domingo, agosto 24, 2014

E, agora, quantas mais colunas humanitárias se vão seguir?



Os idiotas são muito perigosos, e não tanto porque são obrigatoriamente maus, mas porque é-lhes estranho qualquer tipo de considerações e entram de chancas, como se lhes pertencesse o caminho onde se encontram”. Mikhail Saltykov-Schedrin

Recordei-me das palavras deste clássico da literatura russa do séc. XIX a propósito da “coluna humanitária” russa que entrou no território da Ucrânia sem qualquer tipo de autorização. Vladimir Putin achou que a coluna de quase 200 camiões devia entrar no território do país vizinho sem a autorização dos poderes competentes e sem a coordenação com a Cruz Vermelha Internacional, e assim aconteceu não obstante os protestos internacionais.
Quando o Presidente russo, em Agosto de 2008, decidiu anexar a Ossétia do Sul e Abkhásia, repúblicas separatistas da Geórgia, o chamado Ocidente, depois de fracos protestos, engoliu essa violação do Direito Internacional. Seis anos depois, o mesmo Ocidente parecia estar disposto a esquecer a anexação da Crimeia pela Rússia na esperança de que o Kremlin se acalmasse. Mas a história repete-se e o apetite aumenta cada vez mais.
Andrey Lissenko, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Ucrânia, acusou a Rússia de utilizar os camiões vazios para trazer para território russo aparelhagem e maquinaria de uma fábrica que produz radares e de outra que fabrica munições para armas ligeiras.
Visto que importantes peças e equipamentos para o complexo militar-industrial russo são fabricados no sudeste da Ucrânia, é de esperar que os camiões semi-vazios russos continuem a atravessar cada vez mais frequentemente a fronteira com o país vizinho sob o pretexto da ajuda humanitária.
Ontem, 23 de Agosto, no dia em que se assinala o 50º aniversário do Pacto Molotov-Ribbentropp, a chanceler alemã foi a Kiev dizer que não permitirá uma nova divisão da Europa e propôs dois pontos para a solução do conflito no sudeste da Ucrânia: a iniciativa de cessar de fogo deve ser apoiada pela Rússia e a fronteira russo-ucraniana deverá ficar sob rigoroso controlo internacional. O Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, deposita esperanças no encontro com o homólogo russo, marcado para 26 de Agosto em Minsk. Porém, não há motivos para optimismo, pois Moscovo diz não violar as fronteiras da Ucrânia, nem apoiar, com armas e homens, os separatistas do sudeste ucraniano. 

P.S. Os dirigentes separatistas da auto-proclamada República Popular de Donetsk apelam à Rússia o envio de ajuda humanitária, pois a que chegou, ficou emn Lugansk. Ou seja, a telenovela continua.  

44 comentários:

ANTI-COWBOY disse...

Pois é JM,de violação em violação do direito internacional as tropas ucranianas vão sendo derrotadas.Cinco cidades do sudeste de Donetsk estão cercadas na iminência do contra ataque dos separatistas pró-russos.A guerra está a ser ganha pelos anti-fascistas.Luhansk recebeu o combóio humanitário sem quaisquer problemas.A situação,em termos de desinformação,faz-me lembrar os meios de comunicação ocidentais do tempo do Vietname em que os EUA avançavam para uma vitória gloriosa no meio de centenas de milhares de campos agrícolas queimados com napalm,quando de repente as tropas regulares vietnamitas já atiravam ao sul de Saigão helicópteros americanos ao mar juntamente com outro material militar,como já aqui referi uma vez. Afinal,dizia o meu Pai, a guerra estava perdida.Dizia eu,novato,"parece que sim",como foi possível num ápice os americanos perderem a guerra,Pai.Ele não sabia responder-me,porque a toda a hora os média faziam de nós parvos.Nunca mais me esqueço disso.Mas hoje ainda é mais requintado.As mentiras constantes que esta Ucrânia e os seus apoiantes nos enviam chegam a ser infantis.Mas os papalvos vão acreditando.O combóio humanitário russo,para além de levar às populações da Ucrânia de leste víveres importantes para as populações também foram dizer que vamos entrar quando quisermos sem que levemos um tiro.Prepare-se JM,para que daqui a uns tempos,mas poucos,estejamos todos a dizer "como foi possível esta derrota das tropas ucranianas tão rapidamente".Aviões,parece que já pouca coisa há.As conversações em Minsk vão ser parecidas com as conversações em Paris,no tempo de De Gaulle.Não sei se sabe do vexame que os americanos passaram com a célebre escolha da MESA para as conversações.Diziam os vietnamitas,não queremos esta mesa redonda,queremos uma quadrada.Lá trouxeram uma quadrada.Depois não podia ser aquela porque era brilhante demais.Depois era outra razão sem importância nenhuma.Até que os americanos num último gesto de dignidade abandonaram as conversações.Os vietnamitas disseram,pois se é isso que pretendem assim será e foram-se embora.Lá andou De Gaulle às voltas para juntá-los outra vez porque eram os americanos os mais interessados pela quantidade de prisioneiros que os vietcong tinham em seu poder e que os americanos, pressionados pela sua população,tinham que reaver e o mais rapidamente possível.Lembro-me bem desse episódio recambolesco.Não quer dizer que os russos vão fazer isso mas porquê Minsk,capital da Bielorrússia,País altamente aliado de Moscovo.Claro que foi uma imposição de pré-vencedores a todo o momento.É só mais um empurrãozito.
E já agora,está tudo muito calado com o relatório sobre a queda do avião malaio em Donetsk.Só a Rússia pede que apresentem dentro do prazo previsto o tal relatório parece que "preliminar".Ninguém fala mais dele.Ainda vão arranjar uma desculpa qualquer para dizerem que para já não se descobriu nada.Aguardemos pacientemente.Mas o JM vá fazendo uma crónica sobre o assunto.Pode ser que tenha elementos privilegiados.Olhe que,feitas bem as contas, era bom para si.

nuno_inzaghi disse...

la esta o JM sedento de sangue...

Anónimo disse...

"Recordei-me das palavras deste clássico da literatura russa do séc. XIX
a propósito da “coluna humanitária”
russa que entrou no território da Ucrânia sem qualquer tipo de autorização."

Mas no artigo que voçe mesmo escreveu em
quarta-feira, Agosto 13, 2014
com titulo
Ajuda humanitária ou intervenção militar ?
aqui neste sitio
voçe diz

"Depois de aturadas e difíceis conversações, as autoridades de Kiev deram luz verde
a Moscovo para enviar ajuda humanitária para o leste da Ucrânia"

e estou unicamente citando palavras suas escritas aqui nas quais se contradiz claramente.

Voce esta bem da cabeça ?
Perdeu por completo a noção do ridiculo?
Mente tanto que ja nem consegue ser coerente? Ja nao tem vergonha na cara ?
Ou pensa que por sermos Portugueses somos otarios e idiotas a ponto de gozar conosco descaradamente?

Bem sei que a sua função é de fazer o levantamento de informação e aproveitar os comentarios daqui para
afinar a maquina de propaganda mas da minha parte ja tinha levado um valente chuto na peida por tao rafeiro trabalho.

José Milhazes disse...

Anónimo, deixe-se de demagogia. As autoridades ucraninas deram realmente luz verde em determinadas condições, que a Rússia desrespeitou, bem como desrespeitiou os acordos com a Cruz Vermelha. É melhor que se preocupe com a sua cabeça, pois ainda não me posso queixar muito da minha.

PortugueseMan disse...

Não deixa de ser interessante que a Ucrânia continua a insistir na necessidade de gás... RUSSO!

Porque não estão a comprar a outro fornecedor, como faz qualquer outro país? Porque não tem dinheiro para isso.

Porque mais ninguém vai vender gás a valores russos.

Porque mais ninguém vai vender fiado, e vão querer pagamento adiantado, sabendo das condições económicas ucranianas.

Porque a Ucrânia cada vez tem menos reservas de dinheiro e a sua moeda cada vez vale menos, o que aumenta exponencialmente o valor a pagar pelo o gás, pago em moeda forte.

Um artigo que fala das declarações do PM Ucraniano:

Ukraine faces difficult winter without Russian gas: PM

Ukraine faces a long and cold winter, Prime Minister Yatseniuk warned on Friday, saying the country needs a further 5 billion cubic metres of Russian gas and may need to import coal due to the impact of the conflict in its industrial eastern regions...

...Asked in a televised interview if he thought Ukraine could survive without Russian gas, Yatseniuk said: "No ... The situation (in winter) will be extremely difficult."...

The prime minister said Ukraine, a net exporter of thermal coal, used for power generation, is considering buying non-Ukrainian coal as domestic output has been hit by the conflict with infrastructure destroyed by artillery fire and supply networks disrupted.

Around half of the 115 coal mines in Ukraine, Europe's second-largest coal producer, have halted production and output fell 22 percent year-on-year in July to 5.6 million tonnes...


http://news.yahoo.com/ukraine-reserved-3-1-billion-winter-gas-needs-144824754--finance.html


Relativamente à questão da moeda ucraniana, eu tenho um gráfico que pode ajudar a visualizar o problema.

Consultar a imagem:

http://portugueseman.blogspot.pt/2014/08/relatos-da-ucrania-vi_15.html

PortugueseMan disse...

"As autoridades ucraninas deram realmente luz verde em determinadas condições, que a Rússia desrespeitou, bem como desrespeitiou os acordos com a Cruz Vermelha"

Quais foram as condições não respeitadas? eu tenho ideia que apenas foram empatando a situação.

A ajuda humanitária até parece ter corrido bem, certamente haverá mais colunas humanitárias.

A situação vai continuar até se chegar a uma negociação. E nada boa para a Ucrânia que ainda existe hoje.

Jonatan Souza disse...

Olha só essa o que não era agora parece ser :http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/08/polonia-e-paises-balticos-exigem-que.html?m=1

Pippo disse...

Cada vez mais suspeito que este não é o JM que eu conheci em tempos. Agora limita-se a ser uma fonte de desinformação, resumindo-se a retransmitir "coisas" que lhe são passadas pelas "muito credíveis" autoridades kievitas tais como essa afirmação do Andrey Lissenko.

Não é suposto um jornalista confirmar as afirmações antes de as publicar? Esse "responsável" ucraniano estava in situ a verificar o que os camiões traziam ou deixaram de trazer?
E porque é que o José Milhazes, que é jornalista, não está na região a cobrir os eventos, como muitos dos seus colegas, inclusive aquele jornalista russo que foi raptado pelos terroristas de Kiev?

Quanto a essa converseta do apoio russo que, sinceramente, já trasanda, JM, hoje houve uma parada de prisioneiros kievitas pelas ruas de Donetsk (uma recriação da parada dos prisioneiros alemães em Moscovo em 1944). Você que tem obrigação de reconhecer essas coisas, reparou no "sofisticado material militar russo" que os milicianos separatistas exibiam? Eram espingardas automáticas Simonov! SKS Simonov! Foram substituídas nos anos 50 (!) pela AK-47!

http://www.youtube.com/watch?v=0cz7A2bxU4Y

A seguir Moscovo enviará o quê? Mosin Nagant? Granadas RPG-2 para lidar com os blindados de Kiev?

Anónimo disse...

Já que está numa de citações literárias, aconselho a leitura do famoso Drácula de Bram Stocker, na altura em que o conde envia caixões para Londres com o pretexto de que tinham obras de arte. Claro que objectivo era espalhar os vampiros para aumentar a prole.
Sem mais comentários.

Carlos Carapeto disse...

Já aqui escrevi isto; O José Milhazes entra em contradições que só o desprestigiam.

Ho homem tenha um mínimo de coerência, evite escrever tanto disparate.

Bem; agora já não é com o pretexto de levar armas aos “rebeldes” é roubar equipamentos. É preciso ter um grande desaforo para desinformar desta maneira.

Mas julga que aqueles que o leem são tudo uma cambada de estúpidos analfabetos que só têm acesso à chorrilhada de asneiras propagandisticas com os pretende brindar?

José Milhazes sabe muito melhor que nós todos que estamos afastados do foco dos acontecimentos (mas não é por isso que deixamos de estar devidamente informados) que o governo de Kiev andou a engonhar dias sucessivos, deixa passar não deixa passar o comboio com ajuda humanitária, com o objetivo de ir aumentando a agonia da população de Lugansk, que desde 3 de Agosto está privada de todos os bens essenciais (água, energia elétrica, gás, comunicações, medicamentos) .

Sabe também quem destruiu propositadamente de forma criminosa esses serviços. As forças sob as ordens do nazi (assumido) Dmitri Yarosh foram quem cometeu esse crime hodiondo.

E o José Milhazes silencia e aplaude esses actos criminosos de punição coletiva contra civis indefesos.

O José Milhazes perante a situação na Ucrânia tem tomado abertamente posições que podem levar as pessoas a suspeitar que trocou o simbola da foice e do martelo por a cruz suástica. Bem; da minha parte pessoa muito desconfiada nessas questões não me restam duvidas que o fez há bastante tempo.

E com que proposito trouxe a terreiro o Pacto Molotov- Ribentrop? E os acordos de Munique não lhe dizem nada?

Ou pretende branquear os crimes do nazismo e desrespeitar a memória dos 19 milhões de civis assasinados durante os três anos que os nazis ocuparam parte da URSS? Se é isso que pretende, então está a colocar-se ao lado de criminosos que chacinaram 6 milhões de inocentes anualmente, 16 400 vitimas por dia.

Quero lembrar ao José Milhazes que sou aquele participante que durante algum tempo frequntou este espaço com o pseudonimo de CIN NARODA, que o senhor a determinada altura prtendeu dar lições sobre a liberdade de circulação na URSS.

Certamente que já não se lembra? Mas eu disse-lhe por onde andei sem ninguém me impedir ou perturbar, por outro lado provei que eram absolutamente falsas as suas afirmações. Como são também falsas as atoardas que lança acerca dos acontecimentos atuais na Ucrânia.

Sabe qual é a sua sorte? É viver num país tolerante. Porque com esse comportamento se fosse num qualquer dos países a quem está a prestar os seus serviços há muito que tinha sido silenciado ou expulso.


Carlos Carapeto Cin Naroda para os amigos.

Carlos Carapeto disse...

ANTI-COWBOY!

Desejo felicitá-lo por a excelente descrição que faz acerca da guerra do Vietname.

Parabéns!!!!!!!

Eu também era novo mas já tinha idade e consciência para perceber as coisas.

Sim; venceram em la Drang, mas tiveram que retira-se.

Venceram em Khe Sanh e tiveram que fugir abandonando todo o equipamento. Venceram na provincia de Quang Tri e retiraram-se para sul.

Perderam 17 B52 nos bombardeamentos selvagens a Hanói e ficaram sem capacidade aérea para realizar ataques com bombardeiros pesados.

Foram só vitórias até ao dia que tiveram que fugir à pressa de Saigão.

A maior derrota que sofreram foi quando a delegação Vietnamita às conversações de Paris os fez esperar horas sentados enquanto foram visitar a estátua de Che Guevara.

Foram humilhados.

José Milhazes disse...

Pippo, você conhece bem a história da URSS/Rússia e diz estar a par da situação na Ucrânia, mas não compreendeu que essas armas antigas foram empregues não como material de guerra, mas como parte do espectáculo para fazer lembrar o que os soviéticos fizeram aos nazis na 2ª guerra mundial. Não faça das outras pessoas idiotas!
Além disso, aquela parada viola todas as normas da guerra, é uma vergonha e, pelo aspecto dos desfiladores, nota-se que nem todos pasrecem ser militares.

N. Amorim disse...

Caro JM, aqui o unico demagogo e voce. keep stalling e tudo o que Kiev foi fazendo, um passo para a frente, dois para tras. As pessoas ja acordaram a muito tempo.

PortugueseMan disse...

Além disso, aquela parada viola todas as normas da guerra

Parece-me a mim ser menos grave do que as fotos de mulheres e crianças que vejo desfeitos nas ruas, resultado de bombardeamentos.

Mas cada um sente-se chocado com o que quiser.

Pippo disse...

Pois, nem todos sao idiotas, so aqueles que se acham ser a Rússia...

Quanto a essa converseta das normas da guerra, as normas de guerra também punem como CRIME DE GUERRA o bombardeamento indiscriminado de civis. Mas "curiosamente", o JM nao noticias nem critica isto com as suas parangonas. Curioso, nao acha? Porque será?

Já agora, VÁ PARA O TERRENO e confirme isto sff:

http://en.itar-tass.com/world/746532

José Milhazes disse...

PM, e então as tais armas antiquadas? Você sabe que se eu não estou no local, é porque isso não depende de mim. Mas estou bem informado, dentro dos posições. Leio os seus comentários, bem como os de PM e outro e até começo a acreditar que foi a Ucrânia que invadiu a Rússia e que os separatistas são uns santos, as armas sofiscadas de que dispõem servem apenas para "defesa".

Pippo disse...

Olhe, e quando a fazer de nós idiotas, tome aqui mais exemplos do "apoio russo" aos separatistas:

http://www.forgottenweapons.com/wp-content/uploads/2014/05/Bot653dIQAAIze6.jpg-large.jpg

Reconhece as armas? Nao? Entao aqui vai: SKS Simonov e PTRS-41 como "arma anti-carro" (ena!)

Olha outra PTRS aqui:
http://www.forgottenweapons.com/wp-content/uploads/2014/05/ptr41-in-action-450x300.jpg

Portanto, idiota por idiota, ficamos conversados :)

José Milhazes disse...

Pippo, e de onde é que as armas vêm? Estão à venda de uma loja perto de si? Moscovo não envia armas aos separatistas, estes encontram-nas nos caminhos ou conquistam-nas ao exército ucraniano. Estamos conversados.

PortugueseMan disse...

Meu caro, você é livre de acreditar no que quiser. Isto cada um vê aquilo que quer.

A afirmação de armas sofisticadas vindo de si meu caro, é o mesmo quando afirmava que os sofisticados armamentos S-300 são ARMAS OFENSIVAS.

Muita gente aqui gastou o seu latim a tentar explicar que sistemas S300 não são OFENSIVOS, mas sim DEFENSIVOS.

Nunca o aceitou.

Você só vê o que quer. Interpreta como quer. E vai beber as notícias que se encaixam na realidade que quer ver.

Se os rebeldes tivessem as tais armas sofisticadas, já andava ai toda a gente a mostrar as famosas ditas.

Agora quanto a apoio russo. Ele existe? concerteza.

Agora não me venha dizer que os separatistas, estão a obter armas vindas da Rússia.

Só falta dizer que as armas ucranianas, só existem, só estão guardadas, só estão localizadas em locais onde os separatistas não actuam.

A maior parte do armamento, é UCRANIANO.

Você não quer aceitar isso porque não encaixa na sua realidade das coisas.

Na sua realidade das coisas, não existe separatistas, existe militares russos, disfarçados de separatistas. Não existe ucranianos a lutar, apenas russos e armamento russo.

Na sua realidade das coisas, você quer ver camiões cheios de armamento e em vez de retornar camiões vazios, você quer ver camiões cheios de qualquer coisa.

Algo que consiga agarrar, para confirmar a sua realidade.

Mas a realidade é outra meu caro. A realidade é outra.

PortugueseMan disse...

...até começo a acreditar que foi a Ucrânia que invadiu a Rússia e que os separatistas são uns santos...

Ninguém diz que os separatistas são uns santos, mas estão a lutar por algo em que acreditam. Os outros estão a ser empurrados para o conflito.

A Ucrânia não invadiu a Rússia, mas a culpa da Ucrânia estar como está é da Ucrânia.

Nunca se deveria ter permitido ser um joguete de interesses de potências maiores.

Agora a Ucrânia vai deixar de existir tal como a conhecemos. E os ucranianos vão pagar uma pesada factura por longos anos.

E o Inverno está a chegar.

E a decisão para a 2ª tranche do FMI também.

E o problema separatista não foi resolvido em tempo útil.

Vai o FMI enterrar dinheiro numa guerra civil?

Interrogo-me na sua realidade das coisas, como imagina que a Ucrânia vai sair de uma coisa destas.

Pippo disse...

Pois, devemos realmente estar conversados.
Quando uma das facções usa material com 70 anos - 70 anos! - e depois vêm os jornalistas "bem informados" sugerir que aquilo é material vindo da Rússia (que deve ter uma enorme falta de armas anti-carro modernas, como se pode calcular), de facto não há muito mais a dizer.

E quanto a essa de não depender de si o posicionamento no terreno, então também presumo que não dependa de si questionar aqui neste blog porque é que as autoridades de Kiev não publicam as conversas tidas com o MH17 da Malasyan Airlines, certo?

O Lavrov já questionou. Aliás, parece que os russos são os únicos interessados em ver a situação bem aclarada.

http://en.ria.ru/russia/20140825/192324424/Lavrov-Says-Unclear-Why-Kiev-Not-Releasing-Air-Traffic.html

Também não depende de si questionar isto? Depende de quem, então?

Nuno Rolo disse...

Gostaria de saber se cada um de vocês gostam da guerra, não se esqueçam de uma coisa, tudo isto leva a uma morte do direito internacional já em si muribundo por tantas facadas que ja levou tanto de Ocidentais como da Russia, se não voltarem a respeitar o direito internacional e coloca lo no sitio certo, qualquer dia temos uma Grande Guerra outra vez na Europa.
Não queiram justificar um metedo pouco humano com outro também humano, não da direito aos EUA terem prisionaieros em Guatanamo sem direito a uma defesa, mas também não da o direito so separatistas humilharem os militares ucranianos, até parace que os separatistas são uns santos já se esqueceram do avião da malasia, se não tivessem a protessão dos russos de certezas que já estavam a levar com um bombeardamento por parte da NATO, nesta guerra não há bons nem maus, e se eles tivessem preocupados com os civis, ambas as partes ja teriam se sentado a mesa para alcancerem um acordo.

Jonatan Souza disse...

Dalhe federação russa http://www.planobrazil.com/russia-planeja-segundo-comboio-de-ajuda-humanitaria-a-ucrania/

Jonatan Souza disse...

http://undhorizontenews2.blogspot.com.br/2014/08/russia-e-china-criticam-comportamento.html?m=1

N. Amorim disse...

As armas veem da Polonia, Hungria, Russia...ate o Canada ajuda humanitariamente com os seus C-17 a aterrar em Harkov, outra vez a tentar ser demagogo, de certeza que nao vem carregados de grechka.

A proposito, onde estam os camioes de ajuda humanitaria que a Ucrania tao prontamente desencantou quandos os Russos tentavam chegar a Luhansk ?

Ja chegaram ? Vao chegar ? Ou frustaram as tentativas de os encher a custa dos camioes dos Russos ?

Jonatan Souza disse...

http://redecastorphoto.blogspot.com.br/2014/08/comeca-o-fim-da-guerra-na-ucrania.html?m=1

ANTI-COWBOY disse...

Obrigado pelas suas palavras amáveis Carlos Carapeto.
Estou muito ansioso em relação à reunião de amanhã em Minsk.Pode ser importante,pode não ser.A ver vamos.
Estou convencido,sinceramente, que a Alemanha e a França,por eles, já teriam feito um acordo com a Rússia sobre a situação da Ucrânia.Aliás não faz sentido um diferendo político entre UE e Rússia com economias tão interdependentes e ainda por cima com fronteiras geográficas bem precisas e inalteráveis, como é óbvio.Estão "condenados" ao entendimento e ainda bem.A circunstância dos EUA terem o ouro alemão e boa parte da economia francesa nas suas mãos não ajuda nada à resolução deste problema vital para a Europa.Sabe,Carlos Carapeto,esta subserviência da Europa em relação à América chega a ser,e desculpe-me a palavra,nojenta.Sei que tudo tem a ver com a circunstância da Europa ter perdido a guerra,e ainda bem por um lado.Era o que nos faltava ser dominados pelo nazismo.Mas por outro lado este poder da alta finança americana não é melhor.Sou um defensor acérrimo de um mundo multipolar por forma a sairmos destas amarras que os EUA querem impôr a todo o mundo e também à própria Europa.É inaceitável.Continuarei a escrever noutra ocasião.Um abraço para si,Carlos Carapeto e para todos os outros que escrevem neste blog.Ao JM também lhe desejo felicidades e independência intelectual que é uma exigência que pedimos concerteza a todos os jornalistas.

Astromac disse...

Caro Milhazes,

Está a gastar o latim ao discutir com trolls que não devem ser alimentados. Eles não irão nunca ceder. Só uma ignorância supina pode justificar que alguém acredite que os russos não fornecem armas e soldados aos separatistas. De facto eu acho que a maior parte dos comentadores pró-russos do blog não acreditam verdadeiramente nisso, mas antes sofrem de um anti-ocidentalismo primário que os faz querer justificar cinicamente tudo o que a Rússia faz. Isso ou são mais bots do Putin, recrutados para escrever comentários online (cf. os comentários do Guardian, completamente dominados por tais bots).

PortugueseMan, diga-me se também se indigna quando a artilharia russa bombardeia posições e aldeias ucranianas a partir da Rússia. Ou não me diga que, dadas as provas já apresentadas, não acredita que isso aconteça.

Pippo, acho que tem toda a razão. Os heróicos revolucionários do DNR e LNR têm armamento rudimentar contra o cruel exército ucraniano. As fotos que mostrou foram dos poucos sortudos que têm armas de fogo, pois a maior parte dos guerrilheiros lutam com enxadas, foices e martelos. Aliás, foi com vários arremessos de martelos que conseguiram abater vários aviões de combate ucranianos e bombardear indiscriminadamente civis. E os malandros dos fascistas ucranianos receberam o MH370 da CIA com os cadáveres já hirtos, e largaram-no no Donbass para passar as culpas aos revolucionários! Felizmente a si e ao "filho do povo" ninguém engana com estas tretas!

O vaivém humanitário prossegue apesar da oposição ucraniana! Os russos deixaram os camiões com bastante espaço livre para facilitar as inspecções dos ucranianos na fronteira perto de Kharkiv, mas estes mesmos forçaram os camiões a atravessar mais a sul (onde os revolucionários controlam a fronteira) só para atrasar o comboio e deitar as culpas para cima da Rússia! Mas felizmente a Rússia, conhecida pelo mundo inteiro pelas suas múltiplas intervenções de ajuda humanitária, juntou-se com a Cruz Vermelha Internacional e mandou-os às urtigas! É como diz o "filho do povo", uma verdadeira benesse existir na Terra um país tão tolerante como a Rússia! Se fossem os Estados Unidos já tinham bombardeado a Ucrânia e armado os ucranianos até aos dentes!

Jonatan Souza disse...

http://undhorizontenews2.blogspot.com.br/2014/08/und-mais-tarde-volto-com-muito-mais.html?m=1

Pippo disse...

Para o JM e o seu bando de acólitos, aqui vai um vídeo sobre operações militares em Ilovaysk (a tal povoação que os terroristas afirmavam ter tomado aos separatistas!).
No final do vídeo, depois dos canalhas dos Batalhões Azov, Dnepr e Dombass terrem apanhado nos cornos, há uma pequena demonstração do material capturado ao inimigo.
Presumo que seja tudo armamento russo, certo? Deve ter sido trazido nos camiões humanitários...

Presumo também que as centenas de militares ucranianos que mandaram o seu "governo" às urtigas e se juntaram ao povo sejam todos russos e tenham levado armamento russo para as suas novas hostes, certo?

Na Ucrânia HÁ ARMAMENTO, não é preciso ir busca-lo à Rússia. a Ucrânia PRODUZ armas, as suas unidades militares TÊM armas e muitas, mas mesmo muitas têm sido CAPTURADAS ou ENTREGUES aos separatistas.

Há "N" vídeos a mostrar armamento ex-kievita a ser usado pelos separatistas, inclusive fotos com veículos ex-kievitas a serem reparados pelo Batalhão Fantasma.

Até á vídeos de veículos a serem tirados de pedestais e há pelo menos um relato de um JS-3 (com 70 anos!) que foi usado para tomar um posto fronteiriço do governo de Kiev, que é este veículo aqui na foto:

http://www.demotix.com/photo/5550358/stolen-terrorists-tank-js-3-deposited-exposition-kiev

Este Josef Stalin também foi trazido num daqueles camiões humanitários, foi?

Anónimo disse...

Sou o anonimo a quem acusou de demagogia.
Então e mais uma vez utilizando unicamente pelavras suas escritas aqui:

Versão 1 (quarta-feira, Agosto 13, 2014 Artigo: Ajuda humanitária ou intervenção militar ? )
"Depois de aturadas e difíceis conversações, as autoridades de Kiev deram luz verde
a Moscovo para enviar ajuda humanitária para o leste da Ucrânia"

Versão 2 (domingo, Agosto 24, 2014 Artigo: E, agora, quantas mais colunas humanitárias se vão seguir? )
"a propósito da “coluna humanitária”
russa que entrou no território da Ucrânia sem qualquer tipo de autorização."

Versão 3 (Comentario as 21:01 neste mesmo artigo)
"As autoridades ucraninas deram realmente luz verde em determinadas condições, que a Rússia desrespeitou"

E sou eu que estou com demagogia ????
Ou a demagogia que voçê precepciona é a de suas proprias palavras ?

As palavras abaixo não são suas mas utilizou-as neste seu artigo e assentam-lhe bem
“Os idiotas são muito perigosos, e não tanto porque são obrigatoriamente maus, mas porque é-lhes
estranho qualquer tipo de considerações e entram de chancas, como se lhes pertencesse o caminho onde se encontram”

Anónimo disse...

@Nuno Rolo
Por falar no avião da Malasia. Para quem tinha tantas provas que correu logo a acusar a outra parte inclusive gravacoes dos responsaveis (mas que se revelaram falsas)
e depois nao as mostrou porque eram secretas. Tais como as gravacoes dos pilotos com a torre de controle
que foram confiscadas pelos servicos secretos ucranianos e delas nada se sabe. O relatorio do que aconteceu esta bem dificil de parir nao esta ?

Anónimo disse...

@Nuno Rolo
Por falar no avião da Malasia. Para quem tinha tantas provas que correu logo a acusar a outra parte inclusive gravacoes dos responsaveis (mas que se revelaram falsas)
e depois nao as mostrou porque eram secretas. Tais como as gravacoes dos pilotos com a torre de controle
que foram confiscadas pelos servicos secretos ucranianos e delas nada se sabe. O relatorio do que aconteceu esta bem dificil de parir nao esta ?

Anónimo disse...

@Astromac.
Conte-nos la do alto da sua sapiencia que aldeias foram bombardeadas.
Isso de mandar granadas para o ar e nao apresentar factos e muito feio.

MSantos disse...

Bombardeia-se mais aqui do que em Donetsk. E como lá, são os pró-americanos que estão a levar na corneta.

:)

Vão para dentro e não se incomodem.

Cumprimentos a todos
Manuel Santos

Pippo disse...

JM, que tal um artigo sobre estes dois jornalistas desaparecidos...

http://en.ria.ru/russia/20140826/192340056/Russian-Journalists-Detained-by-Right-Sector-Safe-to-Be-Transferred-to-Police.html

Ou sobre este aqui, do qual nada se sabe?

http://en.ria.ru/video/20140812/191933848/Russian-FM-Lavrov-on-Andrei-Stenin-Missing-in-Ukraine.html

Já agora, tem notícias dos T-90 transportados nos camiões humanitários? Parece que também levavam aviões, helicópteros e acho que uma corveta, para dar a Donetsk uma marinha de guerra... :)

Jonatan Souza disse...

http://redecastorphoto.blogspot.com.br/2014/08/russia-eua-e-invasao-humanitaria.html?m=1

Jonatan Souza disse...

http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_08_26/Midia-brasileira-democratica-mesmo-7735/

Jonatan Souza disse...

Tendo em vista que a midia ocidental esta em silencio com relação ao mh17 http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_08_26/Moscou-n-o-permitir-que-os-respons-veis-da-cat-strofe-do-Boeing-na-Ucr-nia-escapem-responsabilidade-2656/

Nuno Rolo disse...

Boa tarde,
Venho por este meio colocar uma pergunta JM, segundo as ultimas declarações do Secretario Geral da NATO, estão a pensar em enviar tropas para a região, se isso vier acontecer poderá a Russia aumentar os seus efectivos junto a fronteira junto a Ucrânia isso não irá levar um aumento das tensões entre o Ocidente e a Russia?

PortugueseMan disse...

...estão a pensar em enviar tropas para a região, se isso vier acontecer poderá a Russia aumentar os seus efectivos junto a fronteira junto a Ucrânia isso não irá levar um aumento das tensões entre o Ocidente e a Russia?

Irrelevante.

Movimentações de tropas da NATO na região, são operações de cosmética.

Pippo disse...

Caro Astromac

Com que então são as milícias separatistas quem bombardeia indiscriminadamente civis?!?

Cheira-me que anda com a cabeça meio na Lua! :OD

Carlos Carapeto disse...

Bem quanto às caixas negras o José Milhazes até já tinha visto uma em Moscovo, para serem alteradas as gravações.


Mas o José Milahazes nunca mais disse nada acerca disso porquê ?


Recebeu ordens para se calar?

É preciso ter lata, tentando fazer dos outros parvos, como se as gravações dos registos pudessem ser apagados ou alterados.


Este género de “desabafos” atestam na perfeição a idoneidade de informar do José Milhazes.



Esta quadra do A. Aleixo ajusta-se impecavelmente aos comentários que o José Milhazes escreve.

Mentiu com habilidade,

Disse quantas mentiras quis;

Agora pode falar verdade

Ninguém crê no que ele diz.

Anónimo disse...

Qual era o conteúdo dos camiões enviados? Suplementos alimentares?