terça-feira, setembro 08, 2009

Afinal, o cargueiro só transportava madeira!!


A Procuradoria-Geral da Rússia comunicou hoje que o navio Arctic Sea, sequestrado por piratas em finais de Julho no Báltico e libertado por um navio de guerra russo perto de Cabo Verde em meados de Agosto, não transportava carregamento diferente do declarado.
“Os juízes instrutores da Procuradoria-Geral inspeccionaram minuciosamente o cargueiro e não descobriram nos convés nennum carregamento diferente da madeira que foi a carga declarada”, assinalou essa instituição num comunicado publicado.
O cargueiro encontra-se actualmente em alto mar e os juízes instrutores permaneceram vários dias a bordo. Segundo as autoridades militares, o Arctic Sea deverá chegar ao porto de Novorrossisk no Mar Negro até 10 de Setembro.
Alguns meios de informação noticiaram que o Arctic Sea poderia transportar drogas ou mísseis anti-aéreos S-300.
Serguei Lavrov, ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, desmentiu categoricamente essa notícia de que o Arctic Sea podia transportar mísseis S-300.
“É completamente falso que houvesse S-300 a bordo do Arctic Sea”, declarou Lavrov, numa conferência de imprensa.
O chefe da diplomacia russa prometeu o máximo de transparência na investigação das causas do desaparecimento do cargueiro, sublinhando que irão ser convidadas a participar nela representantes de Malta, sob cuja bandeira navega o Arctic Sea.
“Tudo será transparente e espero que todos terão oportunidade de se convencer que os boatos em que se baseiam (os jornalistas) não têm absolutamente qualquer fundamento”.

19 comentários:

PortugueseMan disse...

Só madeira? e para isso levaram 3 aviões de carga para Cabo Verde?

Enfim não vamos a ficar a saber o que realmente se passou/passa com este cargueiro.

anonimo russo disse...

Se alguem acha que o navio transportava algum equipamento secreto, seria interessante saber, para onde. Porque li que alguns supunham que fosse para o Irao, ate, parece, um almirante dum dos paises balticos disse assim. Seria interessante saber, perante essas declaraçoes em relaçao ao Irao, se algum desses "peritos" viu alguma vez o mapa (tem um caminho direto para o Irao atraves do mar Caspio).

Jose Milhazes disse...

Leitor anónimo russo, o caminho directo nem sempre é o melhor.

anonimo russo disse...

Jose Milhazes disse...
Leitor anónimo russo, o caminho directo nem sempre é o melhor"


claro, claro, sr Milhazes :) Mas mesmo assim essa ideia nao parece muito sensata. Basta ver o mapa. Как кто-то сказал, "в России многое делается через жопу, но не настолько же!"

Anónimo disse...

Já disse o que era. Ninguém me liga. Claro que eles deitaram as cuequinhas de contrabando pela borda fora; são especiais, anti-missil, se é que me faço entender. Basicamente é um cinto de castidade infalível, um produto tecnologico de ponta , ou melhor, anti-ponta. Por isso eram tão preciosas (risos)

Sherlock Holmes disse...

Ao anónimo russo 19:16

Ponha-se na posição de um mafioso que integra a area de Kaninegrado. Como conseguiria de forma discreta transportar uma duzia de "cilindros de aço" com 5 metros de comprimento e 2 Ton.de peso cada um, por terra até ao Mar Cáspio?
Se resolver a equação de forma realista, para além de ganhar o titulo de Grande Estratega em Transportes, terá direito a um Doce à sua escolha!

anonimo russo disse...

Sherlock Holmes disse...
Ao anónimo russo 19:16

Ponha-se na posição de um mafioso que integra a area de Kaninegrado. Como conseguiria de forma discreta transportar uma duzia de "cilindros de aço" com 5 metros de comprimento e 2 Ton.de peso cada um, por terra até ao Mar Cáspio?
Se resolver a equação de forma realista, para além de ganhar o titulo de Grande Estratega em Transportes, terá direito a um Doce à sua escolha!"

Um pormenor: nao ha mafias tao poderosas na Russia (so se se tratar de alguma duzia de metralhadoras). Algum armamento mais serio e moderno so podia ser transportado com a bençao do estado.

anonimo russo disse...

P.S. Mesmo uma duzia de metralhadoras seria dificil transportar, eu acho.

Sherlock Holmes disse...

Ao anónimo russo 20:50

Ora é aí que está "o busilís" é suposto ao mais alto nivel que isso não fosse possivel!
O problema reside aí. É que talvez seja possivel!
...entretanto acho que o ministro não está a mentir quando diz que a carga é madeira e que não há misseis S-300 !

Anónimo disse...

É mais fácil contrabandear armas e drogas por navios. Por terra é muito difícil e pouco seguro...pensemos bem, quem seria louco de ir por terra até o Irão levar armas? Os satélites são bons para rastrear meios de transporte terrestres, pois vêem todas autoestradas, trens e postos por caminho. Se calhar iriam ver o carregamento de misseis, afinal, os americanos certamente monitoram quase todas linhas de fronteira da Rússia com o objectivo de ver tais armas.

anonimo russo disse...

Anónimo disse...
É mais fácil contrabandear armas e drogas por navios. Por terra é muito difícil e pouco seguro...pensemos bem, quem seria louco de ir por terra até o Irão levar armas? Os satélites são bons para rastrear meios de transporte terrestres, pois vêem todas autoestradas, trens e postos por caminho. Se calhar iriam ver o carregamento de misseis, afinal, os americanos certamente monitoram quase todas linhas de fronteira da Rússia com o objectivo de ver tais armas."


1) E melhor perguntar aos especialistas sobre a melhor maneira de transporte.
2)Acha que seria mais facil levar alguma coisa ao Kaliningrad do que leva-la a costa do Caspio, por exemplo? Sabe o que e Kaliningrad? Veja o mapa. (Se o navio partiu do kaliningrad, eu nao me lembro. E o lugar mais incomodo de todos para levar alguma coisa ate la. NAO TEM FRONTEIRA TERRESTRE com o resto do territorio russo, meus peritos:)
3) Nao tenho a certeza que armamento, quando e preciso, se transporte por vias terrestres, e nao por um aviao ate a cidade ou ao porto que e preciso.
4) Acho que, no mundo atual, seria muito dificil esconder o transporte de armas independentemente da maneira de transportar. Porque, alem dos satelites, existem agentes etc.

MSantos disse...

Na minha opinião algo muito estranho se passou e da maneira como a Rússia e NATO se comportaram seria algo que comprometeria ambas as partes.

Cumpts
Manuel Santos

Anónimo disse...

Caro anónimo russo

Você acha que seria possível transportar armas em navios pelo mar Caspio?

Pois lá a movimentação de navios é muito pequena, seria facilmente detectado. É muito mais fácil ir por rotas mais movimentadas que seria mais difícil de detectá-lo ou despertar desconfianças.

Pois não se sabe se esse navio estava a ir para Venezuela, pode haver uma hipotese.

Pois quem trafica prefere ser discreto para não ser pego. É preferível demorar 20 dias do que 3 dias com maiores riscos.

A logistica de transporte empresarial não se aplicaria a esse caso. Se entenderes ganharás um Doce (risos)

PortugueseMan disse...

Se alguem acha que o navio transportava algum equipamento secreto, seria interessante saber, para onde.

anónimo russo,

Eu acho para não dizer que tenho a certeza que algo mais estaria ou está no barco.

Mas isso é tudo o que se pode dizer. O destino não se sabe. o que é dito é pura especulação e não faz sentido.

PortugueseMan disse...

Caro JM,

Anda a acompanhar a novela do gás? Anda nums episódios engraçados.

Sherlock Holmes disse...

Com a verdade se engana os incautos

Declaração verdadeira-1:

“Os juízes instrutores da Procuradoria-Geral inspeccionaram minuciosamente o cargueiro e não descobriram nos convés nenhum carregamento diferente da madeira que foi a carga declarada”,

Declaração verdadeira-2:
“É completamente falso que houvesse S-300 a bordo do Arctic Sea”, declarou Lavrov, numa conferência de imprensa."

...ora toda esta "verdade" seria diferente se os juízes instrutores da Procuradoria-Geral...dissessem ...fora do local destinado à carga (porões), mais concretamente nos "conferdans" seguiam de forma dissimulada, segura e estabilizada "n" misseis iskander para destino desconhecido!
Motivo pelo qual, a policia maritima finlandesa desconfiou, pelo facto de antes de começar o carregamento da madeira, o navio já "calava" uma boa parte do deslocamento de água inerente á colocação da carga.

Os policias maritimos da Finlandia e da Suécia sabem para o que serve o Plimsoll do navio.
Os juízes instrutores da Procuradoria-Geral da Russia saberão interpretá-lo ou mesmo fazer calculos inerentes à equação?
Se eles não tiverem esses conhecimentos, será que estão autorizados a falar com quem sabe?
-Nalguns casos não basta ter olhos para vêr corretamente...

Anónimo disse...

Sem dúvida. Só madeira. Do lenho da verdadeira cruz.

Anónimo disse...

Caso estranho.
Se algo fosse para o Irão é lógico que devia ir pelo mar Cáspio em vez de dar uma volta ao mundo. Isso mesmo disse e bem o anonimo russo.

Anónimo disse...

...mais um ignorante que não sabe onde fica Kalinegrado !
...ou é um guloso a candidatar-se ao prémio...