quinta-feira, junho 10, 2010

Organização de Cooperação de Xangai vai deixar Irão de fora


A cimeira da Organização de Cooperação de Xangai (OCX), que se realizará a 11 de Junho em Tachkent, capital do Uzbequistão, irá aprovar as normas de admissão de novos membros, mas o Irão, um dos candidatos, não poderá aderir enquanto estiver sujeito a sanções internacionais.
“Na cimeira serão assinados vários documentos muito importantes, antes de tudo o “Processo de admissão de novos membros da OCX”, declarou Muratbek Imanaliev, secretário-geral dessa organização.
A OCX é constituída pela Rússia, China, Cazaquestão, Quirguistão, Tadjiquistão e Uzbequistão. Quatro países: Irão, Paquistão, Índia e Mongólia são observadores, enquanto que a Bielorrússia e o Sri-Lanka têm o estatuto de “parceiros para o diálogo”.
O Irão e o Paquistão apresentaram o pedido de adesão à OCX, mas Teerão ficará “à porta”, porque a Organização não quer membros que estejam sujeitos a sanções internacionais.
“Gostaríamos que os países que venham a fazer parte da nossa organização a reforcem, aumentem o seu potencial e as possibilidades de cooperação em vários campos... e não ao contrário, não se tornem um peso com os seus problemas”, frisou Imanaliev.
Madmud Ahmadinejad, Presidente do Irão, não irá estar presente na cimeira, como tem sido costume em reuniões anteriores.
“A sua ausência não está apenas ligada à aprovação desse documento, mas principalmente ao resfriamento das relações entre Teerão e Moscovo, devido ao fato da Rússia apoiar as novas sanções contra o Irão nas Nações Unidas”, declarou à Lusa uma fonte diplomática em Moscovo.
Os dirigentes dos países-membros da OCX irão também analisar formas de combate ao terrorismo e tráfico de drogas.
“Antes de tudo, trata-se do problema da segurança numa enorme área da Eurásia, incluindo o problema do Afeganistão”, precisou Imanaliev.
Questões da cooperação económica, cultural e humanitária estarão também no centro da atenção dos participantes da cimeira de Tachkent.

1 comentário:

ALONE HUNTER disse...

Não adianta gritar, não adianta protestar... O Irã irá ter armas nucleares, e ponto final!

Á não ser que seja realizado uma intervenção militar agora! Nesse exato momento!

O mundo terá que engolir um Irã com armas nucleares, assim como fizeram quando foi descoberto o arsenal nuclear do Paquistão.

E se o Irã realmente tiver posse de ogivas nucleares, daí sim, estaremos vivendo num mundo muito perigoso. Porque irá desencadear uma corrida armamentista nunca vista na História!!

Digo isso porque os países vizinhos do Irã jamais irão aceitar a possibilidade de ceder ao Irã, devido á posse de ogivas nucleares. E então, a Arábia Saudita, os Emirados Arabes, Bahrain, Qatar, Kweit, Iemen, Omã, Turquia e Egito também irão desenvolver suas bombas tambem!

A Sìria irá adquirir armas nucleares, e consequentemente algumas ogivas irão cair nas mãos do Hezzbollah! E será o estopim para a última das guerras, um país disparando o seu arsenal contra o outro, etc...

É uma questão de tempo... E isso não ficará apenas nos círculos do Oriente Médio. Pois se a Turquia possuir armas nucleares, a Grécia também terá. Se a Grécia possuir armas nucleares, Bulgaria, Romenia e Hungria também terão!!!

E para acompanhar os eventos que eu relatei acima, é só acompanhar os notíciarios diariamente!