia ser desmembrada só para lhe impor a vingança de um dia ter sido comunista.

Imagine o José Milhazes se quisessem fazer o mesmo ás pessoas.
(infelizmente muitos se pudessem fariam isto)

A prova disso são os comentários que aqui vemos e em muitos outros sites expressando puro ódio e revanchismo.

Embora isto não desculpe estas atitudes negativas pois a Rússia devia ter a superioridade de passar por cima destas confrontações e tentativas de humilhação.

Cumpts
Manuel Santos

PortugueseMan disse...

(caros leitores, isto não vos faz lembrar nada na história recente da Rússia?) (Se esta tese for verdadeira, então a Rússioa deverá devolver Kalinninegrado à Alemanha?)


Caro JM,

Confesso que gostaria de ver isto mais desenvolvido.

Com o que está ligar na história recente?

Como relaciona isto com Kalinninegrado?

PortugueseMan disse...

E já agora, dado que se falou tanto na Ucrânia, está a reparar que vem aí novas confusões?

Podemos ter problemas já para o mês que vem. A Europa vai mexer-se desta vez para confirmar quem é que estará a cortar o gás? Ou vamos ficar mais uma vez sem saber?

Já reparou no que Putin diz? A Europa que subsidie o gás. E é o que me parece ser o que estamos destinados a fazer, pagar o gás ucraniano.

Sérgio disse...

Ó MSantos, eu apenas gostaria de saber se a história tivesse sido ao contrário, ou seja o Comunismo a vencer a Guerra Fria, se a reacção da URSS e da China seria tão cordial de paz e amor para todos, ou se pelo contrário quando dessemos por ela já tinhamos tanques por todo o lado. Está na altura da Russia ir assumindo as suas responsabilidades e não querer fazer refens os outros países de uma alegada superioridade moral que detem quando bem lhe apetece. Acredite que é essa arrogancia, fanfarronice, o querer manipular os outros, que me tira do sério. Só isso, de resto não tenho nada contra a Russia, se ela age numa determinada direcção e essa direcção não é positiva para os nossos intersses, desculpe lá, mas não quero saber para nada que tenha sido ostracizada e isolada porque foram eles os primeiros a porem-se nessa situação. O MSantos fala muito na "coitadinha" da Russia após o final da Guerra Fria e o que teve de passar, e então antes, os países que foram oprimidos pela URSS, desses ninguem quer saber pois não, tirando talvez o JEST que sofreu na pele...

Sérgio disse...

MSantos sabe muito bem que o Hitler só chegou ao poder por um conjunto de situações, nomeadamente a crise que se instalou em 1929 e não apenas pela I Guerra Mundial. A realidade costuma ser mais complexa e derivar de todo um complexo de razões e motivos e não apenas daquela verdade única que dá jeito alegar. Cumprimentos

Sérgio disse...

Aliás se não estou enganado Hitler usava muito o argumento anti-sionista como a causa de todos os males na Alemanha de então, fazendo uso desse sentimento que sempre existiu um pouco nesse país.

Pippo disse...

Antes de comentar muito este artigo, precisaria de saber se esta é a posição oficial do Governo Russo ou se é apenas a opinião daquele coronel.

Também não percebi bem a comparação do Kaliningrado (ou Königsberg). É que, que eu saiba, as mudanças a Leste operadas depois de 1945 estão mais que estabelecidas e reconhecidas por Tratado.
Note-se também que a população de Danzig era maioritariamente alemã e queria estar ligada à Alemanha. Mas a "comunidade internacional", de forma muito "democrática", impediu essa aspiração legítima. Tivessem populações alemãs permanecido em território alemão após 1918, em vez de serem repartidas em vários Estados, e a questão dos Sudetas, e de Danzig, nem sequer teria surgido (e Hitler não iria muito longe no seu dircurso revanchista).

Quanto ao Sérgio, que "situação" concreta é que eu tenho de "justificar"?
A não ser que esta seja a posição oficial do Governo, nem sequer existe situação.
Todavia, se for, será um interessante exercício de análise política e historiográfica. Os factos afirmados, são eles falsos? Se sim, então os objectivos serão perversos, teremos de ver quais; se não, então teremos de analisar as condições políticas da época e estabelecer eventuais paralelismo com as actuais. Talvez um eventual "cerco" a Kaliningrado possa ser comparável ao anterior "cerco" a Danzig (Gdansk)...

Se calhar o Sérgio faria melhor em estabelecer as comparações com o tratamento dispensado à Alemanha e à Rússia após, respectivamente, 1918 e 1989. Ambas eram alvo de ódio (uma por ter começado uma guerra, outra por ser a herdeira dos malévolos comunistas), ambas foram enxovalhadas, e ambas vingaram-se.
Faça um exercício de análise histórica, encontre os pontos comuns e então falaremos.

Cumprimentos,

Pippo disse...

Outra coisa que me faz espécie é essa mania em atribui à Rússia as responsabilidades e os males da URSS.
É que a Rússia, por razões de poder, assumiu as responsabilidades (e prerrogativas) políticas da URSS, por exemplo, no CSNU, mas não assumiu a herança dos actos cometidos pela União.

Quanto a Hitler, de facto ele é herdeiro (esse sim) de uma série de factores, nomeadamente culturais e pseudo-científicos, que o orientaram para o anti-semitismo e o anti-eslavismo, provenientes de autores vários tais como Guido List, Rudolf Sebottendorf, Jörg Liebenfels, etc., autores esses que popularizaram a Suástica como antigo símbolo germânico de boa sorte (e que por isso foi adoptada como amuleto pela soldadesca durante a guerra).
Também foi herdeiro da catástrofe que se abateu sobre a Alemanha após '29, que agravou a situação de bancarrota na qual o país já se encontrava.
E também herdou as lutas iniciadas pelos Freikorpen, militares nacionalistas, que associados aos social-democratas, a quem detestavam, lutaram contra os ainda mais odiados comunistas Spartakistas.

Mas o que permitiu a Hitler capitalizar os votos foi a humilhação a que a Alemanha, invicta no campo de batalha, foi submetida pelos Aliados, com a conivência dos "traidores" de Weimar. E como era percebido, pela opinião pública e não só, que tanto os capitalistas burgueses norte-americanos como o Politburo soviético e os "traidores" de Weimar eram, em grande parte, judeus, juntou-se a anti-semitismo ao anti-comunismo e a vontade de vingança face às injustiças (que efectivamente o foram) impostas pelos Aliados após Versalhes.

Pelo menos, quanto a esse respeito, os vencedores de 1945 aprenderam com a História: levaram a guerra até ao fim - para derrotar em definitivo a Alemanha - e não impuseram condições de vitória humilhantes.

Wandard disse...

"Também não percebi bem a comparação do Kaliningrado (ou Königsberg). É que, que eu saiba, as mudanças a Leste operadas depois de 1945 estão mais que estabelecidas e reconhecidas por Tratado."

Pippo você está certo, pois a"Nova Ordem Mundial" foi estabelecida na Reunião de Potsdam e Sérgio o maestro que conduziu a reunião e que decidiu o que ficaria com cada um foi a Águia Careca (Truman), o império cujo Sol passou a se por somente em uma ilha e a nação que precisou da operação Overload para se salvar da ocupação alemã. As pretensões de Stalin foram devidamente acalmadas com o teste atômico do Arizona fazendo-o voltar para a União Soviética com os trocados de idenização e a parte pobre da europa totalmente destruída nas costas.

Quanto ao post do Sr. Milhazes, pelo visto não representa a posição oficial do governo russo, pois a declaração foi de um coronel que parece ter surtado, tanto que a declaração foi removida do site do Ministério da Defesa. Surtos, declarações e ações estapafurdias não faltaram à tríade Bush, Runsfeld e Cheney.

Wandard disse...

Pippo,

Faltou o Pai da Geopolítica Nazista, Karl Haushoffer.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

'essa mostra que esta civilização moderna que a humanidade se encontra é fruto da inteligência SUPERIOR da raça branca que neste momento está a desaparecer demograficamente"

ISSO SÓ PROVA QUE DE SUPERIORES NÃO TÊM NADA.


PORTUGUÊS QUERENDO SER SUECO?

É DIFÍCIL.

COM 11% DE SANGUE MOURO E JUDEU...

NO MÁXIMO SAEM UNS ARABÓIDES.

HEHEHEHEHEHE...

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Se é para escolher um culpado eu escolho o Tratado de Versalhes, que só serviu para desgraçar o grande povo alemão e humilhá-lo. Foi proposto pelas nações mais desgraçadas e safadas do Ocidente:
a carniceira Inglaterra e a vaidosa assassina Fraça.
O problema foi que as crueldades maiores da guerra foram feitas no lado errado(no leste).

eu.

Jose Milhazes disse...

Para quem não entendeu a ideia sobre Kalininegrado. Se não foi a Alemanha que iniciou a guerra, porque é que, no fim dela, perdeu grande parte do seu território?
Ah, tinha-me esquecido, da Carélia, que era habitada maioritariamente por finlandeses quando a URSS invadiu a Finlândia e ocupou esses territórios.
Este coronel e outros ideólogos deveriam pensar mil meses antes de escreverem.

FPtrad disse...

Caro José Milhazes,

Como você vive na Rússia há muitos anos e percebe bastante o que se está a passar, gostaria que me dissesse uma coisa: é impressão minha ou o Estado Russo continua a alimentar um clima de guerra fria, ao alimentar a ideia de que o mundo inteiro está contra a Rússia? É que tenho cada vez mais essa impressão...

Ziriguidum, hei! disse...

JM, relativo à Carélia, a tese oficial russa foi de que a Finländia é que começou a guerra, claro está. Mas aí os finlandeses também têm a culpa, que aceitaram o Tratado de Moscovo porque os seus amigos nazis lhes disseram "andem, assinem isso que daqui a pouco a gente invade-os e recuperam tudo de volta e mais ainda!", e assim foi, 2 anos depois chegaram a Petroskoi (Petrozavodsk) e sitiaram Leninegrado. Enfim...

Ora bem, näo me espanta que alguém diga que "Varsóvia respondeu com uma “negativa decidida”, porque “tentava obter o estatuto de grande potência"...
ainda hoje em dia eles têm a mesma ilusäo, como se alguém os considere seja o que for no panorama europeu. Querem uma UE agrária, retrógrada, enfim, salazarenta. Depois admirem-se que sejam repartidos novamente... já aconteceu tipo 3 vezes no passado... sinas!

PortugueseMan disse...

Se não foi a Alemanha que iniciou a guerra, porque é que, no fim dela, perdeu grande parte do seu território?



No meu ver, você não deveria ligar essas duas coisas.

Não é uma questão de quem iniciou, é uma questão de quem atacou a Rússia.

Anónimo disse...

Então Dr Milhazes e destas? Não interessam?

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1385103&idCanal=11

Anónimo disse...

milhazes voçe não presta como pessoa e jornalista além disso acho-o fisicamente horrivel, voçe é feio! já viu bem a sua figurinha ao espelho?, essa barba é o que? acha higiénico? fica horrivel homem! a sua cara já é o que é ainda tem essa pelugem que em nada ajuda!!!

como nunca mais aqui escrevo nem vou falar consigo aconcelho-o a cortar isso que mete nojo, as pessoas podem não lhe dizer isso mas é o que pensam..

parece um sem abrigo.


para as pessoas decentes;

tenham vergonha de escrever aqui, aqui o barbas censura os comentários que não lhe agradam, eu aqui nunca mais escrevo

tchau feio!

vasco,

Anónimo disse...

Tchau, Vasco Neo-nazi. Não volte nunca mais!

Wandard disse...

"Para quem não entendeu a ideia sobre Kalininegrado. Se não foi a Alemanha que iniciou a guerra, porque é que, no fim dela, perdeu grande parte do seu território?
Ah, tinha-me esquecido, da Carélia, que era habitada maioritariamente por finlandeses quando a URSS invadiu a Finlândia e ocupou esses territórios.
Este coronel e outros ideólogos deveriam pensar mil meses antes de escreverem."

Sr. Milhazes,

Em um comentário acima já responderam sobre a Finlândia, mas o senhor tem formação em História da Rússia e com certeza de forma generalista em História Geral e tem pleno conhecimento do que foi orquestrado na Conferencia de Potsdam, como foi redesenhado o mapa europeu, a divisão da Alemanha, o estabelecimento da fronteira com a Polonia, a migração forçada das populações alemães para dentro das fronteiras da Alemanha, separação da mesma da Áustria e as respectivas restrições militares à Alemanha e Itália..... Sabe também que Stalin atrasou a reunião em 15 dias por causa do "infarte" capítulo até hoje não muito bem explicado, mas o certo é que os líderes aliados que começaram com a guerra não deveriam ser os que estariam em Potsdam, Stalin foi a zebra. Truman substituiu Roosevelt e Clement Atlee a Churchill(apesar deste ter participado da primeira reunião). Os aliados estimaram os prejuízos da guerra em cerca de 200 bilhões, a Alemanha pagou somente 20 bilhões e excluíram a União Soviética intimidando-a com a bomba atômica.

A posição do que foi comentado pelo coronel, não é uma posição oficial do Governo Russo e declarações desmedidas de ocupantes de cargos públicos são comuns na História desde os temos antigos, mais besteirol do que proporcionou o governo Bush e seus assessores diretos é sem precedentes entre todas as presidencias americanas nos últimos sessenta anos.

Anónimo disse...

a partir de Ruslan63:
Stalin agiu corretamente, tendo assinado um tratado com a Alemanha. Segunda Mundial começou a Inglaterra ea França (com a participação ativa da comunidade financeira os E.U.).Isso empurrou a Alemanha Ocidental para o Leste, contra a URSS, permitindo a engolir Alemanha, Áustria, Checoslováquia. E falando em guerra com a Alemanha, a URSS, não devemos esquecer que, juntamente com o exército alemão combateram tropas: Itália. Hungria, Eslováquia, Roménia e Finlândia. E 1,8 milhão de voluntários provenientes de toda a Europa, incluindo Portugal. Ou seja, a União Soviética, e lutou para ganhar a guerra contra toda a Europa. E as pessoas que trabalharam na indústria militar Hitler em toda a Europa. Então, o que Stalin fez tudo para evitar ou adiar a deflagração da guerra com a "Alemanha".

Pippo disse...

A questão da perda territorial alemã, suportamente interligada com a sua "culpa".

Os alemães perderam territorialmente em 1918. Ficaram sem parte da Prússia e, se não estou em erro, da Silésia. E contudo nem sequer foram derrotados militarmente.

As perdas verificadas em '45 não podem ser associadas a "quem começou" mas sim a "quem perdeu" a guerra. Na minha opinião, a Alemanha começou a guerra. Na opinião desse coronel russo, não foi a Alemanha a culpada. Mas opiniões à parte, o facto é que foi a Alemanha quem perdeu a guerra. Culpada ou não, pagou a factura. Ponto final.

Pippo disse...

Wandard, não incluí o Hausofer porque, tanto quanto sei, ele não versava muito sobre as "superioridades raciais" mas tão somente sobre geopolítica.

Aliás, mais tarde ele demitiu-se e caiu em desgraça porque via a invasão da URSS - um determinismo histórico na História alemã (o "Drang Nach Östen"), associado à luta anti-comunista e anti-eslava - como um erro crasso das armas alemãs.
Afinal parece que o rapaz até tinha razão :o)

Jose Milhazes disse...

Leitor Vasco, não deixa saudades. Quanto ao meu aspecto externo, não se preocupe que não é a si que quero agradar. E ganhe juízo...

Sandra disse...

"Ziriguidum, hei! disse...


Ora bem, näo me espanta que alguém diga que "Varsóvia respondeu com uma “negativa decidida”, porque “tentava obter o estatuto de grande potência"...
ainda hoje em dia eles têm a mesma ilusäo, como se alguém os considere seja o que for no panorama europeu. Querem uma UE agrária, retrógrada, enfim, salazarenta. Depois admirem-se que sejam repartidos novamente... já aconteceu tipo 3 vezes no passado... sinas!"

Nossa! quanta ignorância...deus!!!
Hoje, a Polónia é o único país que tem um crescimento econômico positivo na UE. Já Portugal, esse sim é retrógado, estão há décadas na UE e ainda não saíram dos últimos lugares. Aliás, em 2014-2015, a Polónia irá ultrapassar Portugal em quase todos os indicadores sociais e econômicos.
Sinceramente, eu respeitaria o único país que tomou Moscou, nem Napoleao ou Hitler conseguiram essa façanha.

Anónimo disse...

Por que a Rússia está no G-8? Esse grupo não é formado pelas mais desenvolvidas economias do mundo?

Anónimo disse...

Sandra você deve adorar Pinochet

nuno disse...

"como se alguém os considere seja o que for no panorama europeu."

Não sei cara, mas vivo na europa há 5 anos (Alemanha) e tenho que discordar de ti. A opinião da Polônia é muito considerada aqui. Não poderia ser o contrário, né? O país tem uma das maiores populaçoes e economias da europa. A economia deles é muito saudável, apesar da crise...é o único páis que terá PIB positivo esse ano. Sendo que o poder político deles na europa é igual ao da Espanha, por exemplo. Pois, tanto a Espanha quanto a Polônia tem 50 cadeiras no parlamento europeu!

Sandra disse...

anónimo

não, odeio

Anónimo disse...

"Se é para escolher um culpado eu escolho o Tratado de Versalhes, que só serviu para desgraçar o grande povo alemão e humilhá-lo.

eu."

coitadinho do povo alemão...sempre tão injustiçados...não fizeram nada de mal ao mundo....coitadinhos...vou chorrrrar buá buá buá

Pico disse...

^^
sem os judeus, a Alemanha não seria nada...quase todos os grandes alemãos tiveram sangue semita!!!

Ítalo disse...

"Por que a Rússia está no G-8? Esse grupo não é formado pelas mais desenvolvidas economias do mundo?"


O temanho do PIB nada tem a ver com o nível social em que se encontra a população.

O PIB Russo é do tamanho do do Brasil, e nem por isso Rússia ou Brasil são países de primeiro mundo.

NÃO AINDA. Em duas décadas a coisa mudará.

E por falar em Polônia ter ultrapassado Portugal, a Eslovênia é pais desenvolvido menos de 20 anos depois do comunismo. E Portugal, com décadas na UE, NADA! é o menos desenvolvido dos desenvolvidos.

Anónimo disse...

se a Rússia quiser ser levada a sério pelo resto do mundo deveria destituir esse Kovaliov. Caso contrário, esse país pode voltar a ser a "chacota" da Europa

Anónimo disse...

éi, sr milhazes!

eu regressarei sempre que o sr. afrontar os meus irmãos brancos e não aceito a sua sugestão de ter juizo, devia era aceitar a minha porque assim tinha uma imagem mais civilizada.


só espero que aqui algumas pessoas como o vicente, afonso, bruno, pipo , wandard etc que têm valor não se deixem intoxicar com as mentiras que o sr. escreve sobre a raça branca,

o sr. é um traidor, lembre-se bem disso!

tchau aí..

vasco,

Anónimo disse...

só mais uma coisa...

uma prendinha para os leitores
(este foi o comentário que chocou o sr. milhazes e ele eliminou)

pois é.. afinal vai ter de censurar de novo...
________________________________
força!!!isso!!!!


Deitem fora o vosso ódio á raça branca e a civilização europeia!!!

cavalheiros,

podem atacar quem quiserem, a alemanha, hitler, o colonialismo europeu, as forças nacionalistas, o racismo europeu etc etc.
Mas, por mais mentiras doentias que possam iventar nunca irão mudar a realidade, essa é clara, essa mostra que esta civilização moderna que a humanidade se encontra é fruto da inteligência SUPERIOR da raça branca que neste momento está a desaparecer demograficamente,

Uma coisa podem ter a certeza, o vosso ódio e o lixo que sai da vossa boca não muda o enorme orgulho que tenho de ser europeu branco e que muitos milhões de europeus têm, voçes não nos conseguem impor o vosso complexo de inferioriade NUNCA.

ps:eu alertava os brasileiros(sobretudo os brancos) a pensar 2 vezes antes de falarem merda, é que neste momento os brancos já são minoria 48% quando ha 10 anos eram 55%, brevemente, o vosso sonho de país de mulatada será uma realidade, não abram os olhos não...
___________________________________


ps: para alguns brasileiros(sobretudo os mais burros), o brasil NUNCA será um país desenvolvido enquanto não aumentar a proporção de brancos na população, caso contrário o brasil está condenado a ser mediocre.

E para concluir, alguns brasileiros são tão ótarios... quando tecem comentários negativos sobre o povo português estão mais uma vez a comprovar o quão estupidos e ignorantes são, no brasil existem muitos milhões de brasileiros brancos que só vos querem ver esterilizada, o brasil não avança com o vossos genes de fraca qualidade.. a unica solução está na eugenia e ter um preseidente analfabeto e burro tambem não ajuda nada

vasco,

Gilberto Mucio disse...

Vasco, esqueceu de tomar seu remedinho hoje? Vá tomar, vá.

Yan disse...

José Milhazes!

O Senhor já encaminhou o IP desse vasco para a Polícia Federal? Está perdendo muito tempo...cuidado, que você pode ser indiciado por acobertar o crime de racismo. Quem avisa, amigo é.

Nuno Bento disse...

A maquina de (des)informação soviética já conheceu melhores dias.

Yan disse...

José Milhazes!

O Senhor já encaminhou o IP desse vasco para a estância máxima que cuida desses casos em Portugal? Está perdendo muito tempo...cuidado, que você pode ser indiciado por acobertar o crime de racismo. Quem avisa, amigo é.

Anónimo disse...

é engraçado acusar alguém de ser "culpado" por querer ser "grande" quando a Rússia esta tentando toda hora provar ao mundo a mesma coisa. E fica abalada quando não é reconhecida a sua grandeza

Anónimo disse...

Os políticos nunca foram santos e em especial alguns da década de 1930 eram possivelmente psicopatas (Hitler, Estaline etc).

O jogo político pode ser maquiavélico, mas o tratado Molotov-Ribbentrop bate aos pontos todo o resto em maldade, cinismo e ganância. A Finlândia, estados bálticos e outros foram atropelados da pior forma.

Os polacos não eram santos, mas quem foi responsável pelo massacre de Katyn foi a URSS, e não a Alemanha como a propaganda da URSS disse na altura.

Se há alguém que pode criticar os polacos são apenas os ucranianos e bielorrussos que viveram sob domínio polaco durante alguns séculos. Todavia, esses povos podem nos dias de hoje preferir os polacos ao ameaçador vizinho russo.

Antigamente os livros de História estavam cheios de propaganda de tal maneira que a única coisa certa eram algumas datas (01.09.1939 etc).
É pena haver revisionistas na Rússia que pensam que podem ainda manipular a História ao velho estilo comunista. Talvez, algum colaborador de Putin que venha a cair em desgraça também desapareça por milagre das fotos como se nunca existisse.

Faço votos que historiadores como o José Milhazes não sejam incomodados e ameaçados como os jornalistas o têm sido na Rússia (Politovskaia entre outros).

cidadão preocupado.

Anónimo disse...

Milhazes

O que você acha dessa lei que o Med (& Seus Capangas) querem passar em que qualquer cidadão (tanto estrangeiro quanto russo)será punido com até 5 anos de cadeia, se ousar em dizer que a Rússia ocupou parte do Leste Europeu?

Jose Milhazes disse...

Leitor Anónimo, acho que será mais uma das leis sem sentido neste país, sem pés, nem cabeça.

Sérgio disse...

Ó Pippo, caro amigo, o senhor é tudo menos isento, até estudou na Russia. Se calhar até foi recrutado pelo FSB durante esse período para a contra-informação,:) brincadeira, ou talvez não... O amigo Wandard na sua "fúria cega" contra os EUA consegue sempre justificar o comportamento da Russia com as atitudes desse seu vizinho,:), se calhar exagerei na expressão "fúria" Wandard. E está de parabéns o Wandard que conseguiu cair nas "boas graças do Vasco", ao contrário da maior parte dos seus compatriotas. Ó Vasco só por curiosidade como se propõe resolver o problema do Brasil, talvez esterilizando aqueles especimes que não são dignos de se reproduzirem? Até já estou a imaginar quem poderia constituir o comité responsável pela selecção, claro só podia ser ele, o único, o nosso Afonsinho. Mas o ataque pessoal que fez ao sr. Milhazes é muito degradante caro Vasco até para si, é intimidando as pessoas que as vai convencer que tem razão?

Sérgio disse...

A propósito Vasco em que categoria me incluiria, posso-lhe dizer que sou branco, não tenho os olhos azuis ou seria verdes do Pippo, mas será o suficiente para ser considerado um dos seus irmãos brancos que tanto quer proteger? O Sr. Milhazes já sabemos, que embora branco não está nessa categoria por usar "barba e ser feio".

Anónimo disse...

sabe que mais sérgio, tem rasão, não foi digno o ataque pessoal que fiz ao sr. milhazes e admito-o, mas o homem irritou-me está a compreender?

mas não justifica o que disse, foi sob um ataque de raiva que escrevi o que escrevi, não tenho de gostar da imagem do sr. nem é da minha conta, e arrependo-me sobretudo porque apesar de tudo o sr. milhazes é filho da pátria,

mas reafirmo tudo que disse acerca da traição do sr. milhazes á causa branca.

quanto ao que disse sobre o aspecto dele peço desculpa, foi tudo bluf.

vasco,

Anónimo disse...

nunca disse que o sérgio ou o milhazes não era branco que eu saiba..

mas o pior que pode acontecer aos nacionalistas é ter brancos inteligêntes contra nós.. sabe porque? porque não os conseguimos vencer e ironicamente são eles que perdem tambem, mas não têm essa percepção ou não querem saber.


vasco,

Yan disse...

José Milhazes

Se você não quiser fazer a denúncia, me passa o IP dele pra essa email: yansoares@gmail.com
Que eu conheço os meios pra fazer isso, tanto faz se ele está no Brasil ou Portugal.
Faz poucas semanas a Polícia Federal descobriu e prendeu um grupo neonazista em São Paulo. E tudo começou com uma simples troca de mensagens num blog como esse.

abraço

Sérgio disse...

Ó Vasco e já que estamos numa de nos confessarmos, digo-lhe que até lhe admiro essa capacidade de admitir um erro e a capacidade de de se arrepender publicamente, mostra coragem e hombridade, simpatizo com o seu sentimento patriotico e o bem querer ao nosso país, nunca poderei concordar consigo no resto, até não apenas por uma questão de ideologia, sejamos pragmáticos, aonde nos levaria essas ideologias e como poderiam ser implementadas na realidade, não posso concordar com tudo o que aí está implicito nem vejo que utilidade isso poderia trazer ao nosso país, à nossa UE. Não quero convence-lo de nada, mas se pensar bem começa logo pelo sofrimento humano e se formos por aí fora...

Sérgio disse...

Ó Yan isto não é uma caça às bruxas, por aqui somos todos pessoas civilizadas que nos entendemos falando, por vezes são cometidos certos excessos admito, mas o próprios Vasco já admitiu que estava fora de si, e embora não seja desculpa para nada, é importante o seu arrependimento e vontade de melhorar no futuro quanto á forma como trata com os outros, porque as suas ideias apenas a ele lhe dizem respeito desde que não violem as nossas leis e os direitos de cada um.

Yan disse...

^^
de boas intenções o inferno está cheio

vou te dizer uma coisa: eu tolero todo mundo, só não tolero os intolerantes. Mesmo que isso me torne, indiretamente, um intolerante hehehe

Yan disse...

você tolera os pedófilos também?

sinceramente, é assim que começa...vai se tolerando essa gente e aos poucos vão crescendo, crescendo...e acabam virando um monstro impossível de ser combatido. Como você acha que os nazistas chegaram ao poder na Alemanha?

Yan disse...

Sérgio, sei que você é uma pessoa boa e inteligente. Por isso, você concorda comigo que o racismo é algo ruim, não é? Então me diga porque temos que tolerar e respeitar esse tipo de gente que faz propaganda de algo tão ruim?

Sérgio disse...

Ó Yan o que é que isto tem a ver com a pedofilia? Vê alguma semelhança, pois eu não. Estamos apenas aqui a falar, e a falar é que as pessoas aprendem alguma coisa, ou pensa que é a perseguição que o vai por a salvo destas ideias? Quanto ao regozijo com que considera a ideia de ser intolerante para com os intolerantes, seguramente não é a melhor posição que uma pessoa séria e preocupada com estas questões deverá assumir. Ou por acaso fica contente com a ideia de ser intolerante para com alguem que lhe dê uma oportunidade para isso?

Sérgio disse...

Yan todos cometemos erros, hoje não passou de uma conversa com alguns animos exaltados, enquanto for assim e todos pudermos aprender alguma coisa dentro deste forum, acho que vale a pena o dialogo e o esforço nesse sentido. Um abraço para todos.

Anónimo disse...

BUSH JOGA A CARTADA HITLER.

Por Patrick J. Buchanan – 20 de maio de 2008.

”Pouco conhecimento é coisa perigosa,” escreveu o Alexander Pope.

Diariamente, nosso 43º presidente confirma a afirmação de Pope.

Dirigindo-se ao Knesset no 60º aniversário do nascimento de Israel, Bush disse que aqueles que dizem que devemos negociar com o Irã ou o Hamas são como os tolos que disseram que devíamos ter negociado com Adolf Hitler.

“Enquanto os tanques nazistas cruzavam para dentro da Polônia, em 1939, um senador americano declarou, ‘Deus, se apenas eu pudesse ter falado com Hitler, tudo isso poderia ter sido evitado’. Nós temos uma obrigação de chamar isso pelo que é – o falso conforto do apaziguamento. ...”

De novo, Bush fez uma salada da história.

Apaziguamento é o nome dado ao que Neville Chamberlain fez em Munique, em setembro de 1938. Antes do que ter de enfrentar a Alemanha em outra grande guerra – para manter 3,5 milhões de alemães sob domínio tcheco, que eles desprezavam – ele concordou em sua pacífica transferência para o domínio alemão. Com esses alemães foram as terras nas quais seus ancestrais tinham vivido há séculos, a Boêmia alemã, ou Sudetos.

O acordo negociado de Chamberlain com Hitler evitou uma guerra européia – às custas da nação tcheca. Isso foi o apaziguamento.

Os tanques alemães, no entanto, não rolaram para dentro da Polônia até um ano depois, 1º de setembro de 1939. Por quê os tanques rolaram? Porque a Polônia recusou-se a negociar sobre Danzig, um porto báltico de 350 mil habitantes, 95 % destes, alemães, que foi tomado da Alemanha na conferência de paz de Paris, em 1919, em violação dos 14 Pontos de Wilson e seu princípio de auto-determinação.

Hitler não queria guerra com a Polônia. Ele queria uma aliança com a Polônia em seu pacto anti-Comintern contra Joseph Stalin.

Mas os poloneses recusaram-se a negociar. Por quê? Porque eles eram um povo heróico, orgulhoso e desafiador e porque Neville Chamberlain tinha, insanamente, dado uma não-solicitada garantia de guerra aos poloneses. Se Hitler invadisse, Chamberlain disse aos poloneses, a Grã-Bretanha iria declarar guerra à Alemanha.

De março à agosto de 1939, Hitler tentou negociar Danzig. Mas os poloneses, confiantes na sua garantia de guerra britânica, recusaram. Portanto, Hitler acertou seu acordo com Stalin, e os dois invadiram e dividiram a Polônia.

O custo da guerra que veio da recusa em negociar Danzig foi de milhões de mortos poloneses, o massacre de Katyn, Treblinka, Sobibor, Auschwitz, o aniquilamento do Exército Interno no Levante de Varsóvia de 1944, e cinqüenta anos de ocupação nazista e comunista, barbarismo e terror.

Gabriel disse...

A culpa da 2ª Guerra Mundial pertence a todas as "Potências" em maior ou menor escala. É inegável que o Tratado de Versalhes era absurdo, gerando mais ódio e fanatismo nas populações. Quanto à Polônia, só se tornou independente porque os alemães derrotaram os russos na 1ª GM, e mesmo assim tirou proveito da Alemanha. Descontinuar o território de um povo tende a ser trágico, pena que a ONU não percebeu isso e fez um péssimo trabalho na demarcação da Palestina.

Anónimo disse...

O que vai neste blog é demonstrativo de que liberdade já era.
Quem é esse YAN, a bufar' Sabe o que é um bufo YAN? É pior que um racista. É um traidor nojento. O Vasco tem direito à opinião dele e os outros têm direito a rebatê-lo, mas não a denunciá-lo. Na Rússia é assim, de facto, uma grande herança da comunice: toca de passar IPS ao FSB de quem não agrada, seja pelo que for. A Inquisição também era assim, bem como os Nazis e é nesse grupo que você está Yan nojento. E agora vá dar o meu IP ao FSB que pode ter uma volta na ponta, bufo!
VASCO:
Nos Estados Unidos os latinos não são considerados brancos e nisso incluem todos os povos do Sul da Europa. Portanto eu, português com a pele cor de leite, para os américas não sou branco.Que tem a dizer sobre isso? E como se classifica de branca uma pessoa? Faz-se análises ou é pela cor da pele' e se eu tiver sangue semita ou africano e for todo branquinho como sou' Sou branco ou não? Aí está um tópico decente para discussão, sem insultos, por favor.

Sérgio disse...

Quero aqui deixar mais uma vez o reconhecimento público pelo trabalho do autor deste blog e da sua infinita paciencia para nos aturar as constantes asneiras e desvaneios.
p.s. Pronto admito uns exageram mais do que outros...

Piracelli disse...

acho muito engraçado essa história de que certas regiões do leste da Europa sempre foram terras alemãs...sabem como Gdansk (ou Danzig) se tornou alemã? A cidade foi fundada por polacos em 997, só que no dia 13 de novembro de 1308, na calada da noite, os alemães invadiram e mataram quase todos os polacos da cidade.
Todo o território atual da Polônia foi originariamente polaco na fundação do país. Só que os alemães com massacres, germanizações, etc transformaram, artificialmente, em terras alemãs. De fato, todo o atual leste alemão era eslavo até quase o ano 1200!!!
Aliás, pesquisem sobre a origem da Prússia! Esse antigo país, não tinha nada de alemão na sua origem e nome...esse país era uma poderosa nação pagão de etnia báltica (como lituanos e letões). A brava Antiga Prússia, resistiu às investidas alemãs por séculos, até sucumbir sob um massacre que extinguiu a sua etnia para sempre...e a ironia da história é que os vencedores (alemães)assumiram o nome dos perdedores (prussianos bálticos)

Anónimo disse...

"os alemães derrotaram os russos na 1ª GM"

cara, os alemães perderam a 1ª Guerra!!!! Santa Ignorância!!!

Kaka disse...

Yan

parabéns

“O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons”.

antônio disse...

Só ingênuos poderiam acreditar que Hitler se contentaria com a entrega de algumas cidades, territórios, etc...vão estudar os planos de Hitler para o Leste Europeu bem antes da Guerra. Ele já planejava há muito tempo a ocupação desse território. O destino dos eslavos já estava traçado no Mein Kampf: primeiro a redução da população e depois a escravidão de todos os eslavos.
Inclusive, ele sempre almejou uma guerra final com a URSS...pois ele sempre afirmou que a Alemanha só seria grande com a opcupação das terras russas e com toda as suas riquezas naturais.
Por isso, parem da retórica...todo mundo que conhece um pouco da mentalidade nazista sabe que a fome de Hitler não seria saciada com a simples entrega de uma cidade.
Repito, só um ingênuo infantil ou burro mesmo para acreditar nisso.

Anónimo disse...

"Apaziguamento é o nome dado ao que Neville Chamberlain fez em Munique, em setembro de 1938. Antes do que ter de enfrentar a Alemanha em outra grande guerra – para manter 3,5 milhões de alemães sob domínio tcheco, que eles desprezavam – ele concordou em sua pacífica transferência para o domínio alemão. Com esses alemães foram as terras nas quais seus ancestrais tinham vivido há séculos, a Boêmia alemã, ou Sudetos.
O acordo negociado de Chamberlain com Hitler evitou uma guerra européia – às custas da nação tcheca. Isso foi o apaziguamento."

Não concordo com esse artigo, nem ou pouco.

Por que então Hitler tomou conta de todo o restante da Tchecoslováquia se ele exigia somente os Sudetos de etnia alemã? Por que incorporou territórios de grande maioria tcheca? Por que???

Anónimo disse...

hehehe Patrick Buchanan não é uma boa referência para palpitar sobre a Segunda Guerra, hein
Esse senhor já disse algumas coisas sobre esse fato que são de cair pra trás

Juckel disse...

EU ACHO QUE SE UM POVO ENTRAR NUMA REGIÃO, MATAR TODOS OS SEUS HABITANTES ORIGINAIS E REPOPULAR COM A SUA GENTE. APÓS 500 ANOS, O DIREITO DOS CONQUISTADORES À TERRA CONQUISTADA É LEGÍTIMO.

Anónimo disse...

ai, ai ,ai...esses russos não tomam jeito

Anónimo disse...

O Acordo de Munique foi um tratado assinado em 29 de Setembro de 1938, na cidade de Munique, na Alemanha, entre os líderes das maiores potências da Europa à época. O tratado foi a conclusão de uma conferência organizada por Adolf Hitler, o líder do governo nazista da Alemanha.

O objectivo da conferência era a discussão do futuro da Checoslováquia e terminou com a capitulação das nações democráticas perante a Alemanha Nazi de Adolf Hitler. Este episódio ilustra melhor do que outros o significado da "política de apaziguamento".

A Checoslováquia não foi convidada para a conferência. A conferência é vulgarmente conhecida na República Checa como a "Sentença de Munique". A frase "traição de Munique" também é usada frequentemente, uma vez que as alianças militares em vigor entre a Checoslováquia, Reino Unido e França foram ignoradas.

Foi alcançado um acordo e a 29 de Setembro de 1938, Adolf Hitler, Neville Chamberlain, Edouard Daladier e Benito Mussolini assinaram o Acordo de Munique. O ajuste dava à Alemanha os Sudetas (Sudetenland), começando em 10 de Outubro, e o controlo efectivo do resto da Checoslováquia, desde que Hitler prometesse que esta seria a última reivindicação territorial da Alemanha.

Chamberlain foi recebido como um herói à sua chegada ao Reino Unido. No aeroporto de Heston, ele fez o famoso discurso, agora inglório, "peace in our time" (paz para o nosso tempo) e acenou com a folha de papel branca para uma multidão em delírio.

Winston Churchill teria dito sobre este acordo: "Entre a desonra e a guerra, eles escolheram a desonra, e terão a guerra".

A 10 de Março de 1939, Hitler, desrespeitando o tratado, ordena a invasão do resto da Checoslováquia e as tropas alemãs ocupam Praga.

Wandard disse...

"O amigo Wandard na sua "fúria cega" contra os EUA consegue sempre justificar o comportamento da Russia com as atitudes desse seu vizinho,:), se calhar exagerei na expressão "fúria" Wandard."


Sérgio,

Ainda bem que os muitos amigos americanos que possuo, sabem que não tenho ódio dos americanos e de forma alguma qualquer sentimento de fúria por esta nação, minha forma de ver é que alguém só pode proferir qualquer crítica quando não tem telhado de vidro. Se as gafes, desmandos, besteiróis e outros desatinos cometidos pelos dirigentes americanos não ganham ênfase na europa pelos motivos aqui muito discutidos e expostos, (salvo as mídias independentes que não tem o rabo preso com o Tio Sam) mas em contrapartida todo e qualquer incidente, situação, posicionamento, medidas , decisão etc... que envolva a Rússia é um prato cheio para os tablóides europeus. É isto que sempre é interessante. Os americanos e aliados atacam, invadem e ocupam o Iraque sem autorização da ONU, justificados por mentiras e nenhum órgão ou instituição européia pede uma investigação como a que o Sr. Milhazes tanto se referia no caso da Geórgia com a Rússia, será porque no caso do Iraque estavam e estão envolvidos outros interesses que nada tem haver com a Al Qaeda e como disse o Dick Chenney nenhuma relação como o Onze de Setembro? Ou porque soldados de países europeus lá estão? Mas como no caso do Iraque o mesmo representa a terceira maior reserva de petróleo do mundo não existem dificuldades para se enxergar os verdadeiros motivos.

Ricardo disse...

Interessante como todos defendem a democracia, mas quando alguém aparece com um ponto de vista diferente dos "democratas" é altamente recriminido, muito interessante esse tipo de democracia adotado no ocidente.

Jose Milhazes disse...

Branco Vasco, já lhe chamei atenção para um facto: aprenda a escrever correctamente português, utilize o corrector do computador...
Quanto ao resto, repito o meu conselho: estude e tome juízo...
Caros leitores do Brasil, não posso apresentar queixa na Polícia Federal, porque sou português e resido na Rússia, mas não fiquem a pensar que os portugueses sejam todos assim...

Anónimo disse...

'Ricardo disse...
Interessante como todos defendem a democracia, mas quando alguém aparece com um ponto de vista diferente dos "democratas" é altamente recriminido, muito interessante esse tipo de democracia adotado no ocidente."

caro, para ver como teu conceito de democracia é pobre, se resume à Liberdade de expressão. Democracia vai muito além disso.
Por exemplo, você seria a favor da livre expressão de pedófilos?

Astor disse...

Caro José Milhazes,

Que pena que este blog seja bombardeado por mensagens de miúdos de 14 anos que ainda não atingiram o século XX no programa escolar de história.

É uma pena porque este blog é, sem margem para dúvida, uma forma bastante interessante de se acompanhar (que não pelo jornais ou pelo site Russia Today) o que se passa na Rússia.

Continue sempre sempre a postar. E mais importante: apague os comentários sem nexo. Poupa tempo a todos!

Até breve

Ricardo disse...

"caro, para ver como teu conceito de democracia é pobre, se resume à Liberdade de expressão. Democracia vai muito além disso.
Por exemplo, você seria a favor da livre expressão de pedófilos?"

Existe algum artigo na lei, russa, portuguesa ou mesma brasileira que proiba dizer que a Polônia (mesmo que indiretamente) foi responsável pela Segunda Guerra Mundial? gostaria de ler esse artigo, caso exista.

Anónimo disse...

Já agora, JM, como se utiliza o corrector do computador?

Yan disse...

"Ricardo
Existe algum artigo na lei, russa, portuguesa ou mesma brasileira que proiba dizer que a Polônia (mesmo que indiretamente) foi responsável pela Segunda Guerra Mundial? gostaria de ler esse artigo, caso exista."

pois é meu caro, como dizia meu pai: "os idiotas também tem o direito de serem idiotas" hehehehe

Anónimo disse...

saiu agora:

O Ministério da Defesa da Rússia reconheceu o erro e pede perdão à Polônia pelas palavras infelizes.

Alan disse...

Ricardo, eu tenho liberdade pra falar de quem eu quiser, inclusive da sua mãe. Porque não existe nenhuma lei que me impede disso.
Certo?

Alan disse...

Claro e eu posso falar da sua, mas isso é algo tão infantil que caso falasse algo da minha mãe eu apenas ignoraria, não gastaria meu cerebro me irritando com algo tão infantil e mediocre,

Anónimo disse...

Por aqui se vê em que se tornaram os "democratas" e "defensores da democracia" hoje em dia

Não admira que Bush, Berlusconi e outros ainda piores cheguem ao poder

Anónimo disse...

Resumindo: há muita gente a precisar de férias na Polónia (risos)

Anónimo disse...

^^
adoraria conhecer Cracóvia hehehe

Paulo disse...

"Por aqui se vê em que se tornaram os "democratas" e "defensores da democracia" hoje em dia"

Heil Hitler, abaixo a democracia!!! Esse é o seu lema, anônimo. Interessante, que esse é o típico discurso (desculpa?) usado pelos neonazistas de hoje.

Anónimo disse...

TODOS DEVEM TER LIBERDADE DE EXPRESSAR AS SUAS IDÉAIS, MESMO QUE NÃO CONCORDEMOS COM ELAS. NAZISTAS, RACISTAS, PEDÓFILOS,ETC TODOS TEM LUGAR NESSE MUNDO E DEVEM SER RESPEITADOS. NEGAR ESSAS VOZES, É NEGAR A DEMOCRACIA.

Anónimo disse...

Claro Paulo! Quem não pensa como você ou é nazista ou comunista.

Os do seu lado são os "democratas"

Você só confirmou a minha primeira observação e agradeço-lhe por isso.

Paulo disse...

anonimo


e pelas tuas palavras...confirma ainda mais o conceito que tenho de ti. Parabéns...

Sérgio disse...

Anônimo

Que mistureba, se você defende os direitos de seres humanos (racistas) que desejam a morte (ou matem mesmo)outras pessoas pelo simples fato de se acharem superiores, que segregam, que humilham, etc...isso é problema seu. Na minha concepção, racismo é não é bom. E deve ser combatido antes que se transforme em um mostro como foi o nazismo na Alemanha. Que começou bem pequeno e foi crescendo, crescendo até chegar onde chegou. Te digo, anônimo, a história se repete...mas isso só acontece porque as pessoas tem memória fraca.

Ziriguidum disse...

Quanta ignoräncia estatística! Pois portugal, que por acaso até é um "país pobre", tem um PIB/capita (PPP) de 22.190 USD, enquanto o da "opulenta" Polónia é 17.482 USD (dados FMI de 2008).
Eis a grande potência económica polaca?

Relativamente à Eslovénia, sempre foram a economia mais rica (per capita) da RFS Jugoslávia, à frente de Portugal, Espanha, e Grécia antes de 1990, e assim continuaram, näo há nenhum espanto que continuem "lá em cima".

Relativamente à Polónia, conquistaram Moscovo no séc. XV ou XVI, ora grande coisa, nessa altura Portugal pedia meças a nível mundial. E agora, quem somos? A Polónia é arquitecturalmente e paisagisticamente muito bonita, mas os polacos que se cuidem, que säo, quer se queira quer näo, os bobos da corte da UE (há quem lhes chame de "cavalo de Tróia" dos EUA). Têm uma soberba que nem os húngaros, mas no fim, säo como os rufiazecos da escola, quando vem o irmäo mais velho do fracote em que batiam, borram-se de medo.

Humes disse...

"Ziriguidum disse...
Quanta ignoräncia estatística! Pois portugal, que por acaso até é um "país pobre", tem um PIB/capita (PPP) de 22.190 USD, enquanto o da "opulenta" Polónia é 17.482 USD (dados FMI de 2008).
Eis a grande potência económica polaca?"

quanta burrice meu deus, nunca ninguém disse que a Polónia é rica...o país passou por 50 anos de atraso comunista, você queira o que? mas em menos de 20 de capitalismo fizeram mais que Portugal em 50. Mas dá uma olhada qual é o único páis que tem crescimento positivo do seu PIB de toda a UE esse ano!



"Relativamente à Polónia, conquistaram Moscovo no séc. XV ou XVI, ora grande coisa, nessa altura Portugal pedia meças a nível mundial. E agora, quem somos? "
Portugal, continua numa merda...hehehe


"A Polónia é arquitecturalmente e paisagisticamente muito bonita, mas os polacos que se cuidem, que säo, quer se queira quer näo, os bobos da corte da UE (há quem lhes chame de "cavalo de Tróia" dos EUA)."


Isso é a sua opinião (e de mentalmente defasados), queira você ou não, porque os verdadeiros bobos da corte européia, ou melhor os fracassados da UE são os burros portugas. Chupam as tetas da UE há décadas e não saíram dos últimos lugares até hoje...


"Têm uma soberba que nem os húngaros, mas no fim, säo como os rufiazecos da escola, quando vem o irmäo mais velho do fracote em que batiam, borram-se de medo."

quee é o irmão mais velho do fracote? hehehe...bela analogia de retardado hehehe




Outra coisa, se você acha o teu país uma merda...o problema é seu

Yan disse...

Ai, ai, ai

Sinceramente, meu caro Ziriguidum, a Polónia tem 10 prêmios nobel, além de Copérnico, Chopin, entre outras figuras universais. A língua polaca com menos de 40 milhoes de falantes tem 4 nobéis de literatura, o português com mais de 240 milhões de falantes tem um único nobel com Saramago

Te pergunto, o que Portugal deu à humanidade além da criação de nações subdesenvolvidas nos trópicos? O inventor da lobotomia (risos)?
Um conselho pra ti, é conveniente não atirar pedras se você tem telhado de vidro, meu caro

Anónimo disse...

Esquece Yan, pelo nível cultural mostrado por esse zirguidum, é quase certo que ele nem sabe quem é Copérnico ou Chopin. E suspeito que não sabe nem o que é Prêmio Nobel também hahahaha
Mas te garanto, que esse bobo da corte não representa a média dos portugueses.

Anónimo disse...

SOBROU ATÉ PARA OS POBRES HÚNGAROS!!!SANTA IGNORÂNCIA BATMAN!!!!

Anónimo disse...

"O Ministério da Defesa da Rússia reconheceu o erro e pede perdão à Polônia pelas palavras infelizes."

O Sikorski mandou o Med tirar o artigo do site e o cara obedeceu, então...

FIM DE CONVERSA!

Anónimo disse...

para um verme chamado yan.

As ameaças que fez aos nossos irmãos nacionalistas e os insultos feitos á nossa pátria ficaram registadas, tambem ficou registado o seu email:yansoares@gmail.com, até breve.

Yan disse...

^^
hahaha que bobão!

Yan disse...

o que tu vai fazer? vai me matar, é?

eu sou o verme que vai te comer no seu caixão hehehe

Ziriguidum disse...

Fico muito contento por ter energúmenos como o Yan e o Humes contra mim. Se fossem pessoas inteligentes é que eu ficaria preocupado.
Ai a velha desculpa dos "50 anos de atraso comunista"... já corre há 20 e nada! Atraso (ou melhor, paragem no tempo) teve Portugal com o fascismo salazarento, e o milagre foi após apenas 10 anos de liberdade entrarmos na CEE. Esses "laboriosos" corruptos de Leste entraram 15 anos depois, e é bom que se mexam.
Ó que maravilha, crescimento positivo! Beleza... ainda têm muito que penar para chegar ao nível do PIB/capita português, que nem é grande coisa.

Vocês demonstram a vossa ignoräncia acéfala ao falar do Dr. Egas Moniz, que desenvolveu a *locotomia* (método cirúrgico muito preciso e usado sempre como último recurso), e näo a lobotomia, esta última "popularizada" por um charlatäo americano que incapacitou milhares de pessoas.
É tudo operaçöes ao cérebro, mas embora seja tudo na barriga, fazer uma cesariana näo é o mesmo que operar uma apendicite.

Pois é, Yan, mas se o melhor que Portugal deu à Humanidade fosses tu, eu ficaria desesperado... já agora, estäo a escrever em que língua, polaco?
Mas olha, deixa o Brasil e vai viver para a Polónia! Lá é tudo excelente!

anónimo russo disse...

Bom dia, senhores. Quero dizer aos que realmente se interressam: esse militarismo, revanchismo, expansionismo etc., muitas vezes atribuido à Rússia, na verdade existe quase exclusivamente nas cabeças de jornalistas que vos fornecem essa "informação", utilizando o facto de voces não conhecerem a lingua russa, nem a realidade russa. Por mais incrivel que pareça, a Rússia tambem tem os seus interesses nacionais, e eu, por exemplo, compreendo e apoio isso. Por exemplo, quando estou com a família de férias na Abkházia (como a metade da minha cidade no verão), prefiro que o meu estado realmente se preocupasse de nos lá e não quero que se repita a história do início dos anos 90, quando o nosso estado não defendeu os turistas que se acharam de repente no meio de uma guerra e foram alvo de fogo. Esses vossos jornalistas se agarram desesperadamente às tolices de um coronel e apresentam isso logo como uma posição oficial da Rússia. Na verdade, eles cometem um grande pecado. Semeiam artificialmente a hostilidade onde não deve existir. Será que eles não querem que os seus netos vivam em paz, e nós aqui tambem, sem tensões desnecessárias? Não sei.
Tambem quero dizer àqueles quem pouco entende da Rússia mas não exita em afirmar algo que não conhece: 90 por cento das pessoas, ou até mais, não gostam muito dos policiais, dos serviços secretos etc. e é contra a mentalidade russa denunciar, passar os IP aquem quer que seja. O que, segundo ouvi, não posso dizer dalguns norte- americanos que, dizem, gostam de chamar polícia quando não lhes agrada a música na casa dos vizinhos.
Obrigado pela atenção.

Anónimo disse...

de onde saiu esse Ziriguidum? Do planeta dos otários, porque nunca vi ninguém falando mais asneiras que ele

beto disse...

"Ai a velha desculpa dos "50 anos de atraso comunista"... já corre há 20 e nada! Atraso (ou melhor, paragem no tempo) teve Portugal com o fascismo salazarento, e o milagre foi após apenas 10 anos de liberdade entrarmos na CEE. Esses "laboriosos" corruptos de Leste entraram 15 anos depois, e é bom que se mexam.
Ó que maravilha, crescimento positivo! Beleza... ainda têm muito que penar para chegar ao nível do PIB/capita português, que nem é grande coisa."

HAHAHA AGORA O CARA QUER COMPARAR O PERÍODO DO SALAZAR COM O COMUNISMO DO LESTE!!! TEM QUE RIR DE UM IGNORANTE DESSES...

OS "CORRUPTOS DO LESTE" JÁ ESTÃO ULTRAPASSANDO PORTUGAL EM TUDO, PRIMEIRO A ESLOVENIA, AGORA OS CHECOS, ESTONIANOS, ESLOVAQUIOS, EM BREVE LITUANIA E POLONIA ENTRE OUTROS. E O DESTINO DE PORTUGAL, QUAL SERÁ? SER O ULTIMO!!!! HEHEHEHE
VOCÊS ENTRARAM NA UE PRATICAMENTE JUNTOS COM ESPANHA, GRÉCIA E IRLANDA...VEJA ONDE ESTÃO ESSES PAÍSES HOJE E ONDE ESTÁ PORTUGAL....E VAI ME NEGAR QUE PORTUGAL É UM PAÍS FRACASSADO?

Anónimo disse...

Essa é a renda per capita de 1950
# 18 Ireland: $3,518.00
# 20 Hungary: $2,480.00
# 21 Poland: $2,447.00
# 22 Spain: $2,397.00
# 25 Portugal: $2,132.00
# 28 Greece: $1,951.00

http://www.nationmaster.com/graph/e co_gdp_per_cap_in_195-economy-gdp- per-capita-1950


Veja que a renda per capita da Polônia e Hungria (que foram destruídas pela guerra, o que não aconteceu com Portugal) é maior que da Espanha, Portugal e Grécia. Depois de 50 anos de comunismo veja a enorme distância que ficaram esses países. Agora, você tem coragem de dizer que o período do Salazar foi pior?!?!

Anónimo disse...

Zirigidum

Tu pode não gostar, mas 42% dos portugueses elegeram o Salazar como o "O Maior Português da História". O que você pode me dizer disso? hihihi
Portugal ama Salazar!!!!

Anónimo disse...

os portugas sempre culpando Salazar por seu fracasso. não mudam nunca.

Anónimo disse...

Não foram 42% dos portugueses mas sim 42% dos fanáticos que votaram, ignorante!

Anónimo disse...

Está havendo uma grande confusão por parte do Zirigidum. Portugal está há 23 anos na UE, enquanto a Polónia, Rep. Tcheca, Hungria e Eslováquia estão há apenas 5 anos!
Com apenas 5 anos alguns desses países já estão concorrrendo com Portugal que está há 23!!!!

Anónimo disse...

"Não foram 42% dos portugueses mas sim 42% dos fanáticos que votaram, ignorante!"

Desculpas, desculpas, sempre desculpas. Portugal adora Salazar!!!

Anónimo disse...

para os amigos brasileiros:

voçes têm uma caracteristica muito portuguêsa, que é serem demasiado auto-criticos..

Portugal é uma país muito melhor que a polónia em tudo!

o problema de portugal foi históricamente ser um país de analfabetos.

o brasil tem exactamente o mesmo problema

o salazar dizia;" um povo culto é um povo ingovernavel"
A votação em salazar tem uma explicação, foi um voto de protesto contra a classe politica actual que não presta, em segundo lugar ficou alvaro cunhal que seria muito pior que salazar se chegasse ao poder.
Ambos têm em comum o facto de serem honestos e homens de ideiais, ambos dois homens anti-democráticos.

HÁ!não se iludam quanto a números sobre o PIB, isso é um grande erro, os EUA têm quase o dobro do pib per capita português e vivem muito pior, acreditem em mim, eu conheço os EUA.
Mesmo que a polónia atinja um PIB per cápita igual ou superior ao poruguês a economia deles continuará a ser muito primitiva e muito menos sofisticada que a portuguêsa.Além disso é um povo muito marcado por guerras, desconfiado, intriguista e mal humurado.

quando os pais não dão afecto a uma criança, em adulta ela transformar-se-á num mostro, receio que a polónia tenham ainda muitos complexos.

Eu pessoalmente, fico admirado por ver brasileiros acarinhar um pais como a polónia em deterimento de portugal, é estranho,

mas alguns amigos brasileiros já me explicaram que essa raiva vem sobretudo de pessoas que não têm origens portuguêsas ou não as conheçem e têm um profundo desconhecimento da história do brasil..
De qualquer forma estamos a falar de uma minoria de parolos.

o que eu admiro é ver os brasileiros com orgulho na patria mãe que é portugal, os outros sem auto-estima só estragam o quadro.

andré silva

beto disse...

andré silva


Portugal é uma país muito melhor que a polónia em tudo!

o problema de portugal foi históricamente ser um país de analfabetos.

EM TUDO??? TEM QUE RIR DE VOCÊ!!!IMAGINE SE A POLÓNIA ESTIVESSE HÁ MAIS DE 20 ANOS NA UE
POR EXEMPLO O ANALFABESTISMO, NA POLÓNIA FOI ERRADICADO NA DÉCADA DE 60-70!!! JÁ EM PORTUGAL, AINDA HOJE, QUASE 10% DA POPULAÇAO AINDA NAO SABE LER NEM ESCREVER!!!



Mesmo que a polónia atinja um PIB per cápita igual ou superior ao poruguês a economia deles continuará a ser muito primitiva e muito menos sofisticada que a portuguêsa.
O ECONOMIST CONSIDERA A ECONOMIA DA POLONIA MAIS ESTÁVEL QUE DE PORTUGAL...PROCURE SE INFORMAR ANTES DE FALAR BESTEIRAS. É TÃO ESTÁVEL QUE É O ÚNICO PÁIS NA EUROPA QUE TERÁ UM CRESCIMENTO POSITIVO DO PIB.



Além disso é um povo muito marcado por guerras, desconfiado, intriguista e mal humurado.

PEÇO QUE VOCÊ VISITE ALGUNS BLOGS DE PORTUGUESES QUE VIVEM NA POLONIA PARA ACABAR COM ESSES MITOS. ISSO É UMA VISÃO PRECONCEITUOSA QUE VOCÊ TEM...É A MESMA QUE OS EUROPEUS DO CENTRO E NORTE TEM EL RELAÇÃO AOS PORTUGUESES



Eu pessoalmente, fico admirado por ver brasileiros acarinhar um pais como a polónia em deterimento de portugal, é estranho,


o que eu admiro é ver os brasileiros com orgulho na patria mãe que é portugal, os outros sem auto-estima só estragam o quadro.

A MAIORIA DOS BRASILEIROS NAO GOSTA DE PORTUGAL. PORTUGAL É VISTO COMO UM PAÍS QUE NAO DEVEMOS LEVAR COMO EXEMPLO DE NADA. SEMPRE FORAM POBRES, HOJE CONTINUAM POBRES E SERÃO POBRES. NA ÉPOCA DAS CARAVELAS SEMPRE FORAM "EMPREGADOS" À SERVIÇO DE PODERES MAIORES DA EUROPA. NA SEGUNDA GUERRA FICARAM AO LADO (APESAR DE NAO DECLARADOS) DA ALEMANHA NAZISTA. NAO SOFRERAM AS COSNEQUENCIAS DA GUERRA COMO A FRANÇA, ALEMANHA, POLONIA, ETC...MAS MESMO ASSIM, FICARAM PRA TRÁS. E HOJE, APÓS QUASE 1/4 DE SÉCULO NA UE, O PÁIS FICOU PRA TRÁS, E ESTÁ SENDO ULTRAPASSADO POR PAÍSES RECÉM CHEGADOS

beto disse...

Além disso é um povo muito marcado por guerras, desconfiado, intriguista e mal humurado.

PEÇO QUE VOCÊ VISITE ALGUNS BLOGS DE PORTUGUESES QUE VIVEM NA POLONIA PARA ACABAR COM ESSES MITOS. ISSO É UMA VISÃO PRECONCEITUOSA QUE VOCÊ TEM...É A MESMA QUE OS EUROPEUS DO CENTRO E NORTE TEM DA CHAMADA "PREGUIÇA PORTUGUESA"

Anónimo disse...

"Eu pessoalmente, fico admirado por ver brasileiros acarinhar um pais como a polónia em deterimento de portugal, é estranho,"

É muito simples: os brasileiros têm um grande complexo de inferioridade em relação a Portugal. Tentam sempre diminuí-lo, retratar os defeitos, anedotas etc.

Porque Portugal apesar de ser a **rda que é, é um país muito melhor apesar de não ter recursos, e o Brasil face aos imensos recursos e população que tem não consegue sair da cepa torta.

O povo português realizou grandes feitos e face á dimensão de hoje em dia e apesar de tudo ainda continua a realizar.
Lembrem-se que na altura conseguimos libertar Timor Leste só por nossa influência, sem porta-aviões nem esquadras de combate.

E os brasileiros? o que têm feito?

Os brasileiros sabem disso embora o não admitam e ainda mais revoltante para eles é o facto de terem sido um mero producto da **rda aqui.

Mas nós não ligamos a isso e passamos por cima e ainda conseguimos ser superiores ao estimar o Brasil mais que eles próprios.

beto disse...

texto tirado do blog:

http://retratosdevarsovia.blogspot.com/

opinião de uma portuguesa em Varsóvia:


""""""""""""""""""""""""""""""""
Obras públicas na Polónia

Há uma coisa em que, de facto, os polacos são muito bons: em fazer obras públicas. Refiro-me concretamente a obras tipo estradas, melhoramento do piso, etc. É comum num fim-de-semana haver uma estrada cortada ou com algumas faixas cortadas para se arranjar o piso e na segunda-feira essa mesma estrada já estar aberta e a funcionar sem problemas. A rapidez com que eles fazem estas obras espanta-me. Desde que estou a viver nesta casa posso enumerar vários pontos por onde passávamos de carro que foram melhorados e também novos acessos que foram criados. O novo caminho para o aeroporto, por exemplo, que dá um jeitão desgraçado, foi terminado num piscar de olhos. Lembro-me de fazer esse caminho com o chão ainda meio de terra em algumas partes, só com uma faixa para cada lado e pouco tempo depois passamos lá e... estrada óptima, com 2 ou 3 faixas para cada sentido. Fiquei mesmo fã. Outo exemplo é a gigantona avenida Puławska, que aqui há uns 2 anos esteve em obras para melhorar o piso. Durante algumas semanas tiveram de fechar parte da rua, o que foi um bocado chato. Mas atenção, digo "durante algumas semanas", não digo meses, semestres, anos. Agora estão a construir uma estrada nova, não sei bem se será prolongamento da Wilanowska ou da Sobieskiego (de qualquer forma é em Wilanów), e da forma como já vejo os trabalhos, cheira-me que daqui a umas semanas (vá lá, um mês, mês e meio) já vamos ter trânsito a passar ali.
Acho que foi a Vanessa uma vez que disse que se o tunel do Marquês fosse construído cá na Polónia, tinha estado pronto muito mais rapidamente. Agora percebo o espanto do Stas sempre que vamos a Lisboa e vê que as obras do metro no Saldanha ainda não acabaram. """"

Anónimo disse...

e já agora não identificar o povo brasileiro com os ignorantes brasileiros que por aqui pululam

Alberto disse...

O que Portugal deu ao mundo, além de nações subdesenvolvidas nos trópicos? Não vejo motivo para me orgulhar de Portugal.

Anónimo disse...

"Lembrem-se que na altura conseguimos libertar Timor Leste só por nossa influência, sem porta-aviões nem esquadras de combate."

Revisionismo histórico??

Anónimo disse...

qualquer país da Europa é melhor que Portugal, até a Ucrânia é melhor.

Anónimo disse...

A Rússia é mil vezes melhor...pelo menos é um país de respeitado e não gozado como Portugal.

Anónimo disse...

Revisionismo só se for o teu!

Procura informar-te do que se passou em Timor Leste de 98 a 2002.

Acabas de passar um atestado de estupidez a ti próprio.

Anónimo disse...

^^
e o que o Timor é hoje, a nação mais pobre da Ásia...bela herança portuguesa...parabéns!

Anónimo disse...

Nós fizemos o que tinhamos a fazer.

Se os timorenses, brasileiros e outros não estão á altura de se autogovernar e constituirem nações a sério, o problema é deles.

andré disse...

não procurem razões nos brasileiros em saber o porquê de Portugal não ser motivo de orgulho para nós, busquem em vocês mesmos. Vou te dar um exemplo, você conhece algum americano que tenha vergonha da Inglaterra? Ou algum argentino que não se orgulhe da herança espanhola?
Pensem sobre isso...

Anónimo disse...

Se não têm orgulho em nós o problema é vosso.
Não vivemos para alimentar o vosso orgulho.

Será melhor nem perguntares se temos orgulho nos..bem, nem vou dizer mais

Adeusinho e as melhoras

Anónimo disse...

não sejam tão ignorantes..

é um disparate afirmar que os EUA são um país formado por ingleses.

em 1776, os ingleses deixaram 13 colónias formadas, a partir de então, os EUA formaram-se a partir da iniciativa dos americanos e imigração europeia.

Os descendentes dos ingleses nos EUA serão no máximo 1/6 da população e já estou a exagerar...

Os EUA são um resultado do empreendedorismo europeu e um esforço colectivo de povoação europeu e não inglês..

pelo contrário,as actuais fronteiras do brasil são practicamente as mesmas quando o brasil ficou independente(1822).

A esmagadora maioria dos brasileiros são de origem portuguêsa, mesmo os pardos têm a maioria dos genes provenientes de portugal.

O brasil foi construido por portuguêses e é uma cópia de portugal em quase tudo, desde lingua, cultura, religião, nomes de cidades, estilo arquitéctonico, etc etc, e só não é mais porque quando o brasil obteve a independência quiserem limitar a influência de portugal.

não culpem portugal pelo vosso atraso, a culpa é inteiramente vossa.. quando o brasil ficou independente em 1822 tinha o mesmo desenvolvimento ou superava os EUA, os motivos do atraso brasileiro são complexos e não podem ser explicados de forma simples.
O desenvolvimento dos países é como a moda, depende do omento histórico, o ue significa que no futuro, daqui a 200, 300 anos nada impede que o brasil seja mais rico que os EUA.

Alexandre disse...

A vergonha na herança portuguesa, começou no brasil quando os livros escolares de história começaram a ser editados por escritores de esquerda. Isso é um fato reconhecido aqui.

Anónimo disse...

é injusto e triste ver o que alguns brasileiros dizem de portugal, mas tambem com o ensino politizado como tém o brasil, estes jovem não podiam pensar de outra forma

Sou português, tive familiares que morreram a lutar pelo brasil no século XIX e agora tenho de ouvir estas palhaçadas.. respeitem os vossos antepassados ou nunca serão nada, não se esqueçam que muitos de vós têm antepassados portuguêses!


luis

Boris disse...

seria bem melhor se fossemos colonizados por ingleses ou holandeses

Anónimo disse...

Claro, são independentes à mais de 100 anos mas a culpa é sempre dos malandros dos colonizadores.

Hão-de ser sempre uns tristes que nunca serão nada na vida.

Sérgio disse...

Caros amigos, mas que idiotices que por aqui vão. Então por favor alguem me explique quando é que tem lógica um filho virar-se para os seus pais e dizer que gostaria de ser filho de outras pessoas. Será que se o seu desejo fosse tornado possivel ele continuaria a ser a mesma pessoa? Claro que não. Como é possivel o Brasil ignorar as suas origens e querer fazer de conta que nada deve a Portugal, nada ter a haver com Portugal. Caros Brasileiros, os senhores têm-se em grande conta, permitam-me que lhes diga que Portugal tem um grande orgulho na sua história e nos seus antepassados que são também en grande maioria os vossos, que sendo um país pequeno e pobre (ressaltar o pequeno e pobre que longe de ser um factor de vergonha deve ser um motivo de orgulho pois eleva ainda mais o que Portugal conseguiu fazer) lançou-se num empreendimento que o levou a todos os cantos deste planeta, e literalmente descobriu para a Humanidade quais são esses cantos. Troxemos a Humanidade para uma nova etapa da sua evolução ao fazer pela primeira vez a ligação com praticamente todos os continentes e povos. Hoje continuamos a ser um país pequeno, sem grandes recursos naturais, mas sabemos qual é o nosso lugar neste mundo, e este garanto-lhes não é na minha perspectiva, nada menos que honroso, então quem não conhece Vasco da Gama, Pedro Alvares Cabral, Bartolomeu Dias, Afonso de Albuquerque, e por aí fora. Nós somos o país com a as suas fronteiras há mais séculos definidas no velho continente Europeu, e conseguimos preservar a nossa independencia apesar dos seculos que se seguiram e dos ataques e olhar guloso do nosso poderoso vizinho Espanhol, que outro país na Peninsula pode dizer o mesmo, nenhum, todos foram engolidos pelo centralismo castelhano. Que outro país com a nossa dimensão fez aquilo que nós fizemos? Quantos outros bem maiores do que nós e com outros recursos não foram ultrapassados pelo pioneirismo e intrepidez de Portugal? Poderia continuar por aí fora, mas por muito que escrevesse acho que não poderia fazer jus ao que Portugal fez por este planeta e pela Humanidade e quão grande foi o seu contibuto, por isso fico por aqui, apenas querendo dizer aos amigos Brasileiros, que nós Portugueses somos amigos do Brasil, olhamos com estima e carinho para esse grande país que partilha connosco uma longa história e foi nossa criação, não precisamos no entanto do reconhecimento Brasileiro para sermos melhores ou mais felizes neste mundo, sabemos o lugar que ocupamos, temos orgulho naquilo que somos, temos muito trabalho pela frente para podermos encontrar o desenvolvimento que ambicionamos, mas dependemos de nós e de mais ninguem para encontrar esse desnvolvimento. Tentarei lembrar-me quando tiver que representar Brasileiros, que para aqui vieram em busca de uma vida melhor para si e para as suas familias, e já não é a primeira vez que o faço, que nem todos os Brasileiros pensam da mesma forma como algumas opiniões aqui expressas.

Anónimo disse...

Portugal é o cu da Europa!!

Oh Well, Okay. disse...

"De acordo com legislação prevista, apoiada pelo Sr. Medvedev, um russo ou qualquer estrangeiro que alegar que a União Soviética ocupou a Polónia ou os Estados Bálticos poderá enfrentar até cinco anos de prisão."

Isto é verdade?
Meu Deus.

"O destino dos eslavos já estava traçado no Mein Kampf"

Yeah, do pouco que conheço do Mein, percebe-se perfeitamente quais eram os planos de Hitler, tanto a nível territorial, como "racial", politico, económico, etc. É é preciso uma alta capacidade de análise para ler o livro. Está escrito de uma forma tão camuflada que engana muito bem.

- Wandard

"Os americanos e aliados atacam, invadem e ocupam o Iraque sem autorização da ONU, justificados por mentiras e nenhum órgão ou instituição européia pede uma investigação."

Exacto. E depois não se pode ter esta opinião, que é-se logo rotulado "anti-América".
São factos, teoricamente todos os países são contra invasões e ocupações. Que direito tem os EUA de invadir o que quer que seja, só porque sofreram um atentado? (e sejamos sinceros, todos sabem os verdadeiros motivos para a situação do Iraque...).
Mas pronto, são os EUA, salvadores e amigalhotes da Europa, temos de aceitar. E a velha campanha anti-comunista, continua. Quem tem algo a dizer contra as politicas da americana e/ou Ocidente, é rapidamente catalogado como comunista ou coisa que o valha.
Enfim...

- Sérgio:

Relativamente ao seu ultimo comentário, totalmente de acordo.
É triste que a maioria das pessoas não reconheça a importância de Portugal para a evolução mundial.

anónimo russo disse...

Oh Well, Okay. disse...
"De acordo com legislação prevista, apoiada pelo Sr. Medvedev, um russo ou qualquer estrangeiro que alegar que a União Soviética ocupou a Polónia ou os Estados Bálticos poderá enfrentar até cinco anos de prisão."

Isto é verdade?
Meu Deus.


Uma tolice de que eu nunca ouvi aqui. Desconfio que seja uma invensão dos "amigos" da Rússia, que às vezes aparecem aqui.

an´ disse...

invenção

Raphael disse...

anonimo russo

reclame para a imprensa britânica


http://www.telegraph.co.uk/news/wor
ldnews/europe/russia/5445161/Russia-accuses-Poland-of-starting-
Second-World-War.html


"Under planned legislation, backed by Mr Medvedev, any Russian or foreigner who claims that the Soviet Union occupied Poland or the Baltic States could face up to five years in prison. "

anónimo russo disse...

Raphael disse...
anonimo russo

reclame para a imprensa britânica



"Under planned legislation, backed by Mr Medvedev, any Russian or foreigner who claims that the Soviet Union occupied Poland or the Baltic States could face up to five years in prison. "


È problema deles o que eles escrevem. Felizmente, nem a mim nem a outros russos isso não toca, ou como lá se diz em português.
È mais uma das "grandes verdades" da imprensa "amigavel".
Por mais que eles quisessem, Medvedev não é um idiota, e, pode ficar tranquilo, tal lei seria impossivel aqui. È quase a mesma coisa que meter na prisão cada um que passa no sinal vermelho do semaforo.

anónimo russo disse...

P.S.

Por sinal, não entendo, porque os ingleses não têm vergonha de ser cachorrinho de bolso (ou como dizer melhor) dos norte-americanos.
Sempre são parte da Europa.

Anónimo disse...

anónimo russo

o teu IP mostra que o computador que você está usando não está localizado na Rússia. Acho que você não é quem diz que é.

anónimo russo disse...

Anónimo disse...
anónimo russo

o teu IP mostra que o computador que você está usando não está localizado na Rússia. Acho que você não é quem diz que é.

A tua mensagem diz que és um mentiroso e não mereces a minha atenção

anónimo russo disse...

P.S. Desculpa, anónimo brasileiro:) mas qual pergunta, tal resposta, ou como è lá que se diz.

Anónimo disse...

ficou nervoso, charlatão?

Anónimo disse...

Sobre a parcela de culpa da Polônia, assistam a Palestra do General Gerd Schultze-Rhonhof em

http://www.youtube.com/watch?v=ZrdeGpU0qPs

Anónimo disse...

^^
ninguém tem o menor interesse nesse vômito de nazistas.

foda-se Nazis, vão pro inferno

Xavier disse...

Todo mundo sabe, menos esse anônimo, que esse General Gerd Schultze-Rhonhof é tido como um grande charlatão na Alemanha. Ele morreu em 85 e sempre admitiu que tudo que escreveu não tem base científica, são mais opiniões pessoais.

Anónimo disse...

OS "CORRUPTOS DO LESTE" JÁ ESTÃO ULTRAPASSANDO PORTUGAL EM TUDO, PRIMEIRO A ESLOVENIA, AGORA OS CHECOS, ESTONIANOS, ESLOVACOS, EM BREVE LITUANIA E POLONIA ENTRE OUTROS. E O DESTINO DE PORTUGAL, QUAL SERÁ? SER O ULTIMO!!!! HEHEHEHE
VOCÊS ENTRARAM NA UE PRATICAMENTE JUNTOS COM ESPANHA, GRÉCIA E IRLANDA...VEJA ONDE ESTÃO ESSES PAÍSES HOJE E ONDE ESTÁ PORTUGAL....E VAI ME NEGAR QUE PORTUGAL É UM PAÍS FRACASSADO?

Anónimo disse...

É POR ESSAS E OUTRAS QUE MERECEM SER MOTIVO DE PIADA!


ALÉM DISSO, CASO NÃO SAIBAM, SÃO UMA MISTURA DE JUDEUS, MOUROS E FENÍCIOS...

PORTUGUÊS QUERENDO SER SUECO.. ESSA É BOA!

Ieda disse...

O que eu sei é que Hitler não queria guerra com a Polônia, muito pelo contrário, ele queria uma aliança.

Resta saber se os judeus não estavam no Governo da Polônia...

Porque assim como fez um Rotschield, que financiou tanto o exército de Napoleão quanto o da Inglaterra, para ter certeza de que vencendo um ou outro iria ascender mais ainda na política. E ainda ficou mais rico quando num golpe vendeu TODAS as suas ações para causar pânico no mercado e para que os outros investidores pensassem que a Inglaterra teria perdido a guerra e saíssem desesperados a vender suas ações. O que aconteceu, daí Rotschield as comprou com um preço irrisório...

Mais tarde Victor Rotschield financia a Revolução Bolchevique... Com qual intenção?

Ieda disse...

Continuando...

Alguém já parou pra pensar por que os judeus eram os cabeças da Revolução? Desde Marx a Engels, passando por Lenin, Trotsky (Leon Bronstein), Zinoviev (Grigory Apfelbaum, da polícia secreta soviética), Solomon Lozovsky (delegado do ministério do exterior), Litvinov (Maxim Wallach, ministro do exterior), Yuri Andropov (diretor da KGB e mais tarde ditador da União Soviética), Jacob Sverdlov (primeiro presidente soviético, responsável pelo assassinato do czar e de sua família), Jacob Yurovsky (comandante da polícia secreta), Lazar Moiseyevich Kaganovich (chefiou os assassinatos em massa para Stalin seu sogro), Mikhail Kaganovich (comissário da indústria pesada, supervisor do trabalho escravo e irmão de Lazar), Rosa Kaganovich (amante de Stalin, irmã de Lazar),
Paulina Zhemchuzina (membro do comitê central e esposa do ministro do exterior Molotov), Olga Bronstein (oficial da polícia secreta, irmã de Trotsky e esposa de Kamenev), Genrikh Yagoda (chefe da polícia secreta soviética, comandante de assassinatos em massa), Matvei Berman e Naftaly Frenkel (fundadores dos campos Gulag), Lev Inzhir (comissário de administração de campos de concentração), Boris Berman (oficial executivo da polícia secreta e irmão de Matvei), K.V. Pauker (chefe de operações da polícia secreta), Firin, Rappoport, Kogan, Zhuk (chefes dos campos de concentração e trabalho escravo), M.I. Gay, Slutsky, Shpiegelglas e Isaac Babel (comandantes da polícia secreta), Aleksandr Orlov (Leiba Lazarevich Feldbin, comandante do exército vermelho, oficial da polícia secreta, chefe de segurança soviética na Guerra Civil Espanhola), Yona Yakir (general do exército vermelho, membro do comitê central), Dimitri Shmidt,

Ieda disse...

Continuando...

Yakov ("Yankel") Kreiser, Miron Vovsi, David Dragonsky, Grigori Shtern, Mikhail Chazkelevich e Shimon Kirvoshein (generais do exército vermelho), Arseni Raskin (comandante do exército vermelho), Haim Fomin (comandante de Brest-Litovsk, exército vermelho), Sergei Eisenstein (diretor de filmes de propaganda comunista), Julius Rosenwald (judeu americano, fundador da KOMZET), Ilya Ehrenburg (ministro de propaganda soviética), Solomon Mikhoels (comissário de propaganda soviética), Mark Donsky, Leonid Lukov, Yuli Reisman, Vasily Grossman,Yevgeny Gabrilovich, Boris Volchok e Lillian Hellman (cineastas propagandistas soviéticos), Yevgeny Khaldei (propagandista soviético), Nikolai Bukharin (terrorista), Samuel Agursky, Mikhail Gruzenberg (Borodin) e A.A. Yoffe (comissários), Karl Radek e Lev Rosenfeld (Kamenev) (membros do comitê central), David Ryazanov (conselheiro de Lenin), Lev Grigorievich Levin (médico, envenenava os inimigos de Stalin), Ivan Maisky (embaixador soviético na Inglaterra), Itzik Solomonovich Feffer (comissário da polícia secreta), Abraham Sutskever (guerrilheiro terrorista soviético), Mark Osipovich Reizen (propagandista, ganhador de três prêmios de Stalin), Lev Leopold Trepper (oficial de espionagem),

Ieda disse...

Continuando...

Bela Kun (Kohen, supremo ditador da Hungria em 1919), Matyas Rakosi (sucessor de Kun, chefe de assassinatos em massa na Hungria), Zakharovich Mekhlis (chefe das execuções de Stalin), Henrykas Zimanas (líder de terroristas comunistas), Moshe Pijade (comandante do exército comunista iugoslavo, presidente do parlamento comunista iugoslavo, comandou massacres de croatas a mando de Tito), Jacek Rozanski (torturador cabeça da polícia secreta), Jacob Berman (comandante da polícia secreta e chefe da secretaria de segurança da Polônia), Minc, Specht (Olszewski) e Spychalski (comissários - Polônia), Solomon Morel (comandante do campo de concentração comunista para alemães na Polônia depois da Segunda Guerra), Julius Hammer (fundador do partido comunista americano), Armand Hammer (financiou Lenin e Stalin), Lev Davidovich Landau (médico, pai da bomba atômica soviética), Klaus Fuchs (ajudou na bomba atômica de Stalin), Ruth Werner (coronel do exército vermelho GRU), Julius e Ethel Rosenberg (roubaram bombas americanas para Stalin), Morris Cohen (Peter Kroger, ajudou os Rosenbergs), Markus Wolf (chefe da polícia secreta comunista alemã), Howard Fast (propagandista comunista americano), David Dubinsky (aliado de Stalin),

Victor Rothschild (espião britânico de Stalin - MAIS UMA VEZ OS ROTHSCHILD!),


Mark Zborowski (da KGB e do comitê judaico americano), Rabino Hyman Katz e Milton Wolff (comandantes das "brigadas internacionais" na Espanha), Leon Rosenthal (nova-iorquino, chefe de propaganda comunista na Espanha), Albie Sachs e Yossel Mashel Slovo (chefes do Congresso Nacional Africano), Olga Benário (terrorista comunista alemã, mulher do líder comunista brasileiro Luís Carlos Prestes), Rosa Luxemburgo (líder do movimento espartaquista na Alemanha)...


Os judeus sempre ocuparam mais de 80% de todos os altos cargos do governo bolchevique, apesar de serem 1,5% da população. Em 1918 a mais alta burocracia - Soviets e ministérios - contava com 534 indivíduos, dos quais 429 eram judeus!

Ieda disse...

Respondendo ao Sr Sergio,


Eu sou brasileira, como me parece podem ver pelo meu IP, e tenho muito orgulho de Portugal!


O que predomina no coração dos brasileiros não é ódio nem desprezo, mas uma afeição profunda!

Anónimo disse...

Hitler invadiu a Polônia porque esta não entregou Danzig. Fato.
Hitler fez uma proposta de paz em 1939 para a Inglaterra e França, mas foi rejeitado. Fato.

Questão 1: A Polônia não entregou Danzig porque recebeu a garantia da Inglaterra e da França que seria defendida em caso de ataque alemão.

Opinião pessoal: Roosevelt, orientado por Zamuel e Isaac, disse para Churchill: “Não se preocupe. Deixe a Alemanha invadir a Polônia, assim teremos um motivo bom para destruir o Terceiro Reich. Te forneço tudo o que precisar.”

Questão 2: A última coisa que Hitler queria era enfrentar a França e Inglaterra, pois isso desviaria seu objetivo principal: a destruição do bolchevismo e a criação da Grande Alemanha. Logo, a culpa pela Segunda Guerra não pode ser imputada a Alemanha.

Opinião pessoal: É evidente que Inglaterra e França não queriam também enfrentar a Alemanha, pois sabiam que sozinhas não conseguiriam enfrentar o poderio alemão. Só toparam encarar o desafio porque o Tio Sam(uel) deu cobertura. Os EUA mataram vários coelhos com uma cajadada só: se tornavam a potência dominante com a destruição da Alemanha, o enfraquecimento da Inglaterra e ainda os Sionistas conseguiam sua vingança contra o povo alemão.

Anónimo disse...

"Todo mundo sabe, menos esse anônimo, que esse General Gerd Schultze-Rhonhof é tido como um grande charlatão na Alemanha."

Fonte: ???

Como sempre criando factóides para desacreditar pessoas que vão contra seus interesses.

'Ele morreu em 85'

Não, ta vivinho da Silva. Wikipédia está aí para provar.

'e sempre admitiu que tudo que escreveu não tem base científica são mais opiniões pessoais.'

Da mesma forma que Hitler declarou várias coisas: no mundo da imaginação dos Sionistas.

Depois que dizem que a FIERJ paga pra desocupados ficarem na Internet difamando o Nacional-Socialismo acham que é paranóia, hehehehehe....