segunda-feira, abril 26, 2010

Convite para o lançamento do meu livro "Samora:Atentado ou Acidente?"

Caros leitores e amigos, é com um enorme prazer que vos convido para a sessão de lançamento do meu novo livro.
Todos os dados estão no convite que vos envio abaixo. Obrigado
P.S. Peço desculpa de o aviso estar a ser feito em cima da hora, mas o trabalho a isso obriga. Depois do lançamento, regressarei no mesmo dia a Moscovo.


16 comentários:

Pavel de Moscovo disse...

Senhor Milhazes, quando e onde tem lugar o reunião com os leitores em Moscovo?

Jorge Almeida disse...

Caramba, gostava de ir, mas às 11:30 dum dia de semana não dá, pois estou a trabalhar.

Pena ...

Meg Mamede disse...

Prof. Milhazes, pena que nao estou mais em Lisboa, caso contrário seria uma boa oportunidade para conhecê-lo. Me preparo para retornar ao Brasil, S.Paulo e creio que por lá também encontrarei seus livros. Um abraço e muto sucesso!

Adão José, MD, PhD disse...

Sou estudante de Mestrado em Relações Internacionais (Universidade do Minho) com grande interesse em Moçambique. Gostaria de saber onde ficará disponível para comprar o livro.

No entanto parabéns por ter investigado esse assunto, e espero que possa publicar o livro em Moçambique. Para que não história possa ficar acessível a todos ,

Adão José, MD, PhD disse...

Sou estudante de Mestrado em Relações Internacionais (Universidade do Minho) com grande interesse em Moçambique. Gostaria de saber onde ficará disponível para comprar o livro.

No entanto parabéns por ter investigado esse assunto, e espero que possa publicar o livro em Moçambique. Para que não história possa ficar acessível a todos ,

ALONE HUNTER disse...

Quando e onde eu posso retirar as passagens?

Jose Milhazes disse...

Caro Pavel, ainda não posso responder à sua pergunta.
Caro Adão, o livro estará à venda nas livrarias a partir de 07 de Maio e comunicarei o sítio online onde estará também à venda.

João Lopes disse...

//off-topic
New Russian Weapon Hides In Shipping Container
http://tech.slashdot.org/story/10/04/27/0228225/New-Russian-Weapon-Hides-In-Shipping-Container?from=rss&utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+Slashdot/slashdot+(Slashdot)&utm_content=Google+Reader

anónimo russo disse...

Off topic. Politica à ukraniana, ou como lá é que se diz em portugues :)

http://www.gzt.ru/topnews/politics/photo/43215/

Mas este acontecimento merece um artigo.

Ou melhor assim:

http://www.gzt.ru/topnews/politics/photo/43223/

Jorge Almeida disse...

Já viram isto?

http://pt.euronews.net/2010/04/27/ovos-e-fumo-marcam-sessao-parlamentar-na-ucrania/

Lamentável.

Mais parece o tristemente celebre parlamento de Taiwan.

Anónimo disse...

Parece que o Jest hoje estava a atirar ovos na Rada ao lado da dona Julinha dos milhões que ela queria pela base e não teve.

Jest nas Wielu disse...

Parlamento ucraniano:

Lamentável é o facto do que estando registados no plenário apenas 211 deputados, foram "contabilizados" 236 votos à favor de um acordo que exige a maioria constitucional, ou seja 300 deputados. Isso é realmente lamentável.

Anúncio:

Na quarta-feira, dia 28.04.2010, às 13:00, junto ao edifício da Embaixada da Ucrânia em Lisboa (Avenida das Descobertas, № 18, no Restelo), terá o lugar a Assembleia Popular da comunidade ucraniana radicada em Portugal, dedicado à problemática dos actos inconstitucionais do Presidente da Ucrânia, e das acções governamentais que conduzem ao enfraquecimento do Estado, ameaçando a Independência e a soberania da Ucrânia.
Testemunhamos uma venda aberta dos interesses nacionais, da segurança da sociedade ucraniana e da integridade territorial da Ucrânia.
Exortamos todos os ucranianos residentes em Portugal juntar-se à essa iniciativa para proteger os interesses nacionais do nosso país natal, apoiando a exigência do impeachment do Presidente e da demissão do Governo.

Associação dos Ucranianos de Portugal
Associação Ucraniana de Portugal “Sobor”
Movimento Cristão dos Ucranianos em Portugal

Anónimo disse...

Os russos evoluiram muito. Em vez de invadirem os países à força, põem os invadidos a lutar entre si.

Anónimo disse...

Assim que Yanukovich ganhou as eleições era certo e sabido que isto iria acontecer, não percebo a fúria da oposição.
No fundo, ontem assistimos no Parlamento ucraniano (felizmente ou infelizmente)ao último estertor das forças pró-europeias. Não foi mais do que uma luta corporal entre dois blocos há muito em conflito: o Ocidente e a Rússia.
Desta vez ganhou a Rússia, tal como outras vezes na história. A Ucrânia passará a ser um "país irmão" da Rússia, com todas as consequências que daí advêm. A oposição só tem que se resignar.
José L.

anónimo russo disse...

Se alguem não entende, os "opositores" ucranianos que mais gritam agora, fariam o mesmo no lugar de Ianukovitch. Só que perderam as eleições e não sabem aceitar a derrota.

Anónimo disse...

ao que disse o anonimo russo.
estamos com o saco cheio desses katsaps que e uma gangrena sovietica no corpo ucraniano e fico
surpreso com a paciencia dos ucranianos que permitem nos seus
jardins publicos as estatuas de lenin os desmandos dos ex-comunistas que se agarraram ao capitalismo poe eles inventado-tipo
asiatico de feodalismo como em
donestsk onde os bandidos evoluiram
para governo local.passei 15 anos
por la-sei o tipo de humano representado pelo katsap com aquele
odio pelo ocidente e seus valores
e liberdades.O ideal dele sao cercas com arame farpado e destruir
a iniciativa de personalidade-o resto ele engole qualquer ditador
sanguinario nivelendo por baixo a
todos.Nunca vamos nos considerar
derrotados pelos katsaps-a luta vai
ate o ultimo.