terça-feira, outubro 27, 2009

Rostov no inverno

Fotos enviados pelo leitor Filipe Alexandre Santos Martins tiradas em Rostov Grande no Inverno.







8 comentários:

MSantos disse...

Parabéns Pippo!

Estão ótimas.

Estão todas muito bem mas a nº3 é magnífica.

Abraço
Manuel Santos

Tate! ¹ disse...

Lá é realmente LINDO! Adorei as fotos!

Anónimo disse...

Sr Milhazes,
Gostava que um dia visitasse Portugal. Temos uma cidade chamada Conimbriga. Prospera, grande, encantada. Infelizmente esta em ruinas e só há poucos anos começou a sarar as feridas provocadas pelo comunismo: os mosaicos desapareceram, os frescos perderam-se, o tempo desfez as muralhas...foi certamente o comunismo o causador de todos os males....

Jose Milhazes disse...

Leitor (comunista) anónimo, tem uma argumentação muito original! Não lembrava ao dia comparar Conimbriga com Rostov. Eu, como português que trabalha na Rússia, estive nos dois lugares e acho a sua comparação, no mínimo, estranha. Em 1917, aqueles templos reluziam, enquanto que, nessa altura, as ruínas de Conimbriga já eram ruínas há séculos.

Pippo disse...

Foram todas tiradas em Fevereiro de 2002, com uma Sony que usava disquetes!

O maior dos sinos no campanário tem mais ou menos a altura de um homem, e o som do carrilhão (que é, no fundo, o que aquilo é) é lindo. Em frente à entrada do kremlin há bancas onde o pessoal vende a tal joalharia esmaltada.

O pessoal na foto é todo ele multinacional: uma italiana, três espanholas e um argentino. Falta um outro italiano que estaria algures a encher a mão com uma bola de neve. Tudo pessoal porreiríssimo, como o eram todos os da comunidade latina no Instituto A. S. Pushkin.

Se puder envio mais fotos. Infelizmente muitas perderam-se quando tive um problema informático. Foi uma lástima pois eu gosto muito de fotografar os locais por onde ando...

Jest nas Wielu disse...

É pá, eu pensei que finalmente vou ver a cara do Filipe Alexandre Santos Martins…

Pippo disse...

Sorry, não é desta. Talvez para a próxima tenhas sorte. Mas sempre podes ver a verdadeira Rússia a qual tu tanto amas... :o)

Jest nas Wielu disse...

2 Filipe Alexandre Santos Martins

Obrigado, ficas me dever uma, mas conheço a Rússia, estive lá em sítios que nem imaginas (os estrangeiros não entram nas certas cidades).

Além disso, não confundo a Rússia = espaço geográfico e Kremlin, são duas grandezas diferentes.