sexta-feira, março 26, 2010

Rússia decidiu fabricar caças de quinta geração com o Brasil


A Rússia está pronta a cooperar com o Brasil não só no quadro do concurso para a venda de uma quantidade significativa de aviões de guerra multifuncionais, mas também no programa de fabrico do caça de quinta geração, declarou hoje Alexandre Fomin, vice-diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar da Rússia.
“Propomos uma vez mais aos nossos parceiros brasileiros, além da possibilidade do fornecimento de aviões SU-35, a transferência de tecnologia, bem como o fabrico conjunto do caça de quinta geração”, acrescentou.

Serguei Goreslavski, do consórcio público Rostekhnologuia, sublinha que nos aviões SU-35 propostos ao Brasil são empregues tecnologias utilizadas no caça russo de quinta geração.

O primeiro voo do caça de quinta geração realizou-se a 29 de Janeiro deste ano, tendo a Rússia proposto também à Índia participar no fabrico desse aparelho.

Segundo os especialistas russos, a exploração deste avião é bem mais barato do que a dos aparelhos de quarta geração. Além disso, são equipados com equipamentos eletrónicos mais modernos e “inteligentes”.
P.S. Moscovo acaba de fornecer três helicópteros Mi-35M e deverá fornecer mais nove nos próximos tempos.

12 comentários:

PortugueseMan disse...

Pois, isto agora com o aparecimento do PAK-FA, o SU-35 passa a ser um argumento muito forte para o Brasil.

Mas para isso o concurso FX-2 do Brasil, terá que ser adiado/alterado para se incluir o SU-35.

Se muita gente acha que o SU-35 seria a melhor escolha(eu incluido) para um país como o Brasil, com a hipótese de se juntar a um caça de 5ª geração tal como os indianos estão a fazer...

O Brasil tem cada vez mais riquezas e dinheiro para investir, vai ter mesmo que avaliar esta proposta.

Embora isso provoque ainda mais atrasos num concurso com muitos anos.

Gilberto Mucio disse...

O melhor avião para as necessidades do Brasil é mesmo o SU-35.

Já tive a oportunidade de conviver com oficiais aviadores -- tenentes, capitâes, majores -- da FAB e eles são unânimes em afirmar que para o Brasil o melhor é o vião russo.

São multi-função, carregam mais armamento, mais combustível e maior raio de ação(perfeito para o tamanho do Brasil), enfim...

Mas há fatores políticos envolvidos, além da questão de transferência tecnológica, e claro, o preço.

Espero que as coisas se desenvolva e o Brasil fique com o Sukhoi mesmo.

Mas o lobby está grande por parte de outros países. Sarkozy já esteve no Brasil várias vezes, a Hilary esteve recentemente, o rei da Suécia também vai dar uma passada no Brasil nos próximos dias... Todos na qualidade de vendedores.

Ps.: Lula vai dar uma passada na Rússia no mês que vem.

ALONE HUNTER disse...

O Brasil não está fazendo um concurso; Lançou uma concorrencia para definir, para os próximos 40 anos, a sua nova aeronave "omnirole", para a defesa de nossas imensas riquesas naturais.

Entre os 3 finalistas, é óbvio que eu prefiro o DASSAULT RAFALE F3, pois não possui tecnologia americana.

Eu não concordo que o Brasil deva participar deste programa com os russos, porque não faria o menor sentido. Digo isso porque o SU-35BM SUPER FLANKER foi desqualificado na primeira fase de nosso F-X.

Se o SU-35BM fosse classificado, daí sim, seria extremamente importante entrarmos nesse programa do PAK-FA.

Para falar a verdade, os nossos políticos aqui são muito idiotas mesmo. Deixar de escolher um caça, com as características de um SUPER FLANKER, é extremamente irresponsável.

Mas o problema é que os russos se negaram á transferir a tecnologia do SU-35 para nós, e este foi o motivo pela desclassificação deste monstro dos céus.

E eu entendo, perfeitamente, porque os russos não transferem tecnologia: simplesmente porque eles não querem concorrentes!!! E isso é direito incondicional deles e totalmente soberano. Olhem o que aconteceu na China. Compraram o SU-27 dos russos e agora produzem uma versão indígena chamada J-11, que é a cópia descarada do SU-27, mais com motor e aviônico chines!!!

A China é o país mais cara-de-pau e descarado do planeta Terra. Eles não estão nem aí com nada, invadem sistemas do Pentágono para roubar tecnologia americana. E estão caminhando, á passos largos, para se tornar a maior potencia do planeta. Esperem mais 30 anos...

MSantos disse...

Se o Brazil enveredar por qualquer um dos competidores actuais do programa FX-2 vai ser complicado depois evoluir para o Sukhoi pois não há qualquer compatibilidade de armas e sistemas.

Por razões de raio de alcançe e dado a grande dimensão territorial do Brasil, eu também penso que o SU-35 seria o avião indicado.

Sobre o PAK-FA, já voou o 2º protótipo, desta vez com camuflagem, mas parece ser tinta normal:

http://www.paralay.com/pakfasu/520.jpg

Cumpts
Manuel Santos

ALONE HUNTER disse...

Esse avião, PAK-FA 50 é a mais impressionante máquina de guerra projetada pela Rússia, desde o fim da União Soviética.

É um projeto totalmente revolucionário, provando de uma vez por todas, a supremacia russa na área aeroespacial.

Isso meus amigos, é o resultado de anos e anos de pesquisas espaciais. Não é coincidencia para voces a Rússia ser o 2º país neste planeta á possuir um caça de 5ª geração? A Rùssia é uma potencia espacial, e a tecnologia empregada neste caça é a mesma, se não for superior, ao de sua contraparte americana, o F-22 RAPTOR.

Porém amigos, isso não fica somente no campo aeroespacial. Gostaria de relatar aqui a supremacia russa na construção de submarinos. Pois agora, a Rússia irá iniciar os testes de seu mais novo submarino multipropósito da classe YASEN. Este submarino de ataque ( não é SSBN ) FOI INTEIRAMENTE CONSTRUÍDO NA RÚSSIA DURANTE O PERÍODO PÓS SOVIÉTICO. A companhia russa responsável pela construção de todos os submarinos russos, JSC SEVMASH, está totalmente empenhada em fazer as preparações para o momento de "Batismo de Bequilha". Os engenheiros dessa companhia dizem que será mais silencioso e muito mais potente do que sua contraparte americana, o USS SEAWOLF.

E mais amigos: gostaria também de relatar que o mais novo tanque de guerra russo, o T-95, poderá ser exibido pela primeira vez em uma feira de armamentos que ocorrerá na região dos Urais, neste verão. A Rùssia será o primeiro país no planeta á possuir um tanque de guerra de 5ª geração se suas forças-armadas comissionarem logo o veículo.

São notícias como estas, divulgadas no Ria Novosti, que me fazem vibrar e que me faz questionar como um país que destina um orçamento muito inferior ao americano consegue projetar estes tipos de sistemas...

Eu olho para um país como o meu, o Brasil, e não consigo entender tanto descaso de nossos políticos para um tema tão sensível e importante como o desenvolvimento de novos sistemas de armas. Meu país não possui nenhuma capacidade de dissuação para se antepor ás ameaças que todos nós conhecemos, motivadas por recursos naturais.

Infelizmente eu tenho que afirmar que meu amado país está com as portas abertas, e não há praticamente nenhuma possibilidade de defesa, com os nossos meios atuais.

Isso me deixa extremamente depressivo, pois além de ser um completo aficcionado por assuntos militares, amo e devoto o meu país!!!

E graças á Rússia e a sua máquina de dissuação, os americanos não podem ainda fazer o que bem entenderem!!!

Jest nas Wielu disse...

NATO colocará as bases na Geórgia, Letónia, Lituânia, Estónia, Croácia e Hungria:

http://top.rbc.ru/politics/26/03/2010/384918.shtml

Anónimo disse...

Acho que o Brasil tem é de ficar longe da Rússia.

Anónimo disse...

Brasil passa a ser oitava maior economia

Após 11 anos, Brasil voltou ao posto que havia sido perdido para a Rússia segundo ranking que considera PIBs em dólares

Crescimento ajuda a atrair mais investidores e a elevar influência geopolítica; dados foram compilados pela Economist Intelligence Unit.

A recente crise mundial alçou o Brasil à condição de oitava maior economia do mundo em 2009. É a primeira vez desde 1998 que o pais ocupa essa posição no ranking global com o PIB (Produto Interno Bruto) medido em dólares.

A crise econômica no mundo desenvolvido, a fortaleza do real e políticas anticíclicas bem sucedidas adotadas pelo governo contribuíram para esse resultado. Mas por trás da performance brasileira há também deficiências, como uma economia ainda fechada, que se travestiram de vantagem durante a crise, mas que no longo prazo tendem a voltar a pesar negativamente na trajetória do país.

O desempenho da economia brasileira já havia sido favorável entre 2007 e 2008, quando passou da décima à nona posição no ranking mundial, deixando para trás a Espanha e o Canadá, embora ainda estivesse atrás da Rússia. Com esse movimento, o Brasil também passou a ser a segunda maior economia das Américas, atrás apenas dos Estados Unidos.

Ganhar posições no ranking de maiores economias é positivo porque torna o país mais atrativo para investidores externos e aumenta seu peso geopolítico. Mas desde que a mudança seja sustentável; e, de preferência, se trouxer chances de mais progresso no futuro. Assinante do jornal leia mais em: País volta a ser oitava maior economia

Wandard disse...

"NATO colocará as bases na Geórgia, Letónia, Lituânia, Estónia, Croácia e Hungria:"

Esta notícia vazou após o contato por telefone entre Obama e Medvedev, no qual ambos acordaram em assinar o Start 2, como isto representa a constante intenção de alargamento da Otan em torno da Rússia, já que a Ucrania começa a se tornar um sonho distante para a organização, é possível que tal atitude venha a emperrar o estabelecimento do tratado.

Anónimo disse...

Tudo muito bom, tudo muito bem, o armamento russo é o fino. Agora, quem aqui compraria um automóvel russo ? Um liquidificador ? Um forno de microondas ? Um PC ? Um I-pod, um I-touch ? Em matéria de armamentos e vodka eles vão muito bem.

mt disse...

parabens ao brasil ate que em fim esta progredindo tomara que agora ele se enxergue tomara que se espele na mae russia e começe a fabricar seus proprios caças

Aribeiroviskin disse...

Sem sombra de duvidas,o Brasil não pode mais ficar a reboque das imposições do Tio San. Este terrorista de estado, é inescrupuloso, ja promoveu mais de 150 guerras mundo afora e matou mais de 10.000.000 de inocentes pra tomar de quem tem aquilo que ele não possui mais. Sem a menor serimônia, invadiu o sistema de comunicação brasileiro para epionar nossos projetos de desenvolvimento técnológico e de segurança nacionais. Por tanto é mais que chegada a hora de nos armarmos para garantirmos nossa soberania e protegermos nossas riquezas naturais em pé de igualdade com o Caubói do Norte. E quer queiram ou não os contras, só quem pode nos dar essa possibilidade, são os russos, fiel da balança na disputa pelo poder no mundo pelo poderio bélico aero, terrestre, naval e nuclear que possuem. não adimitir esta realidade é ser burro é querer estar de quatro com as calças arriadas ad. eternum pro gringo da cartola. Deus salve o Brasil.