domingo, junho 19, 2011

Ex-dissidente soviética Elena Bonner, viúva de Sakharov, morreu com 88 anos em Boston

 
A  ex-dissidente soviética Elena Bonner, viúva  do prémio Nobel da paz Andrei Sakharov, morreu no sábado na sequência de  uma longa doença, com 88 anos, anunciou hoje a filha num comunicado divulgado  nos Estados Unidos.

Elena Bonner morreu em Bóston, Estados Unidos, onde tinha uma casa,  e será enterrada ao lado do marido no cemitério Vostriakovo em Moscovo,  indicou a filha, Tatiana Yankelevitch, no comunicado citado pela agência  Ria Novosti. 
A antiga dissidente foi uma acérrima crítica do regime comunista desde  os finais dos anos 1960 e casou-se com o académico Sakharov em 1972.  
Elena Bonner saiu do Partido comunista soviético em 1968 depois da primavera  de Praga e da repressão dos tanques soviéticos nas ruas da capital da então  Checoslováquia.  
Em 1975, Elena Bonner recebeu em Oslo o prémio Nobel da paz em nome  do marido porque este estava impedido pelas autoridades soviéticas de sair  do país para se deslocar à Noruega.  
O físico Sakharov, denominado "pai da bomba de hidrogénio" soviética e, posteriormente , dissidente do regime comunista soviético, morreu em Moscovo com 68 anos,  em 1989.  
Sakharov foi exilado pelo regime comunista soviético em Nijn-Novgorod  em 1980, depois de ter criticado a invasão do Afeganistão pelo exército  vermelho.  
Depois da queda da URSS em finais de 1991, Bonner foi membro de várias  organizações de defesa dos direitos humanos e criticou duramente a política  de Vladimir Putin, enquanto Presidente da Rússia entre 2000 e 2008, e primeiro-ministro. 
Faleceu uma das maiores mulheres da História Rússia do séc. XX, um símbolo de coragem e de dedicação à luta pelos direitos humanos. 
De origem judaica, Elena Bonner foi uma das firmes combatentes pela liberdade de emigração para os judeus da União Soviética para Israel nos anos 80 do séc. XX.

36 comentários:

Jest nas Wielu disse...

Paz à sua alma, ela e Andrey Sakharov foram os primeiros nomes dos dissidentes que conheci na minha juventude, eles influenciaram fortemente a minha visão do mundo e das coisas. Antes deles, eu era um jovem pionheiro com as ideias completamente pró – soviéticas (nem tanto pró – comunistas), que via o mundo como mandava Partido e o Governo: de um lado “a humanidade progressista”, comandada pela URSS, do outro lado da fronteira viviam os oprimidos (eu até perguntava aos meus pais, “porque que os desempregados e os activistas da esquerda não venham viver na URSS?”) e os seus opressores, CIA, polícia, FBI, EUA, países Ocidentais em geral, etc.

anónimo_russo disse...

"Depois da queda da URSS em finais de 1991, Bonner foi membro de várias organizações de defesa dos direitos humanos e criticou duramente a política de Vladimir Putin, enquanto Presidente da Rússia entre 2000 e 2008, e primeiro-ministro."



Desconfio que "criticou duramente" sem sair dos EUA, da sua casa cómoda em Boston, como muitos preferem fazer nos últimos anos. E desconfio que isso já não seja a mesma coisa que criticar o regime comunista estando na URSS.
R.I.P.

Jose Milhazes disse...

Anónimo russo, é pena que não saiba que ele saiu há alguns anos da Rússia para se tratar nos EUA e por aí vivem os seus filhos. Mas ela esteve sempre atenta ao que se passava no seu país e tomava posições.

anónimo_russo disse...

22:26
Eliminar
Blogger Jose Milhazes disse...

"Anónimo russo, é pena que não saiba que ele saiu há alguns anos da Rússia"



A questão é "há quantos anos" :) Mas, mesmo assim, tenho a certeza de que criticar o governo de hoje não é a mesma coisa que criticar o governo da URSS.

Mas, hoje, isso já não tem importáncia. R.I.P.

Anónimo disse...

tinha que ser de origem judaica mesmo. Por isso o Ocidente puxa muito o saco.

Anónimo disse...

não deixa de ser ironico uma judia ter que fugir do comunismo,ideologia essa criada por judeus.

Gilberto Mucio disse...

Criticou o regime comunista, criticou Putin... ok. ))

Mas críticas à espoliação do patrimônio russo no governo mais corrupto da história da humanidade... isso parece não ter sido a marca dessa americana (por acaso)nascida na Rússia. Pelo contrário.

E ainda incentivava a emigração para a Pelestina Ocupada.

Com certeza não era flor que se cheire.

Obviamente, estava na folha de pagamento da CIA e do Mossad.


Ainda assim, RIP.

FAB FLANKER disse...

...Ex-dissidente soviética que morava nos Estados Unidos e quer ser enterrada na Rússia?

Ela tem que ser proibída de entrar na Rússia!

Mais uma traidora da Terra-Mãe, se vendeu para a América, que ela seja enterrada debaixo do Obelisco de Washington, devido á sua dedicação por todos estes anos, como espiã da C.I.A ou N.S.A!!

FAB FLANKER disse...

A França irá transferir tecnologia para a Rùssia neste contrato de compra de navios anfíbios da classe MISTRAL... Componentes sensíveis, como o sistema de comunicação padrão OTAN irá cair nas mãos dos generais e estrategistas russos!

Mas não adianta ter um navio porta-helicópteros sem navios de escolta para apoia-los nas missões... Estes navios precisam de escolta, serão alvos fáceis para mísseis anti-navio como o HARPOON, EXOCET, PENGUIM entre outros!

Francisco Lucrécio disse...

Tomava posições em que sentido? Sem lhe exigir grande esforço, pode explicar-me até de forma concisa!

Anónimo disse...

Que esteja com Deus, grande heroína da liberdade e dos direitos inalienáveis do ser humano, que nem o comunismo genocida e nem o nazismo conseguiram derrotar.

p.s: anônimo russo, vc não conhece a história do seu próprio país.


É pena.

anónimo_russo disse...

Anónimo disse...
"
p.s: anônimo russo, vc não conhece a história do seu próprio país.


É pena."



Porque decidiu assim, Italo?

Jest nas Wielu disse...

Dois filmes lituanos sobre a sua resistência anti-comunista:
http://ucrania-mozambique.blogspot.com/2011/06/luta-anti-comunista-no-cinema.html

anónimo_russo disse...

De todos os dissidentes a pessoa a quem eu pessoalmente mais respeito é Soljenítsin. Passou tantos anos nas prisões, campos e no exílio, mas, quando o comunismo caiu, voltou à Rússia, onde viveu seus últimos anos. Foi honesto, honesto até ao fim. Nos tempos da guerra na Tcehtchenia não fingiu um grande defensor dos direitos humanos, expôs a sua visão clara- e inequivocamente. Tinha algumas ideias utópicas, mas até aos seus últimos dias foi um verdadeiro patriota russo. Foi uma pessoa que lutava quando isso tinha sentido, mas que soube parar quando o inimigo já estava morto - coisa que, pelos vistos, nem todos conseguiram.

anónimo_russo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gilberto Mucio disse...

"Dois filmes lituanos sobre a sua resistência anti-comunista:
http://ucrania-mozambique.blogspot.com/2011/06/luta-anti-comunista-no-cinema.html"


Propaganda nazista?

Não, obrigado.

Anónimo disse...

"Propaganda nazista?
Não, obrigado."




Vc é perverso. vc não é um ser humano com princípios éticos nem sequer básicos. Vc não tem consciência?

Graças à Deus, gente como vc jamais terá o poder em nosso país. Espero que jamais em Portugal. E principalmente, espero que jamais na Ucrania ou Rússia.

Francisco Lucrécio disse...

Quem foi que mais contribuiu para a situação de definhamento em que se encontram todas as ex-republicas Soviéticas? A Rússia está moribunda, é um cadáver adiado! Quem mais contribuiu para isso?


Terá esta Senhora alguma vez refletido sobre o mal que causou ao seu próprio país? Não! As suas posições nunca se alteraram, além de ser uma anti-comunista desregrada, foi-o também uma anti-Putinista doentia.

O ódio contra os comunistas de certo modo é admissivel, visto o pai ter sido fuzilado por estes.

E o ódio a Putin a que se deveu? Talvez desejasse ver o seu país fragmentado, como já se perfilhava no final do "reinado" de Yeltsin? Não compreendeu (ou não lhe interessou compreender) que foi Putin que já nos limites extremos salvou a unidade da Rússia.

Mas isto de dissidentes tem muito que se lhe diga.

Todos são corajosos desde que defendam os interesses Ocidentais.


Qual a razão que nunca neste blogue foram mencionadas a coragem e as tomadas de posição de Alexandr Zinovyev?

Anónimo disse...

"As suas posições nunca se alteraram, além de ser uma anti-comunista desregrada, foi-o também uma anti-Putinista doentia."

Comunista, está aí uma coisa que vccs, nem em 1000 anos aprenderão:

Era DIREITO SAGRADO dela tomar a posição ANTI-COMUNISTA OU ANTI-PUTINISTA que ela quisesse. E o máximo que vcs comunistas podem fazer é ACEITAR ESSE DIREITO SAGRADO.

Não podem calar, matar, prender ou perseguir ninguém.

Vcs são burros ou apenas fingem?

Anónimo disse...

"Qual a razão que nunca neste blogue foram mencionadas a coragem e as tomadas de posição de Alexandr Zinovyev?"

Simples:

Esse criminoso era um stalinista(comunista), e tal como Hitler, Lênin, Milosevic, Fidel Castro, Himmler, Mao e outros assassinos, pertence à escória da humanidade. O blog se dedica à notícias sobre a Rússia, com viés DEMOCRATA, sem apoiar ideologias que almejam a tomada do poder pela força, a extinção de raças/classes por meio de gulags (campos de concentração) ou o assassinato em massa de pessoas que não apóiem a religião genocida que vc professa(comunismo).

Se queres homenagens a comunistas ou a nazistas, penso que deverias visitar blogs que defendam esses lixos humanos. Garanto que vc achará muitos. É só procurar.

.

Francisco Lucrécio disse...

As "boas" qualidades dos anti-comunistas são eles próprios que as expressam. Eles mesmos me poupam ao trabalho de não ter que adjetiva-los, os rótulos que pretendem aplicar aos outros saem da sua própria chancela.

Os anti-comunistas são criaturas humanamente imundas, intolerantes e com falta de cultura, só um analfabeto político, ou um nazi fracassado se atreve comparar o comunismo com o Nazismo. Se são ideologias com conceitos sociais diametralmente opostos, como podem ser iguais?

O comunismo apesar de todas as vicissitudes, provou e está ainda hoje a provar que socialmente é muito superior ao capitalismo neoliberal e selvagem.

Onde estão hoje as virtudes do capitalismo? São os mil milhões de famintos, as guerras, as invasões, a intromissão nos assuntos de outros países, é a Europa, os EUA,e o Japão à beira do colapso?

Os grandes feitos do capitalismo podem ser analisados a partir das invasões dos países da América Latina, com milhares de mortos, desaparecidos, torturas. O golpe de Estado sangrento que derrubou Allende, a agressão ao Vietname, as bombas atómicas no Japão, a carnificina de Dresden, Iraque, Afeganistão, desmembramento da Jugoslávia, a brutal agressão à Líbia.

Tudo isto feito com que intenções e no interesse de quem?

Apenas para defesa do grande capital.

Os trabalhadores na Europa têm hoje melhores condições de sociais?

Os povos do Iraque e do Afeganistão vivem melhor? As mulheres são mais livres? A maioria do povo Russo tem hoje melhores condições de vida? O país desenvolveu-se. Está mais livre de ameaças externas?

Portanto se o comunismo não é opção, muito menos o capitalismo pode ser solução.

Francisco Lucrécio disse...

««««««Não podem calar, matar, prender ou perseguir ninguém»»»».

E quem o pode fazer? Importa-se de explicar isso melhor! Em sua opinião quem deve ser silenciado, morto, preso e perseguido?

Não deve ser assim tão ignorante para não saber que essas coisas estão a acontecer nos nossos dias.

Em que sentido tolera isso?

anónimo_russo disse...

13:03
Anónimo Francisco Lucrécio disse...

"Quem foi que mais contribuiu para a situação de definhamento em que se encontram todas as ex-republicas Soviéticas? A Rússia está moribunda, é um cadáver adiado"




Este moribundo aínda se embebedará durante o vosso enterro.

anónimo_russo disse...

Francisco Lucrécio disse...

"A maioria do povo Russo tem hoje melhores condições de vida? O país desenvolveu-se."


A maioria do povo russo tem hoje melhores condições de vida, e o país se desenvolve tambem. A catastrofe dos anos 90 se deve exatamente ao sistema comunista, com o sistema economico absurdo, "sistema de planejamento" ou como chamar a isso em portugues. Onde não foi o mercado livre que definia o número (e a qualidade) dos bens materiais e não materiais a serem produzidos na economia do país, mas foi um funcionário do ministério correspondente (Gosplan ou como lá se chamava isso). Daí a qualidade baixa dos artigos que eram produzidos e consumidos dentro do país (à exepção do setor militar, e foi a população simples que tambem pagava com o seu baixo nivel de vida pela prosperidade temporária deste setor). Mas as pessoas simplesmente não tinham escolha. Tinham sorte quando podiam comprar mesmo esses artigos, de baixa qualidade. Porque muitos artigos (e alimentos) eram em fefice, se fazia sentir a falta deles.
Aínda há alguns dias uma dos meus clientes, a mulher de 80 anos de idade, começou de repente a falar da época sovietica, recordando como era dificil comprar a carne fresca. Quando aparecia a carne numa das lojas visinhas à fabrica onde ela trabalhava, todos corriam la (e muitos dos trabalhadores simples eram aínda punidos pela diração por ter deixado o local de trabalho; direção essa que que abandonava a fabrica em primeiro lugar e era primeira a encher as malas). "Hoje alguns dizem, que se-vivia melhor então,- dizia ela - Não, não era melhor: leve o seu pedaço de manteiga e não ouses abrir a boca".

P.S. Se quiser discutir comigo, por favor, apresente os dados reais, os números, as estatisticas etc. Não posso gastar o meu tempo a responder a afirmações sem prova.

Anónimo disse...

"O comunismo apesar de todas as vicissitudes, provou e está ainda hoje a provar que socialmente é muito superior ao capitalismo neoliberal e selvagem."


nota-se. é por isso que a Coréia do Sul é tão miserável, mas tão miserável, que vive de pedir ajuda alimentar ao KIM JONG IL!


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anónimo disse...

Concordo com o anónimo russo.


A vida na Rússia hj, apesar de todas a dificuldades, é melhor que na época da URSS. E de longe.

Jest nas Wielu disse...

2 anónimo_russo 21:07

Engraçado, no meu caso, Soljenítsin contribuiu para a minha percepção do que o chauvinismo russo (com ele incluso) é tal inimigo da Ucrânia livre, como o comunismo soviético, logo após a leitura do seu manifesto “Como nós reconstruiremos Rússia” (http://lib.ru/PROZA/SOLZHENICYN/s_kak_1990.txt).

Especialmente para Gilberto Mucio que vê a “propaganda nazi” em tudo que não seja o Manifesta comunista:
O filme polaco Batalha de Varsóvia: 1920 (Bitwa Warszawska: 1920), um drama histórico do realizador Jerzy Hoffman que decorre durante a invasão soviética da 2ª República polaca: http://www.youtube.com/watch?v=08FwwSrJbl0&feature=share

Francisco Lucrécio disse...

««««««nota-se. é por isso que a Coréia do Sul é tão miserável, mas tão miserável, que vive de pedir ajuda alimentar ao KIM JONG IL!»»»»

Sabia que a Coreia do Norte até meados dos anos 80 tinha um nível de desenvolvimento superior à Coreia do Sul? Servia como exemplo.
Indico-lhe um livro saído recentemente que valida essa realidade, e não é absolutamente nada abonatório para com a Coreia do Norte.

Mas para explicar como as coisas se inverteram é uma "estória" muito longa e com muitos contornos.

Eu não estou para perder tempo com quem não quer perder tempo a aprender.

Diz-se na minha terra que "burro velho não aprende carreiro".

Francisco Lucrécio disse...

«««««O filme polaco Batalha de Varsóvia: 1920 (Bitwa Warszawska: 1920), um drama histórico do realizador Jerzy Hoffman que decorre durante a invasão soviética da 2ª República polaca: http://www.youtube.com/watch?v=08FwwSrJbl0&feature=share»»»».

Curioso; todos os filmes sobre a guerra do Vietname, os Americanos saem sempre vencedores de uma forma ou de outra.

Seria de estranhar se os Polacos, fizessem um filme contra eles próprios.

Anónimo disse...

"Eu não estou para perder tempo com quem não quer perder tempo a aprender. "

Claro que não, vc não pode. Não tem capacidade pra isso, e sabe que perdeu.

Viva a Coréia do Sul. viva a Economia de mercado!


E MORTE À COREIA DO MAL!!!!!


rs...

Anónimo disse...

Francisco Lucrécio, já que vcs comunas são tão fortes, perfeitos e maravilhosos, quando se dará o golpe genocida?


Estamos esperando!

Mas não nos deixem esperando muito tempo, velho... senão vc termina como o seu ídolo , aquele tal de Álvaro Cunhal.. Morre sem ter feito nada além de ter passado férias na cadeia...

rs.

Jest nas Wielu disse...

2 Francisco Lucrécio 01:38

Os polacos, de facto, derrotaram o exército soviético em 1920, URSS vingou-se em Katyn, nada a fazer...

Anónimo disse...

"Os polacos, de facto, derrotaram o exército soviético em 1920, URSS vingou-se em Katyn, nada a fazer..."

E FOI UMA VITÓRIA LINDA!

O assassino Lênin quase corta os pulsos de ódio!

A Gloriosa Polônia católica derrotou os ateus genocidas. E covardes como são, quando tiveram a oportunidade assassinaram milhares de homens desarmados com tiros na nuca, sob inspiração de Lúcifer, para se vingarem da derrota HUMILHANTE que tiveram.

Covardes. Comunistas.

Francisco Lucrécio disse...

«««««est nas Wielu disse...
2 Francisco Lucrécio 01:38

Os polacos, de facto, derrotaram o exército soviético em 1920, URSS vingou-se em Katyn, nada a fazer»»»»»...


Não me proponho disputar contabilidades macabras, quem matou mais que quem?


Já tive ocasião de dizê-lo, se são vitimas são todas inocentes. Por conseguinte deviam merecer o mesmo respeito.

Isto a propósito de estranhar as razões porque aqueles que com tanto clamor denunciam os horrores de Katyn e não arranjam uma palavrinha sequer para os cerca de trinta e dois mil militares Soviéticos executados pelos Polacos em 1920 se o método utilizado para a sua eliminação foi o mesmo. Portanto tratou-se igualmente vitimas inocentes.

Com que critério se alardeia uma situação e se esconde a outra? Só pode ser entendido como um exercicio de pura demagogia e desonestidade, para obter dividendos políticos à custa de quem perdeu a vida.

O caso Katyn ainda tem muitos contornos por defenir . Tem servido como uma excelente ferramenta de desinformação e propaganda da extrema direita para branquear os crimes do Nazismo.

As autoridades Russas também têm grandes responsabilidades na propagação desta campanha de falsidades. Porque prometeram abrir os arquivos para divulgação de toda a informação disponível, depois recuaram. Limitam-se apenas a fornecer alguma informação dispersa, e a conta gotas.

Há razões para o não terem feito. A principal certamente é porque não existem lá esses segredos "tenebrosos" de que falava Yeltsin. Mais outro caso identico aos dos arquivos Soviéticos investigados por Zemskov e Douguin?

Jest nas Wielu disse...

Francisco Lucrécio disse 16:30

/porque ... não arranjam uma palavrinha ... para os cerca de trinta e dois mil militares Soviéticos executados pelos Polacos em 1920 se o método utilizado para a sua eliminação foi o mesmo/

Talvez porque essa afirmação não corresponder a realidade, nos campos polacos morreram entre 16.000 à 20.000 (dados russos) militares soviéticos, as causas da morte eram epidemias, saúde, etc. Eles não eram executados com a bala na nuca, isso sem esquecer o facto do que os soviéticos eram invasores... (http://en.wikipedia.org/wiki/Camps_for_Russian_prisoners_and_internees_in_Poland_(1919-1924)

/arquivos Soviéticos investigados por Zemskov e Douguin?/
Não está falando do Aleksandr Dugin? Adepto do expansionismo, nacionalismo e fascismo russo...

Anónimo disse...

[url=http://certifiedpharmacy.co.uk/categories/anti-allergic-asthma.htm][img]http://onlinemedistore.com/5.jpg[/img][/url]
pharmacy ce http://certifiedpharmacy.co.uk/products/desyrel.htm bellevue pharmacy solutions [url=http://certifiedpharmacy.co.uk/products/diclofenac.htm]mexican online pharmacys[/url]
pharmacy technician training online http://certifiedpharmacy.co.uk/categories/anti-herpes.htm what is a pharmacy and therapeutics committee [url=http://certifiedpharmacy.co.uk/products/torsemide.htm]torsemide[/url]
chcs computer inpatient pharmacy http://certifiedpharmacy.co.uk/categories/weight-loss.htm curascript pharmacy [url=http://certifiedpharmacy.co.uk/products/acticin.htm]wal mart pharmacy waycross georgia[/url]
discount pharmacy card http://certifiedpharmacy.co.uk/products/cardura.htm what does cvs stand for in cvs pharmacy [url=http://certifiedpharmacy.co.uk/products/bupropion.htm]bupropion[/url]