domingo, fevereiro 05, 2012

Apoiantes de Putin manifestam-se contra perigo de “revolução laranja”

Dezenas de milhar de apoiantes de Vladimir Putin, primeiro-ministro e candidato a Presidenteda Rússia, reuniram-se, no Sábado, na capital russa para alertar com o perigo de uma “revolução laranja”.
“Nós dizemos não. Nós dizemos não à destruição da Rússia.  Nós dizemos não à peste laranja. Dizemos não à embaixada americana, onde eles (representantes da oposição) foram beber água como as vacas. Vamos limpar o lixo laranja”, declarou Serguei Kurguinian, um dos organizadores da manifestação.
A cor laranja foi a cor da revolução democrática na Ucrânia em 2004.
“Sim à unidade dos patriotas. Sim à nossa luta política e não à América e todos os que estão com ela”, acrescentou Kurguinian.
O analista político Nikolai Starikov usou da palavra para afirmar que os participantes da manifestação não têm motivo para dialogar com os militantes da oposição.
Na véspera, o primeiro-ministro e candidato a Presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou que estava com o “comício anti-laranja”.
“Somos diferentes, temos diferentes pontos de vista, mas protestamos contra a peste laranja. No dia 04 de março, devemos votar por aquele que nos protege da peste laranja e quem não mandou os seus representantes à embaixada americana”, declarou Valentin Lebedev, presidente da União dos Cidadãos Ortodoxos.
“Irmãos e irmãs, camaradas, hoje, a luta pela Rússia tem uma particularidade. O inimigo está às portas do Kremlin, mas não são tanques, nem aviões”, frisou.
Segundo a polícia, o comício de apoio a Putin reuniu cerca de 150 mil pessoas.
A oposição a Vladimir Putin acusou os organizadores deste comício de terem obrigado professores de escolas e funcionários públicos a participarem nele.
“Não nos obrigaram diretamente, mas telefonaram-nos da direção do sindicato e “aconselharam-nos” a participar nesse comício”, revelou à Lusa uma professora de uma das escolas de Moscovo.
Este comício constitui o início da campanha eleitoral.

17 comentários:

Fernando Negro disse...

O perigo de que falam os apoiantes de Putin é um perigo real. Não se trata de nenhuma paranóia.
(E atenção que eu não sou a favor de Putin, ou de qualquer outro líder político, pois discordo de todo este sistema de "democracia representativa". Nem sou contra mais Democracia e Liberdade em qualquer país. A questão está em saber se será isto mesmo que irá vingar, a longo termo, nos países once ocorrem estas "revoluções" coloridas.)
As chamadas "revoluções coloridas" são, tal como toda a gente bem informada sabe, um instrumento do Ocidente, para remover líderes políticos não alinhados com os muito poderosos interesses ocidentais. E se é instalar fantoches do Ocidente que estas revoluções visam, pelo que se vê por cá (nesse mesmo Ocidente), garanto-vos que não é no sentido de uma maior Liberdade e Democracia...

Jest nas Wielu disse...

Agora já sei onde anda o ex-dissidente Kurginian; defendendo o ex-oficial do KGB perante a “invasão laranja”...

Wandard disse...

O perigo é real, basta voltarmos aos anos 1990. A Rússia anteriormente e agora a China, são as únicas potências que podem deter a arrogância ocidental. Toda esta balela que é discorrida nestas manifestações e na mídia ocidental além dos factoides, tem como objetivo retirar a Rússia do caminho.

Vitto Vendetta disse...

A peste laranja tb já chegou cá. :|

Ricardo disse...

Sempre que essa gente vem com uma ideia de revolução, de um país melhor da medo, da medo, porque sempre vem "bomba".

Anónimo disse...

JM, sabe o que significam os balões verdes no desfile da oposição, por acaso?

Gilberto Mucio disse...

Não tem nada de "Peste Laranja", nem de revolução laranja.

Isso é um bode expiatório muito do vagabundo.

O único partido(na acepção da palavra) do país é o Partido Comunista.

É a única oposição politicamente viável.

E o ocidente sabe disso.

Por isso apóia Putin.

O Ocidente o apoia, jovens. Não sabiam disso?

Por que não apoiar Putin? Ora, a Rússia do jeito que está, se é ruim com Putin, pior sem ele (para o ocidente).

O país está totalmente aberto para o capital germano-americano. A Rússia é um parceiro confiável.

O que acontece é que as manifestações são mostradas, de modo a parecer que a oposição liberal ter alguma força.

A única coisa que está a haver é que alguns oligarcas tão bandidos, vendidos e iguais aos que estão no poder, estão financiando a oposição liberal.

E essa oposição liberal faz muito barulho. E para por aí.

E nem apoio franco do ocidente eles têm.

Não tem nenhuma força... o teto de votos deles é isso mesmo, não chega a 5%.

Quem diz o contrário não conhece a Rússia e seu povo.

Quando a quadrilha de Putin cair fora, quem volta é o Partido Comunista.

Gilberto Mucio disse...

Balões verdes = ecologistas

Gilberto Mucio disse...

Mesmo nessa passeata de sábado, a maior coluna era a dos socialistas, que nem mesmo organizadores era.

Mas as fotos divulgadas evitam mostrar esse detalhe.

Europeísta disse...

Essa onda só vai crescer e não vai mais parar. Putin vai cair. Ele não tem mais como se segurar ao cargo. Oque pode acontecer é ele promover uma grande repressão o que levaria ainda mais o aumento das tensões populares. A primavera árabe chegou ao inverno russo. Viva a democracia e a liberdade. Fora ditadores. Fora Putin, fora tirano da Síria. Por um mundo melhor, por uma mundo livre, um mundo sem tiranos!

MSantos disse...

Gilberto

Nos media ocidentais, da CNN, BBC News etc etc, passando pelos canais de televisão do meu país, a única oposição credível que é apresentada e com mais apoiantes são justamente os liberais, com especial enfoque com imagens e entrevistas a Nemtsov e a Kasparov.

Os comunistas são pouco mostrados e somente como outsiders

Cumpts
Manuel Santos

Anónimo disse...

Olha o Manuel Santos de volta. E ainda não mudou de óculos!O seu amigo Pippo é que tem andado muito afastado. Estará certamente a descansar. Isto nunca se sabe quem a seguir tira férias...

Europeísta disse...

Essa droga de partido comunista já deveria ter acabado há muito tempo. Eles deveriam tomar como exemplo vários países da Europa do Leste que criminalizaram a apologia de regimes totalitários como o Fascismo, Nazismo e Comunismo. Tem botar esse PCR na ilegalidade já!

Anónimo disse...

Político de verdade é o Vladimir Zhirinovsky. Que Deus abençoe a mãe Rússia !

Gilberto Mucio disse...

MSantos.

A mídia ocidental só mostra o palpo.

Qualquer pessoa que tenha dinheiro manda construir o palco e convida quem quiser.

A massa é o que conta, e essa massa não vota nos liberais, não gosta dos liberais.

Ninguém dá nem ouvidos ao que falam no palco.

Estão lá(a massa) apenas para marcar presença, e não pelos liberais.

Como disse, o teto deles é esse mesmo: 5%.

Jest nas Wielu disse...

Como é bom falar dos tectos alheios dos políticos que são banidos da TV, que tem cerca de 1 jornal (Nezavisimaya) e uma estação de rádio (Eco). É como um bully da 10ª que diz ao puto da 2ª: "Luta lá como homem!"

Anónimo disse...

Nao aos capachos dos eua,viva a russia!,viva os comunista! E,morte aos entreguista.