sexta-feira, maio 11, 2012

Rússia: Estudantes de São Tomé e Príncipe em dificuldades por falta de pagamento de bolsas de estudo

  
Moscovo, 11 mai (Lusa) - Os cerca de 12 estudantes de São Tomé e Príncipe em universidades de Moscovo enfrentam sérias dificuldades económicas perante a falta de pagamento de bolsas de estudo pelo governo são-tomense, disse hoje à Lusa um representante dos estudantes.
"Estamos há quatro meses sem recebermos nada, mesmo nada. Há um mês atrás, o nosso governo prometeu resolver o problema, mas nada fez até agora", declarou, por telefone, à Lusa um membro da Comissão de Estudantes São-Tomenses, que pediu anonimato.
"Mensalmente, o governo deve pagar-nos 250 dólares, pouco mais de 200 euros, mas está em falta. Numa cidade tão cara como Moscovo, isso está a criar condições dramáticas, já temos estudantes que não têm meios para comprar comida", acrescentou.
O representante dos estudantes adiantou que os membros da comissão recebem uma pequena bolsa mensal das autoridades russas: cerca de 17 euros, enquanto Moscovo é considerada uma das cidades mais caras do mundo.
"Os nossos alunos de Engenharia, Medicina, Agronomia e Ciências Humanas querem estudar, mas não têm as mínimas condições e tudo irá agravar-se seriamente se o nosso governo não resolver o problema com urgência. Que cumpram o prometido", acrescentou outro membro da Comissão.
"Mas o mais grave é que o nosso governo obrigou os estudantes que vieram para Moscovo em setembro passado a assinarem um compromisso de que não irão participar de forma alguma em protestos se a bolsa de estudo não for paga atempadamente", revelou.
"Isto é uma imposição ilegal, anticonstitucional em qualquer parte do mundo", concluiu.
São Tomé e Príncipe não tem representação diplomática na capital russa.
JM
Lusa/fim

4 comentários:

Europeísta disse...

Sr. Milhazes,

O Sr. sabe sobre um desabafo feito pelo criador da rede social Vkontatke em relação a URSS que causaou a revolta de centenas de pessoas?

Europeísta disse...

Sr. Milhazes,

O Sr. sabe sobre um desabafo feito pelo criador da rede social Vkontatke em relação a URSS que causaou a revolta de centenas de pessoas?

Anónimo disse...

se o senhor tem pena dessas pessoas abra os cordelinhos à bolsa e faça caridade homem!

que tipo de pessoa é o senhor para vir com estas noticias, o povo cá tem de alimentar politicos, corruptos, parasitas, estrangeiros e ainda quer mais?

FODACE!tenha vergonha!

Jose Milhazes disse...

Leitor anónimo, você é um idiota acabado. Tenha juízo. Quanto ao tipo de pessoa, eu sou um cidadão português.