sábado, dezembro 05, 2009

A maior tragédia do gênero na Rússia


Caros leitores, mais de cem pessoas morreram e dezenas ficaram feridas num incêndio ocorrido no restaurante "Cavalo Manco", na cidade de Perm, Urais. As autoridades põem de parte a versão terrorista e apontam para a "violação das normas de segurança". Mais uma sexta-feira sangrenta na Rússia; na semana passada, foi a tragédia do comboio rápido "Nevskii Ekspress. Depois das explosões no paiol de Ulianovsk, que provocou oito mortos e numerosos feridos, o ministro da Defesa da Rússia ordenou a inspecção de todos os arsenais do país e já anunciou que "irão rolar cabeças". Depois do incêndio no restaurante, as autoridades já ordenaram a inspecção de todos os lugares onde se armazena material pirotécnico e já falam da possibilidade de proibir a venda desse material no país.
É de lamentar que as autoridades não actuem preventivamente, e isto acontece não só na Rússia, mas reactivamente, quando já se perderam centenas de vidas. Certamente que, antes do incêndio, numerosas comissões inspeccionaram o restaurante, viram que as paredes e os tectos estavam forrados com materiais altamente inflamáveis, que as saídas de emergência estavam bloqueadas, que as janelas estavam "protegidas" por grades soldadas, mas não tomaram medidas. Como acontece frequentemente, o suborno "perturba" o mais agudo dos olhares.
Porém, são rápidas na busca de "bodes expiatórios". Ainda as investigações vão no início, mas Boris Grizlov, dirigente da Duma Estatal (câmara baixa) do Parlamento da Rússia ( famoso, por ter afirmado, entre outras coisas, por ter afirmado que esse órgão "não é lugar para discussões"), já veio dizer que "os donos do restaurante serão severamente castigados". O Presidente Dmitri Medvedev juntou-se ao coro: "os donos do restaurante terão de ser castigados segundo o programa completo", ou seja, os culpados estão encontrados...
A maioria das vítimas mortais eram jovens, vidas bruscamente interrompidas... Mais uma tragédia lamentável fruto da incúria humana.


depois





6 comentários:

PortugueseMan disse...

...Depois do incêndio no restaurante, as autoridades já ordenaram a inspecção de todos os lugares onde se armazena material pirotécnico ...

Material pirotécnico?? Um restaurante armazenava material pirotécnico??

E mais de cem pessoas num restaurante? o restaurante era grande ou havia algum tipo de festa?

Coisa impressionante. Este tipo de coisas costuma mais ser em discotecas apinhadas. Agora restaurantes...

Mais uma desgraça a juntar a tantas outras.

Jose Milhazes disse...

Caro PM, material pirotécnico vende-se aqui em muitos lugares, livremente, e muitas vezes de pouca qualidade.
O restaurante era também night-club e estava cheio.

Gilberto Mucio disse...

Uma tragédia terrível!

Aqui se tem mania de pirotecnia em lugares como esse -- Boates, discotecas, etc. Fogos de artifícios, números(apresentações) envolvendo fogo, querosene...

Se na Rússia as normas de segurança que são aplicadas no ocidente em geral fossem aplicadas aqui, creio que no mínimo 90% desses estabelecimentos seriam fechados. A maioria dos lugares não possuem sistema de avacuação adequado, saídas de incêndio, extintores em lugares estratégicos, muitos são porões(podval) com apenas uma entrada/saída, etc.

Quando estou num lugar desse e começam números desse tipo, envolvendo fogo/pirotecnia, eu já procuro me posicionar em um lugar próximo da saída.

Agora... quando ocorre uma tragédia dessa, de quem é a culpa? Somente dos donos do restaurante ou também(principalmente) do Poder Público que não fiscaliza, não inspeciona, e quando fiscaliza, se corrompe por qualquer merreca?

Ora! Quero ver você castigar também o prefeito/governador de Perm(que deve ser do seu partido), Gospodin Medvedev!!!

Pippo disse...

De acordo com o que foi noticiado aqui, o restaurante/clube já tinha sido autoado duas vezes por violação de normas de segurança. É pena que os donos deste tipo de estabelecimentos se estejam nas tintas para a segurança dos seus clientes. Já vi casos em que tapavam as saídas de emergência com máquinas de "vending"... presumo que o lucro seja mais importante que as pessoas.

Sempre que entro em locais fechados olho logo para as saídas e para todos os aspectos ligados a uma possível saída de emergência (vitrines e tudo).

Anónimo disse...

Que desgraça!

Jest nas Wielu disse...

Será como de sempre: “Averiguar como deve ser e castigar qualquer um”…