segunda-feira, julho 21, 2014

O longo caminho para a verdade terá fim?


Chefe do Estado Maior General das FA da Rússia

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, numa mensagem dirigida não se sabe a quem, não disse nada de novo. Atirou as culpas morais para cima da Ucrânia, defendeu uma investigação internacional e que não haja especulação em torno da tragédia.
Alguns esperavam que o dirigente russo revelasse algum pormenor importante sobre a origem da catástrofe, mas não o fez.
O Presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, convidou a Rússia a participar nas investigações internacionais, além de vários países a quem pertenciam os passageiros do malogrado voo.
Porém, frisou que “a Ucrânia tem provas que respondem à pergunta: quando, onde e como isso aconteceu. Os serviços especiais da Ucrânia estão prontos a apresentar todos os materiais à comissão internacional de peritos que investigar as circunstâncias da tragédia com o avião”.
Além do mais, ele reafirmou que o abate do avião foi realizado pelos separatistas com armas vindas da Rússia.
Os pormenores de Moscovo vieram do Ministério da Defesa da Rússia. Segundo o chefe do Estado Maior General das FA da Rússia, um Sukhoi-25 das forças armadas ucranianas encontrava-se perto do local do acidente. Esse avião militar “é capaz de voar até 10 quilómetros de atitude e está equipado com mísseis que podem abater alvos até 12 quilómetros de distância e garantidamente até 5 km”. Além disso, o militar mostrou fotos que alegadamente provam a presença de mísseis Buk-M1 ucranianos na zona da catástrofe.
Vamos continuar à espera de provas inequívocas sobre as causas do conflito, mas é de constatar que a comissão de investigação ainda não trabalha e muitas das provas podem já ter desaparecido.
Mas é de salientar que Vladimir Putin convocou para terça-feira uma reunião do Conselho de Segurança da Rússia para analisar “um conjunto de questões ligadas à garantia da soberania e da integridade territorial da Rússia”.
A julgar pela situação internacional, quais poderão ser as ameaças à garantia da soberania e integridade territorial da Rússia? Verdade seja dita, o Kremlin não reconhece esses direitos aos países vizinhos, mas, mesmo assim, quem poderá atentar contra a soberania e integridade territorial da Rússia? Será que a Ucrânia ou até mesmo a NATO se preparam para começarem uma guerra quente com Moscovo?
O mais provável é que se sejam apresentados dados dos serviços secretos russos com vista a denunciar as atividades de alguém ou de algum país contra a Rússia, justificando desse modo o aumento da ofensiva contra as liberdades internas e tentando desviar a atenção do verdadeiro problema.
Quanto à imprensa russa, praticamente toda vai pelas posições do Kremlin, mas alguma retórica utilizada vai além do correcto em situações como estas.
Alexandre Khokhlov, comentador político do jornal Vetchernaia Moskva escreve:”prováveis amigos” no Ocidente e as autoridades de Kiev atualmente por eles empurrados tentam apontar as setas para a Rússia, acusando-a sem provas da sua participação directa ou indirecta na organização da catástrofe. Mas o Kremlin não está calado e talvez a nossa principal arma no tiroteio propagandista esteja ainda guardada. Mas ela disparará obrigatoriamente”.



N.B. Recomendo a que não se precipitem nas conclusões para que, depois, não seja necessário engolir sapos. Segundo, considero absolutamente desumano o que ontem foi feito pelo correspondente da Sky News na Ucrânia, ao pegar em objectos das vítimas. Há limites para tudo.

24 comentários:

Pippo disse...

"Recomendo a que não se precipitem nas conclusões para que, depois, seja necessário engolir sapos."

Ahahah! Beba uma Coca-Cola que ajuda a engolir, JM! :D

Agora explique-nos uma coisa: se é tão lesto a questionar as acções do Putin, porque é que não questiona o facto do Poroshenko ter dito ter provas "que respondem à pergunta: quando, onde e como isso aconteceu" e não as apresentar? Se as tem, é só por as cartas na mesa, não é verdade?

José Milhazes disse...

Pippo, POroshenko não pode apresentar as provas na comissão internacional independente? Por vezes duvido que este Pippo seja aquele que durante muitos anos cometou neste blog. Mas esperemos pela conclusões.

Jonatan Souza disse...

http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/07/putin-hora-do-revide.html?m=1

Jonatan Souza disse...

http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/07/ataques-da-ucrania-donetsk-para.html?m=1

PortugueseMan disse...

Pippo, POroshenko não pode apresentar as provas na comissão internacional independente?

Pode se as tiver.

Andamos a ver afirmações por todo o lado e nada mas absolutamente nada de dados concretos.

Se as tivessem, não as estavam a guardar para comissões independentes e internacionais.

Porque quando chegarmos à fase de comissões de inquéritos sobre o que aconteceu a um avião, já o tema não anda nas notícias.

Portanto é agora quando o tema que está quente que se tem que falar. tal como tantas entidades oficiais o fazem, dizendo que sabem quem foi.

Só que ninguém mostra coisa nenhuma.

e não por é porque estão a aguardar inquéritos, não...

ANTI-COWBOY disse...

É importante seguir o canal "russia24".Durante o dia de hoje foram mostradas imagens de satélite onde se vê onde estavam colocados no dia 16 os célebres BUK em território ucraniano ocupado por tropa ucraniana e não dos separatistas.No dia 17 esses BUK mudaram de posição.No dia 18 já lá não estavam.Ou melhor, os mísseis tinham desaparecido.Tudo foi acompanhado pelo satélite russo.Foi registada uma alteração na rota do avião com um desvio de 14 km para norte que não se compreende.Será tudo isto verdade? Estará o general russo a mentir? A nossa imprensa nada diz.É estranho à velocidade que hoje as notícias correm. Aguardemos.

ANTI-COWBOY disse...

O General a que me referia é esse que está retratado no cabeçalho deste artigo do JM,isto é o Chefe do Estado Maior das Forças Armadas da Rússia.É ele que apareceu hoje,dia 21,no canal "russia24".Aliás este canal repete muito as informações.É possível portanto vê-lo amanhã novamente.

MSantos disse...

Talvez o problema não esteja no Pippo mas num jornalista que em tempos conhecemos e que apesar de ter ideias opostas das nossas ainda conservava alguma racionalidade e honestidade intelectual antes de ter enveredado por um caminho de ódio puro sem qualuer senso já, do que é honesto admitir e daquilo que não é. E talvez por motivos que tantas vezes foram referidos e que nós achávamos impossíveis, até caricatos, mas agora...

Um homem não é aquilo que defende ser mas sim o que pratica.

É uma pena.

Cumpts
Manuel Santos

Ricardo Break disse...

Vamos lá esperar para ver meu caro e caso haja guerra os russos estão preparados para dar e vender guerra ;) não sou que nem o sr na capital onde tudo parece bonito onde vivo vejo bem diariamente a capacidade bélica ;)
Mas pronto respondendo ao sr . Já vi as provas russas fotografias comprovando o que realmente se passou mas já a Ucrânia e os Estados unidos sabem e tem provas e bla bla bla mas ainda não VI NADA !!! Lol so acusações meramente idiotas e sem qualquer fundamento !!!! Vamos ser lógicos creio que o sR é inteligente .. quem ganhou com tudo isto ? Apenas a UCRÂNIA !!!!! Acho que basta isso para realmente ver o culpado ( quem ganhou com as consequências )
Daqui a um mês volto para a Rússia e desta vez para sempre !!!! Pois você mal do povo russo fala mas o povo russo PROVA as coisas já o seu amigo Monkey kakakakakkakaka OMFG Don't kidding with me !!!!! Nunca vi semelhante ignorante na política pf! !!

Jonatan Souza disse...

http://www.diariodarussia.com.br/internacional/noticias/2014/07/21/embaixada-russa-no-brasil-divulga-carta-de-repudio-a-informacoes-precipitadas-da-imprensa-brasileira-sobre-a-tragedia-do-boeing-malaio/

Jonatan Souza disse...

http://www.diariodarussia.com.br/aleksander-medvedovsky/noticias/2014/07/21/seria-risivel-se-nao-fosse-tao-triste/

Hugo Dionisio disse...

Caro JM

O Putin não precisa de arranja inimigos paralegitimar o que quer que seja. A Rússia tem-nos, como qualquer país que não se submeta, strictu sensu às ordens de Washington.

Vejamos o que sucede na Palestina. Com Israel a Ocupar actualmente quase 90% do território Palestiniano (de acordo com a resolução da ONU de 47 só podiam ocupar 55%), a continuar na construção de colonatos (considerados crime de guerra) e depois de matarem indiscriminadamente mulheres, velhos e crianças, aparece o Ban Ki Mon a falara ao lado do patrão (Kerry), repetindo a farsa costumeira de que Israel tem direito a defender-se e a viver em paz. E os outros? que foram despojados da sua vida e da sua pátria?

Portanto, os EUA tem o Putin encravado e em matéria de assassínios, conivência com autoritarismos, crimes, etc, não vejo que os EUA sejam diferentes dele. Só quem ainda funcione no esquema mental da guerra fria é que pode achar que há um mau e outro bom. São todos maus, são todos imperialistas e estão-se todos a borrifar para as pessoas. Os desgraçados do avião, foram carne para canhão de algum obscuro e inconfessável desígnio político. Muitos outros o são e muitos outros continuarão a ser, enquanto o mundo for unipolar, virado para o poder absoluto e, enquanto aqueles que puderem denunciar estas coisas, não o façam. Aqui, falar mal do Putin é fácil. Vá lá falar mal do Obama ou do Kerry sem perder o emprego da SIC!?

Hugo Dionisio disse...

Ah, o Oligarca neo-naziPoroshenko, que o JM apoia, tem provas. O autoritário ditador Putin que o JM odeia, também tem. Mas, segundo JM, as do primeiro são provas, as do segundo são farsas. É assim... Depois das farsas do Twitter e das chamadas telefónicas, grandes provas lá terão!

Ah, no dia em que a SIC passava uma chamada telefónica, na qual dois separatistas diziam para esconder as caixas negras, nesse mesmo dia, os separatistas entregaram-mas à Malásia. Interessante, não é? Porque será que o ocidente as queria tanto?

Quando a comissão internacional emitir uma versão em "águas de bacalhau" e ultra questionável sobre o assunto, há quem vá ter de engolir sapos, ah isso há.

Carlos Caseiro disse...

http://www.vesti.ru/only_video.html?vid=610598

Jonatan Souza disse...

http://www.assuntosmilitares.jor.br/2014/07/rebeldes-entregam-caixas-pretas-do-voo.html?m=1

Jonatan Souza disse...

http://www.assuntosmilitares.jor.br/2014/07/rebeldes-entregam-caixas-pretas-do-voo.html?m=1

Pippo disse...

JM, duvida que eu seja o mesmo??? O que eu começo a por em dúvida é se o JM que escrevia aqui não terá sido raptado por extra-terrestres!

Você, a cada frase que escreve, tem obrigatoriamente de apontar o dedo à Rússia! Até parece que está a seguir um guião ou coisa que o valha que alguém lhe pôs à frente!

Veicula todo o tipo de desinformações e suspeitas quando o alvo é a Rússia ou os seus aliados, mas quando surgem provas - repito, provas ! - contra a parte contrária, nem um piu!

Eu não lhe mandei, mais do que uma vez, um artigo feito NO TERRENO onde se mostrava o assassinato de civis por parte da Guarda Nacional? Porque é que não o publicou?
Eu fiz-lhe esta mesma pergunta várias vezes. Porque é que nem sequer me respondeu?
Se está interessado em informar, porque é que não informa as pessoas sobre o que se passa realmente? Ou será que não está para publicar coisas que incomodam a "sua" versão dos acontecimentos?

As forças "ucranianas" (ou lá o que raio essa palavra agora quererá dizer) bombardeiam indiscriminadamente alvos civis. Não se trata de apoio de fogo em operações militares que atingem zonas civis onde estão alvos legítimos mas sim bombardeamentos de longo alcance, com armas de 122 mm ou 152mm, que alvejam povoações aleatoriamente.

Onde é que estão os artigos dedicados exclusivamente a este assunto?
Faltam-lhe elementos? Meu caro, se quiser eu ajudo. Posso já indicar-lhe dois órgãos noticiosos ocidentais (para não me acusar de parcialidade pró-russa) que mostram o que de facto se passa NO TERRENO e sobre o qual o JM é totalmente omisso.

O Poroshenko irá "apresentar as provas na comissão internacional independente"?!? Isso é para rir, José Milhazes, ou é para nos deitar areia para os olhos?
Os "ucranianos" pelam-se por mostrar "provas" disto e daquilo, mesmo que essas "provas" sejam tão débeis como imbecis.
Os russos mostraram que os "ucranianos" tinham material anti-aéreo EM BATERIA (se não sabe o que isto significa, fale com especialistas), prontos a actuar contra... contra quem, exactamente? Os separatistas de Donetsk não têm força aérea...

Porque é que o JM não investigou esta estranha ocorrência? Porque é que não investigou o igualmente estranho desvio do avião? Porque é que não investiga (nem critica) o facto dos "ucranianos" terem tentado perturbar, pela via da gressão militar, os trabalhos de remoção de cadáveres e recolha de destroços por parte das equipas internacionais e os separatistas de Donetsk, estes últimos altamente elogiados pelos técnicos estrangeiros? Porque é que não investiga (nem critica) o facto dos políticos e média Ocidentais terem veiculado mentiras acerca desta questão?

Em suma, José Milhazes:

ONDE É QUE ESTÁ O JORNALISTA ISENTO QUE VOCÊ SUPOSTAMENTE DEVERIA SER???

Jonatan Souza disse...

http://apaginavermelha.blogspot.com.br/2014/07/mundo-associacao-internacional-do.html?m=1

Jonatan Souza disse...

http://www.planobrazil.com/ministerio-relacoes-exteriores-da-russia-imagens-interessantissimas-e-10-perguntas-aos-especialistas-ocidentais/

Anónimo disse...

com ou sem razão o que é facto é que o leitor pippo sabe muito mais do assunto do que o suposto jornalista José Milhazes.

É incrível haver pessoas que recebem um salário para trabalhar que se dizem jornalistas e depois revelam conhecimentos superficiais sobre as coisas.

será falta de inteligência ou incompetência?

e atenção que aqui não está em causa se o leitor pippo está certo ou errado mas sim o reconhecimento que o homem tem um conhecimento muito profundo sobre estes temas. O sr. Milhazes não domina estes assuntos, não tem competência técnica e muito menos isenção. É triste.

Eu neste tema acho que quem provavelmente deve ser o responsável pelo derrube do avião serão os rebeldes, de qualquer forma, não deixo de reconhecer conhecimentos muito rigorosos de quem diz o contrário.

Sr. Milhazes, se eu fosse a si, limitava-me a traduzir textos e publicar aqui no blogue é que o sr. está-se a humilhar de tal forma que até chego a ter pena de si. Não exponha as suas fragilidades e suscetibilidades de forma tão evidente...

proteja-se homem!

tenha em consideração alguns conselhos dos leitores mais antigos tais como o antonio santos e outros. Excluo o PM desse " lote"porque esse parece que é uma agencia de propaganda online.

ass:bruno

José Milhazes disse...

Anónio Bruno, agradeço pela sua lucidez. Instrua os ignorantes como eu, agradeço,
Quanto ao proteja-se, pergunto-lhe: de quem? De si? Já estou velho para essas coisas.

Anónimo disse...

"Quanto ao proteja-se, pergunto-lhe: de quem? De si? Já estou velho para essas coisas"

proteja-se no sentido de não deixar tão evidentes as suas fragilidades em questões técnicas.

Quando o sr. fala em termos técnicos nota-se algumas falhas..

mas repare, o sr. nem é melhor nem pior que a generalidade dos jornalistas cá do buro e lá fora, simplesmente o sr. é um jornalista do sistema, não contesta, nem o pode fazer, senão perde o emprego como bem sabe.

Desafio o senhor a usar as mesmas palavras duras contra o obama e veremos quanto tempo mantem o seu posto de trabalho. Apenas este facto deveria fazê-lo refletir um pouco.

E já agora, o sr. tem coisas boas, que porventura o tornam de certa forma agradável, o senhor ao contrário dos restantes jornalistas não faz censura e isso é muito bom.
O senhor não tem culpa de ter essa atitude jornalística, o sr. foi um homem do seu tempo mas tem de compreender que a geração mais jovem exige mais rigor e transparência. Nós sabemos que nesta história não há inocentes excepto os passageiros do voo, mas a sua narrativa procura passar a ideia que os maus da fita são os russos e os ocidentais são os bonzinhos.

é essa lógica que já não "cola", o sennhor já foi comunista e sabe bem o que é viver com dogmas, pois bem, o senhor presentemente vive um novo dogma que é acreditar que o ocidente está no lado do bem, que o liberalismo é porreiro e tal...

é tudo conversa de "chacha", mas esteja tranquilo, como o senhor há milhares de jornalistas que pensam e actuam da mesma forma, pode ser que isso o conforme.

Jonatan Souza disse...

http://apaginavermelha.blogspot.com.br/2014/07/crise-ucraniana-parlamentar-ucraniana.html?m=1

Anónimo disse...

Sr Milhazes, o Bruno quando diz para se proteger, é de si próprio.
Será que o senhor nem consegue ver isso?