quinta-feira, setembro 01, 2011

Ucrânia quer chegar a acordo com Rússia sobre preço do gás, mas procura alternativas

A Ucrânia fará uma nova tentativa de chegar a um acordo sobre o preço do gás, anunciou hoje Mikola Azarov, primeiro-ministro ucraniano.
“Tentaremos uma vez mais chegar a acordo com a Rússia que é nossa amiga e com a qual procuramos construir relações normais e baseadas na igualdade. Se não conseguirmos, a responsabilidade será dos dirigentes que recusam dar ouvidos aos nossos argumentos”, declarou Azarov perante estudantes da Universidade de Kiev.
As autoridades ucranianas convidam Moscovo a rever os acordos sobre o gás concluídos em 2009 por iniciativa de Iúlia Timochenko, então primeira-ministra do Governo da Ucrânia. Kiev considera que o preço do gás pedido pela Rússia é muito alto.
Entretanto, a empresa Ukrgazdobitsha, parte do consórcio público ucraniano Naftogaz, assinou hoje um acordo com a Shell sobre a busca e extração de hidrocarbonetos na bacia de Dnepr-Donetski, segundo o qual serão investidos 800 milhões de dólares.
“Este é o primeiro acordo conjunto significativo que permitirá, nos tempos próximos, aumentar a extração de gás no nosso país”, declarou Iúri Boiko, ministro da Energia da Ucrânia, citado pela agência Ria-Novosti.
A Ucrânia tenciona aumentar seriamente a extração de gás de xistos. Segundo as autoridades de Kiev, esse país tem a maiores reservas desse combustível na Europa.
Em 2012, as autoridades ucranianas esperam reduzir as compras de gás de 40 mil milhões de metros cúbicos para 27, medida que Moscovo considera uma violação dos acordos assinados.

9 comentários:

Zhirinovsky "The Bear" disse...

A Ucrânia é uma pedra no rim da Rùssia. Isso só vai piorar, eu acho que vale mais a pena a Rùssia lançar uns 10 SS-N 18 SATAN e ocupar o que restar do território ucraniano... Seria uma grande solução á curto prazo, e não iria afetar a capacidade nuclear russa. 10 ICBM's lançados não farão falta, pois a Rùssia possui milhares!!!

A Ucrânia não fará falta, se deixar de existir, igual a Argentina, por exemplo.

Jest nas Wielu disse...

Quer dizer, se Mykola Azarov (nascido na Rússia) e Yanukovich não conseguem fazer um acordo com essa gente, qual é o dirigente ucraniano que conseguirá ? Quer dizer, Yulia Timoshenko conseguiu, mas hoje está detida lol

p.s.
Um belo artigo sobre Lecia Bandera, a filha do Stepan Bandera :
http://www.istpravda.com.ua/articles/2011/08/29/53433/

Jest nas Wielu disse...

"Naftogaz Ucrânia" deichará de existir e assim todos os acordos anteriores serão denunciados:
http://news.mail.ru/politics/6717448/

Neste aspecto gosto do Yanukovich e Ko, sabem responder à letra...

kauskas disse...

Amigo Urso você se não existisse também não faria falta agora emigre e vá viver para a Sibéria que só diz disparates.

Anónimo disse...

A Rússia quer obrigar a Ucrania a particiar dessa maldita uniao aduaneira, oxalá nao consiga! A Ucrania será livre e proxima do Ocidente!

Zhirinovsky "The Bear" disse...

O que significa essa palavra "disparates"??? Tem algo á ver com "disparar"???

Palavras que não levam á lugar nenhum, igual "purgas" e "cimeira"!!!

Não se fala assim aqui no Brasil.

Jest nas Wielu disse...

2 Zhirinovsky "The Ursovsky" 14:35
E como V. Excias chamam purgas no Brasil? Pulgas???

kauskas disse...

Sr. urso disparate é coisa que burro solta da boca para fora já agora o Blog é de um Português não Brasileiro tradução de disparate "Nonsense" em Inglês.

Anónimo disse...

Disparate é uma palavra comum no português brasileiro também. Em livros do Paulo Coelho já a vi várias vezes.

Na verdade o "nosso amigo" Zhirinovsky não tem o hábito de ler livros, revistas e grandes jornais. Talvez seja alguém muito jovem. Creio que ele esteja a usar o nome "Zhirinosvky" em tributo ao Vladimir Jirinoksi, extremista de direita russo. E a foto do perfil provavelmente não o seja...