quarta-feira, outubro 09, 2013

Polícia russa diz ter encontrado drogas no navio da Greenpeace


Agentes do Comité de Investigação da Rússia poderão corrigir as acusações contra os ativistas da Greenpeace, pois no navio Artic Sunrise foram encontrados estupefacientes, informou hoje o porta-voz desse comité.
Além disso, Serguei Markin anunciou que a bordo do navio foram encontrados aparelhos de emprego duplo.
“Tendo em conta os dados conseguidos durante o processo-crime, a acusação feita deverá ser corrigida… Alguns dos réus serão acusados de terem cometido outros crimes graves”, declarou ele.
“Parte da aparelhagem retirada pode ter emprego duplo e pode ser empregue não só com fins ecológicos. Isso será testado por peritos que serão nomeados em breve”, precisou.
“Durante a busca no navio foram encontradas substâncias estupefacientes (provavelmente ópio e morfina). Vamos definir a origem dessas substâncias e em que eram empregues”, acrescentou Markin.
Na semana passada, 30 ativistas da Greenpeace foram acusados de “pirataria”, crime que pode ser castigado com uma pena de prisão até 15 anos de prisão.
No dia 18 de setembro, ativistas da Greenpeace tentaram entrar numa plataforma petrolífera russa no Mar de Pechor, para protestar contra a extração de petróleo no Ártico.
Tropas fronteiriças russas tomaram o Arctic Sunrise e detiveram os ativistas, que atualmente se encontram em prisão preventiva à espera de julgamento.

P.S.  Se não se tratar de medicamentos, mas de drogas, não me resta mais nada do que dizer que os ativistas da Greenpeace que as levaram para bordo ou são loucos, ou idiotas, ou as duas coisas simultaneamente.

6 comentários:

Fernando Negro disse...

Por acaso...

Até já conheci quem fosse activista da Greenpeace e que se distinguisse, de longe, de entre todos os voluntários com quem trabalhei e que "orientei", quando era voluntário num santuário de vida animal, por ser um ávido consumidor de drogas. (Álcool, haxixe e que falava também em ter experimentado, ou que tencionava experimentar, uma qualquer droga que era usada "para anestesiar elefantes"... [sic])

Fazia parte de um grupo de norte-europeus que foram, simplesmente, os piores voluntários que já tinham, até à altura, passado por tal santuário. Mas, era este o único que se voluntariava na Greenpeace. E, era mais um dos que não faziam ideia das fontes de financiamento da mesma (ler o meu comentário a esta anterior colocação neste blogue) e aos quais era dito que tal era "segredo". E, que era apenas chamado, de vez em quando, para ir fazer isto ou aquilo. (Que, normalmente, eram acções ilegais, que envolviam a invasão de propriedade privada e afins...) E, suponho que (pelo muito pouco que tal pessoa tinha na cabeça) fosse mais um que faria este tipo de figuras tristes, quando confrontado com perguntas...

Quando lá esteve tal pessoa, foi a única vez, durante um ano inteiro em que estive em tal santuário, em que fui instruído para fechar o laboratório à noite, por a pessoa responsável pelo sítio ter receio que fosse alguém deste grupo lá roubar drogas das que lá tinham...

Isto tudo, para dizer que, sei, pessoalmente, que há activistas deste grupo que são consumidores de drogas...

Mas, pelo que é descrito neste artigo, parece-me que as drogas em causa devam ser apenas as usadas em primeiros socorros, para caso aconteça algo em alto-mar, longe de um hospital.

Não me parece que fossem tais activistas ser estúpidos ao ponto de andar com drogas "recriativas" a bordo de um navio, sujeito a inspecções. Nem que o processo de selecção para este tipo de missões não filtrasse pessoas irresponsáveis a esse ponto.

Fernando Negro disse...

E, não me querendo desviar do assunto...

Mas, só para que fiquem a saber mais sobre qual é a verdadeira natureza desta ONG...

As seguintes são duas introduções à falsidade do pretexto com que este grupo tenta impedir a Rússia de se desenvolver industrialmente.

http://www.youtube.com/watch?v=D-m09lKtYT4
http://www.telegraph.co.uk/comment/columnists/christopherbooker/6679082/Climate-change-this-is-the-worst-scientific-scandal-of-our-generation.html

E, o seguinte, é um exemplo das reacções que já se começam a ver por parte de quem, no Ocidente, já sabe disto e de um dos vários propósitos para tais mentiras.

http://www.wearechangechicago.com/algore.html

Pseudo-ambientalitas lavados ao cérebro: aplaudam a destruição da sociedade em que vivem e preparem-se para ser pobres escravos, de curta esperança média de vida, que salvaguardam os recursos naturais para as elites, que não podem sequer saber de nada do que realmente se passa no Mundo e que levam nas trombas de cada vez que saem da linha...

(Gostaram da Idade Média? Juntem-lhe alguma pouca alta tecnologia, usada apenas para fins de controlo e escravidão, e preparem-se para algo ainda pior do que essa época anterior...)

http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?f=24&t=10579
http://ferrao.org/2008/06/daniel-estulin-clube-bilderberg-os.html

Fernando Negro disse...

http://www.danielestulin.com/2010/12/03/los-verdes/

Fernando Negro disse...

[Compreendo que o anterior comentário que enviei, que deveria ter surgido em segundo lugar, nesta página, contivesse um termo impróprio... E, realmente, se o tivesse de escrever outra vez, não teria usado o mesmo tipo de linguagem... :\ Mas, porque penso que tenha sido esta a razão pela qual não apareceu - e que não seja mais uma ocasião em que um comentário meu é censurado por alguém na Blogger, não por vontade do autor do blogue em causa... Já que me é dada a oportunidade de refraseá-lo, aqui vai, então, outra vez, escrito de forma mais decente - e acompanhado da garantia de que não voltarei a usar tal tipo de linguagem em comentários futuros...]


E, não me querendo desviar do assunto...

Mas, só para que fiquem a saber mais sobre qual é a verdadeira natureza desta ONG...

As seguintes são duas introduções à falsidade do pretexto com que este grupo tenta impedir a Rússia de se desenvolver industrialmente.

http://www.youtube.com/watch?v=D-m09lKtYT4
http://www.telegraph.co.uk/comment/columnists/christopherbooker/6679082/Climate-change-this-is-the-worst-scientific-scandal-of-our-generation.html

E, o seguinte, é um exemplo das reacções que já se começam a ver por parte de quem, no Ocidente, já sabe disto e de um dos vários propósitos para tais mentiras.

http://www.wearechangechicago.com/algore.html

Pseudo-ambientalitas lavados ao cérebro: aplaudam a destruição da sociedade em que vivem e preparem-se para ser pobres escravos, de curta esperança média de vida, que salvaguardam os recursos naturais para as elites, que não podem sequer saber de nada do que realmente se passa no Mundo e que são reprimidos de cada vez que saem da linha.

Gostaram da Idade Média? Juntem-lhe alguma pouca alta tecnologia, usada apenas para fins de controlo e escravidão, e preparem-se para algo ainda pior do que essa época anterior...

http://www.forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?f=24&t=10579
http://ferrao.org/2008/06/daniel-estulin-clube-bilderberg-os.html

Filipe Guerra disse...

Zé, respondi aos teus comentários no meu blog e gostava que tomasses conhecimento dessa resposta, que foi:
"Nada de equívocos, Milhazes: o post e a imbecilidade é sobre a senhora Fátima Pinheiro, do Expresso. Não posso com beatas. Quanto ao teu livro, sempre defendi que devia ser lido antes de ser criticado, se por acaso seguiste o blogue do Vitor direito, escrevi lá isso e defendi o nosso passado comum na Iugo Západnaia e na Progresso. Depois disso, nunca mais nos vimos. O Pescador (designação que se dá ao papa de Roma) é uma alusão à crítica idiota que te foi feita por seres filho de pescador. Eu também teria muita honra nisso. Sou muito directo: não li os teus livros, mas penso que a tua fonte principal não é confiável, é abaixo de cão. Podemos fazer pela vida pensando pela nossa própria cabeça.
Abraço"

José Milhazes disse...

Filipe, apresento as minhas desculpas pelo mau entendido. Um abraço.