sexta-feira, maio 13, 2011

Vladimir Putin acelera criação de Frente Popular


O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, deu o prazo de uma semana para a preparação e aprovação do programa da Frente Popular da Rússia.
A ideia de criar uma Frente Popular foi avançada no final da semana passada, numa conferência do Partido Rússia Unida, com vista a conquistar a maioria constitucional nas próximas eleições parlamentares, marcadas para Dezembro.
 “Como propuseram aqui os colegas, a declaração deverá estar pronta durante uma semana, ser acordada e aprovada definitivamente”, declarou Putin num encontro com dirigentes de organizações sociais russas.
Putin sublinhou que a criação da Frente Popular foi apoiada por Dmitri Medvedev, Presidente da Rússia.
“Nós falámos pormenorizadamente a este propósito, discutimos todas as questões e ele apoiou o que estamos a fazer”, precisou o primeiro-ministro russo.
As organizações que irão constituir essa frente têm direito a apresentar candidatos ao cargo de deputado nas listas da Rússia Unida.
Boris Grizlov, presidente da Duma Estatal (câmara baixa) do Parlamento Russo e dirigente do Partido Rússia Unida, revelou, no encontro, que cerca de cem organizações sociais estão prontas a aderir à Frente Popular, entre as quais está a Federação dos Sindicatos e a União dos Industriais e Empresários da Rússia.
Grizlov anunciou também que a Frente Popular terá o direito de apresentar um candidato ao cargo de Presidente da Rússia, nas eleições de Marlo de 2012.
Alguns analistas políticos vêem na criação desta frente uma tentativa de Vladimir Putin controlar completamente o Parlamento da Rússia e evitar o aparecimento de uma força da oposição séria.

1 comentário:

FAB FLANKER disse...

Vladimir Putin será o próximo presidente da Federação Russa e irá deixar o seu legado para a História!