sábado, novembro 28, 2009

Mais um ignóbil atentado terrorista


As autoridades russas admitem, como mais provável, a versão de que o descarrilamento do comboio "Nevskii Ekspress", que liga Moscovo a São Petersburgo, se deveu a um acto terrorista.

Tendo em conta que o desastre ocorreu numa região mais ou menos remota, ainda não se sabe ao certo o número de mortos e feridos, mas já não há dúvida que será bastante elevado.

Um grupo nacionalista russo "Combat 18" já reivindicou o atentado, mas ainda é cedo para tirar conclusões em relação à autoria deste crime hediondo.

O atentado terrorista teve lugar na principal artéria férrea do país e já não é o primeiro. Em Agosto de 2007, uma explosão semelhante feriu 60 pessoas.

Nás últimas semanas, os órgãos de segurança pública têm sido alvo de fortes críticas e o acidente do "Nevskii Ekspress" apenas as irá fazer aumentar, pois eles não foram capazes de garantir a segurança dos cidadãos.

Dois amigos meus deveriam viajar nesse comboio, mas trocaram esse meio de transporte pelo avião pois encontraram bilhetes mais baratos. Duas jovens russas perderam o comboio atingido porque se atrasaram a registar o bilhete electrónico na estação de Moscovo.

As vítimas mortais e feridos não tiveram a mesma sorte e os terroristas conseguiram escapar às apertadas malhas que as autoridades dizem ter montadas contra acções terroristas. Desta vez, voltou a ser no centro da Rússia, a meio caminho entre as duas capitais.

15 comentários:

Mendonca Joao disse...

Os orgaos de segurancas foram criticados, e com razao. Mas nao deixa de ser dificil de impedir este tipo de tragedias num territorio tao extenso. E mais uma tragedia para esta nacao infelizmente habituada a sofrer e a ser noticia por tristes motivos. O atentado em Madrid levantou uma onda de protesto sem precedentes em Espanha. Estou hoje a dar aulas na universidade. Comentei com estudantes o acontecimento. So alguns sabiam do acontecimento, e os que sabiam nao se mostraram particularmente chocados, como se a noticia nao passasse de um fait-divers. Nao quero com isto dizer que a juventude russa e indiferente a tal tragedia. Nao e isso que estou a insinuar. Aquilo que quero dizer e que tais calamidades deveriam ter maior impacte na sociedade civil, e deveriam mobilizar os cidadaos para exigir as autoridades mais seguranca, e apurar responsabilidades.

Gilberto Mucio disse...

Que coisa.

Pior que quando vou a Peter costumo ir nesse mesmo trem, nesse mesmo horario, nesse mesmo dia(da sexta para o sabado).

Terrorismo eh uma desrgaca. Nesse caso eu em culpo tanto as autoridades, pois um ataque desses eh praticamente impossivel prever onde e quando. Sao "învisiveis".

Pedro Jorge disse...

É certo que a nação que mais incentivou o terrorismo mundo afora, pague um pouco por sua loucura. Toda herança etnica e cultural soviética deve esse carma. Vamos ver.

O terrorismo tem em sua história, uma conotação esquerdista facilmente detectável.

Anónimo disse...

Isso é uma organização skinhead nazi internacional.Em Portugal ha menbros nos super dragoes e nos pantera.Tem sede na boavista.

Espero que Putin lhes arranque a cabeça aos de lá.

José disse...

Recordo-me do medo que senti há uns anos quando trabalhava em Moscovo e se deu a explosão de uma bomba numa carruagem do metro. A explosão foi precisamente na linha que costumava utilizar todos os dias, meia hora antes do meu comboio.
Nesse dia cheguei ao trabalho em pânico e nos dias seguintes quase não conseguia entrar no metro. Era uma sensação de total impotência saber que tínhamos de utilizar um transporte público (a grande distância não permitia utilizar taxi ou ir de carro)e que a qualquer momento podíamos morrer. Só passados uns meses esse medo foi desaparecendo...

Pippo disse...

É muito difícil, quase impossível, deter este tipo de ataques.

Os explosivos são relativamente fáceis de fazer, bem como detonadores e temporizadores.

Basta um homem determinado e com alguns conhecimentos para se ter um atentado. E desses é o que não falta por esse mundo fora.

Ítalo Tavares disse...

Esse grupo Combat 18 é uma organização racista?



Agora a Rússia começa a entender como esse tipo de ideologia é perigosa.

Gilberto Mucio disse...

Por falar nisso, ha alguma pista ou suspeita de quem tenha sido o atentado?

Ate agora nao vi, nem li, nada na imprensa russa.

Jest nas Wielu disse...

Atentado?

Os bloggers russos e ucranianos mostram-se cépticos sobre a possibilidade de atentado no Nevsky, mostram as fotos tirados a noite e comparam as com as fotos tirados de dia, a diferenças são evidentes:
http://alex-glbr.livejournal.com/407810.html

Gilberto Mucio disse...

A propósito, o que seria senão atentado, Jest?

Má conservação, ou falta de manutenção das linhas férreas?

Gilberto Mucio disse...

Sobre essas fotos não dá para tirar absulutamente nenhuma conclusão, Jest.

Estão em ângulos diferentes.

Jest nas Wielu disse...

2 Gilberto Múcio

1. Podia ser um acidente normal, nem todos os acidentes são atentados.
2. Por amor a verdade, o que o ângulo tem a ver com as fotos (veja os tamanhos dos buracos)? Se me dizer que são as fotos dos locais diferentes, até posso dizer “talvez”, não foi eu a tirar. Mas ângulo é simplesmente demais!

Ítalo Tavares disse...

Chechenos reivindicam atentado contra trem na Rússia

AE-AP - Agencia Estado


MOSCOU - Rebeldes chechenos reivindicaram a responsabilidade pelo atentado a bomba contra um trem no qual 26 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas na Rússia na semana passada, segundo uma página na internet simpática aos insurgentes.



O anúncio, publicado na página Kavkazcenter.com, confirma as suspeitas das autoridades russas de que o ataque teria sido perpetrado por separatistas islâmicos do Cáucaso do Norte. A confirmação também alimenta temores de que venha a ocorrer uma nova onda de atentados fora da conturbada região do Cáucaso depois de cinco anos de episódios de violência concentrados na área.



A reivindicação, divulgada em nome do líder separatista checheno Doku Umarov, diz que o ataque ao expresso Moscou-São Petersburgo foi executado por ordem do "senhor da guerra". "Nós declaramos que essa operação foi preparada e executada sob as ordens do emir do Emirado do Cáucaso", como é chamado Umarov por seus simpatizantes.



Acredita-se que Umarov chefie uma rede de células separatistas no instável Cáucaso do Norte, região de maioria muçulmana onde grupos armados lutam contra Moscou.



Pouco depois do descarrilamento do trem, na sexta-feira, investigadores russos disseram acreditar que o episódio não fora acidental depois de terem encontrado vestígios de explosivos e uma cratera perto do local da tragédia.

Jest nas Wielu disse...

2 Ítalo

Não excluindo a possibilidade de resistência chechena perpetuar o ataque contra Nevsky, pessoalmente acredito que isso é mais as RP deles, do que a realidade, veja o comentário deles:
http://www.kavkazcenter.com/eng/
content/2009/12/03/11230.shtml

Anónimo disse...

combat 18= 1,8=A,H= Adolf Hitler.

Combat Adolf Hitler.

É uma organização nazionalista e não nacionalista.

Basicamente grupos de dementes terroristas.